quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A Vida Portuguesa: loja vintage incrível em Lisboa

a-vida-portuguesa-sabonetes

Um lugar inspirado na saudade. São produtos de criação e fabricação nacional que resistiram ao longo dos anos. O estoque da loja A Vida Portuguesa contém itens que entraram para a memória afetiva do país. Algumas marcas mantêm a mesma embalagem de 100 anos atrás.

a-vida-portuguesa-biscoitoa-vida-portuguesa-pauperio

Mesmo que a maioria delas não signifique nada para um brasileiro, a loja é um fofurice só. Até porque tem aquele ar vintage e está cheia de mercadorias que caem bem em qualquer decoração do gênero. O mais divertido é descobrir as peças e produtos que são ícones para os portugueses.

a-vida-portuguesa-sabonete-claus-portoa-vida-portuguesa-sabonete-claus

Temos a Andorinha Bordalo Pinheiro (seria o equivalente ao nosso Pinguim de geladeira), os lápis Viarco (algo como as nostálgicas canetinhas silva pen) e os chiquérrimos sabonetes Claus Porto (uma espécie de Phebo com embalagens antigas). A loja, embora retrô, não cai na linha kitsch e preserva o bom gosto e a delicadeza em tudo o que vende.

a-vida-portuguesa-azulejos

matraqueando-instagram1

São artigos para cozinha, papelaria e brinquedos do tempo do êpa. É como se existisse uma empresa no Brasil que vendesse Kolynos, Minâncora, Guaraná Taí, Biotônico Fontoura, canetas Kilométricas (lembra, aquela que dava para apagar?) e até mesmo produtos que consumimos até hoje como Maizena, Leite Moça ou Ninho – mas em suas embalagens antigas e originais.

a-vida-portuguesa-gerala-vida-protuguesa-fachada-viuva-lamego

Fachada recuperada da antiga fábrica de azulejos Viúva Lamego

Eu só conhecia a lojinha que fica no Chiado e que havia se tornado um clássico turístico. Mas acabou de inaugurar uma meeegastore de 500 metros quadrados d’A Vida Portuguesa no renovado bairro do Intendente.

A loja ocupa o espaço da antiga fábrica de azulejos Viúva Lamego. A fachada com peças originais foi toda recuperada. Para o guia Time Out Lisboa é a loja mais bonita da cidade. Concordo MUITO!

a-vida-portuguesa-conservas

Para mim, é o tipo de passeio que pode ser considerado um destino em si. Não sei ao certo quanto tempo passei no novo empreendimento. A decoração é altamente acolhedora.

São peças originais e diferentes, todas lembrando um passado recente e amoroso. Minhas fotos estão escuras e não reproduzem a beleza do lugar. Pessoalmente é muuuito melhor!

a-vida-portuguesa-azeitea-vida-portuguesa-doces-e-geleias

Mas foi a seção de “comidas antigas” que me deixou paralisada. Você encontra as famosas latas de sardinha em conserva, biscoitos tradicionais, chocolates centenários, cervejas artesanais portuguesas e muitos vinhos. Tudo é feito para lembrar um antigo empório, uma espécie de secos e molhados.

a-vida-portuguesa-emporio-01

Mesmo que você não leve uma agulha daqui será capaz de ficar pelo menos uma hora saboreando todos os detalhes d’AVida Portuguesa. Funciona quase como um museu que resgata boa parte da memória do design e da publicidade do país.

Além das lojas dos bairros Chiado e Intendente, a empresa também tem um pequeno quiosque dentro do Mercado da Ribeira, um centro gastronômico à beira do Cais do Sodré.

a-vida-portuguesa-lencinhosa-vida-portuguesa-pastaa-vida-portuguesa-caderinhos

E a notícia que você mais esperava: os preços são ó.t.i.m.o.s! Com € 10/15 é possível encher a sacolinha de souvenirs como o antigo caderno escolar (bacanudo para um diário de viagem) vendido a € 2 cada.

a-vida-portuguesa-mercado-da-ribeira

Quiosque da loja A Vida Portuguesa no Mercado da Ribeira

SERVIÇO

Endereços da loja A Vida Portuguesa:
– Largo do Intendente Pina Manique, 23 | Metrô: Intendente. É a maior loja da rede no país.
– Rua Anchieta, 11 – Chiado | Metrô: Baixa-Chiado. Fica perto do café A Brasileira, onde você vai tirar aquela foto clássica ao lado da estátua do escritor Fernando Pessoa.
– Mercado da Ribeira, loja 45 – Cais do Sodré | Metrô: Cais do Sodré. É um quiosque pequeno, mas fácil de achar.
Dica: existe também uma unidade na cidade do Porto (Rua Galeria de Paris, 20 – 1º).
Veja os horários de atendimento aqui.

Lisboa bairro a bairro

Alfama

Baixa

Belém

Chiado e Bairro Alto

Parque das Nações

Posts relacionados

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Como ir do aeroporto de Lisboa ao centro

Portugal a € 50 por dia

Onde comer bem e barato em Lisboa

Rota do Pastel de Belém: onde provar o doce mais famoso de Portugal

Onde dormir em Lisboa

Golden Tram 242: hostel tinindo de novo no coração de Lisboa

Lisbonaire Apartment: hopedagem novíssima, barata, bem localizada e que, ainda por cima, adora crianças

Passport Lisbon: o hostel com o melhor custo-benefício da cidade

Lisboa combina com

Fátima

Batalha

Alcobaça

Nazaré

Óbidos

Porto

_________________
Política editorial | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. O Matraqueando não faz post patrocinado. Somente nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados e não fazemos artigos em troca de almoço (ou jantar) grátis. Tudo o que você encontra aqui foi determinado unicamente pelo interesse do leitor, nosso gosto pessoal ou critério particular. Isso é transparência e credibilidade. Pode confiar! Para ajudar a manter o blog sempre com dicas fresquinhas adquira nossos guias na Loja Matraqueando. Desde já agradecemos a preferência! 😉
Share