-  Atualizado 29/01/2016

Alimentação: onde comer na Ilha do Mel

Publicado por: Silvia Oliveira Ilha do Mel

A Ilha do Mel é cheia de restaurantinhos, lanchonetes e bares – tudo espalhado pelos principais vilarejos. Na praia Mar de Fora, perto da Gruta das Encantadas (não confundir com a Praia de Fora que fica próxima ao farol) está a chamada  Praça de Alimentação. É um enorme barracão que abriga alguns quiosques que servem porções, bebidas e refeições completas.

Comi lá desta vez. Não me lembro do nome do quiosque, desculpe! – mas não aceitava cartão de débito (o que eu só descobri na hora de pagar a conta). E a comida deixou muuuito a desejar: camarão e peixe extremamente salgados. O banheiro público da praça também estava intransitável, todo molhado, com areia e cheirava mal. Ou seja, manutenção zero!

De qualquer maneira, sempre há opções bem recomendadas. Veja:

Restaurante do Davi
Comida caseira e venda de artesanato nativo. A 50 metros do trapiche de Nova Brasília. Tel. (41) 3426.8008.

Pousadinha Restaurante
Ambiente agradável. Serve comida variada. Pertence ao hotel de mesmo nome. Está a 200 metros do trapiche de Nova Brasília. Tel. (41) 3426.8026.

Cafeteria Larica
Para comidinhas e um café cremoso. Dos mesmos donos do Restaurante Pousadinha. A 100 metros do trapiche de Nova Brasília. Fecha na baixa temporada. Tel. (41) 3426.8026.

Restaurante Ilha do Mel
Especializado em pescados. Na praia. A 80 metros do trapiche de Encantadas. Não aceita cheques. Tel. (41) 3426.9072.

Restaurante Astral da Ilha
Tem sushibar e risoteria. Ambiente charmoso. Faz parte do hotel de mesmo nome. Está a 800 metros do trapiche de Nova Brasília, na Praia de Fora. Tel. (41) 3426.8196.

Posts relacionados

Ilha do Mel: é do Paraná! (o que fazer, como chegar e dicas úteis)

Hospedagem: onde ficar na Ilha do Mel

Leia também

Vila Velha, Paraná: sítio geológico de 300 milhões de anos está a uma hora de Curitiba

Lapa: como organizar um bate e volta perfeito saindo de Curitiba

Colônia Witmarsum: café colonial, história alemã menonita e descanso ao lado de Curitiba

Parque Histórico de Carambeí: espaço temático reproduz um pedaço da Holanda no Paraná

Cidades Históricas, Serra do Mar e Estrada da Graciosa: quando ir?

Estrada da Graciosa

Passeio de trem pela Serra do Mar

Antonina

Morretes

Ilha do Mel

O que fazer em Curitiba

Curitiba | Vinhos Durigan: parada estratégica em Santa Felicidade com degustação grátis

Linha Turismo Curitiba: como aproveitar o city tour oficial da cidade

Curitiba: faça da cidade seu melhor destino de inverno

23 motivos para você conhecer e se apaixonar por Curitiba

Cinco atrações grátis e estreladas em Curitiba

_____________

Fotos: Raul Mattar | Todos os direitos reservados.



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


6 comentários

  1. Comentário do dia 18/3/2015 às 18:09

    Boa Tarde , os valores das refeições é esse mesmo que esta no site ?
    É aberto ao publico,porque eu vi que vocês também tem a pousada …

    Gostaria de saber tbm quanto é pra um casal

    (Responder)

  2. Comentário do dia 18/3/2015 às 18:10

    Boa Tarde , os valores das refeições é esse mesmo que esta no site ?
    É aberto ao publico,porque eu vi que vocês também tem a pousada …

    Gostaria de saber tbm quanto é pra um casal

    (Responder)

  3. regiane
    Comentário do dia 22/4/2015 às 13:20

    Boa Tarde.

    Posso deixar o carro no estacionamento nos dias que eu ficar hospedada na Ilha e retira-lo quando for embora, ou devo retira-lo de lá todas as noites.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Regiane! Não entra carro na ilha. Você tem que deixar nos estacionamentos disponíveis no continente. Abs!

    (Responder)

  4. Bruna
    Comentário do dia 20/11/2015 às 21:34

    Olá na, ilha tem ducha?

    (Responder)

  5. Mônica lara
    Comentário do dia 26/1/2016 às 13:02

    Oi lá tem cadeira de praia e guarda sol.

    (Responder)

  6. Paulo
    Comentário do dia 11/9/2017 às 21:19

    Não sei quanto aos outros, mas façam um favor para sua vidas e JAMAIS comam do Restaurante do Davi… Pior experiência de nossas vidas, lugar IMUNDO, dono mal educado… Enfim… Gastamos R$ 400,00 e saímos com fome, com nojo e raiva.

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar