Silvia Oliveira

Na categoria Londres

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Londres | Camden Town: dicas para conhecer a região que concentra os mercados mais alternativos da cidade

Camden Market Londres roupas

Na minha longínqua e conservadora adolescência qualquer ser humano que usasse tatuagem, piercing, chaveiro do Greg ou cabelo colorido era chamado de… maloqueiro.  Delinquente e mal-encarado seriam alguns dos adjetivos mais suaves usados pela minha avó para definir esse pessoal.

Camden Market Londres

Mal sabia ela que décadas mais tarde eu visitaria um reduto europeu consagrado cheio de gente com tatuagem, piercing, botas coloridas, roupas extravagantes, cabelo rosa e, apesar de tudo, me sentiria em casa! 😀

Camden Market Londres opening time

Amy Whinehouse viveu e morreu aqui. Em setembro do ano passado o bairro até ganhou uma estátua de bronze da cantora, obra do escultor Scott Eaton. O movimento punk-moicano fez história justamente no Camden.

Camden Market roupas

Camden Town talvez seja a região mais excêntrica e plural de Londres. Abriga vários mercados (na verdade, muita gente se refere ao bairro inteiro como Camden Market, mas este é só uma das feiras que acontecem por ali) e, apesar de ser muito turístico, até hoje é reduto de festa estranha com gente esquisita. Vó, má companhia para esse pessoal sou eu!

Camden Market localizacao londres

Se fosse no Brasil seria como juntar num mesmo lugar funkeiros, rappers, pagodeiros, tecnobrega, rastafári, pai de santo, olodum, filhos de Gandhi, grunges, emos e drag queens sem dar B.O. para nenhum lado, tá ligado?

Camden Market feiras de londres

A área está espremida entre duas estações de metrô: Camden Town e Chalk Farm, ambas na linha Northern. Eu desci na primeira e logo agarrei a Camden High Street. Percorri durante uma manhã uma feira hortifrúti e os cinco mercados da região.

Camden Market london

São estúdios de tatuagem, lojas de artesanato (se você fala com duende vai adorar), barracas de roupas alternativas e vintage (amei os vestidos retrô), colares, penduricalhos, discos, móveis legais, alguma coisa de antiguidade e comidinhas de rua sensacionais que vão desde queijo francês, passando por torta peruana até chegar a um café etíope.

Como chegar camden market londres

As fachadas são… errr… assim… meio… bom, o que seria do amarelo se todo mundo gostasse do azul, né?  Aqui tudo é intenso, over, febril e impetuoso. Camden Town é o resumo turístico da frase “há gosto para tudo”. Melhor lugar, aliás, não há para comprar seu souvenir ou imã de geladeira. Ou chá de cogumelo ou bala de maconha. Jupurdeus!

Camden Market Londres ima souvenir

As mesmas coisinhas turísticas que a gente encontra ao lado da London Eye (a roda-gigante cartão postal da cidade) estão aqui, só que três vezes mais em conta. Eu comprei uma camiseta com ícones londrinos por 3 libras que uso até hoje e uma linda caneca por apenas 1 librinha.

Camden Market Londres preços

Saindo da estação Camden Town vire à direita na Camden Street e logo você chega ao Camden Market (faz esquina com a Buck Street) que, embora dê nome a todo o entorno, nem é o mais legal na minha opinião — mas compõe bem o conjunto da obra. Há barraquinhas muito originais e um quê de camelódramo a la 25 de Março. Funciona todos os dias, das 9h30 às 18h.

Mercado de Camden Londres

Saindo da Camden Street, no lado oposto ao Mercado de Camdem, está o Inverness Street, uma quadra que vende frutas e verduras com foco na comunidade local e que funciona ali desde 1900.

Mas hoje já se misturou com a vibe do bairro e está tomada de lojinhas e pubs-sei-lá-entende. A título de curiosidade, nesta rua também fica o restaurante Made In Brazil que serve feijoada (£ 12) e picanha (£ 15).  A feirinha abre todos os dias, das 8h30 às 17h.

Camden Market london food

Camden Market Londres coxinha

Voltando a Camden Street, mais a frente você chega ao Camden Lock Village, à beira do Regent´s Canal (lugar que rende um lindo passeio de barco em dias de sol).

Só aqui são mais de 500 lojas de t.u.d.o. o que você pode imaginar desse universo gótico-punk-hipster-clubber-funk-metaleiro, mas o que me agradou aqui foi a seção gastronômica tipo volta-ao-mundo.

Camden Market Londres comida

Comida tailandesa, vietnamita, chinesa, americana e até brasileira com coxinha, pastel e guaraná Antártica. Tudo a preços muito atrativos (um ótimo prato de yakissoba por £ 4!).

E para me matar de amor é possível comer numa mesa coletiva onde os banquinhos são antigas lambretas coloridas. Ownnn! (Fazendo coraçãozinho com as mãos.) Abre todos os dias das 10h às 18h.

Camden Market london openig time

Nesta parada a Camden Street já está virando a Chalk Farm Road e em frente ao Village — do outro lado da rua e ainda beirando o canal — está o Camden Lock. Tudo começou aqui em 1975.

Se hoje, Camden Town recebe mais de 150 mil pessoas por semana foi graças a este mercado. A parte aberta se chama West Yard e a coberta, Market Hall.

Camden Market metro mais proximo

Depois da seção gastronômica do market vizinho, posso dizer que me encontrei aqui. Livros, decoração, design, pinturas, quadros, gravuras, papelaria alternativa e acessórios no melhor estilo florzinha-da-matraca inundam esta enorme “galeria”. Há também comida  e frutas cheirosas. Abre todos os dias das 10h às 18h.

Camden Market londres horario

E por fim, quase colado na estação de metro Chalk Farm, está o Camden Stables Market, instalado em estábulos da antiga companhia ferroviária North Western Railway Co. É enorme, o maior de todos. São mais de 700 lojas disputando sua atenção. E olha que de chamar a atenção eles entendem bem! Rá!

Moda alternativa, itens de colecionadores, móveis, sapatos e boas comidinhas (não tão baratas como no Village, mas tão atrativas quanto). Você cruzará pelas velhas cocheiras e arcos de tijolos vitorianos de  1854.

Camden Market Londres artesanato

IMPORTANTE | Nem todas as lojas abrem durante a semana. Já aos sábados e aos domingos você encontra tudo funcionando para atender a uma multidão de pessoas. Alguns horários também podem ser diferentes nos fins de semanas, com alguns mercados funcionando até mais tarde. Eu fui numa quinta-feira de manhã e estava calmíssimo.

SERVIÇO

Camden Town e seus mercados

Local: entre as estações de metrô Camden Town e Chalk Farm (ambas linha Northern – preta). A distância entre o primeiro mercado e o último e de quase um quilômetro, eles estão bem perto um do outro.

Horário: varia de mercado para mercado, confira no post acima.

Posts relacionados

Portobello Road Market: o lado pitoresco de Notting Hill

Columbia Road Flower Market: o cantinho mais colorido de Londres fica na região mais descolada da cidade

Leia também

Supermercados de Londres: onde fazer a festa sem gastar os tubos

E ainda

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Inglaterra a £ 50 por dia

Como ir do aeroporto de Londres (Heathrow) ao centro
____________________

Fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados. ©

Share
terça-feira, 25 de novembro de 2014

Supermercados em Londres: onde fazer a festa sem gastar os tubos

London bag

Nunca viajei aos países nórdicos, onde – dizem – fazer turismo pode ser um sofrimento para o mão de vaca muquirana. Dinamarca, Finlândia, Suécia e Noruega, por exemplo, são destinos com altíssimo custo de vida e, por consequência, muito caros para um viajante econômico.

Mas nem precisei ir tão longe para ficar traumatizada. Na minha última vez em Londres foi bem difícil encontrar uma hospedagem boa e bem localizada na cidade sem ultrapassar meu limitado orçamento. Por outro lado ficou claro que, sim, é possível economizar aqui e ali, principalmente no quesito comida (se a sua opção, obviamente, não for conhecer alguns dos muitos restaurantes estrelados da cidade).

O bálsamo aparece justamente nas enormes redes de supermercados da cidade. Tem de tudo: alguns são populares, outros mais tradicionais, há os sofisticados e, ainda, os étnicos. Além de frutas, sanduíches, sucos, água, chocolates (aquele kit-salvamento que evita esfolar seu bolso num lanchinho da tarde), há sempre as seções de pizzas e congelados que servem para garantir seu almoço ou jantar com muita dignidade. Se seu hotel/hostel oferecer um micro-ondas então, você está feito!

TESCO e ASDA

Supermercados em Londres Tesco 3

Se eu morasse em Londres o Tesco provavelmente seria minha opção para as compras do mês. Trata-se da maior rede de supermercados de todo o Reino Unido. (É a terceira maior do mundo, perdendo apenas para Walmart e Carrefour). São muitas lojas espalhadas por Londres. Acredite, sempre haverá um Tesco perto de você. Esse pedação de pizza abaixo, por exemplo,  saiu por módicas 2 libras.

Supermercados em Londres Tesco 2

Supermercados em Londres Tesco 4

Já o ASDA, que pertence atualmente à rede Walmart, é o segundo maior conglomerado da Inglaterra e, assim como o Tesco, vende mercadorias com marca própria de excelente qualidade a preços muito atrativos. Em ambos, você encontra ótimas pizzas e lasanhas por menos de £ 3, iogurtes por £ 0,80, sanduíches enormes por £ 2 e frutas por menos de £ 0,50 a unidade. Há também saladas e até carnes assadas a preços muito honestos.

POUNDLAND

Supermercados em Londres Poundland 1

Aquele momento “para tudo”. Todo a loja por £ 1. Uma libra. Um pote de Nutella por UMA libra! Não à toa se chama Poundland! A pegadinha é que muitos produtos que aqui estão £ 1 saem por centavos no Tesco. Eu comprei um iogurte no Tesco por £ 0,60. O mesmo estava por uma libra aqui, quase o dobro do preço!

Supermercados em Londres Poundland 3

Supermercados em Londres Poundland 2

Mas, mesmo assim, há muita coisa interessante no Poundland como sanduíches gigantes por apenas uma librinha. É para morrer de amor! (Este eu encontrei na 211-213 Portobelo Road em Notting Hill, durante o passeio que contamos aqui.) Há outras unidades espalhadas por Londres, uma delas fica na Unit 2, 126-138 High Street, perto do metrô Camden Town. 

SAINSBURY’S

Supermercados em Londres Sainsburys 2

É a terceira maior rede de supermercados do Reino Unido, fica atrás do Tesco e do ASDA. Assim como seus concorrentes, há várias unidades espalhadas por Londres. O Sainsbury’s também tem mercadorias com marcas próprias a preços incrivelmente em conta.

Supermercados em Londres Sainsburys 3

Daqui eu levei para o Brasil chocolates (em embalagens fofas) e diversos molhos (por uma ou duas libras) que vinham em vidros lindos. Algumas filiais ficam em pontos estratégicos para o turista como a que está na 36-37 Strand, perto da Trafalgar Square (metrô Charing Cross) e a que se encontra na 1 Berners Street, próxima à Oxford Street (entre os metrôs Oxford Circus e Tottenham Court Road).

LONGDAN EXPRESS ORIENTAL SUPERMARKET

Supermercados em Londres Longdon 2

Esse é o famoso achado. Não só pelos preços que apresenta, mas pela variedade de comida e produtos… orientais.  O Longdan é uma rede vietnamita com apenas quatro lojas na cidade. Esta eu encontrei na 25 Hackney Road, na região de Shoreditch,  quando fui conhecer o Columbia Road Flower Market, o mercado de flores de Londres. (Fica a 5 minutos caminhado do Flower Market). Foi difícil encontrar algo no Longdan por mais de £ 4.

Supermercados em Londres Longdon 1

Aliás, o “bentô” completo (arroz, carne e uns acompanhamentos) podia ser levado por £ 3. Saladas com camarão por £ 2. Uma variedade enorme de bebidas “exóticas”, incluindo sucos de frutas por menos de £ 1. Como eu adoro comida oriental praticamente surtei no local. Esta filial do Longdan também está perto do Brick Lane (a uns 15 minutos andando), o maior reduto de comida indiana, vietnamita e afins da cidade.

MARKS & SPENCER

Supermercados em Londres Mark and Spencer Simply Food

A rede Marks & Spencer é a maior varejista britânica e uma das lojas de departamento mais queridas dos brasileiros que viajam a Londres. Está para a Inglaterra como o El Corte Inglés está para a Espanha. Mas um dos braços da rede são os supermercados (ou lojas de conveniências) identificados com a marca M&S Simply Food. Vendem toda a sorte de alimentos (dos frescos aos congelados) com o diferencial de que todas as mercadorias são de marca própria.

Supermercados em Londres Mark and Spencer

Embora seja considerado um dos supermercados mais caros da cidade, é possível comprar muita coisa bacana e saudável a preços modestíssimos. Você vai encontrar muitas unidades da M&S Simply Food em pontos estratégicos para os turistas como aeroportos, estações de metrô e centros comerciais. Caso queira conhecer a maior Marks & Spencer da capital inglesa vá a filial da 458 Oxford Street, metrô Marble Arch. Vende de roupas a móveis. Inclusive comida.

WAITROSE

Durante muito tempo eu evitei o Waitrose por ser considerado o supermercado dos grã-finos de Londres. Tipo… o Angeloni ou o Festval aqui em Curitiba. Rá! Mas quando me hospedei na residência universitária da University of London  havia um Waitrose na mesma rua, a apenas uma quadra. Pensei “vou entrar, nem que seja para apurar o gosto!”. :mrgreen:

O Waitorose é um supermercado gourmet, mas para a minha deliciosa surpresa não era inacessível. Vinhos chilenos e argentinos por £ 2, saladas com peixe por £ 2,50, sucos importados por £ 1,50. Digamos que é a sua oportunidade de trocar a muzzarela pelo queijo brie sem ferrar seu orçamento. Muitos produtos vinham em lindas embalagens. Chocolates finos maravilhosos por £ 0,70 a unidade (ótimos como opção de presentinhos sem sobrecarregar o bolso e a mala).

Outra coisa que me chamou a atenção é que existiam vários pratos congelados veganos, todos na faixa de £ 4. As únicas três fotos que fiz lá ficaram totalmente desfocadas (medo de levar um pito do segurança que me olhava torto cada vez que eu apontava minha super automática para a gôndola). Mas pode ir sem medo. Será seu momento-patrão em Londres sem gastar mais por isso!

Posts relacionados

Pret a manger: a alegria do mão de vaca exigente

Leia também

Columbia Road Flower Market: o cantinho mais colorido de Londres

Portobello Road Market: o lado pitoresco de Notting Hill

Canterbury Hall: hospedagem econômica na residência universitária da University of London

E ainda

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Como ir do aeroporto de Heathrow ao centro

Inglaterra a £ 50 por dia

__________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share
segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Londres | Canterbury Hall: hospedagem econômica na residência universitária da University of London

Canterbury fachada

Se você está buscando hospedagem barata em Londres já deve ter percebido que a coisa tá feia. Um quarto de casal, num hotel márromeno, não está saindo por menos de £ 120 — com algumas poucas exceções.  (Lembrando que na Inglaterra a gente já não fala mais em euro, mas em libra esterlina!)

No meu caso então, que fui sozinha, não restava muita opção a não ser os quartos coletivos dos hostels londrinos. Até que pesquisa vai, pesquisa vem… acabei encontrando a Canterbury Hall, residência universitária da Universidade de Londres. Matou meus 500 coelhos com uma só mochilada: tinha quarto individual na localização que eu queria  e cobrava o valor que eu dispunha para pagar. Veja mais fotos aqui.

Reserva | Fiz pelo Booking.com. O sistema não cobra taxa de reserva e tem cancelamento grátis.

O quarto | Simplérrimo. Mais franciscano, impossível. Porém, oferece o básico para uma estadia decente como boa cama, guarda-roupa, mesinha de trabalho e até um agradozinho: chinelos descartáveis e amenities, como sabonete e shampoo. Importante: os quartos compartilham o banheiro com mais uma unidade. Ou seja, é um banheiro — limpo e com excelente ducha — para cada dois quartos.

Canterbury Hall Residencia Universitaria Londres Hospedagem Barata

Wi-fi | Oferece internet a cabo no quarto — grátis e super-rápida. O wi-fi só funciona nas áreas comuns.

Localização | Está no centro histórico de Bloomsbury (coração da cidade), a cinco minutos a pé da Estação St. Pancras/King Cross (de onde chega e sai o Eurostar — transporte que eu usei para voltar a Paris), fica a uma quadra da estação de metrô Russel Square, a uma quadra da Biblioteca Britânica, a 15 minutos do British Museum e a 2 quilômetros do Big Ben e do Parlamento. (Em frente ao metrô Russel Square há uma unidade do supermercado Tesco – um bálsamo para quem quer comprar um delicioso lanche/almoço pagando uma merreca.)

Canterbury Hall Residencia Universitaria Londres

Check-in | Após às 14h.

Check-out | Até às 10h. O pagamento pode ser debitado no seu cartão antes da chegada.

Atendimento | Solícito. (A recepção fica aberta 24 horas).

Canterbury Hall Residencia Universitaria Londres cafe da Manhã

Vantagem | Para quem viaja sozinho, o quarto individual da Canterbury Hall sai mais em conta que quarto individual em albergue da juventude. O café da manhã é espetacular, parece mais um almoço. (Tinha nutella à vontade. Rá!). Todos os andares têm cozinha disponível para o hóspede. No supermercado Tesco — que fica a uma quadra daqui — há pizzas e massas a partir de £ 2, que podem ser aquecidas no micro-ondas.  A residência oferece jantar a preços módicos.

Desvantagem | As instalações são antigas. Não tem quarto de casal, somente acomodações individuais. Mas se o que você procura é justamente uma “acomodação single simples e barata”, não há desvantagem, a não ser que você busque algo mais sofisticado – o que, definitivamente, não é o caso da residência universitária.

Canterbury Hall Residencia Universitaria Londres cafe da Manhã 1

Preço | £ 40 (quarenta libras) com café da manhã incluído.

SERVIÇO

Canterbury Hall
Local: 12-18 Cartwright Gardens, London.
Tel.: +44 20 7121 7600
Metrô: King Cross (linhas Piccadilly, Nothern e Victoria) ou Russel Square (linha Piccadilly)


Exibir mapa ampliado

Posts relacionados

Pret a Manger, Londres: a alegria do mão de vaca exigente

Portobello Road Market: o lado pitoresco de Notting Hill

Columbia Road Flower Market: o cantinho mais colorido de Londres fica na região mais descolada da cidade

Leia também

Europa Barata: Londres pela primeira vez

__________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share
domingo, 14 de julho de 2013

Pret a Manger, Londres: a alegria do mão de vaca exigente

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 1

Guarde este nome, Pret a Manger. A rede de fast food natureba é o caminho, a verdade e a vida do viajante econômico (ou não) em Londres. As lojas estão bem localizadas (há dezenas delas espalhadas pela cidade), traz um cardápio variado (sanduíches, bolos, saladas, sushis, sopas, frutas, sucos e cafés) e os preços são arrasadoramente convidativos.

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 65

A Pret a Manger se gaba por ser uma cadeia na linha das “comidas rápidas” e, mesmo assim,  ter um menu feito a mão, sem aditivos ou conservantes. A promessa aqui é de que todos os sanduíches sejam feitos no mesmo dia em que serão vendidos. E os que encalharem são doados no final do expediente a entidades assistenciais que ajudam os homeless (sem-teto).

Muitas das superbaguetes e saladas (os preços variam de £  1,99 a £  4,99 cada) oferecem a opção “free range chicken” – numa tradução simplória seria algo como galinhas criadas soltas, sem regime de confinamento. Ou seja, galinha caipira, gente! É para amar muito, mesmo!

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 2

Apesar do nome francês (que significa “Pronto para Comer”), a rede é britânica e foi criada em 1986 por dois amigos. Mas hoje em dia até o Mc Donald´s tem participação nas ações da Pret (ninguém é perfeito) o que acabou levando a empresa para Nova York  e Hong Kong. (Também há unidades em Paris).

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 10

Mas ao contrário de Paris — onde eu estava focada em encontrar lugares baratos e decentes para comer durante os passeios — em Londres eu estava mais preocupada com o roteiro em si, graças a minha eterna dificuldade de entender exatamente como funciona cada bairro da cidade. Portanto, comia onde dava e quando podia. Para minha sorte a Pret a Manger tem o incrível Efeito Gremlin: uma a cada esquina.

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 7

Comi aqui várias vezes, experimentei todo os bolos feitos a mão,  £ 1,60 cada para levar ou £ 1,90 para comer no local (viciei no Apple Cake), provei a sopa (cremosa!) e quando eu resolvia fazer banquete (sanduíche, salada e sobremesa) nunca gastava mais do que 10 libras. Aliás, sempre gastei bem menos do que isso. Os sucos em lata da marca Pret a Manger, por exemplo, custam apenas £ 0,99.

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 9

Um detalhe: se você comprar para levar, tudo sai mais barato ainda. Sentando às mesas, sua conta pode subir algumas libras, dependendo do que você escolher para comer. Eu quase sempre me acomodava, comia com calma e aproveitava o wi-fi gratuito e rapidíssimo que quase todas as lojas da rede oferecem!

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 11

SERVIÇO

Pret a Manger

Local: existem várias unidades pela cidade. Consulte a mais próxima aqui! (Ah, a rede está presente nos aeroportos de Londres e em quase todas as estações de trem.)

Funcionamento: os horários variam de uma para outra, mas geralmente abrem cedo (antes das 8h) e fecham por volta das 22h. Informe-se antes de ir.

Abaixo, relaciono algumas Pret a Manger próximas de lugares turísticos. Clique no link da loja para ver o mapa de localização de cada uma delas, assim como o horário de funcionamento.

Pret a manger Onde comer bem e barato em Londres 5

– Perto da Oxford Circus | Pret a Manger – Regent Street

– Perto do British Museum | Pret a Manger – New Oxford Street

– Perto do Covent Garden | Pret a Manger – Strand (são duas na mesma quadra)

– Perto do Parlamento Britânico | Pret a Manger – Great Peter Street

– Perto do Palácio de Buckingham | Pret a Manger – Caxton Street

– Perto da Tower Bridge |  Pret a Manger – Byward Street

– Perto da Catedral St Paul | Pret a Manger – Cheapside

– Perto do metrô Notting Hill Gate | Pret a Manger – Notting Hill

__________________

Posts relacionados

Portobello Road Market: o lado pitoresco de Notting Hill

Columbia Road Flower Market: o cantinho mais colorido de Londres está na região mais descolada da cidade

Leia também

Europa Barata: Londres pela primeira vez

__________________
Fotos: Sílvia Oliveira

Share
sábado, 13 de julho de 2013

Portobello Road Market: o lado pitoresco de Notting Hill

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 3

Como alguém, em sã consciência e de bem com a humanidade, consegue deixar de lado o Portobello Road Market durante uma passada por Londres? Pois foi isso que eu fiz nas duas vezes em que estive aqui. Não é que não deu tempo, eu não me interessava mesmo em conhecer o trecho imortalizado naquele filminho, você sabe qual.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 4

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 7

Era um misto de preguiça de ter que enfrentar a muvuca do lugar com falta de conhecimento e boa vontade da minha parte. Ainda bem que, parafraseando Fernando Pessoa — eu não evoluo, viajo.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 1

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos Notting Hill Arquitetura

Minha experiência como turista e blogueira me fez perceber ao longo desses anos que lugares massificados fazem parte da biografia de qualquer viajante bem resolvido. É ir e dizer: gostei ou não gostei. Se não gostou, ótimo, pelo menos nunca mais precisa voltar. Mas como não amar a região de Notting Hill?

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 14

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 19

Nem a falta de sol consegue tirar o brilho do colorido do lugar. Viver em bairros descolados como Shoreditch, na East London? Nem morta, eu quero algo classudo e tradicional. Notting Hill é meu número. Quando eu comprar uma casa em Londres, vai ser aqui. :mrgreen:

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos Notting Hill

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos Antiguidades

Matraqueando Instagram

Enquanto o Columbia Road Flower Market é o mercado mais colorido da cidade, o Portobello Road Market é, de longe, o mais carismático. Está na região oeste de Londres, no distrito de Kensington. Casinhas da Era Vitoriana coloridas — ai, quem resiste? — fazem a moldura do entorno. Para preservar meu bom humor não fui no sábado, dia mais movimentado por conta da feira de antiguidades, a maior do país.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 11

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 10

O acerto foi total. Durante a semana, quase todas as lojinhas funcionam normalmente, são diversas barracas e também há bastante antiguidade para quem não abre mão deste item durante o passeio. Quando sair da estação de metrô Notting Hill, vire na Pembridge Road. Por ali você já vai encontrar algumas espeluncas alternativas, retrô e turísticas.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 8

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 9

O diferencial de ir numa segunda-feira, por exemplo, é que você consegue caminhar pela Portobello Road —  trecho de quase um quilômetro — com tranquilidade, entrando e saindo de todas as portinhas fofas, parando em todas as birosquinhas legais sem ter que dividir a sovaqueira com ninguém.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 18

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 15

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos Frutas

Se você for de segunda a quarta vai conhecer, ainda, a feira livre deles — um trecho cheio de barracas com frutas, verduras, legumes, pães, bolos e queijos.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 16

Já no encontro da Portobello Road com a Westway começa uma espécie de Fashion Market, com malas vintage, roupas de segunda mão e moda alternativa.

Por ali também fica o Golborne Road, parte do mercado com enorme influência marroquina — seja na comida, roupas ou objetos de decoração. Fica bem na saída do metrô Ladbroke Grove, no fim da Portobello Road para quem vem da estação Notting Hill.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 13

Ok. Você não abre mão de ir aos sábados, onde tudo estará funcionando, principalmente a seção de antiguidades. Perfeitamente. Só me resta destacar que antiguidade, neste caso, não se trata de badulaque ou quinquilharia. (Tá, até tem uns balangandãs para comprar, mas não estamos numa feira hippie.)

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos 17

Portobello Market parece, mas não é exatamente a Feira de San Telmo (que eu também a-d-o-r-o-, aliás!). Aqui, você vai encontrar peças raríssimas, valiosíssimas e os vendedores não esperam que você fique pechinchando. Eles querem atender endinheirados ou colecionadores.

Portobello Road Market Londres Pontos Turisticos Silvia Oliveira Jornalista

Em resumo, se sua ideia não é exatamente comprar vale, pelo menos, para apurar o gosto! Rá!

SERVIÇO

Portobello Road Market

Local: Portobello Road – Notting Hill. Metrô Notting Hill (linhas Central Line, District Line e Circle Line)

Funcionamento: segunda a quarta, 9h às 18; quinta-feira, 9h às 13h; sexta e sábado, 9h às 19h.

Como chegar: ao sair da estação de metrô Notting Hill, entre na rua Pembridge Road e caminhe uns 8 minutos até a Portobello Road, onde começa a feira. Depois de andar quase um quilômetro ruela abaixo, se você não quiser voltar para a estação Notting Hill para ir embora, pergunte pela estação de metrô Ladbroke Grove (linha Hammersmith and City), que vai estar bem pertinho.

Dica: o bairro abriga uma das festas mais agitadas e tradicionais de Londres, o Notting Hill Carnival, um carnavalzão caribenho que acontece sempre em agosto.


Exibir mapa ampliado

Posts relacionados

Columbia Road Flower Market: o cantinho mais colorido de Londres fica na região mais descolada da cidade

Supermercados de Londres: onde fazer a festa sem gastar os tubos

Pret a Manger, Londres: a alegria do mão de vaca exigente

Leia também

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Como ir do aeroporto de Heathrow ao centro

Canterbury Hall: hospedagem econômica na residência universitária da University of London

Inglaterra a € 50 por dia
__________________
Fotos: Sílvia Oliveira

Share
sexta-feira, 12 de julho de 2013

Columbia Road Flower Market: o cantinho mais colorido de Londres fica na região mais descolada da cidade

Columbia Road Flower Market - O que fazer em Londres

Somente quando comecei a escrever este post é que me dei conta de que o Columbia Road Flower Market não pode ser traduzido apenas em textos e fotos. Eu deveria ter feito um vídeo do maior e mais tradicional mercado de flores de Londres, só para você sentir a ziquizira do local.

Columbia Road Flower Market Londres Pontos turísticos 1

Columbia Road Flower Market Londres Shoreditch 1

Se existe um atrativo onde a discrição londrina dá lugar a uma gritaria marroquina, alegre e divertida, é este aqui. São feirantes tentando vender suas plantas, flores e mudas quase sempre aos berros. Mas é um berro elegante, britânico. É algo que você não vai encontrar em qualquer outro lugar da capital inglesa.

Columbia Road Flower Market Londres Como chegar 1

Columbia Road Flower Market - East End - 2

“Vai um antúrio aí, tia?” ou “Aproveite, aproveite, tá acabando. Uma por 3, duas por 5!” — num tradução grotesca, mas muito próxima da sensação que se tem ao percorrer o trecho da Columbia Road , rua que abriga o Flower Market  todos os domingos. O mercado está rodeado de casinhas vitorianas, na East London – região leste da cidade, no epicentro do bairro da moda, o Shoreditch. (Aliás, o blog Viaje na Viagem acabou de publicar um post sobre o que fazer e onde se hospedar por aqui. Corre lá!)

Columbia Road Flower Market - East End

Columbia Road Flower Market - O que fazer em Londres - 3

O Ceasão chique de Londres nasceu no século 19. Era uma área coberta e, a princípio, acomodava quase 400 barracas. Vendiam de tudo e já teve vários nomes.  Aí já viu, história vai, história vem… o local foi demolido, entra em declínio e só em 1960 a prefeitura coloca regras de funcionamento obrigando por lei os comerciantes a participarem regularmente.

Columbia Road Flower Market - O que fazer em Londres - 1

Columbia Road Flower Market - East End -  1

Quando fui (junho de 2013) o dia estava cinzento e frio.  Cinzento e frio para os meus padrões morro-de-frio-sempre, obviamente. Os mesmos 15ºC que me congelavam levaram  hordas de moradores ao local felizes com aquele calorzinho “ibérico”!  E o mercado que está previsto para fechar às 15h acabou funcionando, pelo menos, até umas 16h30 — hora em que saí de lá!

Columbia Road Flower Market Londres Shoreditch 4

Columbia Road Flower Market - O que fazer em Londres - 2

Arbustos, vasos, pequenas plantas, árvores decorativas, frutíferas (vi até cacho de banana!),  buquês, mudas de temperos (tomilho, manjericão, sálvia) e cestas, você encontra tudo o que for essencial para a jardinagem, uma paixão inglesa. São mais de 50 barracas de flores, além da área estar cercada de lojinhas vintage, brechós, antiquários, restaurantes e cafés. Eu super recomendo o passeio acompanhado de um almoço por aqui.

Columbia Road Flower Market Londres Como chegar

Columbia Road Flower Market Londres Pontos turísticos

Algo que pode animar mais ainda o turista, é que o Columbia Market está bem próximo de outros dois mercados famosos da cidade, o Brick Lane (reduto de comida indiana e vietinamita)  e o Spitafields (um concentrado em moda). A gente ainda vai falar deles por aqui.

Columbia Road Flower Market Londres Pontos turísticos 5

Columbia Road Flower Market Londres Shoreditch 3

Detalhe interessantíssimo: as flores da Columbia Road são bem mais baratas do que no Brasil. Um vaso de orquídea ou um buquê de gérberas saem por 5 libras! Só não levei um arranjo para enfeitar o quarto do hotel porque eu voltava para Paris no dia seguinte! Rá!

Columbia Road Flower Market Londres Silvia Oliveira

Columbia Road Flower Market Londres Pontos turísticos 3

SERVIÇO

Columbia Road Flower Market

Local: Columbia Road,  E2 – Londres. Metrô Old Street (linha Northern)

Dia e horário: somente aos domingos, das 8h às 15h.

Como chegar: a estação de metrô mais próxima é a Old Street. Mesmo assim, da estação são quase 20 minutos caminhando até o mercado. Se preferir você pode pegar um ônibus (linhas 26, 48 e 55 ) ao sair da estação. (Eu fui a pé. Caso queira pegar o ônibus, pergunte ao motorista se ele passa mesmo na Columbia Road, só para confirmar!)

A) Old Street Station    B) Columbia Road Flower Market


Exibir mapa ampliado 

Leia também:

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Como ir do aeroporto Heathrow ao centro

___________________

Veja este vídeo bacana sobre o Columbia Road Flower Market produzido pela Visit London.
___________________
Fotos: Sílvia Oliveira

Share
quarta-feira, 27 de junho de 2012

Série Europa Barata: Londres pela primeira vez

A série Europa Barata do Matraqueando pretende matar duas questões com uma só postada: orientar quem vai pela primeira vez à Europa, mas tem o orçamento restrito. Não ambiciono esgotar todos os aspectos da cidade, muito menos elaborar listas do que é ou não é obrigatório fazer nas principais capitais que aparecerão aqui. A proposta é oferecer alternativas que gerem satisfação através da economia inteligente.

LONDRES PELA PRIMEIRA VEZ

A Inglaterra conseguiu impor — brilhantemente — uma forma de governo tida por muitos como antiquada, tem religião própria e manteve a moeda, a libra esterlina, bem longe da zona do euro. Londres deve ser a cidade com mais etnias por metro quadrado do planeta. Indianos, árabes, chineses, peruanos e toda a sorte e espécie de punk, góticos e emos se esbarram sem nem prestar atenção um no outro. Pubs e chá das cinco convivem harmonicamente, cada um no seu quadrado.

Fazer uma viagem econômica para cá é bem mais fácil do que você imagina. Nada que uma hospedagem franciscana, um almoço no restaurante chinês ou grego e um kit-salvamento-do-supermercado não resolvam. Nos intervalos, fique com as praças, os parques e os museus públicos da capital do país — alguns dos melhores do mundo — que são gratuitos o ano inteiro.

COMO IR DO AEROPORTO AO CENTRO

O aeroporto internacional de Heathrow, considerado o terceiro mais movimentado do mundo, recebe os principais voos que chegam do Brasil. O bilhete simples de metrô até a estação Piccadilly Circus (zona 1, central) custa £ 5,30 O trajeto demora cerca de 1h. Funciona das 5h à meia-noite.

Já o trem Heathrow Express conecta o aeroporto à estação Paddington que fica no centro. Ele faz a rota em apenas 15 minutos e custa £ 18 se você comprar on-line , £ 19 se adquirir na máquina do aeroporto ou £ 23 se comprar o bilhete dentro do trem. Funciona das 5h à 23h30. Já o Heathrow Connect  é um trem mais lentinho que faz o percurso até Paddington em meia hora (tem cinco paradas intermediárias) e o bilhete custa £ 9,10. Também é possível fazer a compra on-line aqui.

A empresa de ônibus  National Express  tem uma linha que conecta a estação rodoviária do aeroporto até a Victoria Station — estação de ônibus no centro da cidade. O tempo de viagem varia de 1h30 a 2h15, dependendo do horário de embarque. O bilhete custa £ 8,50. Funciona das 5h30 às 21h30. Para quem chega de madrugada, a única opção (além do carésimo táxi, claro) é o ônibus noturno N9 que leva até a Trafalgar Square, zona central e turística da cidade. O percurso dura mais ou menos 1h e custa £ 2,30.

COMO CIRCULAR NA CIDADE

O metrô de Londres cobre as principais regiões turísticas da capital. O tíquete avulso custa absurdas 4,30 libras (algo como R$ 13!). Ao chegar ao aeroporto compre o cartão Oyster  um passe que dá 50% de desconto na tarifa. (Ufa!). Com o Oyster o bilhete diário para as zonas 1 e 2 (região mais turística) sai por £ 8,40 e o semanal por £ 29,20.

LONDON PASS

Benefícios | Entrada gratuita em mais de 50 atrações e passeios, entre eles a Torre de Londres, a Abadia de Westminster e um cruzeiro pelo Rio Tamisa. Inclui guia com informações práticas, endereços e mapas.

Validade | O cartão é válido por 1, 2, 3 ou 6 dias.

Quanto custa | O passe de um dia custa £ 49, o de 2 dias sai a £ 61, o de 3 dias está £ 74 e o de 6 custa £ 99. Com um adicional (TravelCard) de £ 8 por dia você tem direito a viagens ilimitadas no transporte público. Note, os preços estão em libras esterlinas, não em euros.

Onde comprar | pelo site, nas estações de trem e metrô, nos aeroportos, e no centro de Informações da Picadilly Circus

Vale a pena? | Os principais museus de Londres são grátis e a roda gigante London Eye (£ 18,90) não está incluída no passe. Caso você decida visitar em um único dia a Torre de Londres (£ 18), a Abadia de Westminster (£ 16 ) e fazer um cruzeiro pelo Tamisa (£ 13,50) — cobertos pelo London Pass — sairia mais barato se comprasse as entradas individuais do que o passe válido por 24h. Logo…

Dica | O London Pass com a opção de transporte público não pode ser comprado na cidade, somente antecipado, pela internet.

Matraqueando Instagram

10 ATRAÇÕES GRÁTIS EM LONDRES

1. O National Gallery — uma das mais importantes galerias de arte do mundo com sete séculos de história da arte europeia.

2. A célebre troca de guarda Palácio de Buckingham. Todos os dias no verão e em dias alternado no inverno , sempre às 11h30.

3. O British Museum, um dos mais fascinantes museus do planeta. Guarda a Pedra de Rosetta entre outras peças absolutamente importantes para a história do mundo.

4. O Tate Modern, principal endereço da arte contemporânea do país.

5. Uma missa na Catedral de St. Paul’s. Aqui aconteceu o funeral de Winston Churchill e o televisionado casamento do Príncipe Charles e Diana. A igreja tem a segunda maior cúpula do mundo. Fora do horário de missa o ingresso custa £ 13. Vejo os horários das celebrações aqui.

6. O Hyde Park, badalado parque londrino.

7. A movimentadíssima Trafalgar Square, a praça mais popular de Londres.

8. O Covent Garden,  um antigo mercadão que se transformou num delicioso universo londrino de bares e lojas.

9. Uma foto com o Big Ben de fundo, a famosa torre do relógio do Parlamento Britânico.

10. O descolado Victoria & Albert Museum, com uma das maiores coleções de arte e decoração do mundo.

VALE O INVESTIMENTO!

– A Abadia de Westminster, ao lado do Parlamento, é uma construção do século 8 onde ocorre a coroação dos monarcas britânicos. Foi aqui o funeral da princesa Diana, em 1997. £ 16

– Para ter a melhor vista de Londres suba na London Eye, uma roda gigante de ferro com135 metros de altura, praticamente em frente ao Big Ben, só que do outro lado do Rio Tâmisa. Tíquetes a partir de £ 18,90. Na compra on-line você ganha 25% de desconto.

CITY TOUR GRATUITO

O Free Walking Tour de Londres  é considerado um dos melhores do mundo pelo site TripAdvisor. O passeio cobre as principais atrações turísticas centrais da capital. O tour começa às 11h ou às 13h e dura em torno de 2,5 horas. O encontro é na Hyde Park Corner Station, saída 2. As reservas devem ser feitas pelo site.

REFEIÇÕES POR MENOS DE £ 10

Foi-se o tempo em que a cozinha britânica era malfadada e sem classe. O país recebe tanto imigrante, a cozinha é tão diversificada e são tantas as opções gastronômicas que não chega a ser tão caro assim comer em Londres.

A Deep Pan Pizza tem várias unidades na cidade. Há filiais bem ali no centrinho: uma na Piccadilly Circus, outra na Trafalgar Square e outra na Leicester Square. Ou você pede só uma fatia de pizza por £ 3 cada ou opta pelo “rodízio”: pizza, massa e salada à vontade por £ 10.

Os restaurantes da rede Stock Pot  também pipocam pela cidade e estão próximos dos principais pontos de visitação. O prato do dia pode ser uma cremosa sopa de camarão, peixe com massa ou um risoto por no máximo £ 10. Saladas saem a partir de £ 5,90. O talhatelli com salmão defumado está £ 6,90. Veja o cardápio (com preços) completo aqui.

Já a cadeia de fast food ligth Pret a Manger é uma opção tão feliz que dá para passar todo dia em alguma das várias unidades de Londres para comer um saboroso sanduíche com pasta de salmão e saladinha… por £ 4! Oferece ainda saladas, sopas, sushis, comida sem glúten e pratos vegetarianos. Encontre a unidade mais próxima de você aqui.

5 DICAS DE HOSPEDAGEM BOA E BARATA

London Central | Já levou  o prêmio de melhor hospedagem econômica da cidade, concedido pelo Visit London Awards O café da manhã não está incluído, mas tem cozinha disponível para o hóspede e internet wi-fi. Diárias a partir de  £ 19,95 por pessoa em quarto coletivo. Metrô Great Portland. Outro da mesma rede é o London St. Paul’s. Perto da catedral. Diárias a partir de £ 18 nos dormitórios. Café da manhã incluído. Metrô St. Paul’s.

Palmers Lodge – Hillspring | Este hostel-boutique foi considerado um dos melhores do mundo pelo site Hostelword. Wi-fi grátis. Café da manhã incluído. Tem restaurante que oferece refeições a partir de £ 5 e cozinha para hóspede.  Quarto duplo com banheiro compartilhado a partir de £ 64. Diárias nos dormitórios estão a partir de £ 13. Está a cinco minutos do metrô Willesden Green.

Aviva Studios  | Apartamento tipo estúdio bem decorado com  capacidade para até 3 pessoas. Oferece cozinha equipada, lavanderia e wi-fi grátis. Tem supermercado próximo. Diárias a partir de £ 89. Preço por apartamento. Está a 10 minutos do Mercado de Portobello. Metrô Hammersmith.

Premier Inn London Wembley Stadium | Está um pouco afastado da área turística, mas perto de uma estação de metrô (15 minutos do centro), o que facilita o transporte para qualquer região da cidade. Trata-se de um hotel fofo com excelente custo benefício. Café da manhã incluído. Diárias em quarto duplo a partir de £ 83.

Clapham Guest House  | É o estilo pousada brasileira: hospedagem simples com atendimento familiar. Oferece boa cama e wi-fi grátis. Todos os quartos possuem TV e uma mesinha para trabalho. Algumas acomodações  — a partir de £ 55 o casal — têm banheiro compartilhado. Quarto duplo com banheiro privado sai a partir de £ 85. Quarto família (quádruplo) está £ 125. Sem café da manhã. A estação de metrô Common fica a 10 minutos a pé do local. O ônibus 87 (funciona 24 hora) para em frente à pousada e vai até a Trafalgar Square.

ALUGUEL DE TEMPORADA EM LONDRES

Várias empresas de aluguel de temporada oferecem apartamentos em Londres como a VRBO, Perfect Places, VacationHomeRentals  e a NY Habitat.  Todas elas têm opção de hospedagem a partir de £ 600 por semana, em estúdio para até duas pessoas.

COMPRINHAS LEGAIS

O melhor lugar para achar coisinhas criativas a preços módicos são nos inúmeros mercados da cidade como Spitalfields, Brick Lane, Backyard Market  e Camden. Sem contar que, além de bugigangas bacanas, estes espaços abrigam aquela lista infindável de saborosas comidinhas — do emblemático fish and chips ao nosso já conhecido churrasquinho grego.

DICA DA MATRACA

Os célebres ônibus vermelhos de dois andares são um clássico da cidade, mas o trânsito afobado de Londres não ajuda muito. De qualquer maneira, dar uma voltinha lá em cima, no deck, está para uma viagem a Londres como a voltinha de camelo está para uma viagem ao Egito. Pegue as linhas 8 ou 11. Você terá um ótimo city tour, passando por vários pontos turísticos pelo custo de uma passagem:£ 2,30.

BLOGOSFERA

Londres para Principiantes | Blog cheio de dicas da brasileira Eneida Latham.

INFORMAÇÕES ESSENCIAIS

DDI | 44
Língua Oficial | Inglês
Fuso Horário | Três horas a mais do que o Brasil
Quando ir | Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Caso escolha o verão — com menor probabilidade de chuva —  os preços vão estar nas alturas. No inverno, é mais fácil para negociar melhores tarifas na hospedagem. Mas o frio e a chuva, comuns nesta época, podem estragar seu passeio. Outono e primavera são estações intermediárias, mas a chuva e o fog londrino sempre aparecem.
Site do país | www.visitbritain.com
Site da cidade | www.visitlondon.com
Informações turísticas | www.visitlondon.com
Embaixada brasileira | 32, Green Street, (44-20) 7399-9000. www.brazil.org.uk
Brasil Direto a cobrar via Embratel | 0800 89 00 55 ou 0800 056 74 42
Companhias aéreas low cost:  EasyJet  e Monarch Airlines

Posts relacionados

Europa Barata: Berlim pela primeira vez

Europa Barata: Madri pela primeira vez

Europa Barata: Paris pela primeira vez

Europa Barata: Roma pela primeira vez

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Leia também

Inglaterra a € 50 por dia | Parte 1

Inglaterra a € 50 por dia | Parte 2

Inglaterra a € 50 por dia | Parte 3

Fotos: Darren Deans, WR-Fife e António Pardal | Stock SCX

Share
quinta-feira, 31 de março de 2011

Como ir do aeroporto de Londres (Heathrow) ao centro

Tower Bridge - Matraqueando Blog

[Post atualizado em junho de 2015]

O aeroporto de Heathrow  é a porta de entrada dos principais voos intercontinentais, incluindo os que chegam do Brasil. Considerado o terceiro mais movimentado do mundo, Heathrow recebe cerca de 70 milhões de passageiros por ano. Está a 30 quilômetros do centro. Veja como chegar:

Metrô – O aeroporto internacional de Heathrow está conectado ao metrô. O bilhete simples até a estação Piccadilly Circus (zona 1, central) custa £ 5,70. O trajeto demora cerca de 45 minutos. Leve o tempo do trajeto em consideração caso esteja cheio de malas e/ou vá fazer alguma baldeação. Funciona das 5h à meia-noite. Apesar de demorada é a forma mais barata de chegar ao centro de Londres e à estação King Cross-St Pancras (de onde sai o Eurostar para Paris). Para outras zonas da cidade, consulte o preço das tarifas aqui.

Trem – O Heathrow Express conecta o aeroporto à estação Paddington que fica no centro. Ele faz a rota em apenas 15 minutos e custa £ 21,50 (ou £ 35 ida e volta)  se você comprar on-line ou na máquina do aeroporto e £ 26,50 se comprar o bilhete dentro do trem.  Quando você compra pela internet o processo gera um bilhete eletrônico que deve ser apresentado na hora do embarque. Funciona das 5h à 23h30. Já o Heathrow Connect  é um trem mais lentinho que faz o percurso até Paddington em meia hora (tem cinco paradas intermediárias) e o bilhete custa £ 10,10. Também é possível fazer a compra on-line aqui.

Ônibus – A empresa National Express  tem uma linha que conecta a estação rodoviária do aeroporto até a Victoria Station – estação de ônibus no centro da cidade. O tempo de viagem vai variar muito, de 40 minutos a 1h (ou mais), por causa do trânsito. O bilhete custa £ 6 se comprado on-line. Funciona das 5h30 às 21h30. Para quem chega de madrugada, a única opção (além do carésimo táxi, claro) é o ônibus noturno N9 que leva até a Trafalgar Square, zona central e turística da cidade. O percurso dura mais ou menos 1h e custa a partir de £ 2,30.

Shuttle – Há inúmeras empresas que oferecem serviços do gênero em Londres. O shuttle oficial do aeroporto internacional de Heathrow  oferece traslado até o centro para até quatro pessoas por cerca de £ 70. Já a empresa Airpor Shuttle cobra £ 55 para duas pessoas ou £ 68 para três ou quatro passageiros.

Táxi – Como em qualquer lugar, é o meio de transporte mais cômodo. Funcionam 24 horas. O trecho entre Heathrow até o centro fica em torno de £ 70. Para saber quanto vai ficar sua corrida de táxi em Londres consulte o site World Taxi Meter.

Importante: os valores acima estão em libras esterlinas (£). Post atualizado em junho de 2015.

Posts relacionados

Como ir do aeroporto de Paris (Charles de Gaulle) ao centro

Como ir do aeroporto de Madri (Barajas) ao centro

Como ir do aeroporto de Roma (Fiumicino) ao centro

Como ir do aeroporto de Lisboa ao centro

Leia também

Inglaterra a 50 euros por dia – Parte 1
.
Inglaterra a 50 euros por dia – Parte 2
.
Inglaterra a 50 euros por dia – Parte 3

Foto: Sílvia Oliveira

Share
Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio