-  Atualizado 24/03/2011

Chafariz de São José: construção histórica enigmática | Tiradentes – MG

Publicado por: Silvia Oliveira Tiradentes

Tiradentes nasceu para ser cenário. Não há canto que não resulte em uma boa foto ou num instante de aconchego. Calçamento tipo pé de moleque, arandelas de luz amarela e aquele ar de vilarejo colonial se unem às casinhas de portas coloridas e janelas com cortinas de crochê para compor a cidadezinha mais charmosa do Brasil. Elementos tipicamente barrocos estão por todas as partes: pilastras, volutas, cruzes e coruchéus congregam as formas que dão vida ao lugar.

De todosmodo, mesmo com este visual irrepreensível, se alguém me perguntasse qual o cartão postal que melhor retrata Tiradentes eu responderia que é o Chafariz de São José, erguido há 262 anos! Enigmático e peculiar, o chafariz foi construído para abastecer a cidade de água potável e ser bebedouro para cavalos. As três fontes em formato de carrancas – esculpidas em pedra – funcionam até hoje. Na fachada há uma imagem de São José de Botas e um brasão da coroa portuguesa.

As fontes em forma de carrancas funcionam até hoje.

Dizem que o Chafariz de Tiradentes é o único do estado de Minas a ter um oratório com uma imagem de santo. Toda e qualquer voltinha pela cidade – seja de charrete, de jardineira ou a pé – passa por aqui. Ao observar o chafariz de lado (e não de frente) você poderá ver que a construção tem uma inclinação de mais ou menos 15º. Segundo os guias locais isso não tem nada a ver com engenharia, mas estaria associado à simbologia maçônica. Ainda hoje moradores e turistas buscam a água fresquinha que desce da Serra de São José através de um antigo aqueduto de pedra.

Inclinação de 15º na construção estaria associada à simbologia maçônica.

Outras construções históricas de interesse em Tiradentes

Casa da Câmara  | Casarão do século 18, antiga câmara de vereadores, transformado em espaço cultural.
Estação Ferroviária | De onde sai o passeio de Maria Fumaça.
Prefeitura Municipal | O sobrado é a única construção histórica com três andares no centro da cidade.

Fotos: Raul Mattar

Leia também



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


6 comentários

  1. Sirlene
    Comentário do dia 23/3/2011 às 14:27

    Que interessante essa “analogia” com a maçonaria. Os maçônicos dão muita improtãncia aos números, deve ter algo a ver, sim. Dizem que os incofnidentes eram maçons, né?

    (Responder)

  2. Comentário do dia 23/3/2011 às 15:02

    Que fofo a cortininha na janela.Parece casa de boneca. Bem legala história do chafariz.Beijo

    (Responder)

  3. Marcia Cristina
    Comentário do dia 23/3/2011 às 16:21

    Obra linda ese chafariz… belas imagens, Raul!

    (Responder)

  4. Comentário do dia 23/3/2011 às 19:48

    O Chafariz também é meu cartão postal preferido em Tiradentes. 😉

    (Responder)

  5. Comentário do dia 09/8/2012 às 23:37

    Belas fotos!

    (Responder)

  6. Heraldo Carvalho Morais
    Comentário do dia 26/1/2017 às 21:50

    Segundo os guias turísticos locais, a inclinação da parede frontal se deu propositalmente para que o material de levantamento (barro e tinta) ficasse bem exposto ao sol e daí a secagem rápida dos mesmos.
    Existe ainda o teoria de que naquela época não era conhecido a ferramenta chada PRUMO.
    Estivemos visitando esta cidade na semana passada e ficamos impressionados com beleza natural daquela região.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Nossa, que legal! 😉

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar