-  Atualizado 29/01/2016

Cidades históricas, Serra do Mar e Estrada da Graciosa: quando ir?

Publicado por: Silvia Oliveira Antonina, Estrada da Graciosa, Morretes
Depois da nossa microssérie viajando de trem, passando pelas cidades históricas e descendo a Estrada da Graciosa muitos deixaram comentários perguntando qual a melhor época para ir. E tem gente que já decidiu: a Priscila vem no feriado do dia 21 de abril e a Nair pensa em fazer a rota, quiçá, no primeiro de maio.

A única recomendação é: antes da viagem confira os sites de meteorologia. É que se chover ou a previsão for de neblina boa parte do passeio se perde. No caso da chuva, fica impossível transitar pelas cidades históricas e o bonito do casario vai rio Nhudiaquara abaixo.

Se a opção for conhecer a Serra do Mar de trem redobre a atenção. A viagem de ida acontece pela manhã, horário predileto dos nevoeiros. Portanto se o tempo não ajudar fica difícil ver qualquer coisa através das janelinhas dos vagões. O que significa que a paisagem – um dos pontos altos do passeio – fica para a próxima.

Alguns sites para consultar sobre o tempo – que vai ajudar, inclusive, em outras viagens:

Weather Brasil
É meu preferido. Ele dá a previsão (entenda, falei PREVISÃO…sempre pode haver surpresinhas, mas quase sempre acerta) com até 10 dias de antecedência.

ClimaTempo
Gosto deste também. Além de fazer as previsões é uma espécie de portal de notícias sobre o tempo.

Simepar
É o site de meteorologia do Paraná. Traz previsões de todas as cidades do estado inclusive as pequenininhas como Antonina e Morretes. O que não acontece nos outros.

O que fazer em Curitiba

Curitiba | Vinhos Durigan: parada estratégica em Santa Felicidade com degustação grátis

Linha Turismo Curitiba: como aproveitar o city tour oficial da cidade

Curitiba: faça da cidade seu melhor destino de inverno

23 motivos para você conhecer e se apaixonar por Curitiba

Cinco atrações grátis e estreladas em Curitiba

Leia também

Vila Velha, Paraná: sítio geológico de 300 milhões de anos está a uma hora de Curitiba

Lapa: como organizar um bate e volta perfeito saindo de Curitiba

Colônia Witmarsum: café colonial, história alemã menonita e descanso ao lado de Curitiba

Parque Histórico de Carambeí: espaço temático reproduz um pedaço da Holanda no Paraná

Cidades Históricas, Serra do Mar e Estrada da Graciosa: quando ir?

Estrada da Graciosa

Passeio de trem pela Serra do Mar

Antonina

Morretes

Ilha do Mel

____________

Fotos: Raul Mattar | Todos os direitos reservados.



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


8 comentários

  1. Claudia Pimenta
    Comentário do dia 26/3/2009 às 10:23

    oi sílvia! passei p/lhe dar um bj e dizer que estou de volta… com saudade! pesquisar o tempo é sempre uma excelente dica! com isso, já fiz passeios lindos e inesperados! bjs, querida!

    (Responder)

  2. Anonymous
    Comentário do dia 26/3/2009 às 13:58

    Silvinha!
    Tô bem animada, pra ir mesmo!! E vou com todas as dicas q vc fez… ahhh e de quebra tô pensando em levar o Joel pra conhecer aquele famosoooo restaurante…rs, em Ctba. Até agora tuas dicas me renderam passeios incríveis (Castro, Campos Jordão…) Depois te conto!!!
    Ahh e muito grata, por colocar o blog da agência no meu nome. Putz… que legal, Obrigadão!!!
    Bjs
    Nair

    (Responder)

  3. Camila
    Comentário do dia 26/3/2009 às 20:59

    Bem que eu queria fazer um passeio por essa região em um desses feriados. A estradinha e as cidades coloridinhas me deixaram morrendo de vontade, pena que estou tão longe…

    (Responder)

  4. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 26/3/2009 às 23:23

    Claudia! Já vou lá correndo saber de todas as novidades! 🙂

    (Responder)

  5. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 26/3/2009 às 23:27

    Nair! Acho que vocês vão gostar muito! sobre dormir em algumas dessas cidadezinhas que você perguntou… vai depender do objetivo da viagem. Se querem aquela "mansidão" das cidadezinhas com menos de 20 mil habitantes durma em qualquer uma delas, Morretes ou Antonina. Mas se a ideia é aproveitar mais a capitar… fique em Curitiba mesmo e só faça um bate volta às cidades históricas! 🙂

    (Responder)

  6. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 26/3/2009 às 23:28

    Ow, Camila! Mas a gente atravessa o oceano para ver igreja e museu! Vir para cá vai ser um "pulinho"! 🙂

    (Responder)

  7. Bernardette Amaral
    Comentário do dia 12/9/2010 às 18:36

    Estou pretendendo passar o carnaval em Curitiba e tenho lido todos os posts que voce escreveu sobre sua cidade. Uma amiga me aconselhou a fazer o passeio do trem no sentido inverso, comprar um pacote que inclui a ida de van, o almoço e a volta de trem. Fica pela metade do preço. O que voce acha?E uma boa ideia?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Eu nunca fiz o trajeto inverso de trem, mas parece uma boa ideia, sim. Ainda mais porque fica mais em conta! Rá! 🙂

    (Responder)

  8. Bernardette Amaral
    Comentário do dia 13/9/2010 às 22:07

    Exatamente por isso, falou em ser mais em conta e comigo mesmo.Obrigada

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar