quinta-feira, 07 de maio de 2009

Documentação necessária para viajar com crianças

VIAGENS NACIONAIS

Os documentos de identificação do bebê – como RG ou certidão de nascimento – devem estar com ele durante a viagem. Eu tenho uma fotocópia autenticada para o dia a dia, mas em viagens de ônibus ou avião dentro do Brasil, por exemplo, você deve levar os originais.

Em território nacional uma criança com até 12 anos só pode viajar acompanhada. Se for sozinha, os pais e /ou responsável devem providenciar uma autorização judicial original. O documento pode ser solicitado no fórum ou cartório. A autorização judicial muitas vezes não é necessária se o menor estiver acompanhando de algum parente de até 3º grau. Mas o grau de parentesco deve ser comprovado com documentação. Informe-se antes na empresa em que vão viajar para saber as recomendações específicas.

VIAGENS INTERNACIONAIS

Em qualquer viagem internacional o passaporte do bebê é documento obrigatório. Caso vá circular entre os países do Mercosul, a identidade serve. Para saber como tirar o passaporte, clique aqui. Lembrando que o novo passaporte azul brasileiro NÃO traz os nomes dos pais. Por isso, além de apresentar o passaporte leve junto o RG (caso a criança tenha) OU a certidão de nascimento ORIGINAL para comprovar a filiação. Só com a certidão ninguém embarca.

Em voos internacionais, a criança deve ter a autorização de ambos os pais. Se o bebê estiver viajando só com a mãe deve apresentar autorização do pai e vice-versa. Caso um dos pais tenha falecido, o atestado de óbito deve ser apresentado. Viajando com terceiros é necessária autorização judicial.

TARIFAS

Nas viagens rodoviárias nacionais, menor de até cinco anos não paga, desde que não ocupe assento. Depois dessa idade a passagem é cobrada integralmente.

 

No transporte aéreo a regra é cobrar 10% dos bebês de 0 a 2 anos, desde que fiquem no colo. Mas a GOL e a TAM não cobram essa taxa, por exemplo. Mas já viajei com a Mariana pela Trip quando ela tinha 50 dias e cobraram R$ 24,00 – exatos 10% da tarifa. Crianças de 2 a 12 anos pagam entre 50% a 75% do valor do bilhete e têm direito a assento.

IMPORTANTE

Informe-se com antecedência sobre a legislação do país de destino, já que pode haver variação nas exigências de cada um.

Não deixe para a última hora. As autorizações devem ser solicitadas com tempo e – atenção – não se esqueça de colocar os documentos na mala!

Leia também:

 

Quero viajar com meu bebê, será que devo?
O que levar na mala do bebê
Documentação necessária para viajar com crianças
Share