-  Atualizado 01/12/2010

Grécia a 50 euros por dia – Parte 3

Publicado por: Silvia Oliveira Europa, Grécia
ONDE FICAR NA GRÉCIA

Existe uma regra clássica que diz: quanto mais simples, inóspito, exótico (ou pobre) for o seu destino melhor deve ser a acomodação. Um hotel barato na Grécia pode não ter exatamente o mesmo charme de uma hospedagem econômica na França ou a mesma eficiência de um albergue na Alemanha. Para não se decepcionar siga a indicação de quem já foi. Pesquise nos fóruns de viajantes ou aposte em hotéis tradicionais, onde se paga bem mais, saiba. Blogs especializados estão aí para isso. Mesmo assim, o que pode ser suficiente para mim, às vezes é muito pouco ou insuportável para você. A dica é: não faça economias absurdas em território grego. O país é barato por si só. Além do que, a Grécia é o destino que evoca o prazer em seu estado puro. Não comprometa seu sonho por causa de um up grade de10 mirréis a mais na diária do hotel. Isso pode fazer toda a diferença na sua viagem para cá.


Ilhas gregas, sonho de consumo acessível. (Foto: Juan Pablo Oitana)

HOSPEDAGEM ECONÔMICA NA GRÉCIA

Eu pareço um disco arranhado: evite ir no verão. Se a época já é propicia para os preços triplicarem em qualquer lugar do mundo, imagine quando o destino é de praia e sol, caso específico da Grécia. De qualquer maneira, ficando mais do que três dias consecutivos peça desconto – em qualquer hotel ou temporada. Geralmente eles dão. Mesmo que prefira reservar pelos sites especializados da web, não deixe de consultar também diretamente o hotel.

Em Atenas, o Acropolis House está num prédio do século 19 – construção moderníssima se a gente levar em conta que a cidade já existe há alguns milhares de anos. Está a 10 minutos da Acrópole e a 3 da Praça Syntagama. O quarto – com móveis que necessitam de uma repaginada – para casal está a partir de 40 euros. Sem café da manhã. O simples e super bem localizado Hotel Nefeli pode agradar. Os quartos espartanos não negam a raça. Mas ficam no bairro Plaka, a região mais turística da capital e está entre as estações de metrô Syntagma e Acropolis. A partir de 49 euros, o casal. Para mim, o maior achado é o Hotel Economy , não exatamente pelo preço (nem é o mais barato) – mas pelo custo-benefício. Todos os quartos têm TV, ar condicionado, frigobar e secador. Nas áreas comuns há wi-fi grátis. E o café da manhã está incluído. Tudo a partir de 52 euros o casal. Ou seja, 26 mangos para cada um. Fica entre as estações de metrô Omonia e Monastiraki, não muito longe do bairro Psiri, região movimentada com bares e restaurantes.

Nas ilhas gregas, pelo menos naquelas mais turísticas, há quartos em casa de família ou pensões – no maior estilo pousadinha brasileira. Como esse tipo de hospedagem é sempre um risco, pesquise bem antes de torrar seus euros em alguma delas. Em Mykonos, o Mina Studios – a 3,5 quilômetros do centrinho – está numa casa caiada de portas azuis com flores rosáceas na frente (mais típico, impossível). Está a partir de 40 euros o casal. Café da manhã incluído. Oferece transfer gratuito de e para o aeroporto ou porto. O Kymata Pension é beeeem simples, mas todos os quartos têm banheiro e ar-condicionado. Fica próximo à Little Venice (Pequena Veneza). As diárias por pessoa estão a partir de 23 euros. Não aceita cartões de crédito. Querendo investir um pouco mais aqui, bem no coração de Chora, a capital da ilha – e a 300 metros da praia está – o Carbonaki Hotel. Um fofo! Quartos amplos, linda piscina. A partir de 66 euros o casal. Lembrando que para manter a média de 50 euros por dia na sua viagem à Grécia, ao optar por uma hospedagem mais cara nas ilhas – ou você vai ter que comer muito churrasquinho grego ou se instalar em algum albergão em Atenas.

Em Santorini a opção mais mão-de-vaca  (nem por isso menos legal) – é o Youth Hostel Oia . Tem quartos amplos e um terraço com vista para o Mar Egeu. Diárias a partir de 15 euros (17 no verão) por pessoa em quartos coletivos, a maioria com banheiro privativo. Café da manhã incluído. O Stelios Place leva o nome do dono. O Seu Stelio comanda tudo de pertinho e busca pessoalmente os hóspedes no porto ou aeroporto. O hotel está na praia de Perissa e todos os quartos têm banheiro privativo. Diárias do quarto duplo a partir de 28 euros (14 por pessoa!). Café da manhã incluído. O Delfini, na vila de Oia – aquela do por do sol imperdível – oferece diárias a partir de 45 euros em quartos sem vista para o mar. Com vista, a partir de 60 euros o casal. Café da manhã cobrado à parte: 10 euros por pessoa.

ONDE COMER BARATO NA GRÉCIA

Num país com comida tão farta, diversificada, nutritiva e barata eu gastaria um pouco mais no hotel, porque as refeições estão garantidas a preços módicos. Para abrir o apetite prove um Gyros – o nosso churrasquinho grego. Há vários pontos de venda nas ruas. Vem carne assada (carneiro, muitas vezes), com salada e molho à base de iogurte. Tudo enrolado num pão árabe em forma de cone. Não vai custar muito mais do que 3 euros.


Salada grega: acompanhamento fresco e barato. (Foto: Chimugherm)

A tradicionalíssima Moussaka – uma espécie de lasanha de berinjela com abobrinha – é o prato típico do país. Vem em pedaços generosos e pode custar de 3 a 9 euros. Para um tira-gosto no fim de tarde, experimente o Mezédes, as tapas gregas. São petiscos variados. Média de cinco euros o pratinho recheado que, geralmente, serve tranquilo duas pessoas. Outra delícia é a nossa conhecida Salada Grega: tomate, pepino, azeitona, cebola e queijo branco. Para fugir do cardápio básico escolha de vez em quando a Spanakópita, uma torta folhada de espinafre que derrete na boca. Sobremesa: iogurte com mel. Quase sempre feito com leite de ovelha e com textura que você só encontra na Grécia. Qualquer restaurante serve um. Para acompanhar seu banquete, peça o Ouzo, a bebida nacional com sabor de anis.

Em Atenas, o bairro Plaka é o mais turístico. Mas na Praça Omonia há mais restaurantes e bares com preços honestos. Para comer comida típica tente o restaurante Filipou (19, Xenokratous). Da Praça Kolonaki, pegue a rua Patriarch Ioakim até chegar na Ploutarchou. Vire à esquerda na Ploutarchou, e depois à direita. Estará na Xenokratous. (Desculpe, é grego!). Pratos a partir de 6 euros.

SESSÃO MÃO DE VACA MUQUIRANA

Caso a Grécia esteja incluída no seu cardápio europeu juntamente com outros países e não sobre tempo (ou dinheiro) para um tour pelas ilhas gregas mais famosas, não se avexe. A uma hora de Atenas, em barco rápido, você pode passar o dia em Hydra, uma das ilhas mais bonitas do arquipélago sarônico. Tem mar azul, ruas de pedra e casinhas com tetos avermelhados. É proibida a circulação de carros por aqui. Mais um motivo para você dar um passeio nos burricos gregos. O ticket do ferry está a partir de 10 euros.

MOMENTO EXTRAVAGÂNCIA

Não consigo pensar em extravagância maior do que ficar num daqueles hotéis de cinema das ilhas gregas. As diárias transitam entre 300 e 600 euros. Mas eu, particularmente, trocaria sete dias num hotelzaço desses por um mês inteiro perambulando de ilha em ilha, optando por hospedagens classe média. Porque passar 30 dias na Grécia, não tem preço.

Ó QUE CURIOSO

Para dizer “sim” em grego pronuncia-se ne – que pode confundir com a aglutinação do nosso “não é”. Já a tradução de “não” é okhi, que lembra um ok. Cuidado para não misturar as bolas.

UM FILME PARA INSPIRAR

Casamento grego (2002), de Joel Zwick

GRÉCIA LEMBRA

Minotauro, filosofia, prato quebrado, cruzeiro, Zorba e lua de mel.

MELHOR ÉPOCA PARA IR

Julho e agosto são dois meses que você deve evitar. É altíssima temporada, tudo lota e os preços triplicam (nos hotéis principalmente). Prefira maio, junho ou setembro. A temperatura é mais amena. No entanto, quanto mais próximo do inverno maior o risco de encontrar muitos estabelecimentos fechados nas ilhas.

Site do país: www.gnto.gr
Embaixada brasileira: Platia Philikis Eterias 14, 3º andar. Tel.: (30210) 7213039



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


29 comentários

  1. A DONA DO MUNDO
    Comentário do dia 11/9/2009 às 20:02

    Linda e intrigante Grécia, muito mais barata depois da dona Silvia Oliveira, kkkkkk

    Estou procurando o e-mail da matraca de plantão, pra matraquear um cadinho!

    Beijinho, bom final de semana

    (Responder)

  2. Alethea Marie Dantas
    Comentário do dia 12/9/2009 às 11:55

    Oi, Sílvia!
    Que delícia de posts a respeito da Grécia!
    Sempre achei que esse destino fosse o mais caro de toda a Europa.
    Ainda bem que não é… pois meu maior sonho é um dia vivenciar a experiência de curtir um mês inteirinho nesse paraíso! Por enquanto é só um sonho mesmo… mas quem sabe um dia ele não se torna realidade, não é mesmo?! Rs.
    Parabéns pelo seu trabalho e que venha a Holanda!
    Beijão e um excelente final de semana.

    (Responder)

  3. Ana Carolina
    Comentário do dia 14/9/2009 às 15:15

    Nossa, esses posts da Grecia estão inspiradores!
    Mas confesso que estou anciosíssima pra ver o que vai aparecer sobre a Holanda! Precisando de dicas mão de vaca muquiranas, "estamos aí". Aproveitei muito com poucos euros no bolso.
    Tot ziens!

    (Responder)

  4. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 14/9/2009 às 16:13

    Karol! O e-mail é matraqueando@gmail.com! Bjs!

    (Responder)

  5. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 14/9/2009 às 16:14

    Alethea! Grécia é um sonho bem realizável! Vamos começar a fazer um cofrinho de viagens! 🙂

    (Responder)

  6. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 14/9/2009 às 16:16

    Ana Carolina! A Holanda pode ser caríssima se a gente se desconcentrar no meio da viagem! hahahaha. Mas com planejamento e sabendo o que vai ver, fazer e comer, fica bem acessível! Bjs! (Por favor, qualquer dica, é bem-vinda!) Bjs!

    (Responder)

  7. rnt
    Comentário do dia 20/9/2009 às 18:45

    Silvia, adoro, ADORO o seu blog. Bem escrito, didático, humano, delicioso. Nunca viajei pro exterior, morro de vontade e, lendo suas dicas sobre a grécia, já decidi juntar um dinheirinho e fazer a primeira viagem pra lá. Obrigada! 🙂

    (Responder)

  8. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 21/9/2009 às 13:35

    Querida!!! Fico feliz que meus posts tenham inspirado você! Se precisar de mais dicas para o planejamento da viagem à Grécia, estou à ordem! Bjs!

    (Responder)

  9. Alexandre
    Comentário do dia 26/5/2010 às 10:04

    Olá.
    Estou planejando ir até a Grécia, e gostaria de saber
    como faco para saber os locais e os valores de ferry boat
    de Atenas para Mykonos e se é possível fazer um bate volta de 1
    dia nessa ilha, já que pretendo ficar hospedado em Atenas.
    Valeu e parabéns pelas dicas.
    Alexandre.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Alexandre, de Pireu (o porto de Atenas) são 6 horas de ferryboat (mais barato) e 3 horas de barco rápido até Mykonos. Não acho que dá para fazer uma bate-e-volta de um dia… você ficaria mais tempo dentro do barco do que no próprio local. O ideal seria dormir uma noite lá na ilha. Existem algumas dezenas de agências lá no porto de Atenas que vendem excursões para as ilhas. On-line tente a Anek… http://www.anek.gr/

    (Responder)

  10. Ana Letícia
    Comentário do dia 03/7/2010 às 13:00

    Prezados, bom dia!

    Estou finalizando meu roteiro para a Grécia, em lua-de-mel, para setembro deste ano e estou com um pequeno problema em um ponto específico.
    Preciso viajar de Mykonos para Santorini no dia 26 de setembro e gostaria de ir de hidrofólio (ou outro transporte por mar, já que os outros trechos eu farei de avião).
    Porém, verifiquei na Hellenic Seaways, também no link (ttp://www.gtp.gr/RoutesForm.asp), bem como http://www.ferries.gr/SFF/, e não há disponibilidade para esta data.
    Minha dúvida é: não existe transporte por mar entre essas duas ilhas nessa data ou, como até realmente parece no site da Hellenic Seaways, apenas ainda não está disponibilizado (pois lá constam informações como de 12/06 a 12/09).

    Se puderem me ajudar, agradeço imensamente.

    Obrigada desde já!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Eu imagino que ainda não está disponibilizado, porque 26/09 é um domingo, dia de grande fluxo no trajeto!

    (Responder)

    Resposta de Ana Letícia

    Nossa, muito obrigada pelo pronto atendimento. De qq forma, você tem algum site dos transportes rápidos entre as ilhas fora esses que mencionei?
    Obrigada mais uma vez!

    (Responder)

  11. Ana Letícia
    Comentário do dia 20/7/2010 às 21:45

    Nem sei como agradecer.. De qq forma, muito obrigada!

    (Responder)

  12. Marina
    Comentário do dia 24/4/2011 às 11:09

    Seus posts sobre a Grécia estão me ajudando muito! Queria apenas mais uma opinião: vou à Grécia em outubro e, além de Atenas, gostaria de conhecer Mykonos ou Santorini. Qual das duas ilhas vcs acham mais interessante e têm praias mais bonitas? Irei com meu namorado!
    Abs, obrigada!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Eu fico com Santorini… 🙂

    (Responder)

  13. Paula Pereira
    Comentário do dia 02/6/2011 às 19:31

    Silvia

    Estarei indo em outubro e chegaremos dia 13 /10 e sairemos dia 17/10. Contactei uma agencia que me disse que nesse periodo Mikonos nao tem nada, que tudo fecha nas ilhas pq a alta temporada passou, será que é verdade? qual vc achou mais legal, Mikonos ou Santorini, eu vou com uma amiga e um amigo.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    De fato, é bem baixa temporada… e as ilhas fervem em junho, julho e agosto. Se você procura badalação, muvuca… não é uma boa época para ir. Eu prefiro Santorini. Abs!

    (Responder)

  14. Danielle Antunes
    Comentário do dia 20/7/2011 às 11:14

    Oi, alguma dica de onde se hospedar em Creta?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Danielle! Não tenho, não. Tente o http://www.tripadvisor.com – site que reúne milhões de resenhas feitas pelos hóspedes de hotéis em todo omundo! Bjs!

    (Responder)

  15. Danila Maia
    Comentário do dia 23/8/2011 às 02:06

    Oi, primeiramente: adorei seu blog, me deu ânimo mais ainda pra viajar. Em uma viagem dessas, apesar de ser 50 euros por dia, vc gastou em média quanto? Não sei quanto é uma boa quantia para se levar em viagens. Obrigada (: beijos

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Danila, numa viagem econômica, no mínimo uns 80 euros por dia – para não ter que ficar controlando até a comida! 🙂

    (Responder)

  16. martha
    Comentário do dia 10/10/2011 às 17:33

    Ói, tb adorei o blog. Estou querendo ir para a Grécia e Itália para passar uns quinze dias com meu marido e 2 filhos(9 e 11anos).
    Interesse em atividades infantis e históricas. Como está a situação da Grécia atualmente – para turistas? Que dicas vc nos dá?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Tirando uma greve ou outra – que acaba paralisando os meios de transportes, por exemplo – o paíse segue recebendo milhões de turistas todos os meses! Vá tranquila! Abs!

    (Responder)

  17. Ana
    Comentário do dia 07/3/2012 às 15:29

    Oi Silvia, adorei sei blog. Vou este ano para a Grecia 05/2012 e gostaria de algumas dicas. Vou ficar em Atenas por 5 dias, enquanto estiver lá vou abusar do metro, mas a dificuldade que encontro são informações a respeito de como chegar ao Templo de Poseidon qual linha de onibus, horario, valor, etc… Delfos, Meteora, e outros ao redor. Tudo que encontrei foram pacotes. Falei com um casal que sugeriu os trens como opção por ser mais economico, mas tb não achei roteiros. Você teria algo para me ajudar? Estou calculando com o custo de vida lá nessa crise gastar algo em torno de 100 euro/dia. Você acha plausível?

    (Responder)

  18. Lidyanne
    Comentário do dia 31/8/2012 às 14:13

    Silvia, me ajuda. Vou pra Grecia de 20/10 a 20/11. Será que consigo ferries para as ilhas? (Creta, mykonos e Santorini). Li em algum lugar que eles param de funcionar por causa do tempo (inicio de inverno ne) É verdade?

    (Responder)

  19. Alessandra
    Comentário do dia 25/9/2012 às 23:31

    Oi,Silvia!
    Gostaria de saber como é a Grécia no inverno? Em 3 dias dá para conhecer os monumentos em Atenas? Está perigoso por lá? Gostei de saber sobre a Grécia pelo seu blog!
    Desde já agradeço!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Alessandra! Atenas funciona o ano inteiro, mas as ilhas param no inverno, o número de barcos para lá diminui e muitas pousadas e restaurantes fecham. Três dias inteiros em Atenas seriam suficientes para o básico da cidade! Abs!

    (Responder)

  20. Adriana Paesman
    Comentário do dia 12/10/2012 às 22:07

    Silvia, marquei minha viagem para a Grécia para 16 de marco… Mas estou dm duvida se dará para conhecer Santorini e Mykonos por ser baixa temporada … O q vc acha?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Adriana! Se você gosta de praia e calor pode ficar decepcionada. Mas se você quer apreciar a paisagem do lugar, sem a muvuca do verão, vá! Se prefere agito, é melhor ficar em Atenas nesta época do ano! 🙂

    (Responder)

  21. Sabrina
    Comentário do dia 25/2/2013 às 14:42

    Olá Silvia, eu irei para Atenas e Mykonos dia 16 de junho desse ano. A ilha é cara? Você já andou de ferry boat, como funciona?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Sabrina! Junho já é alta temporada na Grécia e, sim, Mykonos é um pouco mais cara – embora a Grécia de uma maneira geral seja um país barato para se viajar. Eu já andei de ferry boat. Você quer saber como funciona o que? É um barco. Você compra um tíquete, embarca e faz a travessia. Tem uns que são mais equipados que outros! 😉

    (Responder)

  22. Rita Elisabete
    Comentário do dia 02/4/2013 às 04:23

    Oi Silvia, adorei teus posts sobre tudo até agora!!!! rsrs
    Vou p Grécia e acho que já me arrependi de ter escolhido Santorini e não Mykonos já que vou sozinha =( pois gosto de night… Mas Santorini tem vida noturna? Devo trocar?
    Depois vou a Koufonisia, uma ilha bem mais tranquila, para uma viagem meio interior….hehehe.. preciso disso, é um desejo. Tem lindas praias tbm e piscinas naturais enfim, meio bicho grilo, eu acho.

    (Responder)

  23. Sione
    Comentário do dia 20/9/2013 às 17:21

    Estou morrendo de vontade de ficar 10 dias na Grecia e esticar no Egito e fechar com chave de ouro em Paris.. sera que consigo ir por conta ( sem agencia).ja estiveem alguns paises da Euroopa,porem com empresas de viagens… Estou planejando para 2014…. ah parabens pelo Blog ,muito bom.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Sione, consegue ir por conta, sim! Eu estive no Egito na época que a Internet nem existia… e como você pode ver eu sobrevivi para contar a história! Abs! 🙂

    (Responder)

  24. Anne
    Comentário do dia 21/1/2014 às 14:30

    Oi, Silvia!
    Primeiramente, muito obrigada pelo seu blog, está me ajudando muito.
    Mas uma dúvida que não consigo tirar em lugar nenhum, é o sobre os portos Pireaus e Rafina.
    Sabe me dizer qual é o mais próximo do Centro e o mais seguro?
    Obrigada.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Anne, só sei que o porto de Pireaus fica a 10 km da cidade! Mas dos dois saem barcos para as ilhas e, portanto, devem ser seguros! 😉

    (Responder)

  25. Paulo onofre
    Comentário do dia 28/9/2014 às 21:26

    Olá, Silvia eu e minha familia queremos conhecer a grecia em fevereiro sera q seria a epoca ideal.pode me ajudar.Obrigado.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Não é a época ideal se você pretende ir às ilhas gregas. É inverno, faz muito frio e muitos hotéis e restaurantes chegam até a fechar nesta época. Até a travessia de barcos diminui a frequencia!

    (Responder)

  26. Comentário do dia 04/12/2014 às 16:51

    Silvia, ameiiii seu blog parabéns!
    Estou programando uma viagem para a Grécia e qro dá uma passada no Egito é possivel fazer esse trajeto de barco? Estou com mil duvidas mas vou começar com essa pra vê se consigo seguir com o roteiro.

    Obrigada

    (Responder)

  27. Comentário do dia 15/12/2014 às 22:33

    Silvia Boa tarde, poderia me informar se existe algum cruzeiro que sai da Itália e vai para Grécia neste final de ano ? Vou viajar sábado para Madri e a idéia e passar o ano novo na Grécia !

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ish, não saberia informar! Teria que pesquisar no google! 😉

    (Responder)

  28. Luana
    Comentário do dia 11/6/2015 às 15:45

    Pretendo ir a Mykonos em agosto, mas estou quase desistindo…o lugar mais acessível que achei foi esse Mina Studios, só que não tem disponibilidade para data que desejo ir. Por algum acaso conhece outro lugar que seja tão acessível quanto esse Mina monetariamente falando? Obrigada.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Luana, julho é agosto são altíssima temporada na Grécia. Tente estes hoteis (na faixa de € 100 o casal)

    Pension Marmaras
    Elia beach
    Vila Matina (mais caro, em torno de € 140)
    Ibiscus Mikonos
    Hotel Gorgona

    Boa sorte! 😉

    (Responder)

  29. Vania Barbosa
    Comentário do dia 20/7/2015 às 17:40

    Também estive na Grécia o ano passado, alugamos um veleiro e viajamos em várias ilhas, por uma semana: Porus, Hydra e outras mais. Vimos golfinhos e aproveitamos bastante. Realmente a ilha de Hydra é realmente maravilhosa; fomos também a Atenas, fantástica, linda, histórica e cheia de mistérios. Vou voltar, com certeza para conhecer outras ilhas e o resto da Grécia.
    Abraços
    Vania

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Que delícia, Vania!

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar