-  Atualizado 17/02/2010

Istambul: a cidade de dois mundos

Publicado por: Silvia Oliveira Ásia, Istambul
Espremida entre o Mar Negro e o Mediterrâneo, a Turquia é o único lugar do mundo com um pé na Europa e outro na Ásia. O estreito de Bósforo divide a capital, Istambul, entre os dois mundos. Quem estiver do lado Ocidental é só pegar um táxi e em quinze minutinhos você está em outro continente. Não que tenha muito o que se ver no lado oriental da cidade, mas foi justamente esta localização privilegiada que transformou a terra dos sultões em território disputado por tantos povos.
.
A Turquia é mais um daqueles países da antigüidade, onde todo mundo vinha, se estabelecia e fazia uso capião do lugar. Dos desconhecidos hititas, aos manjados persas até os insuperáveis conquistadores romanos (foi na Anatólia que Júlio César disse “Veni, vidi e vici”), o país só foi ter um pouco de sossego com a ousadia de Constantino (330 d.C.), que dividiu a história dessa nação em antes e depois da sua chegada. O Imperador tomou a cidade de Bizâncio, chamou-a de Constantinopla, anos mais tarde batizada de Istambul.
Depois de inúmeras inavasões dos seljuks (nome histórico do povo que a gente chama hoje de turco) houve a famosa tomada de Constantinopla, por Mehmet II, em 1453. A conquista foi tão importante para a história da humanidade, que marcou a passagem da Idade Média para os tempos modernos. Nasce Istambul e com ela o grande Palácio de Topkapi (foto abaixo), residência dos sultões e suas concubinas por quase três séculos, o que deixou a cidade mal-falada na panelinha cristã do primeiro mundo.
Imagine só, os turcos eram considerados sanguinários, devido às sangrentas batalhas que culminaram na conquista de Constantinopla e mantinham nos seus haréns escravas brancas, também chamadas carinhosamente de odaliscas. Pois esqueça essa visão hollywoodiana do filme Expresso da Meia Noite, que retrata uma Turquia violenta, desonesta e obscura. Ora, os haréns sempre foram lugares cheios de mistérios e lendas, mas consagrados com tradicão e cerimônia.
Quem vê, hoje, a cidade pipocada de suntuosas mesquitas não pode imaginar, inclusive, que um dia Istambul foi totalmente convertida ao cristianismo. Os quatro minaretes de Santa Sofia (1ª foto) disfarçam a construção concebida, originariamente pelo Imperador Justiniano, como uma Igreja dedicada à Santa Sabedoria. Ao visitar a capital turca, você vai estar em um museu a céu aberto, que reza – ao lado do alcorão – a cartilha de Mustafá Kemal, líder que levou o país à independência em 1923. O Pai dos Turcos, assim chamado, aboliu a poligamia e proclamou leis democráticas.
O esplendor dos haréns sobrevive, agora, na história do Palácio Topkapi, que se transformou no museu mais visitado de Istambul. A dinastia otomana morou no palácio por mais de 300 anos. Deixou um rico tesouro em obras de arte, pedras preciosas e a reverenciada Sala das Relíquias, que guarda objetos pessoais do profeta Maomé. Uma viagem à antiga capital do Império Otomano deve sempre começar por aqui. Você voltará no tempo, vai percorrer caminhos de glória e decadência e entenderá a opulência dessa cultura, uma civilização tida como celebridade entre os povos. História e território ornamentados com a singular riqueza do oriente.
.
Fotos: do tempo em que máquina digital era coisa dos Jetsons. (Matraca´s Image Bank)

Artigos Relacionados


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


11 comentários

  1. Luiz Roberto e Sandra
    Comentário do dia 14/3/2007 às 12:07

    Você é podre de chique!

    (Responder)

  2. Muricando
    Comentário do dia 14/3/2007 às 16:00

    Para mim, máquina digital É ainda coisa dos Jetson!

    (Responder)

  3. malu bueno - flórida
    Comentário do dia 14/3/2007 às 18:18

    Silvia, estive em Istambul em 1995. Faz tempo. Mas ao ler esses detalhes da conquista, da cidade, vejo que não "vi" ou "senti" Istambul como deveria… Preciso voltar!

    Obrigada por compartilhar essa sensibilidade!

    (Responder)

  4. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 14/3/2007 às 21:10

    Luiz!

    Sou tão chique que fiquei num albergue da juventude em Istambul por 10 (DEZ!) dólares por pessoa, quarto duplo e com as três refeições incluídas ao lado da Mesquista Santa Sofia!
    Anota aí: http://www.yucelthostel.com

    Mas parece que hoje só está o café incluido. Ainda, assim, uma barganha!

    (Responder)

  5. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 14/3/2007 às 21:11

    Murica, depois EU sou a antiga…

    (Responder)

  6. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 14/3/2007 às 21:14

    Malu:

    Há um ditado chinês que diz: "NUNCA VOLTE A UM LUGAR ONDE VOCÊ FOI FELIZ. NUNCA SERÁ A MESMA COISA".

    Em partes, concordo. Mas já voltei várias vezes a alguns lugares onde fui muito feliz e fiquei mais feliz ainda! Por isso, quando der, volte mesmo a Istambul!

    (Responder)

  7. Marcela
    Comentário do dia 20/2/2011 às 14:19

    Em relação ao clima, qual o mês ideal para visitar Istambul?

    Um abraço e tudo de bom

    Marcela

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Primavera e outono, temperatura mais amena e tarifas mais acessíveis!

    (Responder)

  8. Comentário do dia 23/3/2011 às 03:03

    Istambul pode- se visitar sempre. pensou…va
    Não vai se arrepender.

    (Responder)

  9. Alice Batista Gomes
    Comentário do dia 14/12/2011 às 01:51

    Eu amo esse site…me divirto muito com seus comentários e estou ansiosa para que você vá a Índia…estou fazendo planos de ir para lá também ano que vem. Toda vez que leio guias turisticos, blogs, programas de viagem da tv paga fico com a impressão de ir a Índia vai ser inesquecível e vai ser um perrengue porque nem todo mundo fala propriamente o inglês e alguns não falam hindi também e as línguas regionais não há como aprender…hehehe…alem de tudo para turista ser mil vezes mais caro…sniff…eu vou continuar planejando aqui…devagar…hehehe

    (Responder)

  10. Ana Maria
    Comentário do dia 13/7/2012 às 20:45

    Morei na Turquia por 5 meses e adorei o país. Minha dica: se puderem não fiquem limitados somente a maravilhosa Istambul pois o país é muito rico em monumentos históricos, ruínas, belezas naturais, que vale a pena ser conhecidos.

    (Responder)

  11. Comentário do dia 14/12/2013 às 11:38

    Nossa, ameeeei! Eu vou para a turquia em fevereiro e estou mega ansiosa. So que vai estar muuuito frio quando eu for…
    Visitarei as seguintes cidades: Istambul, Izmir, Denzili, Ankara e Capadocia! =))))

    Jessica
    http://casalnomade.blogspot.com.br/

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar