Lagoa Dourada: terra do legítimo rocambole

Publicado por: Silvia Oliveira Estrada Real

Em Lagoa Dourada todo mundo passa o dia enrolando. Literalmente. A cidade mineira é conhecida como a capital mundial do rocambole. Nem é preciso procurar muito. Como a Estrada Real corta o município bem na área urbana vai ser fácil encontrar o doce pitéu. As lojas que vendem toda a sorte e tipos de rocambole estão uma ao lado da outra à margem da BR 383 – a principal avenida da cidade. Difícil mesmo é saber qual é o “legítimo” ou o “autêntico”. Todo mundo coloca uma plaquinha na porta chamando para “o verdadeiro” rocambole de Lagoa Dourada.

Lagoa Dourada faz parte do Circuito Trilha dos Inconfidentes – um dos inteligentes produtos turísticos oferecidos pelo estado de Minas Gerais. Fica a 30 quilômetros do município de Entre Rios, onde a gente fez uma paradinha no Café com Prosa para comer o melhor pão de queijo com linguiça caseira do Brasil. (Apesar de eu ser meio hiperbólica, não é exagero.)

Estávamos aqui, então, para a sobremesa. Fomos direto onde a história começou, na loja O Legítimo Rocambole. A receita é passada de pai para filho há gerações. Reza a lenda que a batedeira onde a massa é preparada é a mesma há mais de 100 anos! Não vi a engenhoca trabalhando, mas ela estava lá – porque eu pedi para ver e fotografar! Hohohoho!

Há várias recheios: nozes, brigadeiro, goiabada, doce de leite, entre outros. Experimentamos o de goiabada (muuuuito doce, mas com uma massa de derreter na boca) e o de doce de leite – mais equilibrado, adorei! Dica: caso não queira comer na hora, há embalagens para levar para casa. E se você estiver em Tiradentes não é necessário vir até aqui, porque há uma filial em São João del Rei, na BR 265, trevo do Elói. Mas como experiência de viagem a visita à matriz vai ser mais interessante!

Já me despedindo da cidade, ali mesmo ao lado dos rocamboles, uma linda igrejinha azul (Igreja de Nossa Senhora do Rosário) para consagrar minha feliz passagem por Lagoa Dourada – mais um bem resolvido trecho da Estrada Real.

SERVIÇO

O Legítmo Rocambole

Lagoa Dourada (matriz)
Rua Miguel Youssef, 38, Centro |  46 km de Tiradentes e 74 km de Congonhas
Tel. (32) 3363.1538

São João del Rei (filial)
BR 265, nº 245
Tel. (32) 3372.1925

Leia também

Café com Prosa: o melhor pão de queijo com linguiça da Estrada Real 

Lagoa Dourada combina com

Tiradentes

Ouro Preto

Mariana

Fotos: Raul Mattar



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


8 comentários

  1. Comentário do dia 13/4/2011 às 09:39

    Ai, ai… Logo pela manhã me deparar com uma foto do Legítimo Rocambole é maldade! O bom é que ele é sempre fresquinho. Quando a gente pede para viagem, tem que ficar esperando eles enrolarem um novinho…

    Silvia, suas postagens sobre Tiradentes estão me matando de vontade de voltar lá!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Tiradentes é pra toda a vida! 🙂

    (Responder)

  2. Sirlene
    Comentário do dia 13/4/2011 às 11:40

    Socorro, Silvinha! Assim você mata a gente!!!! Já amo rocambole, imagine experimentar o melhor rocambole do mundo “o legitimo”. 😉

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    A massa derrete na boca, maaaaravilhoso!

    (Responder)

  3. Marcia Kawabe
    Comentário do dia 13/4/2011 às 12:16

    Mainha que é mineira da gota, faz um rocombole destes e o gran finale é salpicar açucar por cima e passar um pedaço de ferro quente ( ela usa um espeto de churrasco ) pra deixar o bicho mais bunitim 🙂

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Uia, como faço para contratar sua mãe para ela fazer esse rocambole e tirar umas fotos com essa tecnologia em ação para publicar aqui no Matraca News???

    (Responder)

    Resposta de Marcia Kawabe

    O cache vai ser alto hahahaha! 😉

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Aaahhh, tenta convencê-la (sério!)… mas tem que ser trabalho voluntário, já que o Matraca News é uma instituição sem fins econômicos! hohohoho!

    Resposta de Marcia Kawabe

    Silvia acredite se quiser, mas nem receita ela tem. Ela faz de cabeça e às vezes a massa nem dá certo, porque tem que ter um ponto certo pra poder enrolar e não quebrar. Mas posso sim pedir pra ela fazer qualquer dia desses e eu fotografar. Coloquei uma foto no facebook dele pra vc ver como fica depois 🙂

    (Responder)

  4. Jessé
    Comentário do dia 13/4/2011 às 14:06

    Silvia, não sei se você conhece. Se não, quando for novamente a Tiradentes, não deixe de conhecer Resende Costa. Fica pertim, pertim. Cidade pacata, de povo hospitaleiro, que vive do artesanto têxtil. Lá você compra colchas, tapetes e outras peças de tear a bons preços.

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Ai, nem me fale Jessé! Sim, ouvi muuuito falar dos teares de Resende da Costa e da cachacinha de Coronel Xavier Chaves… mas ficou para a próxima!!! 🙂

    (Responder)

  5. Guilherme Biazzi
    Comentário do dia 13/4/2011 às 19:37

    Silvia, Boa Noite.

    Tenho algumas dúvidas sobre Curitiba.

    – Qual o melhor lugar para se hospedar? Digo, bairro.
    – No mês de Junho, como é o tempo em Curitiba?
    – Iremos sem carro, é possível se locomover bem na cidade sem carro?

    Obrigado,

    Guilherme.

    (Responder)

    Resposta de Jessé

    Desculpa meter a colher na conversa alheia. E no post errado. Estive em Curitiba no final do ano passado e fiquei hospedado no Formule 1. Gostei da localização pois fica pertinho do terminal rodoferroviário e do centro. Dali é fácil tomar ônibus para vários pontos da cidade. E aquela jardineira verdinha (Linha Turismo) ajuda bastante pois te leva a quase todos os pontos turísticos da cidade. Curitiba é uma linda cidade. Não deixe de fazer o passeio de trem até Morretes e comer o barreado por lá. Se der tempo vá até a Ilha do Mel. É um belo passeio.

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Também recomendo o Formule 1, como hospedagem econômica! o Íbis Batel tem excelente localização (bairro Batel) e preços atrativos. Sim, é possível se locomover sem carro. Em junho faz muuuito frio. Geralmente os dias são azulados, apesar de congelantes! No mais, o Jessé já disse tudo!

    (Responder)

  6. Lucas
    Comentário do dia 20/11/2013 às 20:51

    Uma dica.
    Apesar do rocambole da BR-383 (Legítimo Rocambole) ser gostoso, o rocambole mais tradicional de Lagoa Dourada, é o rocambole da Padaria Do Jaci (Rua Tiradentes, 91, Lagoa Dourada – 32-3363-1317). Além de mais saboroso, o recheio não é tão doce e ainda por cima é mais barato do que os vendidos na beira da estrada. Vale a pena conferir.
    Chegando por lá, basta perguntar qualquer morador que eles irão te falar onde fica.
    P.S.: O melhor do “O Legítimo Rocambole” é a broa de mandioca com um cafezinho.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada pela dica, Lucas! 😉

    (Responder)

  7. Neusa de Lourdes Francisco
    Comentário do dia 01/12/2013 às 16:54

    esta no canal da canção nova hoje dia 01 de dezembro de 2013 guando apareceu o legítimo rocambole de lagoa dourada não deu para anotar todos os ingredientes que o carlinos disse não sei se é esse o nome do padeiro que estava lá neste dia mas a repórter que entrevistou o padeiro passou a receita mas eu não paguei toda ele disse que iria 9 ovos as claras em neve 1 colher de sopa de fermento de bolo a farinha o açúcar não deu para marcar eu fiquei com muita vontade de comer mas eu moro muito longe em são joão da boa vista estado de são paulo eu gostaria de ter esta bela receita eu liguei logo que desligue a televisão mas a moça que atendeu disse que o padeiro estava muito ocupado ela mandou eu ligar amanhã que é segunda dia 02 será que vocês mandaria a receita para mim?o meu FACEBOOK é 6/2/1973.o meu telefone é 019/36234992 ficarei muito grata se receber esta receita se eu for até Tiradentes vou até aí se Deus quiser ele á de querer que vocês tenham muito mais sucesso o meu muito obrigado.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Neusa! Entre em contato diretamente com a loja do rocambole. O Matraqueando é só um blog de viagens! 😉

    (Responder)

  8. Miriam Pereira de Jesus
    Comentário do dia 16/8/2015 às 16:08

    Boa tarde Silvia.
    Estou tentando montar um roteiro para conhecer algumas cidades da Estrada Real, porém fazendo o trajeto de ônibus, entre uma cidade e outra, partindo de Paraty.
    Estou com dificuldades para encontrar informações de itinerários entre uma cidade e outra. Estou com medo de ficar sem opções de partidas.
    Você saberia me informar se os municípios são interligados por linhas de ônibus ou terei dificuldades?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Puxa, Miriam! Demandaria uma boa pesquisa em sites de passagens rodoviárias. O interessante é montar seu roteiro e ligar nas rodoviárias das cidades para saber sobre possíveis trajetos rodoviários! Boa sorte! 😉

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar