-  Atualizado 13/02/2015

Madri bairro a bairro | Salamanca

Publicado por: Silvia Oliveira Madri

Bairro Salamanca calle Serrano

Basta uma manhã no bairro Salamanca de Madri para você se sentir o próprio herdeiro da dinastia Bourbon. O lado chique, alinhado e bem-vestido da cidade está aqui. Trata-se de um grande trecho da capital delimitado pela Paseo de la Castellana, Parque del Retiro, Calle María Molina e Francisco Silvela.

Bairro Salamanca Palacetes 2

Salamanca tem uma organização urbana bem estruturada com ruas largas e arborizadas. Embora seja um corredor de compras de alto nível,  não é uma zona exatamente turística. Aliás, boa parte da área é residencial. Diversos políticos, diplomatas e milionários da cidade vivem justamente neste charmoso e sofisticado quadrilátero.

E-book | O Barato de Madri —> Baixe o seu agora mesmo!

Bairro Salamanca Ortega y Gasset

Algumas das lojas mais luxuosas e caras ficam nas ruas Serrano, Velázquez, Goya e Ortega y Gasset, as vias mais importantes do bairro. A calle Serrano começa na Plaza de Independencia onde está a famosa Puerta de Alcalá — pedaço que abriga a entrada principal do Parque del Retiro e lindíssimos palacetes do século 19. Mesmo que você não disponha de bufunfa para gastar, vale  conhecer para apurar o gosto! :mrgreen:

Bairro Salamanca Palacetes 1

Matraqueando Instagram

Um passeio descompromissado, porém, vai revelar alguns atrativos interessantíssimos que vão muito além da ruína do seu cartão de crédito. Salamanca reúne museus, fundações e o próprio Parque del Retiro (que também faz parte da região do Paseo del Prado), um bálsamo gratuito e acessível a qualquer mortal da cidade. É uma das regiões da cidade mais agradáveis para caminhar e apreciar arquitetura histórica bem conservada.

Bairro Salamanca Puerta de Alcalá

Puerta de Alcalá: onde começa (ou termina) a Calle Serrano

O que fazer

Residencia de Estudiantes | É um lugar mítico para a cultura espanhola do século 20.  Fundada em 1910, a residência foi o primeiro centro cultural da Espanha. É uma casa aberta à reflexão, ao diálogo e ao intercâmbio científico e artístico desde o período entreguerras até os dias atuais. Passaram temporadas por aqui nomes como Federico García Lorca, Luís Buñuel, Salvador Dalí, Ortega y Gasset, entre tantos outros. Até hoje acolhe estudantes com projetos que promovam o debate intelectual.  A Fundação Federico García Lorca – com biblioteca aberta ao público – faz parte do complexo. Calle del Pinar, nº 21-23. (Rua paralela à calle Serrano.)  Metrô República Argentina ou Gregorio Marañón.

Bairro Salamanca Palacetes 4

Museo Nacional de Ciencias Naturales | É a versão reduzida do Museu de História Natural de Nova York.  Segue a linha dos museus do gênero: esqueletos de dinossauros, animais empalhados e insetos nos mais variados tamanhos.  Ótimo passeio para aficionados do gênero e para quem está com crianças. Fica entre a calle Serrano e o Paseo de la Castellana, praticamente em frente à Residencia de Estudiantes. Veja horários de visitas aqui. Entrada € 6.  Calle José Gutiérrez Abascal, nº 2.  Metrô República Argentina ou Gregorio Marañón.

Palacio-Museo Lázaro Galdiano | Está numa belíssima mansão e abriga uma das mais vivas coleções privadas da Espanha. (Em breve um post só dele!) São 15 mil obras de arte — como Goya, El Greco, Velázquez, Murillo, Zubaran, Constable, entre outros — e uma biblioteca com mais de 20 mil livros. Só isso já valeria a visita, mas a fundação reúne ainda diversas peças decorativas de gigante valor histórico como porcelanas, tapetes e objetos em bronze e prata. Abre das 10h às 16h30 e domingos das 10h às 15h. Fecha às terças-feiras. Entrada € 6. Calle Serrano, 122. Metrô Gregorio Marañón e Ruben Darío.

Bairro Salamanca escultura

Museo Arqueológico Nacional | Reúne uma impressionante coleção que data desde os primeiros povoados pré-históricos da Península Ibérica até a Idade Moderna, além de retratar as antigas civilizações mediterrâneas e orientais. Acho o passeio indicado, principalmente, para crianças em idade escolar. Elas vão se divertir e aprender muito. Terça a sábado, 9h30 às 20h. Domingo e feriados, 9h30 às 15h. Entrada € 3. Gratuito aos sábados a partir das 14 e domingos pela manhã. Calle Serrano, 13. Metrô Colón.

Onde comprar

Calles Serrano, Goya, Ortega y Gasset e Velázquez | Essas ruas abrigam lojas de diversas grifes internacionais como Yves Saint-Laurent, Carolina Herrera, Gucci, Tiffany, Cartier e Chanel — além de estilistas espanhóis como Purificación García e Adolfo Domínguez. Opções mais acessíveis como as tradicionais Zara e Stradivarius também têm sua portinha no bairro.

Bairro Salamanca Cartier

Para dar um fôlego, no nº 70 da Serrano você encontra um enorme El Corte Inglés, a loja de departamento mais famosa do país. (Ao lado do El Cortés Inglés tem um fofo carrossel para as crianças.) O centro comercial ABC Serrano fica no nº 61 da mesma rua (também há uma entrada pelo Paseo de la Castellana). O refinado shopping está cheio de boutiques de roupas, sapatos e acessórios. Já o El Jardín de Serrano também é um reduto de lojas chiquérrimas situadas em dois palacetes do século 19.

Bairro Salamanca El Corte Ingles

Bairro Salamanca Adolfo Dominguez

Onde comer

Eu deveria ter vergonha de indicar uma rede batida e baratex num lugar tão chiquetê como Salamanca. Mas se você estiver disposto a gastar nos bistrôs e restaurantes do bairro não se prenda por mim. 🙂 Na Calle Serrano nº 41, perto do El Corte Inglés, há uma unidade da rede de restaurante VIPs.

Bairro Salamanca Restaurante VIPs

É uma cadeia que oferece desde o café da manhã, sanduíches até refeições completas a preços excelentes. Meu almoço aqui foi o menu do dia (há várias opções): prato principal com carne, pão, salada e bebida por € 7,90.  Existem muitas unidades do VIPs em Madri. Encontre a sua aqui.

Onde ficar

Ainda não tive a oportunidade de me hospedar ou visitar qualquer hotel nessa região. Mas é uma área ótima para ficar, principalmente se você conseguir algo perto de uma estação de metrô. Apesar de estar cercado por uma intensa zona comercial, Salamanca é um bairro calmo, agradabilíssimo e cheios de árvores. (Caso já tenha ficado hospedado por aqui, deixe sua dica na caixa de comentários, pufavô!) 🙂

Bairro Salamanca ruas

Como chegar

Metrô Colón, Serrano e Velázquez (Linha 4), Goya (Linha 3 e Linha 5), Retiro e Príncipe de Vergara (Linha 2).

Madri combina com

Barcelona

Lisboa

Madri bairro a bairro

Barrio de las Letras

Chueca e Malasañas

Salamanca

La Latina

Posts relacionados

Europa Barata: Madri pela primeira vez

Como ir do aeroporto de Madri ao centro

Trem-bala entre Madri e Barcelona: a experiência de viajar a 300 km por hora

_________________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Banner Guia Madri 2015



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


4 comentários

  1. Miriam Oliveira
    Comentário do dia 28/8/2014 às 20:04

    Nossa Silvinha. Vim no seu blog procurar dicas do Uruguai e encontrei esse belíssimo post! Sabe que quando eu fiz intercâmbio na Espanha (a mais de 15 anos) eu fiquei hospedada em uma casa de familia justamente neste bairro. Quanta saudades!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Jura, que legal! O bairro é lindo mesmo! 😉

    (Responder)

  2. Vicente Neto
    Comentário do dia 16/3/2015 às 15:33

    Massa Silvinha, além de bonita e inteligente tens muita experiência de viagem!

    (Responder)

  3. Aline Coelho
    Comentário do dia 26/11/2015 às 23:53

    Oi, boa noite
    Estou indo com meu esposa a Madri no dia 30/04/16, é a nossa 1º vez na cidade e consegui um apartamento por um preço excelente no bairro Salamanca, mas estou em dúvida entre hospedar lá ou no centro. Qual vc recomenda? Desde já agradeço e aguardo seu retorno

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Aline, se é sua primeira vez eu recomendo ficar no centro. Abs!

    (Responder)

  4. Gilmar Maldonado Roman
    Comentário do dia 08/3/2016 às 17:44

    Toda Madrid é maravilhosa, porém o Bairro Salamanca é realmente mais atraente, por se encontrar próximo a esplendorosos pontos históricos e culturais da cidade.

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar