-  Atualizado 24/08/2010

O tango da minha vida

Publicado por: Silvia Oliveira Buenos Aires
Meu passado me condena. Fui bailarina. Clássica. Daquelas de treinar 8 horas por dia, pés cheios de bolhas, sapatilhas de ponta e apresentações pelos mais variados palcos do Brasil, incluindo o Teatro Guaíra, em Curitiba. Foram 12 anos (DOZE, eu disse!) entre degagés, relevés e demi-pliés. Abandonei a profissão por causa do jornalismo. Da noite para o dia. Nunca me arrependi. Mas sempre digo que jornalista é a minha identidade secreta, porque sou mesmo da dança! Sou vidrada no flamenco, fico impressionada com a dança do ventre, adoro os bailados gaúchos, sou boa na gafieira, arrisco a salsa e fico completamente paralisada ao assistir um tango.

Por isso, minha viagem para Buenos Aires foi pautada por uma rota tangueira. Já visitei os bairros San Telmo (onde estão as principais casas do gênero) e Abasto (onde viveu Carlos Gardel). Assisti a dois espetáculos. Um no El Viejo Almacén, a casa de tango mais antiga da cidade – que traz um concerto mais hollywoodiano. Mas foi no Piazzolla Tango (foto), um antigo cabaré-bordel do século passado todo restaurado que vi o melhor show da minha vida. O local é uma homenagem a Astor Piazzolla que – com sua genialidade – deu ao bandoneón o status que o ritmo merecia.

Foto: Raul Mattar



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


6 comentários

  1. Fernanda
    Comentário do dia 13/9/2006 às 20:20

    Olá!!!
    Amo, Ástor Piazzolla. Tem um disco do Caetano e do Chico, que ele participa com a música: Ádios Nonino,lindo,lindo….
    Elza Soares comecou cantar tango com ele.
    Quando Ástor comecou, ele foi muito criticado pelos tocadores de tango mais antigos. Diziam que a música dele nao era tango, ele respondia que era música contemporânea de Buenos Aires.
    Para terminar,vou dar uma sugestao, um cd de Ástor Piazzolla e Gerry Mulligan, os críticos definiram como "Tango Jazzy"
    Fernanda – J.Fora – M.G

    (Responder)

  2. Patricia de Camargo
    Comentário do dia 13/9/2006 às 20:21

    Silvinha deste teu passado eu não sabia!!! UAU!!! Cada dia na vida é uma descoberta jejejejeje
    Tô louca para ir a Buenos Aires, e a foto do Raul tá show!!! Incrível!!! Que dupla!!!

    (Responder)

  3. Gabriela Lapa
    Comentário do dia 16/9/2006 às 00:27

    Silvia…que dica ótima…estou em dúvida de qual ir…e pelas dicas que recebi ninguém tinha mencionado este tango! só indo mesmo pra descobrir novos lugares.

    (Responder)

  4. Silvia Oliveira
    Comentário do dia 16/9/2006 às 10:22

    Gabriela!

    O Piazzolla Tango é sensacional, mas é caro, uns R$ 200,00, sem jantar. Depende de quanto você quer investir para assistir um show desses. Mas por uns R$ 25,00 é possível ver um show bem lindo também no Café Tortoni (http://www.cafetortoni.com.ar).
    Abraços!

    (Responder)

  5. Gi SP
    Comentário do dia 17/9/2006 às 00:28

    é, o café Tortoni tb tem um show muito bom mesmo! Visitei recentemente tb, e fui numa milonga fantástica, para mim, melhor que os shows!

    (Responder)

  6. ROBERTO MATTAR
    Comentário do dia 17/9/2006 às 17:02

    Oi Silvia!
    Sabes que o Tango tem na sua formação o VIOLÃO como instrumento fundamental. Seu ritmo, sua harmonia serve a este gênero na mesma intensidade que para o CHORO no BRASIL. Astor Piazzolla compôs Àdios Monino em homenagem a seu pai…É sem dúvida sublime!!! Com toda certeza Buenos Aires e tango combinam perfeitamente…
    Aliás, os textos e a fotos primorosas do blogger, também.

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar