-  Atualizado 01/05/2013

Os Patrimônios da Humanidade no Brasil

Publicado por: Silvia Oliveira Descubra Brasil


Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas.

Receber o título de Patrimônio da Humanidade não é para qualquer um. Ou para qualquer lugar. Somente locais de extraordinária importância histórica, cultural ou natural passam a fazer parte da lista da UNESCO – órgão das Nações Unidas que fiscaliza o programa de catalogação dos sítios e certifica os escolhidos.

Os candidatos passam por um rigoroso e demorado processo de avaliação. Entre os critérios para se tornar patrimônio mundial estão apresentar uma tradição cultural única ou um conjunto arquitetônico singular e historicamente representativo ou ser uma obra-prima criativa e genial produzida pelo homem ou, por exemplo, ter um habitat natural significativo – entre outros atributos e características.

Dos 911 patrimônios mundiais, 18 estão no Brasil. Bem pouco por sinal. Só na Espanha – um tanto menor que o Brasil – são 42 locais destacados pela UNESCO. Sem contar que a preservação do Patrimônio da Humanidade deve ser constante. Só para a gente ter uma ideia, há algum tempo, o centro histórico das cidades de Ouro Preto, em Minas Gerais e de São Luís, no Maranhão corriam o risco de sair da lista oficial por falta de conservação.

Supimpa é saber que quase todos os nossos patrimônios listados são gratuitos e de fácil acesso. Veja quais são eles e inclua na sua próxima viagem temática, aquela que vai percorrer o melhor da nossa arquitetura, tradição, história e biosfera.

1. Cidade Histórica de Ouro Preto
Por que é Patrimônio da Humanidade: representa uma obra-prima do gênio criativo humano e abriga exemplares da arquitetura barroca de valor inestimável.

2. Centro Histórico de Olinda
Por que é Patrimônio da Humanidade: promoveu um intercâmbio considerável de valores humanos durante um determinado período ou em uma área cultural específica. Possui raros exemplares de construções religiosas – igrejas e conventos – do século 16.

3. Centro Histórico de Salvador
Por que é Patrimônio da Humanidade: está associado de alguma forma a acontecimentos ou tradições vivas ou com obras artísticas de significado excepcional para a humanidade. É ponto de encontro entre as culturas africanas, européias e americanas dos séculos 16 e 17.

4. Santuário de Bom Jesus de Matosinhos | Minas Gerais
Por que é Patrimônio da Humanidade: está no município de Congonhas a representação máxima do barroco mundial no Brasil. Os 12 profetas no adro da basílica e as capelas dos Passos – que representam a Paixão de Cristo – desvendam a excelência da obra de Aleijadinho.

5. Ruínas de São Miguel das Missões | Rio Grande do Sul
Por que é Patrimônio da Humanidade: é um exemplo excepcional de um conjunto arquitetônico que ilustra uma etapa significativa da história da humanidade. O consultor da UNESCO quando esteve no Brasil para visitar as ruínas, comparou a importância da construção ao Coliseu de Roma e à Acrópole, em Atenas.

6. Parque Nacional do Iguaçu | Paraná
Por que é Patrimônio da Humanidade: as cataratas são consideradas fenômenos naturais extraordinários e de importância estética e natural incomum, além do parque fazer parte de um habitat natural para a conservação da diversidade biológica.

7. Brasília | Distrito Federal
Por que é Patrimônio da Humanidade: foi a primeira cidade moderna do mundo a entrar para a lista de patrimônios da UNESCO. Destaque para a criatividade humana com exemplo de um tipo de arquitetura que ilustra uma etapa significativa da história nacional.

8. Parque Nacional da Serra da Capivara | Piauí
Por que é Patrimônio da Humanidade: revela um testemunho singular e representativo de uma civilização que desapareceu, preservando os vestígios mais antigos de ocupação humana da América do Sul.

9. Centro Histórico de São Luis | Maranhão
Por que é Patrimônio da Humanidade: testemunha de tradições culturais, exemplo significativo de conjunto arquitetônico. Cogitou-se recentemente a possível perda do título dado o abandono dos casarões coloniais.

10. Centro Histórico de Diamantina | Minas Gerais
Por que é Patrimônio da Humanidade: conseguiu promover um intercâmbio rico de valores humanos durante um determinado período histórico, no desenvolvimento das artes, monumentos e estilos arquitetônicos.

11. Costa do Descobrimento | Reservas Florestais da Mata Atlântica
Por que é Patrimônio da Humanidade: tem a maior faixa contínua desse ecossistema, um dos mais ameaçados do planeta. A área é considerada habitat natural para a conservação da diversidade biológica.

12. Mata Atlântica | Reservas do Sudeste
Por que é Patrimônio da Humanidade: a Mata Atlântica é exemplo representativo de processos ecológicos e biológicos que contribuem para o desenvolvimento dos escossistemas marinhos e terrestres.

13. Parque Nacional do Jaú | Amazonas
Por que é Patrimônio da Humanidade: é o maior parque de florestas tropicais contínuas do mundo, com variedade biológica de um ecossistema único.

14. Área de Conservação do Pantanal
Por que é Patrimônio da Humanidade: localizada no município de Poconé, a região é formada por um complexo de quatro áreas preservadas com rica fauna, flora e imensa planície alagável de beleza excepcional.

15. Ilhas Atlânticas Brasileiras
Por que é Patrimônio da Humanidade: o arquipélago de Fernando de Noronha e o Atol das Rocas são os únicos pontos no Atlântico Sul com um sem fim de espécies de aves fixas e migratórias. As piscinas naturais revelam uma diversidade excepcional de peixes. Fernando de Noronha abriga, ainda, a maior concentração de golfinhos rotadores do planeta.

16. Áreas de Conservação do Cerrado | Goiás
Por que é Patrimônio da Humanidade: abrange dois parques nacionais – o da Chapada dos Veadeiros e o das Emas. Tem animais e plantas endêmicos – que não podem ser vistos (ou não existem) em outros lugares. É um dos ecossistemas mais antigos do mundo.

17. Centro Histórico da Cidade de Goiás | Goiás
Por que é Patrimônio da Humanidade: é um marco histórico e arquitetônico. Passou a ser símbolo do modo de construção europeu adaptado ao clima e topografia brasileiros. Em tempo: aqui nasceu e viveu a poetisa Cora Coralina.

18. Praça São Francisco de São Cristóvão | Sergipe
Por que é Patrimônio da Humanidade: localizada no município que foi a primeira capital do Sergipe, a praça São Cristóvão é quatrocentona e está totalmente preservada. Mantém intactas as construções coloniais com quase nenhuma deformação em sua estrutura ou estética.

Foto: Raul Mattar

———–

Texto originalmente publicado na minha coluna “Viagens Econômicas e Inteligentes”, que sai no portal Descubra Brasil.

Artigos Relacionados


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


3 comentários

  1. Comentário do dia 21/10/2010 às 15:47

    Que legal, Silvinha! Apesar de não ser muitos, apenas 18 locais… dá um orgulho de saber que temos tão lindas raridades em nosso país! Bjs!

    (Responder)

  2. Alessandra
    Comentário do dia 21/10/2010 às 21:41

    Eu fiquei muito impressionada com Congonhas, com a história do santuário que foi construído para pagar uma promessa e que está no alto da cidade, num lugar super pobre, contrastando com a riqueza cultural que são as esculturas do Aleijadinho. E também aquela sala dos milagres, com as fotos e promessas, a religiosidade do povo, uma mistura de fé, história, cultura, arte…achei realmente impressionante, fiquei bem tocada…

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Acho que Congonhas é o ponto alto – artísticamente falando – de uma visita às cidades históricas. Eu não tive muita sorte. Me planejei mal e acabei chegando ao meio-dia à basílica, debaixo de um sol de 35 graus… com uma criança de 2 anos nas costas! hahahaha! Mas isso foi só um detalhe… era fim de semana de feriado e havia uma… quermesse em volta da basílica! Hahaha! É o tipo de lugar que quero voltar, na baixa temporada… para apeciar aquilo s-o-z-i-n-h-a!

    (Responder)

  3. itana
    Comentário do dia 02/8/2012 às 00:09

    olá Silva!gostaria de saber quais os critérios e, como ocorre o processo de escolha de um patrimônio da humanidade?Grata!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Não tenho a menor ideia, Itana. Talvez você encontre as definições no site da UNESCO: http://whc.unesco.org/

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar