Silvia Oliveira
sábado, 30 de abril de 2016

Gramado: dicas para uma viagem econômica

Parque-de-Lavandas-Gramado

Caro e barato são termos subjetivos e podem ter significados distintos para mim e para você. Tem gente, por exemplo, que não abre mão de um hotel classudo, mas não se importa em comer numa espelunca legal.

Há os que precisam de prato enfeitado com espuma de abacate e sommelier ao lado dando dica de vinho, mas não estão nem aí se a hospedagem é padrão pelourinho.

Outros buscam a melhor cerveja, o lugar mais romântico, a atração mais divertida, a loja mais atraente e alguns já ficam bem satisfeitos se o restaurante tiver um módico fraldário família.

matraqueando-instagram1

O detalhe é: como fazer uma viagem econômica para Gramado sem perder a dignidade? Se você andou pesquisando por aí, já deve ter percebido que a cidade está trabalhando em “euros”. E isso não é só força de expressão, não.

Para organizar uma viagem redondinha e sem gastar os tubos escrevi o completíssimo e interativo e-book O Barato de Gramado e Canela, cheio de sugestões certeiras — inclui hotéis e restaurantes — com dicas de economia inteligente (algumas delas estão aqui).

As atrações são descritas detalhadamente (o que ajuda a decidir o que fazer e visitar) e todos os atrativos têm links para o Google Maps. Mais informações aqui!

Continue lendo o texto…

Share
segunda-feira, 18 de abril de 2016

O conteúdo deste blog está sendo usado sem autorização

nao autorizado

Se você está lendo esse post fora do Matraqueando tem alguma coisa errada.

O conteúdo dos blogs de viagem brasileiros está sendo usado — sem autorização — por “agregadores”. São sites que não têm conteúdo próprio e que, através de recursos técnicos (como RSS e iframes), puxam os posts dos blogs de viagem e exibem como se o agregador fosse um portal.

Explicando melhor: tem gente que abre um site, não produz nada a não ser reunir o trabalho sugado de vários blogs, alegando que está direcionando tráfego para nós.

Pelo amor dos meus filhinhos: imagine, por exemplo, um site que acabou de abrir, que não tem qualquer visibilidade e usa o MEU conteúdo que vem sendo elaborado e consolidado há 10 anos (DEZ ANOS!) e ainda diz que vai ser bom para mim, que ele (o site chupinha) está direcionando visitas para o meu blog. Oi?

Leia mais…

Share
quarta-feira, 16 de março de 2016

Barcelona bairro a bairro: 2º dia | Eixample e Gràcia

Casa Batlo Barcelona

A Barcelona que existe no seu imaginário está aqui. Atrações, museus, parques, praças e igrejas de grande interesse se misturam entre os bairros vizinhos Eixample e Gràcia.

Comecei meu roteiro de 4 dias em Barcelona pelo Bairro Gótico, La Ribera e El Born por uma questão cronológica em relação à história da fundação da cidade. Mas se você tiver um único dia na cidade, sugiro que se concentre nos bairros de hoje.

Gracia Barcelona Imas

Eixample tem uma zona urbana bem desenhada com algumas das maiores preciosidades do modernismo como a Casa Batló e a Sagrada Família de Antoní Gaudí.

Já Gràcia possui um traçado peculiar com características ainda preservadas de quando era uma imensa área rural independente da capital da Catalunha. Abriga alguns mercados bacanas e o fabuloso Hospital de la Santa Creu i Sant Pau (que na verdade está em Horta Guinardó, bairro vizinho — mas muito próximo da Sagrada Família, por isso encaixei aqui).

Continue lendo o texto…

Share
quarta-feira, 09 de março de 2016

Barcelona bairro a bairro: 1º dia | Bairro Gótico, La Ribera e El Born

La Ribera Arquitetura

A capital da Catalunha talvez seja a cidade espanhola com mais atrativos por metro quadrado. Vibrante, colorida e com bairros demarcados com uma identidade muito própria, Barcelona circula com harmonia do medieval ao modernismo, das callejuelas às avenidas contemporâneas.

Antonio Gaudí, o arquiteto que revolucionou a arquitetura da cidade, dá o tom. O povo catalão ensina a melodia. Mas é você quem organiza o ritmo. Elaborei um roteiro de quatro dias bairro a bairro. Mas como o post virou quase um livro resolvi dividi-lo em quatro artigos recheados de informações, fotos e mapas.

Continue lendo o texto…

Share
sexta-feira, 04 de março de 2016

Os melhores lugares para comer salgados em Curitiba: coxinha, quibe, esfiha, pastel e empadinha

O título é meio pretensioso. Mas é bom deixar claro que vou falar dos melhores lugares para comer salgados em Curitiba de acordo com o Matraca Ibope. Não é uma lista definitiva nem pretendo esgotar todas as possibilidades que existem na cidade.

QUIBE E ESFIHA

Você pode encontrar os dois no mesmo lugar: Kibe da Boca. O local fica no buchicho turístico de Curitiba, quase em frente à Boca Maldita, no centro da capital. A esfiha aberta de carne e homus (R$ 3,60) tem um tempero inexplicável.

O quibe apresenta uma textura que eu adoro, crocância leve (não gosto de quibe com casca dura) e o recheio suculento, do tipo molhadinho (R$ 4,60). Os salgados saem na hora, o tempo todo,  tudo quentinho.

Melhores salgados Esfiha Kibe da Boca Curitiba

Continue lendo o texto…

Share
sábado, 27 de fevereiro de 2016

Nova York bairro a bairro: Harlem

Harlem Apollo Theater

Você não precisa de guia ou roteiro para conhecer o Harlem. Apenas compreender um pouco da história do maior reduto da cultura afro-americana já basta para viver uma experiência única em Manhattan. Prometo ser o mais objetiva possível no textão introdutório. (Mas sem ele fica difícil entender e dar o devido valor ao bairro!)

O Harlem era essencialmente agrícola. Foi povoado por holandeses, recebeu imigrantes judeus e latinos e, por ter aluguéis mais baratos, foi se consolidando como uma referência para os negros que vinham do sul dos Estados Unidos fugindo do preconceito e da segregação racial.

Na década de 20, foi do auge — com o Harlem Renaissance (uma explosão cultural que tinham nomes como Louis Armstrong à frente) —  à decadência total com a quebra da Bolsa de Nova York em 1929, o crash que deu todo o sentido à frase comer o pão que o diabo amassou.

Continue lendo o texto…

Share
quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Mary Ann Apple Factory: as maçãs gourmet de Curitiba

Mary Ann Apple Factory - Maca Gourmet Curitiba Parana

O mesmo raio gourmetizador que transformou o tio do cachorro quente num empreendedor de food truck chegou às singelas… maçãs.

Aquela sua maçã do amor craquenta, dura e melada da quermesse? Já era.

Agora, você tem à sua disposição um conceito. Um conceito de maçã.

Continue lendo o texto…

Share
terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Como ir do aeroporto de Barcelona ao centro

Casa Batlo Barcelona

Sair do aeroporto El Prat de Barcelona (18 km do centro) é bem fácil e econômico, principalmente se você optar pelo transporte público ou pelo ônibus oficial. A sinalização é excelente e facilmente você encontra as paradas de trem, ônibus e metrô.

Aliás, o que me motivou a escrever este post foi justamente o metrô que acabou de chegar ao aeroporto. Mas como alegria de pobre dura pouco acabei descobrindo que ele sai mais caro do que o trem. Achei melhor alertar! 😀

Continue lendo o texto…

Share
quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Buenos Aires: qual o melhor bairro para se hospedar

Onde ficar em Buenos Aires

Pela minha experiência com o guia O Barato de Buenos Aires, a capital portenha continua sendo o primeiro destino internacional da maioria dos brasileiros. E assim como Londres, Paris, Lisboa, Madri e Nova York, a cidade tem bairros bem definidos com características próprias.

Onde ficar em Buenos Aires vai depender de muitas variáveis como estilo e objetivo da viagem. Preparei um apanhado bem completo bairro a bairro com vantagens e desvantagens de cada um. Fique à vontade para escolher aquele que combina mais com você ou aquele que você considerar o melhor bairro para se hospedar aqui!

Continue lendo o texto…

Share
domingo, 07 de fevereiro de 2016

Promoção de carnaval: na compra de um Guia Matraqueando você leva outro totalmente grátis

Loja Matraqueando

Não tem pegadinha nem letrinha pequena no rodapé. Na compra de qualquer guia de viagem da Loja Matraqueando você leva outro inteiramente grátis à sua escolha. Nós temos sete guias disponíveis. Todos escritos por mim com roteiros testados e aprovados!  \0/ \0/ \0/

Os guias são focados em dicas de economia inteligente para seu dinheiro render mais nas férias. Onde ficar, onde comer, o que fazer, onde comprar e agitar. E ainda:  sugestões mão-de-vaca-muquirana e momentos de extravagância. 😀

Continue lendo o texto…

Share
sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Vinícola Família Fardo: arquitetura medieval e degustação grátis nos arredores de Curitiba

Vinicola Fardo Quatro Barras Fachada

Olha, não dá para reclamar. Se você mora ou está de passagem por Curitiba o que não faltam são passeios nos arredores da cidade cheios de entretenimento, informação e descanso.

Já falamos aqui do sítio geológico de Vila Velha, do Parque Histórico de Carambeí, da tradicionalíssima Lapa, da alemã Colônia Witmarsum e do inusitado passeio de trem pela Serra do Mar.

Continue lendo o texto…

Share
quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Centro das Tapioqueiras e Casa José de Alencar: passeio redondo em Fortaleza

Casa Jose de Alencar Fortaleza Ceara

Se você está planejando uma viagem a Fortaleza já deve ter incluído no seu roteiro uma paradinha no Centro das Tapioqueiras, um espaço dedicado à comidinha mais típica do Nordeste.

O que talvez você ainda não saiba é que a pouco mais de 10 minutos de carro dali está a Casa José de Alencar (foto acima), local onde o maior escritor cearense nasceu e viveu parte da infância.

Continue lendo o texto…

Share
domingo, 24 de janeiro de 2016

Golden Tram 242: hostel tinindo de novo no coração de Lisboa

Goldem Tram Hostel Lisboa - Elevador -Hospedagem boa e barata em Lisboa

À esquerda, fachada do hostel. À direita, vista do meu quarto para o Elevador de Santa Justa.

Muquiranas, uni-vos! Nem só de apartamentão vive uma Matraca na capital portuguesa. Uma das hospedagens que eu testei é este novíssimo hostel, localizado bem em frente ao Elevador de Santa Justa.

Eu já havia publicado este post há algum tempo. Mas depois de uma atrapalhada no brogue o artigo foi excluído sem querer e perdi todas as mensagens deixadas aqui. Consegui republicar hoje, mas infelizmente não foi possível recuperar os comentários do post original. Desculpaê! :mrgreen:

Lisboa tem alguns dos melhores albergues do mundo. Existem excelentes opções do gênero na cidade. A maioria boa e barata. Dei uma chance ao Golden Tram 242 Lisbonne Hostel quando vi que ele tinha uma excelente avaliação no Booking.com, localização supimpa e um precinho daqui, ó!

Goldem Tram Hostel Lisboa Onde ficar em Lisboa

Reserva | Pelo Booking.com. O sistema não cobra taxa de reserva e tem cancelamento grátis para a maioria dos quartos, incluindo este. Faça sua reserva aqui!

O quarto |  O hostel oferece dormitórios mistos ou separados (feminino e masculino). Tem ar condicionado e banheiro — todo design — compartilhado. As camas do quarto coletivo têm tomada e lâmpada próprias e uma cortininha que você fecha quando  não quiser ser incomodado pelos outros hóspedes. O Golden Tram 242 também oferece quarto para casal com banheiro privativo, TV de tela plana, frigobar e cofre. Veja mais fotos aqui!

Goldem Tram Hostel Lisboa - Hospedagem boa e barata em Lisboa

Wi-fi | Funciona bem, mas está disponível só nas áreas públicas do hostel.

Localização | A melhor parte. O albergue fica bem em frente ao Elevador Santa Justa, está entre as estações de metrô Rossio e Baixa Chiado (uns cinco minutos a pé), a 10 minutos caminhando do Bairro Alto (região de bares e restaurantes) e a 15 minutos de carro do Aeroporto Internacional de Lisboa.

Goldem Tram Lisboa Onde ficar em Lisboa

Check-in | A partir das 13h.

Check-out | Até às 11h. Aceita cartões Visa, Mastercard e American Express.

Goldem Tram Hostel Lisboa cafe da Manhã Onde ficar em Lisboa

Atendimento | Excelente. O staff não sabe o que faz para agradar. Solícitos, pacientes e simpáticos.

Vantagem | O hostel Golden Tram 242 foi inaugurado em maio de 2013. Está tudo tinindo de novo. Além disso, tem ótima localização, preço atrativo e café da manhã farto incluído. No primeiro andar ficam a cafeteria e um lounge-bar com shows de fado ao vivo e refeições típicas aos fins de semana.

Desvantagem | Se você está acostumado a ficar em albergues e busca uma boa cama para dormir, baratérrima e com ótima localização, não vejo desvantagens neste hostel.

Goldem Tram Hostel Lisboa - Hostel bom e barato em Lisboa

Preço | Os dormitórios estão a partir de € 14 (quatorze!) e o quarto para casal a partir de € 60 (neste caso, o valor já se aproxima ao de um hotel). Eu fiquei num quarto coletivo. E quero voltar! 😀

IMPORTANTE | Portugal faz parte parte do Tratado de Schengen, um acordo que estabelece normas para quem pretende visitar os países membros. A determinação EXIGE um seguro de viagem obrigatório com cobertura mínima de € 30 mil que muitas vezes deve ser apresentado na imigração, caso solicitado. A boa notícia é que leitor do Matraqueando tem 15% de desconto no seguro internacional da Mondial Assistance. Pegue seu cupom aqui e viaje tranquilo! Vale para mochileiro, viajante solo, luxo, aventureiro e família. E ainda dá para dividir em até 6 vezes!

Lisboa bairro a bairro

Alfama

Baixa

Belém

Chiado e Bairro Alto

Parque das Nações

Posts relacionados 

As Sete Maravilhas de Portugal

Onde comer bem e barato em Lisboa

Rota do Pastel de Belém: onde provar o doce mais famoso de Portugal

Leia também

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Como ir do aeroporto de Lisboa ao centro

Portugal a € 50 por dia

Hospedagem boa e barata em Lisboa

Lisbonaire Apartment: hopedagem novíssima, barata, bem localizada e que, ainda por cima, adora crianças

Passport Lisbon: o hostel com melhor custo-benefício de Lisboa

Lisboa combina com

Fátima

Batalha

Alcobaça

Nazaré

Óbidos

Porto

_________________
Política editorial | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. Sempre nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados. O Matraqueando não faz post patrocinado. Alguns posts contêm links para programas de afiliados, parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Tudo o que você encontra aqui foi determinado unicamente pelo interesse do leitor, nosso gosto pessoal ou critério particular. Isso é transparência e credibilidade. Pode confiar! Para ajudar a manter o blog sempre com dicas fresquinhas adquira nossos guias na Loja Matraqueando. Desde já agradecemos a preferência! 😉

Fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados.

Share
sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Santo Antônio de Lisboa: o bairro açoriano de Florianópolis

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Igreja

Mesmo que passasse um mês desbravando Florianópolis eu não teria a menor habilidade para dizer qual a melhor praia da cidade. Mas 30 segundos diante do pequeno casario de Santo Antônio de Lisboa e meu faro fino já poderia decretar: este é o meu passeio preferido na ilha.

Santo Anto de Lisboa Orla

Santo Antônio de Lisboa é um dos bairros mais antigos da capital, um recanto açoriano que recebeu milhares de imigrantes entre os séculos 17 e 18. A memória dessa época está embrenhada nas construções antigas e na gastronomia local, voltada para os pratos à base de frutos do mar.

Santo Antonio de Lisboa Igrejinha

O epicentro do bairro é a Igreja Nossa Senhora das Necessidades, fundada em 1756. Lindinha por fora, preciosa por dentro. Funciona normalmente com missas e celebrações. Pode ser visitada todos os dias das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. Se você veio motorizado, aproveite para deixar o carro estacionado por aqui, já que boa parte do passeio vai ser a pé.

Santo Antonio de Lisboa Floripa Igreja

Na rua ao lado, à direita de quem sai da igreja, você encontra alguns exemplos da arquitetura açoriana. São casas transformadas em ateliês, lojas de renda de bilro e restaurantes.

Santo Anto de Lisboa casario acoariano

Desta rua já desça para a beira-mar, uma faixa estreita, mas com diversos lugares para provar a iguaria mais famosa do local: as ostras.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Onde comer ostras

Fotos do meu instagram: @matraqueando

Existem várias “fazendas de ostras” na região, o que faz com que o molusco chegue fresquinho aos restaurantes. Santa Catarina, aliás, é a maior produtora de ostras do país. Nós almoçamos peixe e comemos uma porção de ostra gratinada (12 unidades por R$ 36) no Oyster Bar, mas ela pode ser consumida também ao bafo (R$ 16) e in natura (R$ 13), ou seja, crua. Passo.

Santo Anto de Lisboa Lojas

O quarteirão que abriga os principais restaurantes (a maioria com deck voltado para o mar) é um dos trechos mais agradáveis e rende boas fotos da orla. Reúne ainda algumas lojas de artesanato, entre elas o Atelier Santo de Casa, que vende obras e peças de artistas locais. Perfeito para quem gosta de coisinhas criativas e objetos de decoração coloridos e inventivos.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Artesanato

Ali perto, o centro histórico do bairro se consagra: na Praça Roldão da Rocha Pires está a primeira rua calçada de Santa Catarina. Foi construída para homenagear Dom Pedro II que visitou a chamada freguesia de Santo Antônio de Lisboa na metade do século 19.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis feirinha

Na Praça Roldão também acontece a Feira das Alfaias, mais conhecida como Feirinha de Santo Antônio de Lisboa. Algumas barraquinhas vendem livros, telas, mosaicos, roupas, bijuterias, artesanato, objetos de madeira e peças feitas com renda de bilro, uma técnica herdada da cultura açoriana.

Geralmente acontece aos fins de semana (sábado, 14h às 20h) e domingos (14h às 19h). Na alta temporada funciona também nos feriados das 15h às 21h. Mas não leve estes horários muito à risca. Nas duas vezes em que estive aqui percebi que nem todos os expositores aparecem e que cada um vai fechando mais ou menos no horário que lhe convém.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Artesanato Renda de Bilro

Há pouco tempo a Feirinha Orgânica que acontecia na Ponta do Sambaqui passou a acontecer junto com a Feira das Alfaias, com melhor acesso não só aos moradores, mas também aos turistas. Todos os sábados, 7h às 14h, frutas e legumes fresquinhos com ótimos preços. Quem estiver hospedado em casa ou apartamento de temporada (nós ficamos neste flat supereconômico e adoramos!) pode comprar aqui a salada mais limpa e nutritiva das férias.

Santo Antonio de Lisboa onde comer

Fotos do meu instagram: @matraqueando

Depois do almoço, nossa sobremesa foi no Café da Praça. O lugar tem preços acima da média para meu padrão mão de vaca muquirana (cafezinho espresso pequeno por R$ 6 pilas!), mas tem tortas, bolos e doces incríveis que valem o momento extravagância. Provamos um bolo de chocolate belga com creme de brigadeiro. Não me lembro do valor exato (gira em torno de R$ 13), mas é muito, muito bom! O must para mim foi a panelinha de tapioca cremosa com lascas de coco queimado (R$ 14,70). Serve duas pessoas tranquilo! (Valores de janeiro de 2016.)

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Rota Sol Poente

Só para você entender, Santo Antônio de Lisboa é um bairro, uma praia (linda, mas imprópria para banho) e também nome de um distrito que compreende os bairros de Sambaqui, Barra de Sambaqui e Cacupé. Essa região toda forma a Rota Gastronômica do Sol Poente.

Santo Antonio de Lisboa Criacao de Ostras

O nome faz uma alusão aos diversos restaurantes da região e à localização geográfica que privilegia um lindíssimo pôr do sol. Fica na região noroeste, a 16 quilômetros do centro e a caminho de algumas praias do norte da ilha como Daniela, Jurerê e Canasvieiras.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Rota Sol Poente Vista

Para seguir em direção a Sambaqui é necessário pegar o carro. Ao lado de Santo Antônio de Lisboa, a praia de Sambaqui forma a dupla de vila de pescadores mais antigas do estado.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Rota Sol Poente Casario

Durante o caminho aparecem mais construções típicas da herança colonial açoriana. É o tempo todo “para o carro, desce do carro, tira foto, sobe no carro, anda mais um pouco, para o carro, desce do carro…”. Até a Mariana garantiu um book da região com a maquininha rosa dela! Rá!

Santo Antonio de Lisboa Paisagem

Também com raízes açorianas e mar calmo, a paisagem é o forte de Sambaqui. Tem vista panorâmica da Baía Norte e de parte do continente, além de poder observar daqui uma “plantação” de ostras no mar. Esta localização estratégica atraiu muitos bares e restaurantes para a região.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Ostras

De volta a Santo Antônio de Lisboa, em frente à igreja Nossa Senhora das Necessidades, há um parquinho infantil bem montado numa área arborizada. Quem estiver com criança vai gostar de dar um tempinho por aqui para descansar.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Peixinho Frito

Até porque, atravessando a rua, está o Cantinho da Ostra, um quiosque simples com uma vista genial e o melhor peixinho frito na hora (R$ 5 a unidade).

As porções de ostras fresquíssimas são criadas por aqui e selecionadas pelos pescadores ao lado do pequeno restaurante. Importante: não trabalha com cartões, só aceita pagamento em dinheiro.

Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Cantinho da Ostra restauranteSanto Antonio de Lisboa Escondidinho de Siri

Enquanto saboreávamos as comidinhas (tem pastel de camarão, ostras e lula frita a preços bem mais em conta que nos restaurantes próximos) como um escondidinho de siri por R$ 10, a Mariana se divertia no balanço e no escorregador sem a gente precisar tirar os olhos dela… e do petisco. Tudo à espera do anoitecer, quando Santo Antônio de Lisboa consegue ficar ainda mais pitoresco e fascinante.

Santo Antonio de Lisboa Por do Sol casario noiteSanto Antonio de Lisboa Floripa Placa

O passeio por Santo Antônio de Lisboa pode ser feito em meio dia. Prefira a parte da tarde por motivos de você p.r.e.c.i.s.a. ver o pôr do sol mais lindo de Florianópolis. (Segundo o Matraca Ibope. #medeixa)  O ideal é vir para o almoço e dar um rolé depois com calma.

É aqui que dezenas de fotógrafos, profissionais e amadores, se reúnem nos finais de tarde para garantir algumas das mais belas imagens do álbum. Dê só uma olhada!

Santo Antonio de Lisboa Fotografos
Santo Antonio de Lisboa Florianopolis Por do SolSanto Antonio de Lisboa Por do Sol

Dicas da Matraca

O passeio por Santo Antônio de Lisboa pode ser feito em meio período, mas se você tiver um dia inteiro, dedique a parte da manhã ao Ribeirão da Ilha, bairro mais ao sul de Florianópolis que também compõe um dos mais antigos núcleos de ocupação açoriana do estado. (Em breve falo dele aqui!)

Posts relacionados

Ilha Norte Apart Hotel: hospedagem boa e barata em Canasvieiras

Para entender Santa Catarina

Floripa: para os manés de todas as ilhas

Costão do Santinho: o melhor resort de praia do Brasil 

Florianópolis combina com

Nova Trento | Santuário Santa Paulina: como conhecer o complexo religioso construído em homenagem à primeira santa brasileira

Camboriú | Achados do Brasil: lugar perfeito para levar o melhor do artesanato nacional para casa

Pomerode | Rota Enxaimel

Penha | Beto Carrero World: a minha Disneylândia

Bombinhas | A praia

Bombinhas | Praias de Mariscal, Canto Grande e Tainha

Bombinhas | Praias de Quatro Ilhas e Sepultura

________________ 

Fotos: Raul Mattar (menos as roubadas do meu instagram e a última do pôr do sol que, acredite, foi feita com minha maquininha tômática). 😀

Share
quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

A Mina de Gramado e Museu de Pedras Preciosas

A Mina de Gramado - horarios

Rapaiiiz, nem parece que sou autora de um guia de viagem sobre Gramado. Só no finzinho do ano passado é que descobri este atrativo na cidade e fiquei alucinada para conhecer: uma réplica de uma mina com direito a museu no fim do tour com mais de 800 exemplares de pedras preciosas do Brasil e do mundo.

A Mina de Gramado fica dentro do Parque Tomasini, uma enorme área verde com vários atrativos pagos à parte como pedalinho, pesca esportiva, kartódromo — além do Restaurante Carazal que serve almoço colonial.

A Mina de Gramado - citrino

Logo na entrada d’A Mina você já vê um lindo jardim com flores, pedras e uma pequena cascata. Mas caiu um toró bem na hora em que chegávamos ao lugar. Acabou que não consegui garantir nenhuma foto externa. Mas o que interessa mesmo está lá dentro.  (Aliás, falando em foto, já aviso que o lugar é superescuro e maquininhas tômaticas como a minha não dão conta de fazer nenhuma imagem decente do lugar!)

A Mina de Gramado - tunel

O passeio reproduz uma das minas da cidade de Ametista do Sul (450 km de Gramado), conhecida como a capital mundial da ametista. São 80 metros em galerias subterrâneas com dezenas de pedras preciosas em estado bruto cravejadas nas rochas.

A Mina de Gramado - como chegar

Você pode fazer o passeio sozinho ou acompanhado por um monitor que dá várias explicações, incluindo a finalidade terapêutica de algumas pedras. Passamos por uma cascatinha e por vários exemplares de citrino, ágata, quartzo e, claro, muita ametista — todas em forma de geodo, uma espécie de “ovo” oco que tem o interior parcialmente revestido de cristais ou outros minerais.

A Mina de Gramado fotos

Em determinado momento, capacetes disponíveis e equipamentos de mineração formam o cenário perfeito para sua memorável foto jacu. Aquela lembrança genial de viagem que todo mundo gosta de ter, mas que ninguém tem coragem de assumir. Rá!

A Mina de Gramado localizacao

Eu jamais havia visto sequer uma imagem de como são as minas de pedras preciosas, para mim foi uma novidade incrível. O máximo que visitei foi a Minas de Passagem em Mariana, a maior mina de ouro do mundo aberta à visitação, mas a proposta é bem diferente. Até porque a mina de Mariana é de verdade, a de Gramado é uma réplica temática e lúdica. O que agrada em cheio às crianças. 😀

A Mina de Gramado - Museu de Pedras Preciosas como chegar

Assim que a gente sai da galeria começa o museu, uma parte interessantíssima do passeio. São mais de 800 exemplares, repito, de pedras preciosas do Brasil e de países como Peru, Bolívia, Colômbia, México, Índia, Estados Unidos, entre outros. Algumas pedras são gigantes, quase 3 metros de altura e outras chegam a pesar 3 toneladas.

A Mina de Gramado - Museu de Pedras Preciosas

Terminado o pequeno tour (não dura mais do que 30 minutos, a não ser que você se demore muuuuito no museu) é hora de conhecer a loja d’A Mina. São diversas peças e objetos de decoração, joias e bijuterias (colares e brincos a partir de R$ 35). Junto à loja está o Ágata Café, uma área para tomar e comer alguma coisa, mas no dia em que fomos só havia bebidas, nada para beliscar.

A Mina de Gramado loja matriz

O passeio d’A Mina de Gramado é bem específico e vai agradar às crianças e a quem gosta do tema e de ver peças lindas (mesmo que não vá comprar!) feitas com pedras preciosas.

Como fica mais distante do centro talvez combine com o passeio à Vinícola Ravanello e/ou ao Snowland (o parque de neve indoor), já que estão todos na mesma direção!

A Mina de Gramado presentes compras

SERVIÇO

A Mina de Gramado

Local: RS 235 – KM 31 | Gramado (está a dois quilômetros do pórtico de Gramado, sentido Nova Petrópolis)

Horário: todos os dias, 9h30 às 17h40.

Ingresso: R$ 20. Estudantes, crianças de 6 a 12 anos e pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 10. (Valores de janeiro de 2016.)

Dicas da Matraca

– Você pode somente visitar a loja (entrada grátis, obviamente) sem necessariamente fazer o tour. Mas se seu objetivo for só conhecer ou comprar não é necessário vir até ao parque. A Mina (este é o nome do estabelecimento, “A Mina”) tem uma filial (somente loja) na Av. Borges de Medeiros, 2727 – loja 09, no centro de Gramado. E outra dentro do Parque Terra Mágica Florybal (RS 466 – KM 05), em Canela.

– No site Tchê Ofertas você encontra algumas promoções que incluem almoço no restaurante do parque + visitação à mina por preços bem atrativos.

Posts relacionados

Studio 109: hospedagem para família em Gramado com excelente custo benefício

Magnólia: o restaurante retrô mais incrível da Serra Gaúcha.

Gramado: roteiro de três dias

De Porto Alegre a Gramado pela Rota Romântica

Gramado: dicas para uma viagem econômica

Parque de Lavandas: a Provence chega a Gramado

E-book | O Barato de Gramado e Canela –> baixe o seu agora mesmo!

Leia também

Bento Gonçalves | Caminhos de Pedra: um pedaço da Toscana no Brasil

Bento Gonçalves | Vinícola Salton: visita guiada inclui degustação grátis

Bento Gonçalves | Pousada do Chalé: hospedagem fofa com ótimo custo benefício

Templo Budista a 30 km de Gramado: o Tibete mora aqui

______________

Fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados. ©

Share
Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio