-  Atualizado 24/05/2017

Paris | Smart Place: hospedagem budget a uma quadra da Gare Du Nord

Publicado por: Silvia Oliveira Hospedagem, Paris

Smart Place Hotel Economico Paris

Pela segunda vez fui de Londres a Paris com o Eurostar (o trem que atravessa o Canal da Mancha por um… túnel!). Ao chegar à capital francesa o desembarque é na Gare Du Nord, no bairro de Montmartre. Escolhi este hostel basicamente pela localização, está a 100 metros da estação. Era descer do trem e caminhar uma quadra, onde uma cama e um banho quente estariam me esperando.

Reserva |  Pelo Booking.com. O sistema não cobra taxa de reserva e tem cancelamento grátis. (Observe que na política específica do Smart Place, às vezes, a diária é cobrada no ato da reserva, sem possibilidade de reembolso).

Smart Place Hotstel Budget Paris

O quarto | Minúsculo. Eu fiquei num dormitório com seis camas e estava lotado. Mal havia lugar para abrir a mala e não existia tomada para todo mundo. Tive que deixar meu celular carregando na tomada do banheiro que, por sorte, ficava dentro do quarto. (O banheiro, aliás, merece uma ressalva: uma pessoa com sobrepeso não entra no box, é bem apertado!). Mas a cama é boa e, apesar da janela ficar de frente para a rua, não havia muito barulho. Dormi bem.

Wi-fi | Gratuito e rápido, mas só funciona nas áreas públicas do hostel.

Smart Place Hotstel Onde ficar em Paris

Smart Place, Paris: vista do quarto.

Localização | Está a 100 metros da estação de trem e metrô Gare Du Nord, onde chega e sai o Eurostar para Londres e Bruxelas. Já a estação Gare de l’Est (de onde partem os trens para Estrasburgo, Reims e Zurique) fica a 10 minutos a pé. Em 20 minutos caminhando você chega ao coração de Montmartre, onde está a Basílica Sacre Coeur e o famoso cabaré Moulin Rouge.  Se você vier do Aeroporto Charles de Gaulle pegue o RER B (linha azul) e desça na estação Gare du Nord. Facílimo. O hotel fica a 2 minutos a pé da estação.

Check-in | A partir das 15h.

Check-out | Até às 11h. Só aceitam cartões Visa e Mastercard.

Smart Place Hostel Bom e Barato Paris

Atendimento | Simpático. O staff é trilíngue.

Vantagem | No meu caso, a vantagem foi a localização. Além de estar perto da estação onde eu desembarcaria vindo de Londres, o hostel serviu de QG para eu fazer um roteiro a pé por Montmartre. O prédio tem elevador, o que é uma raridade quando se trata de hospedagem econômica em Paris. O banheiro é privativo, mesmo nos quartos coletivos. Ao redor do hostel há vários restaurantes, bares e redes de fast food, além de farmácias e mercadinhos.

Desvantagem | Estou acostumada a ficar em albergues, portanto sei o que vou encontrar: muvuca e pouca privacidade. Em troca disso, você paga uma tarifa mais em conta. Mas o que me incomodou foi a falta de tomadas suficientes para todos os hóspedes do quarto. Não oferece café da manhã.

Preço | A diária nos quartos coletivos está a partir de € 28. Na alta temporada chega a € 35. O quarto de casal sai a partir de € 79. Sem café da manhã, lembrando.

SERVIÇO

Smart Place

Local: 28 rue de Dunkerque, 10 – Gare du Nord,| 75010 Paris

Tel.: + 33 (1) 48 78 25 14

Posts relacionados

Ideal Hôtel Design: hospedagem com ótimo custo/benefício em Montparnasse

Canterbury Hall: hospedagem econômica na residência universitária da University of  London

Goldem Tram 242: hostel tinindo de novo no coração de Lisboa

Leia também

Rota de Boulangeries: 1o lugares para você tomar seu café da manhã em Paris

Chocolaterie De Neuville: enfim, a democratização dos chocolates finos na França

Zenyama: restaurante japonês bom e barato perto da Notre Dame

Museu Carnavalet: essencial para conhecer a história de Paris

Paris pela primeira vez

Como ir do aeroporto Charles de Gaulle ao centro de Paris

__________________

Fotos: Sílvia Oliveira 

PLANEJE SUA VIAGEM COM QUEM ENTENDE

Reserve seu hotel no Booking.com | Cancelamento grátis!

Seguro de viagem na Mondial Assistance | 15% de desconto p/ leitor Matraqueando

Alugue carro na Rental Cars | Grandes marcas!

Diversos passeios e excursões na Viator | Menor preço garantido.



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


8 comentários

  1. vera queiroz
    Comentário do dia 14/11/2013 às 12:08

    Com tanta desconhecida habitando um espaço minúsculo (só de pensar me dá pesadelos :)) não há problemas com coisas sumindo não, silvinha?
    beijo,
    vera

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Oi, Vera! Pode acontecer, sim. Aliás, não só em hsotel. Recentemente uma amiga teve pertences furtados dentro de um hotel de luxo na Croácia. Mas nos hostels/albergues existem os lockers (guarda-volumes), onde a gente deixa a bagagem de dia e tranca com cadeado.

    Por isso, aliás, fiquei agoniada ao deixar meu celular carregando dentro do banheiro, uma vez que qualquer outro hóspede do quarto poderia entrar lá e surrupiar o aparelho. Mas no final, tudo deu certo.l 😉

    (E olha, meu tempo em albergues já passou. Só testei alguns nesta última viagem por conta dos guias matraqueando. Não tenho mais paciência com aquela zoeira!) Bjs!

    (Responder)

  2. vera queiroz
    Comentário do dia 14/11/2013 às 12:08

    “gente”

    (Responder)

  3. Comentário do dia 17/11/2013 às 06:50

    Oi! Eu achei a diaria cara, aqui na Inglaterra há um hotel chamado Travel Lodge (onde nao eh nada glamouroso, mas eh decente, vc dorme bem e banheiro limpo e seu, com toda a privacidade do mundo) em que marcando com antecedência eu já consegui quarto para uma família por 28 libras e perto do aeroporto Stansted.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Larissa! A rede Travel Lodge oferece preços bem competitivos mesmo, mas as avaliações dos hotéis deles são tão ruins no tripadvisor (principalmente no quesito limpeza), que eu nunca tive coragem de ficar lá. Já Paris está o olho do cara!!! Ah, se você tiver dicas de local para ficar nessa região da cidade (perto da Gare du Nord) mais barato do que isso, agradeço! 😉

    (Responder)

  4. Comentário do dia 16/12/2013 às 22:18

    Oi Silvia, boa dica! Estou indo para o Reino Unido em Julho de 2014, e como o vôo de volta para minha cidade, Belém (TAP), ficava mais barato voltando por Paris, a cidade entrou no meu roteiro. Fiz uma simulação de 4 dias nesse albergue, em um quarto de casal e o valor saiu a 1,038 reais. Fiz outra simulação pelo IBIS dessa região (Montmartre) e no mesmo período saiu a 888 reais. No site, diz que esta “a 2 min. de caminhada do terminal do metrô linha 4, a 10 min. do Mercado das Pulgas, a 15 min. do morro onde está Montmartre e a 15 km do aeroporto Charles De Gaulle. “. Será que valeria mais a pena ficar no Ibis então. Você viu ele por lá? Sabes me dizer se a localização não é tão ruim?

    Abraços!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Roberta! A localização do Ibis Montmartre (é o da 5, rue Caulaincourt, 75018???) é boa, sim. E para casal compensa mais um hotel, mesmo! O preço do hostel é igual ou maior quando se trata de casal. O albergue compensa mais para quem está sozinho! 😉

    (Responder)

  5. juliana
    Comentário do dia 16/1/2014 às 20:48

    A terceira língua do staff seria o espanhol?…Não é muito comum em Paris…

    (Responder)

  6. Comentário do dia 12/2/2014 às 12:29

    Ola Silvia,
    obrigado por compartilhar as informações do Smart Place Paris com os seus leitores. Temos levando em conta seus comentarios para poder melhorar e atender as necessidades de nossos clientes.
    Equipe do Smart Place Paris

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu! 😉

    (Responder)

  7. Suellen
    Comentário do dia 05/9/2015 às 02:30

    Olá Silvia, tudo bem ?
    Reservei este hostel mas depois de ler alguns comentários sobre a localização estou um pouco apreensiva, você achou a região muito perigosa a noite?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Suellen, eu não andaria a esmo à noite em nenhuma região de Paris. Nem na minha cidade, Curitiba. Eu saí para jantar ali perto e era beeem movimentado. Existem vários restaurantes e fast foods na redondeza. Mas não fui para balada, nem voltei de madrugada. Abs! 😉

    (Responder)

  8. Suellen
    Comentário do dia 30/9/2015 às 19:29

    A noite que eu digo seria chegar a noite de um passeio longo durante o dia ou de uma esticada para ver a torre acesa…nada muito tarde ou de madrugada rs.
    Obrigada pela dica! Abs,

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar