-  Atualizado 24/08/2010

Presente de grego

Publicado por: Silvia Oliveira Matraqueando
Tenho certeza: a primeira vez em que você esteve na Bahia acabou trazendo um berimbau. Um não, dois. Depois, na sua estréia em Lisboa encheu a mala de pratos que imitam os azulejos portugueses e enfiou mais um monte de Galos de Barcelos na bagagem de mão.
É certo. Além de ficar cuidando dos trambolhos durante a viagem inteira, quase sempre a gente não tem onde por todos os caraminguás e xurumbambos que são comprados nas barraquinhas de souvenirs. Verdade seja dita. Por que a gente compra berimbau e pratos que imitam azulejos portugueses se a gente não gosta de berimbau nem de pratos que imitam azulejos portugueses na parede do nosso lar?

E as máscaras de Veneza? Desculpe, é o souvenir mais cafona que existe. Quando a gente olha, parecem lindas, uma obra de arte. Coloridas, eruditas… aaah, lembram os carnavais de Veneza. E só. Coloque uma dessa na sua sala e você vai ver o estrago na decoração.
Ainda existem as estatuetinhas que imitam os monumentos. É a consagração do nosso momento rico de ser: a gente quer trazer a Torre Eiffel e o Coliseu para colocar no armário da sala. Mais um cacareco para o armário da sala. Sem falar nos milhares de chaveiros – cuidadosamente embalados – que são entregues às vítimas do nosso non-sense: pais, irmãos, primos e tios.
Calma, isso não é um protesto. É um desabafo: EU COMPRO SOUVENIR, SIM! Aos montes. Distribuo, com o maior carinho, aquela badulacada para uma pilha de gente e ainda sobra. Mas ando mais comedida. Em vez de comprar dois berimbaus eu me contento com as fitinhas do Senhor do Bonfim. São mais baratas e fáceis de carregar.
.

Fotos: Matraca´s Image Bank


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


3 comentários

  1. fernanda freitas braga.
    Comentário do dia 06/9/2007 às 13:27

    Háháhá!!!!!
    Essa serviu para mim.
    Tudo que vc falou eu tenho.
    Minha irmã, fala que minha casa só não é mais brega, porque é tudo comprado nas viagens que faço para fora.
    Eu tenho um cuco da Suiça, que mais brega é impossível. Mas ele fica na minha sala. Como não tinha dinheiro para comprar um bonito, comprei aquele pequenininho e muito colorido.
    E que saber, eu sou brega mesmo, amo tudo isso,rsrsrs.

    (Responder)

  2. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 06/9/2007 às 20:14

    E eu, então? Já criei o cantinho das lembranças de viagens na minha casa! Fica sssim, mais cult!

    (Responder)

  3. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 06/9/2007 às 20:16

    Eu quis dizer "fica ASSIM, mais cult"!

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar