quarta-feira, 08 de agosto de 2012

Quintana Restaurante e Café: gastronomia responsável e estrelada que cabe no seu bolso

No coração do Batel – o bairro bacanudo de Curitiba – você encontra um restaurante estrelado, aconchegante, com comida de primeira e que, principalmente, a gente pode pagar sem ter que recorrer ao Fininvenst no final do mês.


Detalhe do delicado jogo americano em cima das mesas.

O Quintana – comandado pela chef e restauratrice Gabriela Carvalho – já ganhou uma estrela no Guia 4 Rodas e é um dos 11 restaurantes de Curitiba que fazem parte do Movimento Gastronomia Responsável. A proposta é oferecer ingredientes de origem orgânica, natural e sem agrotóxico. O atum, espécie ameaçada de extinção, por exemplo, não entra nesse tipo de cozinha.

Uma mesa gastrononômica temática é montada todos os dias. Na segunda-feira (dia em que eu fui) a influência vem dos países do Mediterrâneo. Na terça acontece o “Giro pela Europa” com pratos da Itália, Alemanha, entre outros. Na quarta, rumo aos temperos exóticos da Taliândia, Vietnã, Índia e China. Na sexta é dia de carneiro, que a cada semana ganha um preparo diferente. Nos finais de semana, o Brunch da casa já está famoso.

O nome do lugar é uma homenagem ao poeta gaúcho Mario Quintana e à boa literatura. Poemas e fotos do escritor estão espalhados pelos quatro cantos do restaurante. O local tem uma fofa biblioteca alimentada com títulos e publicações escolhidos a dedo por Rogério Pereira, editor do jornal literário Rascunho. Todos os livros estão disponíveis para empréstimo do cliente – sem custo.

Na Mesa Gastronômica (nome adorável para substituir o famigerado “buffet self-service”) são montados mais de 20 pratos e você pode pagar um valor fixo (R$ 29,00) e comer à vontade ou pagar por peso (R$ 49,00 o quilo). O restaurante também tem serviço a la carte e uma extensa carta de cafés especiais. Eu optei pelo quilo – todo cheio de charme – que em nada lembra esses bandejões executivos.

No meu 1º prato: Carne de panela ao estilo mediterrâneo com tomate, berinjela e pimentões; Arroz cateto com cenoura orgânica ralada; Cubos de batata assada com linhaça, sal grosso e azeite de oliva e Caponata de berinjela com abobrinha orgânica e ervas frescas.

No meu 2º prato: Filé de peixe assado com molho de alcaparras, Linguini salteado com azeite de oliva e cheiro verde; Bolinho cremoso de arroz com ervas acompanhado de molho de pimenta picante (ma-ra-vi-lho-so!), Purê de abóbora cabotiá e uma Salada de grãos.

Pelos dois paguei R$ 22,50. Eu estava sozinha e montei pratos modestos. Uma pessoa morta de fome vai gastar bem mais, obviamente. De todosmodis você deve ter em mente que isso não é um self-ser…, ops, mesa gastronômica, qualquer.


Mousse de Cream Cheese com Calda e Goiaba Orgânicas: tava bom ou não?

Veredito: o peixe estava bem temperado, eu gosto. Mas se você está acostumado a comer com pouco sal talvez sentisse algum descompasso ali. De uma forma geral, tudo impecável. O local é acolhedor e o atendimento, amigo! Minha sobremesa foi uma Mousse de cream cheese com calda e goiabada orgânicas (R$ 6,50). Quase rapei com o dedo!

SERVIÇO

Quintana | Café e Restaurante
Local: Av. Batel, 1440 | Curitiba – PR
Tel.: 41 3078-6044 / 3078-8944 / 99752021
Funcionamento: de segunda a sexta, almoço Mesa Gastronômica das 11h30 às 14h30. Café e a la carte até as 16h. Sábado e Domingo, Brunch Mesa Gastronômica das 11h30 às 15h30. Café e a la carte até as 16h. Feriados, Brunch Mesa Gastronômica das 12h às 15h30. Café e a la carte até as 16h.

Posts relacionados

Restaurante SENAC, em Curitiba: opção chiquetê a preços módicos

Café do Paço: música, arte e aroma

Leia também

Aeroporto de Curitiba ganha a primeira lanchonete popular do Brasil

Curitiba: faça da cidade seu principal destino de inverno

Fotos: Sílvia Oliveira

Share