-  Atualizado 08/03/2015

Rue Sainte-Anne: a Little Tokyo de Paris

Publicado por: Silvia Oliveira Paris

Rue Sainte Anne Paris Little Tokio Localizacao

Um pedaço do Japão habita uma rua inteira em Paris. Conhecida como Little Tokyo, a pequena Rue Sainte-Anne reúne alguns dos mais tradicionais (e baratérrimos) restaurantes japoneses da cidade. O local agrega não só lugares bacanas para comer — mas, também, mercadinhos, livrarias e lojas de roupas orientais.

Rue Sainte Anne Paris Little Tokio Lojas

A rua fica no 2º arrondissement. Embora esteja localizado numa região central, o bairro — conhecido pelas passagens cobertas (como a Galerie Vivienne) — não tem nenhum monumento ou atrativo famoso (portanto, não está entre os mais procurados pelos turistas).

Rue Sainte Anne Paris Little Tokio Como chegar

Mas isso é uma questão de geografia teórica. Porque, na prática, temos um ponto turístico célebre a pouco mais de um quilômetro da Rue Sainte-Anne, a Ópera Garnier (que, tecnicamente, fica no 9º arrondissement — bairro da não menos famosa Galerias Lafayette).

Rue Sainte Anne Paris Higuma Como chegar Franca

O metrô mais próximo da Sainte-Anne é a estação Pyramides (linhas 7 e 14) ou a estação Quatre- Setembre (linha 3) para quem chega pelo final da rua. É só entrar na Sainte-Anne para você começar a treinar o seu Arigatô. Em algumas vitrines o cardápio está em — acho — japonês, o que é bom sinal: significa que recebe não só turista, mas grande parte da comunidade oriental da capital francesa.

Apesar de parecidos, cada restaurante tem sua especialidade. O Kunitoraya (39 Rue Sainte – Anne) está focado no Udon (um tipo de macarrão japonês servido em tigelas de sopa) com acompanhamentos fartos de camarão ou tempurá. Em média, sai € 15 cada prato. É um dos mais “caros” e bonitinhos da rua.

Já o Yakiniku (11 bis, Rue Sainte-Anne) faz uma espécie de churrasco corerano (vem uma grelha à mesa e você mesmo frita a sua carne!) acompanhado de molho (a escolher), rolinhos primavera e legumes. Tudo por € 12,50. O local é simples, porém agradável. A comida, divina.

Rue Sainte Anne Paris  Restaurante Higuma Little Tokio Localizacao

Mas o meu preferido é o Higuma (32 bis, Rue Sainte-Anne, quase em frente ao Kunitoraya), uma cantina japonesa tradicional, clássica e sem frescura. Inclusive indico este restaurante no nosso guia O Barato de Paris desde o lançamento do e-book. Aqui, por € 10-12, você garante entrada, bebida e uma tigela enorme de arroz, macarrão ou sopa atolados até o topo com carne, frutos do mar ou salada.

Rue Sainte Anne Paris Higuma Como chegar

Mas (muquiranas, atenção!) por apenas € 7 você pode pedir somente o macarrão (o tradicional yakisoba). Vai ser um dos melhores da sua vida, acredite — e a jarra de água é de graça!

O melhor de tudo é que a cozinha é aberta e fica bem na entrada. Você acompanha todo o preparo dos pratos com direito à correria dos atendentes  e panelas pegando fogo! Rá!

Importante, o Higuma forma filas enormes na porta, mas o giro é rápido. Ah, o horário de funcionamento varia de um restaurante para o outro, mas geralmente abrem às 11h30 e vão até às 22h.

Rue Sainte Anne Paris Little Tokio Localizacao 2 arrondissement

A Rue Sainte-Anne é um marco antropológico em Paris. Serve para você que gosta de comer bem sem reclamar demais e/ou para aqueles que desfrutam sair das rotas tradicionais dos destinos muito manjados. 😉


Exibir mapa ampliado

Posts relacionados

Zenyama: restaurante japonês bom e barato perto da Notre Dame

Fromagerie Lepic: a sua queijaria em Paris

Café da Amélie Poulain: ponto de peregrinação em Montmartre

Rota de Boulangeries: 10 lugares para você tomar café da manhã em Paris

Korcarz: boulangerie e pâtisserie kosher no Marais

Leia também

L’As du Fallafel, Marais: porque faláfel não é brinquedo não

Chez Hanna, Marais: se não é o faláfel mais gostoso de Paris, é tão bom quanto

Restaurante Fluch, Paris:  self service à vontade com precinho daqui, ó!

Paris pela primeira vez: passo a passo para você aproveitar ao máximo a capital francesa

Museus gratuitos de Paris:

Museu Carnavalet: essencial para conhecer a história de Paris

Museu Victor Hugo: passeio casado e gratuito em Paris

Museu Bourdelle: a incrível casa-ateliê do discípulo prodígio de Rodin

___________________________

Fotos: Sílvia Oliveira 

___________________________

Procurando hospedagem boa e barata em Paris? Recomendo o nosso parceiro Booking.com— onde sempre faço minhas reservas. Pesquise aqui opções de hotéis, hostels, pousadas e apartamentos na capital francesa. E ainda: o sistema não cobra taxa de reserva e o cancelamento é grátis! Sempre que você reservar seu hotel neste link, o Matraqueando recebe uma pequena comissão. Além de garantir uma hospedagem pelo melhor preço você ainda ajuda a manter o blog com dicas fresquinhas e gratuitas. Desde já agradeço sua preferência! Clique e faça a sua reserva já! 😉

___________________________

PLANEJE SUA VIAGEM COM QUEM ENTENDE

Reserve seu hotel no Booking.com | Cancelamento grátis!

Seguro de viagem na Mondial Assistance | 15% de desconto p/ leitor Matraqueando

Alugue carro na Rental Cars | Grandes marcas!

Diversos passeios e excursões na Viator | Menor preço garantido.



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


7 comentários

  1. Pamela Lins
    Comentário do dia 22/11/2013 às 18:01

    Muito bom, adoro comida japonesa, coreana, chinesa e tudo que esteja relacionado a isso. rsrsrs.
    Vou para Paris em março de 2014 (já comprei seu guia O Barato de Paris e estou amando, demais!) e esta dica também já está anotada! Abraço grande!

    (Responder)

  2. Comentário do dia 25/11/2013 às 18:53

    Huuun, uma das minhas maiores vontades nessa vida é conhecer a Europa e conhecer cada lugarzinho especial que eles tem a oferecer!

    (Responder)

  3. Comentário do dia 02/12/2013 às 10:31

    Oi, Sil. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Êba, obrigada ! 😉

    (Responder)

  4. Comentário do dia 13/12/2013 às 11:49

    Gostei das dicas e acho que vão me ajudar nas minhas férias 2014, valeu! Agora compro passagens de ônibus para São Paulo em http://www.precodepassagens.com.br/ , onde vou dia 20.12.

    Feliz Natal!

    (Responder)

  5. Comentário do dia 16/12/2013 às 23:30

    Amo comida japonesa. Nao vivo sem.

    (Responder)

  6. juliana
    Comentário do dia 08/8/2014 às 12:59

    bom dia , estou de viagem marcada p genova mas com uma conexão um pouco demorada em paris , gostaria de descer na cidade, mas quero informaçoes relacionadas se terei q passar na alfandega p sair e p entar e se no aeroporto charles de gaule tenho q pagar taxa de embarque p entar na sala de embarque novamente, aguardo retorno , grata

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Juliana! Sim, para sair do aeroporto é necessário fazer imigração. Não é necessário pagar taxa de embarque para entrar novamente! Abs!

    (Responder)

  7. Comentário do dia 22/11/2017 às 15:27

    O site está de parabéns, obrigado pelo dicas…

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar