-  Atualizado 03/03/2016

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Publicado por: Silvia Oliveira Lisboa

Lisboa-bairro-a-bairro-Alfama-Vista-do-Miradouro

[Post atualizado em março de 2015]

A série Europa Barata do Matraqueando pretende matar duas questões com uma só postada: orientar quem vai pela primeira vez à Europa, mas tem o orçamento restrito. Não ambiciono esgotar todos os aspectos da cidade, muito menos elaborar listas do que é ou não é obrigatório fazer nas principais capitais que aparecerão aqui. A proposta é oferecer alternativas que gerem satisfação através da economia inteligente.

LISBOA PELA PRIMEIRA VEZ

Passei dois felizes meses da minha vida em Lisboa. Para uma mão-de-vaca-muquirana, a capital portuguesa é o paraíso. Do transporte à comida — passando por diversos atrativos turísticos — a cidade é uma das mais baratas para o turista que viaja pela Europa Ocidental.

Lisboa já enfrentou uma triste ditadura, sofreu um terremoto que acabou com a cidade e viu de perto o empobrecimento da população. Superou. A integração à União Europeia trouxe muitos investimentos ao país e transformou a terra dos fados, dos pastéis e das grandes navegações em um precioso destino da Península Ibérica.

+ E-book | O Barato de Lisboa –> baixe o seu aqui!

COMO IR DO AEROPORTO AO CENTRO

Depois de muita espera o aeroporto de Lisboa conta agora com uma estação do metrô  (linha Oriente) que leva ao centro da cidade. Tarifa do bilhete avulso a € 1,25. O metrô funciona das 6h à 1h. Algumas estações fecham mais cedo ou não abrem nos fins de semana.

O AeroBus (nº 91) conecta o aeroporto ao centro, das 7h às 23h. Saídas a cada 20 minutos. O bilhete — que custa € 3,50 para adultos e € 2 para crianças de 4 a 10 anos — pode ser comprado a bordo. É válido durante o dia em qualquer transporte da Carris.

Mas Lisboa é uma das poucas capitais europeias em que você pode se dar ao luxo de pegar um táxi para ir ao centro. A corrida fica entre — míseros — € 9 e € 12, dependendo das voltinhas que o taxista vai dar.

COMO CIRCULAR NA CIDADE

A cidade é bem servida pelo metrô (lá eles pronunciam métro), ônibus (chamados de autocarros) e bondinhos (os famosos eléctricos). O bilhete único do metrô custa € 1,25. Já o bilhete diário, válido para um número ilimitado de viagens — tanto no ônibus quanto no metrô — durante 24h após a validação custa € 5.

O Eléctrico 12E, um dos tradicionais bondinhos lisboetas, faz a chamada Rota do Castelo. Sai da Praça da Figueira, passa pelo Rossio, Castelo de São Jorge, Miradouro de Santa Luzia, pela Sé (catedral) até chegar à Rua Augusta. É um city tour autêntico pelo preço de uma passagem normal: € 2,85.

LISBON CARD

Benefícios | O passe dá acesso gratuito aos transportes públicos (ônibus, elevadores, bondes, metrô e trem para Sintra e Cascais) e ainda a museus e monumentos como a Torre de Belém, Mosteiro dos Jerônimos, o Palácio de Queluz e o Palácio Nacional de Sintra, os dois últimos nos arredores da cidade.

Validade |  1, 2 ou 3 dias.

Quanto custa |  O passe de um dia custa € 18,50, o de dois dias sai por € 31,50 e o de três dias está € 39.

Onde comprar | Nos centros de informações turísticas, aeroportos, estações de trem, num quiosque da Rua Augusta e on-line. Adquira o seu aqui.

Vale a pena? | O Lisboa Card tem o mesmo defeito genético de todos seus primos-semelhantes: não dá para aproveitar tudo o que ele promete em um dia. Mas se for sua primeira vez na capital e  você considerar o de 3 dias — com muita organização — pode valer a pena, sim!

Dica | O cartão só é válido depois de assinado juntamente com a data e a hora que começará a ser utilizado.

+ Leitor do Matraqueando tem 15% de desconto no seguro de viagem da Mondial. Pegue seu cupom aqui!

LisboaParque-das-Nacoes-Lisboa-Gare-Oriente
Estação Oriente

10 ATRAÇÕES GRÁTIS EM LISBOA

– A Casa Fernando Pessoa – parte do universo do poeta português. (Atualização: não é mais grátis, agora custa € 3. Veja nosso relato completo aqui.)

– O Museu Colecção Berardo, uma coleção de arte moderna e contemporânea que representa cerca de 70 correntes artísticas.

– O Terreiro do Paço, principal praça da cidade recém revitalizada. (Será inaugurado aqui, em setembro, o Lisboa Story Centre — centro que contará de forma lúdica e interativa a história da cidade).

– O Parque Eduardo VII, o parque dos lisboetas.

– O Parque das Nações, região renovada para a Expo Mundial de 98. Alguns pavilhões são pagos à parte como o famoso Oceanário. (Veja nosso relato completo sobre este bairro aqui!)

– O bairro Alfama, o mais antigo da cidade. É uma região cheia de ruas estreitas com escadinhas pitorescas, formando a mais tradicional e típica região da capital. (Veja nosso relato completo sobre o bairro aqui!)

– O Miradouro de Santa Catarina. Embora a melhor vista da cidade, na minha opinião,  seja do alto do Castelo de São Jorge há outros mirantes na cidade. Este oferece uma foto perfeita do Tejo.

– As coleções temporárias e permanentes dos principais designers e estilistas do planeta no Museu do Design e da Moda.

– O Largo do Carmo, no coração do Chiado. Essa simpática praça foi palco da célebre Revolução de 25 de abril de 1974, a chamada Revolução dos Cravos. (Veja nosso posto sobre a Igreja e Convento do Carmo aqui.)

– O bairro Santos, uma espécie de Palermo SoHo de Lisboa. Os comerciantes da região pretendem transformar o bairro num centro de peregrinação da Moda e do Design. Para isso criaram a associação Santos Design District, que vem atraindo investimentos direcionados  ao setor.

Casa-Fernanda-Pessoa-Lisboa-Fachada

Casa Fernando Pessoa

VALE O INVESTIMENTO

– O imponente Castelo de São Jorge  erguido na época dos visigodos (seja lá o que isso signifique!). Oferece uma das mais belas vistas de Lisboa. € 7,50.

– A Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerônimos — ambos na lista das sete maravilhas de Portugal. O Mosteiro, além de ter uma belíssima arquitetura (foto acima), abriga os restos mortais de portugueses célebres como Luiz de Camões e Vasco da Gama. O bilhete  combinado “Mosteiro-Torre de Belém custa € 10. Gratuito aos domingos.

(Caso queira investir um pouquinho mais faça um tour a pé com guia e conheça de uma tacada só os monumentos da Era dos Descobrimentos, o Mosteiro dos Jerônimos, a coleção de coches reais, a Torre de Belém, Museu Marítimo e Arqueológico com direito à paradinha para provar o famoso pastel de Belém. Tudo isso por apenas € 20 – não inclui as entradas. Garanta seu lugar aqui!)

CITY TOUR GRATUITO

Lisboa é uma cidade de ladeiras, também chamada de Cidade das 7 Colinas. Quem não tiver muito preparo físico pode colocar os bofes para fora depois de 2h30 de caminhada com o Free Walking Tour da Lisbon Chill-Out Free .  O tour sai diariamente da Praça Luís de Camões (metrô Baixa-Chiado) às 11h e  às 17h (em inglês). Para fazer o city tour em espanhol, só nos finais de semana. Consulte horários através do e-mail lisbonchill.out@gmail.com.

Tem pouco tempo em Lisboa? Talvez seja interessante para você o Bus Turístico. É possível escolher entre quatro rotas: Linha Belém, Linha Oriente, Linha Castle e a Linha Cascais. O tíquete custa € 25 e você poderá embarcar e desembarcar quantas vezes desejar durante a validade do bilhete. Compre aqui!

pasteis-2

REFEIÇÕES POR MENOS DE € 10

É certo que não dá para entrar em qualquer  tasca (uma espécie de taverna-restaurantinho-botequim português), mas a maioria delas, posso afirmar, não vai fazer feio. Entre as principais capitais europeias, Lisboa é a que oferece o melhor custo-benefício na gastronomia.

Os doces de conventos, queijos estrelados, vinhos clássicos e o célebre bacalhau fazem de qualquer experiência gastronômica um pequeno deleite a preços módicos.

Para provar o tradicional pastelzinho de nata — os famosos pastéis de Belém — feitos com recheio de ovos e massa folhada vá a Antiga Fábrica de Belém . € 1 cada.  Está próximo ao Mosteiro dos Jerônimos.

No Ceia Minhota  você poderá provar pratos típicos como Galinha do Campo de Cabidela gastando em torno de € 10. O tradicional Cozido à Portuguesa é servido às quartas-feiras. Fica na Estefânia, próximo ao Jardim Constantino.

O Chapitô, além de oferecer uma ótima vista do Tejo, oferece fartos pratos feitos a partir de € 10. Pertence a uma companhia de teatro e já ficou famosinho entre os turistas, portanto, não espere aquele ambiente calmo e plácido dos restaurantes chiques.

Outra dica (que eu adoro, mas já virou carne de vaca) é a Cervejaria Trindade.  O restaurante funciona no antigo Convento dos Frades, mais conhecido como Convento da Santíssima Trindade. É a cervejaria mais antiga do país e faz parte do Patrimônio Cultural da Cidade. Oferece sopa a partir de € 4 e pratos com arroz e carne ou pescados a partir de € 9.

+ Onde comer bem e barato em Lisboa

+ Rota do Pastel de Belém: onde provar o doce mais famoso de Portugal

5 DICAS DE HOSPEDAGEM BOA E BARATA

Travellers House |  Já ganhou várias vezes como o melhor hostel do mundo. Tem a incrível nota 9,2 no Booking.com. Fica na Baixa, um dos bairros centrais de Lisboa, entre as Praças do Rossio e do Comércio. Tem wi-fi grátis, sala de TV, cozinha equipada e café da manhã incluído. Diárias nos quartos coletivos a partir de € 20 e no apartamento privativo a partir de € 60 o casal.

Lisbon Lounge Hostel |Também fica no descolado bairro da Baixa. Tem sala de música, café da manhã incluído e cozinha equipada. Os quartos são amplos, mas o banheiro é compartilhado. Diárias nos dormitórios a partir de € 22. Quarto para casal com banheiro no corredor por € 50.

Pousada da Juventude Parque das Nações |  Fica próximo ao parque, mais ou menos a 10 minutos caminhando da Estação Oriente. Não está no centro da cidade, mas a localização é ótima para quem quer ficar na parte moderna de Lisboa e próximo ao aeroporto. Quarto para duas pessoas sai por € 32. Café da manhã à parte por € 3.

Íbis Lisboa Saldanha | A vantagem desse Íbis é que ele fica no centro da cidade, na área comercial de Saldanha, próximo à Praça do Marquês de Pombal e à Lisboa Histórica. Tem o conforto padrão da rede Íbis. Sem café da manhã. Diárias para casal a partir de € 65.

Pensão Praça da Figueira | É uma pensão tradicional, sem qualquer luxo, mas está muito bem localizada, pertíssimo do metrô Rossio. Wi-fi gratuito. Nota 8,6 no Booking.com. Diária para duas pessoas a partir de € 42 (com banheiro compartilhado) ou € 63 com banheiro privativo. Convém reservar com antecedência.

+ Lisbonaire Apartment: hopedagem novíssima, barata, bem localizada e que, ainda por cima, adora crianças

+ Golden Tram 242: hostel tinindo de novo no coração de Lisboa

Lisboa-bairro-a-bairro-Baixa-Estacao-de-Trem-do-Rossio

Estação de trem do Rossio

ALUGUEL DE TEMPORADA EM LISBOA

Caso venha passar mais de uma semana em Lisboa dê preferência ao Bairro Alto, Chiado e Centro. A Travelling Go To Lisbon tem diversas opções de apartamentos a partir de € 45 por dia, em vários pontos da cidade.

 Outro achado espetacular é o Lisbonaire Apartments. São 19 opções de estudios e apartamentos finamente decorados por desingers e arquitetos portugueses. Minha mãe se hospedou lá em junho pasado e este apartamento novíssimo para cinco pessoas saiu por € 125 a diária. A localização não poderia ser melhor: no centro histórico.

COMPRINHAS LEGAIS

Lisboa não tem tradição em eletrônicos ou na alta costura. Mas produz e vende produtos com o padrão europeu de qualidade. A vantagem aqui é que, por tratar-se de uma espécie de prima-pobre do continente, a cidade oferece ótimas oportunidades de compras a preços justos.

O maior outlet da Europa está a 40 quilômetros de Lisboa. O Outlet Freeport tem mais de 140 lojas de marcas com descontos de até 70%. Já nos pisos 2, 3 e 4 do colossal El Corte Inglés  de Lisboa ficam as ofertas e pechinchas da loja de departamentos espanhola. Vai de utensílios para cozinha a peças Versace com descontos de até 40%.

+ E-book | O Barato de Lisboa –> baixe o seu agora mesmo!

DICA DA MATRACA

Existem casas de fado maravilhosas — e caras para o  padrão do turista mão-de-vaca-muquirana. Para não perder a oportunidade de escutar o ritmo-marca-registrada de Portugal sem ter que passar o dia seguinte à base de pão e água vá ao Tasca do Chico.

É uma espécie de karaokê, versão ídolos-fase-final —  ou seja, qualquer um pode ir lá e dar seu show. Mas   ao contrário dos nossos karaokês tupiniquins, os “cantores” de lá são realmente bons.

Eles chamam de Fado Vadio. O restaurante é superpequeno,  chegue cedo se não quiser ficar em pé. Não é obrigado a consumir para assistir ao espetáculo. O Tasca do Chico fica na Rua do Diário de Notícias, 39.  Tel.: 21 343 1040

+ Alugue seu carro aqui com segurança e percorra Portugal com mais economia

IMPORTANTE | Portugal faz parte parte do Tratado de Schengen, um acordo que estabelece normas para quem pretende visitar os países membros. A determinação EXIGE um seguro de viagem obrigatório com cobertura mínima de € 30 mil que muitas vezes deve ser apresentado na imigração, caso solicitado. A boa notícia é que leitor do Matraqueando tem 15% de desconto no seguro internacional da Mondial Assistance. Pegue seu cupom aqui e viaje tranquilo! Vale para mochileiro, viajante solo, luxo, aventureiro e família. E ainda dá para dividir em até 6 vezes!

Bannerzinho Mondial Assistance

INFORMAÇÕES ESSENCIAIS

DDI | 351
Língua Oficial | Português
Fuso Horário | Três horas a mais do que o Brasil
Quando ir | O período de chuvas acontece de novembro até meados de março. O frio é ameno. Já no verão a capital fica quente, com temperaturas beirando os 30ºC. Maio e setembro são ótimos meses para visitar Lisboa: nem tão frio nem tão quente, nem muita chuva nem muito sol!
Site do país | www.turismodeportugal.pt
Site da cidade | www.lisboa-cidade.com
Informações turísticas | www.visitportugal.com
Embaixada brasileira | Estrada das Laranjeiras, 144 | Tel.: 217-248-510 | www.embaixadadobrasil.pt
Brasil Direto a cobrar via Embratel | 800800550
Companhias aéreas low costEasy Jet , Ryanairentre outras.

Posts relacionados

Europa Barata: Barcelona pela primeira vez

Europa Barata: Berlim pela primeira vez

Europa Barata: Madri pela primeria vez

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Europa Barata: Roma pela primeira vez

Europa Barata: Paris pela primeira vez

Viagens e passeios de um dia saindo de Lisboa

Excursão com grupo reduzido a Fátima, Nazaré e Óbidos

Excursão com grupo reduzido para Sintra e Cascais

Passeio para conhecer Tomar, cidade dos Templários

Viagem de um dia ao Parque Natural da Arrábida  e Sesimbra

Passeio de um dia em Évora com degustação de azeites

Excursão privada pela Região do Ribatejo com degustação de vinhos

Viagem de meio dia por Sintra, Palácio da Pena e Cascais

Lisboa bairro a bairro

Alfama

Baixa

Belém

Chiado e Bairro Alto

Parque das Nações

Leia também

Portugal a € 50 por dia | Parte 1

Portugal a € 50 por dia | Parte 2

Portugal a € 50 por dia | Parte 3

Texto e fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados.

Banner-venda-Lisboa1

Disclaimer | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. Este post contém links para programas de afiliados, parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. O Matraqueando não faz post patrocinado. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Assim, você ajuda  a manter o blog com dicas fresquinhas e gratuitas, além de não pagar nada mais por isso. Desde já agradeço a preferência! 😉


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


37 comentários

  1. Comentário do dia 02/8/2012 às 17:28

    Que gostoso ler um bom texto sobre a minha terra! Beijos

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada, Ana! 🙂

    (Responder)

  2. Joelma
    Comentário do dia 03/8/2012 às 10:27

    Completíssimo! Será que vamos ter uma “Paris pela primeira vez?” 😀

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Em breve, Joelma! 🙂

    (Responder)

  3. Comentário do dia 03/8/2012 às 10:29

    Muito boas as dicas. Em 2010, dias de jogos da Copa do Mundo, chegamos no aeroporto, e apesar de ter pego informações no Centro Turísitco do Aeroporto pegamos um táxi para o hotel. Pagamos 20 Euros a corrida, logo descobrimos que fomos enrrolados. A volta só custou 7 Euros. Lá como Cá é tudo igual”
    A Cervejaria Trindade é imperdível. Passamos muits horas agradáveis por lá.

    (Responder)

  4. Comentário do dia 03/8/2012 às 13:35

    Babei na dica do Lisbonaire Apartments, lindos os apartamentos! Um achado mesmo! Você está de parabéns!

    (Responder)

  5. Comentário do dia 06/8/2012 às 11:00

    Oi, Sil! Tudo bem? 😉

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Beijos,
    Natalie – Boia Paulista

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Bótimo!!! 🙂 Obrigadão, Bóia!

    (Responder)

  6. Nathalia
    Comentário do dia 08/8/2012 às 14:17

    Sílvia, o que você acha de hospedagem na Praça Marquês de Pombal? É uma boa localização? Dá pra andar até os pontos principais ou o transporte será sempre necessário? Obrigada.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    É uma ótima localização! Para alguns bairros será necessário transporte como Belém ou Parque das Nações. Mas na Marques de Pombal você fica no centro, o que é ótimo para desbravar o casco histórico! 🙂

    (Responder)

  7. Lari Barros
    Comentário do dia 10/8/2012 às 21:26

    Silvia, teu blog é fantástico! Muito útil, alem da leitura gostosa e objetiva. Parabéns!
    E quero aproveitar pra perguntar o seguinte:
    Vou pra Europa em Março ou Abril 2013 (o que tiver passagens mais baratas!).
    Sou arquiteta, recém formada, e penso em fazer o seguinte roteiro:
    Recife – Lisboa
    Lisboa – Porto
    Porto – Sevilla
    Sevilla – Barcelona
    Barcelona – Roma
    Roma – Lisboa – Recife
    A questão é que estou com dificuldade em conseguir voos low cost entre Porto e Sevilla! Gostaria de saber se você teria alguma outra dica… ou até uma inversão de roteiro. Aceito ate uma sugestão de outra cidade da Espanha que seja ”do modelo” de Sevilla, apesar de preferir visitar esta.
    Desde já, muito grata pela tua atenção.
    um xero!

    (Responder)

    Resposta de Lari Barros

    esqueci de dizer: serão 16 dias de viagem

    (Responder)

  8. Ivo
    Comentário do dia 11/9/2012 às 05:09

    De novo, MUITO obrigado pelo post. Terei nove noites na capital portuguesa, aluguei um apartamento na Praça Camões no Chiado pela Travelling to Lisbon. Vou ter o prazer de dar um feedback dessa viagem, se você quiser.

    Sou meio maníaco por compras em viagens (sobretudo porque os preços brasileiros – especialmente paulistanos – são aviltantes). Como deixei um tempo maior pra Lisboa, gostaria de saber se vale gastar um dia no FreePort.

    Obrigado de novo,

    Ivo.

    (Responder)

  9. Vanessa
    Comentário do dia 17/12/2012 às 21:15

    Olá! Parabéns pelo post… Só tenho uma dúvida, o bondinho como funciona? Eu pago uma passagem e posso descer nos pontos turísticos, usando a mesma passagem para ir até o próximo ponto turístico?

    (Responder)

    Resposta de Lisbon chill out

    Olá somos de lisboa,

    Para usar o bondinho (aqui chamamos de eletrico) podes comprar o bilhete lá, mas fica a2.85€ cada vez que entras, por isso o que recomendamos é comprar o bilhete diario que custa 6€, mas podes usar por 24horas em todos os transportes publicos de lisboa, tren, bonde, onibus, funiculares, elevadores, tudo sai barato se quiseres entrar e sair dos transportes com frequencia, por exemplo para o bonde 28 que passa por muitos dos lugares turisticos podes levar 2 horas a visitar tudo e entrar e sair mais de 4 vezes.

    Ou podes comprar bilhetes, cada bilhete fica a 1.40€ por isso se só quiseres fazer 4 viagens fica a 5.6… quase o mesmo que o bilhete diario.

    tens sempre que comprar o cartão 7colinas custa 50cents, se guardares o recibo no quando quiseres podes ir à bilheteira e devolver o cartão que te dão os 50 cents de volta.

    Em qualquer dos casos guarda sempre o recibo porque se tiveres algum problema com os cartões/bilhetes etc. e não tiveres recibo, tens de comprar outro, se tiveres o recibo que prova que o bilhete está valido, eles dão-te outro.

    Cá te esperamos, 😉

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada pelas informações! Abs!

    (Responder)

  10. Vânia
    Comentário do dia 02/1/2013 às 17:13

    Oi! seu blog é incrível! Vamos para Europa dia 06/01/2012, eu e meu marido vamos sozinho e estou levando todas as suas dicas! Valeu! Iremos para Portugal, Londres e Amisterdam!!! Estou te seguindo!!! Obrigada!!! Depois te conto como foi, mas estou levando suas dicas comigo!!
    Beijos

    (Responder)

  11. Comentário do dia 19/3/2013 às 13:19

    Olá pessoal,

    Muito obrigado por recomendares no vosse blog, estamos muito contentes e é quando pessoas assim que nos motivam a continuar a fazer tours cada dia melhores.

    reparamos é que o horário que está aqui publicado é o horário de verão, e nós no inverno temos outro horário, é às 10h e às 15h, se poderem corrigir isso seria bom para todos, as informações do blog estão mais actualizadas, as pessoas que vão para o tour realmente encontrão o tour às horas certas, é bom para todos.

    Muito obrigado mais uma vez,

    (Responder)

    Voltámos a mudar o nosso horário agora encontramo-nos as 10horas e Às 16h30 na Praça Luís de Camões, mas o melhor é confirmar sempre no nosso site http://lisbonfreetour.blogspot.pt/ quais os horários que temos.

    Muito obrigado a todos

    (Responder)

    O nosso horário muda conforme a época do ano, o melhor mesmo é verificarem no nosso blog qual o horário actual, http://lisbonfreetour.blogspot.pt/

    boas e felizes viagens para todos

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada pela atualização! 🙂

    (Responder)

  12. Comentário do dia 19/6/2013 às 07:04

    Um belo descritivo de Lisboa, das suas gentes, dos locais, etc. Portugal tem muito mais do que Lisboa, localização do Aeroporto e por excelência o ponto de referência. Fica o convite para visitar outros locais, muitos na periferia com 25 a 30 kms tem imensas diferenças, exemplos? Cascais, Setúbal, Estoril, Sintra, Torres Novas, Mafra. Gostei do artigo e obrigado pela partilha da sua experiência em Lisboa.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Miguel! Acabei de voltar de mais uma viagem a Lisboa e visitei Batalha, Alcobaça, Fátima, Óbidos, além dos tradicionais Sintra-Cascais-Estoril… vai ter muita coisa nova por aqui! Abs!

    (Responder)

  13. Tatiana
    Comentário do dia 05/7/2013 às 11:51

    Oi Silvia, tudo bem? Estou programando uma viagem para setembro (que me disseram que é uma boa época) que a princípio seria Lisboa e Paris. Quando vc foi, passou por Londres tb? É possível ou encarece demais? Estou lendo todas as dicas e comprando os guias daqui!

    Abs,
    Tati

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Tatiana, as três vezes em que estive em Londres era junho! 🙂

    (Responder)

    Fui ao Reino Unido no ano passado no mês de setembro. Foi uma viagem muito boa, com pouquíssima chuva.

    (Responder)

  14. candida silva
    Comentário do dia 17/7/2013 às 12:44

    Olá! Aos domingos asprincipais atrações na região de Belém, como o Mosteiro dos Jeronimos,aTorre de Belém e o Museu dos Coches, têm entrada gratuita até às 14h. Vale a pena a economia!

    (Responder)

  15. Clara
    Comentário do dia 23/7/2013 às 00:46

    Delícia de relato, muito útil para os debutantes dessa magnífica cidade. E até mesmo par quem jã esteve, como eu.
    Queria só adicionar que os restos mortais de Fernando Pessoa encontra-se no belo claustro do Mosteiro dos Jerônimos.

    (Responder)

    Resposta de Clara

    …encontram-se, ao invés de encontra-se.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu, Clara! 🙂

    (Responder)

  16. Luciana
    Comentário do dia 31/7/2013 às 00:32

    Oi Silvia,

    td bem? Viajarei em outubro a Lisboa e Porto. Reservei hotel no Ibis Liberdade. Você saberia dizer se o lugar é bom, a região é perigosa? É perigoso andar a noite sozinha pelo Bairro Alto?
    Abraços

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Oi, Luciana!
    O Ibis Liberdade está numa região boa, sim. Eu acho perigoso andar à noite em qualquer lugar do mundo (sou meio histérica em relação a isso). Mas o Bairro Alto é um bairro boemio, tem movimentação noturna. Só não fique dando sopa em ruas muito desertas ou escuras. 😉

    (Responder)

  17. Gleidson Xavier
    Comentário do dia 02/9/2013 às 12:57

    Adoro ler seu blog! Ano passado fui a Buenos Aires e segui algumas dicas sua, o restaurante Crizia por exemplo, muito bom, pois bem, tô pensando em ir p/ a Europa em maio/2014 com minha mulher, uns 16 dias, Lisboa 5, Madri, Paris, Londres e Roma. É uma época boa de viajar maio? Quantos dias nas demais cidades? Vou ler todas as sua dicas aqui no site. Como ir de país em país? Quero economizar!

    (Responder)

  18. Comentário do dia 09/9/2013 às 22:53

    Silvia, estou indo a Lisboa no dia 18 de Outubro e essa é minha primeira viagem vou ficar uns quinze dias ,, dos quais vou passar 3 noites em Madri , e gostaria de umas boas dicas para aproveitar aí em Lisboa , dicas de restaurantes, pontos turísticos, o melhor outlet , fados,

    (Responder)

  19. GILBERTO TIETBÖHL
    Comentário do dia 25/11/2013 às 17:49

    Prezada Sílvia: Que beleza este blog. Parabéns.
    Estamos partindo para Barcelona no dia 25 de abril/14, de navio. Pretendemos ficar três dias em Barcelona, três em Madrid e quatro em Lisboa, voltando para Porto Alegre lé pelo dia 18 de maio. Já “peguei” muitas e valiosas dicas no “Matraquendo”, mas gostaria de ter informações sobre o deslocamento de trem diurno (BarcelonaxMadrid) e noturno (MadridxLisboa).
    Obrigado e um grande abraço.

    (Responder)

  20. Comentário do dia 08/1/2014 às 16:20

    Hoje descubri o seu blog e muito legal. Sou blogger da Espanha , e eu estou namorado desta cidade, tambem acho que e umas das mas baratas da Europa occidental, para mim Portugal tem muitas coisas que ver e visitar, um pais extraordinario, onde as pessoas sao maravelhosas e a gastronomia a melhor do continente.

    Jesús
    Vero4travel

    (Responder)

  21. Myriam
    Comentário do dia 11/2/2014 às 11:56

    Silvia, gostaria de dicas de segurança em Portugal, tipo… lugares para serem evitados em Lisboa, Coimbra e Porto. Agradeço por enriquecer meu roteiro de viagens com seu blog!

    (Responder)

  22. Eron
    Comentário do dia 03/4/2014 às 19:26

    Gostaria de saber se entre 7 a 14 de outubro está frio em Lisboa. o que vestir nessa época?
    Grande abraço!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Eron! Nesta época é primavera na Europa, não costuma fazer muito frio em Lisboa. Para saber exatamente o que levar consulte uma semana antes de viajar sites de temperatura! Abs!

    (Responder)

  23. Comentário do dia 30/4/2014 às 03:11

    Que legal seus posts sobre Lisboa, estou indo para lá também e o blog ajudou bastante. Obrigadão. Abs.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Legal, Fabio! Bjs!

    (Responder)

  24. Leticia Bell
    Comentário do dia 13/5/2014 às 15:30

    Olá Silvia, estou planejando uma viagem para Novembro deste ano e gostaria de visitar Italia, Portugal e Espanha, as cidades principais de cada pais apenas. Para me locomover entre os países tem como eu pegar trem ao invés de voos? Se sim, pode me indicar a empresa?

    Parabens pelo conteudo, sempre uso deu site para me programar nas viagens!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Leticia! Sim, você pode se locomover de trem. Pesquise no site http://www.raileurope.com.br/
    Abs!

    (Responder)

  25. Comentário do dia 22/5/2014 às 00:11

    Olá!

    Estava pensando em visitar Portugal em Janeiro. Você recomenda apesar de ser inverno?

    Obrigadq.

    Julia

    (Responder)

  26. Comentário do dia 10/6/2014 às 10:21

    Sem dúvida Portugal é um dos melhores locais para quem quer uma férias de qualidade com uns preços dos mais atrativos da Europa.

    Quem precisar de ajuda em Lisboa …estou aqui e sou guia oficial

    http://www.tours.com.pt

    (Responder)

  27. Daniela
    Comentário do dia 29/12/2014 às 16:38

    Nossa que delicia ler seu blog !! Maravilhoso ! Me tira uma duvida, estou indo em março com a minha filha de 5 anos, fazer um roteiro que faz, Lisboa, Madrid, Roma, Veneza, Florença e Paris… Ela é super difícil, pra comer, só gosta de arroz e feijão !!! Vou passar muito perrengue por lá ? Estou tão preocupada !
    bjos

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ela gosta de macarrão? Porque “pasta” tem em tudo quanto é lugar. Mas arroz só em restaurante chinês e feijão… esquece! :mrgreen:

    (Responder)

  28. Camila
    Comentário do dia 02/1/2015 às 16:27

    Sil.

    Estou apaixonada pelo seu site, o texto que vc escreve, enfim tudo!

    Peguei praticamente TODAS as referências para a minha primeira viagem para Europa aqui com vc!

    Parabéns!

    Beijos

    (Responder)

  29. Paulo Rezende
    Comentário do dia 02/4/2015 às 15:51

    Planejando a viagem a Portugal… Obrigado pelas dicas Silvia!!!

    (Responder)

  30. Maria Fernanda
    Comentário do dia 17/4/2015 às 13:03

    Oi Silvia,
    estou indo a Lisboa agora em maio e fiquei em duvida sobre o Electrico 12E (Rota do Castelo). Ele só passa em frente aos pontos ou eu posso descer, tipo hop-on/hop-off ?? Se eu descer, teria que pagar de novo ? Alguma dica de local para almoçar por ali, de preferencia nao muito “turístico” ? Mto grata desde já 🙂

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    O Eléctrico 12E ou o 28 (ambos fazem a mesma rota) é um bondinho do transporte público. Cada vez que você desce tem que pagar nova passagem para pegá-lo de novo! 😉

    (Responder)

  31. Fabi
    Comentário do dia 22/6/2015 às 19:59

    Olá, Silvia, tudo bem?
    Já comprei o guia Lisboa (e o de Madri também, por via das dúvidas), que tem ótimas dicas! Pretendo viajar em setembro, sozinha. Sobre o roteiro pensei em Portugal-Espanha, pela proximidade, com dias suficientes para conhecer as cidades sem correria.
    Pensei em Lisboa (8 ou 9 dias, para fazer uns bate-voltas para Fatima, Sintra, Óbidos e outras cidades próximas, se houver tempo – uma dúvida é se seria melhor também ficar em cidade intermediária para explorar outros lugares), Porto (4 dias, com visita a Braga/Guimarães) e Barcelona (4 ou 5 dias).
    Com sua experiência nessas terras, acha que está bem distribuído ou seria melhor incluir outros destinos? Em termos de praticidade e $, alguma recomendação por onde começar o roteiro? Faz alguma diferença?
    Se outros leitores quiserem dar pitacos, fiquem à vontade! Toda ajuda é bem-vinda. É a primeira vez que viajo pensando em tantos destinos e estou um pouco perdida em como organizar o roteiro.
    Obrigada,

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Fabi!

    Obrigada por confiar nos Guias Matraqueando.

    Se vai valer a pena ou não ficar em Porto ou Barcelona vai depender do que você busca na sua viagem: férias mais corridas, mas conhecendo mais lugares ou mais tranquilas, conhecendo menos lugares.

    Na Espanha eu incluiria com certeza Barcelona (modernosa), é uma cidade totalmente distinta de Madri (mais aristocrática).

    O ideal seria começar em Lisboa a terminar em Barcelona (Lisboa –> Madri –> Barcelona) ou vice-versa.

    Mas muitas vezes a passagem chegando em um lugar e saindo do outro é bem mais cara. Por outro lado, se você fizer Lisboa-Madri-Barcelona com voo chegando e saindo de Lisboa, por exemplo, lá de BCN você tem que voltar a Lisboa e isso são, no mínimo, uns € 100 a mais! Tem que ver qual passagem fica mais interessante, a que chega e sai do mesmo lugar (incluindo o transporte para voltar ao destino original) ou aquela que chega num lugar e sai de outro.

    Se você priorizar só estas três cidades, há vários bate e volta para fazer nas três:

    Lisboa (os bate e volta já mencionados por você)
    Madri (Toledo, Cuenca, Segóvia e Ávila – não precisa fazer todos, escolha um ou outro)
    Barcelona ( Figuegres, a cidade de Dali).

    Bjs! 😉

    (Responder)

  32. Renata
    Comentário do dia 19/9/2015 às 17:33

    Ola!
    Estou indo para Portugal, anotando varias dicas, o blog é otimo!!Estou vendo para comprar o guia tbm.
    Já li mil coisas, mas ainda estou com muitas duvidas, pra organizar o roteiro, sera que voce consegue me ajudar a organizar os dias. Chegaremos em uma terca meio dia e retornaremos na proxima quarta de manhazinha, serao 8 noites no total. Queremos conhecer todos os bairros que voce citou e ainda bate-voltas para Sintra, Cascais, Queluz, Freeport, Fatima e arredores ate Obidos e Porto.
    Entao seria: 1 dia para Sintra, 1 dia para Cascais e Queluz, 1 dia para Porto (vamos trem cedinho e voltaremos a noite), 1 dia para Fatima e Obidos (contrataremos um tour), meio dia para Freeport e encaixar os bairros de Lisboa.
    Poderia me ajudar a organizar os dias? Por exemplo: onde ir quarta e assim sucessivamente, dentro desse roteiro que quero fazer?
    Da pra ir onde na terca a tarde para nao perder tempo? E final de semana onde e melhor programar? Segunda tem muitas atracoes fechadas, indicaria o que?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Renata! Infelizmente não tenho como organizar roteiros individuais, isso leva muito tempo e depende de muitas variáveis. Só posso dizer para evitar Fátima e Sintra nos finais de semana (porque lota mais) e deixe a segunda-feira para percorrer bairros centrais como Baixa e Chiado, onde as atrações são as ruas. 😉

    (Responder)

  33. Antonio
    Comentário do dia 26/10/2015 às 22:35

    Olá Silvia, td bem?
    Muito legal seus comentários, dicas e td mais…
    Em Junho/2016 estarei visitando Lisboa pela 1ª vez, e tenho umas dúvidas que tenho certeza pra vc não significam “um bicho de 7 cabeças”, quais sejam: vou passar 18 dias por lá, no entanto, só reservei hotel pra 4 dias em Lisboa; pois lá resolverei quais outras cidades ainda visitarei. Pergunto se isso pode dar problema qdo estiver passando pela imigração em Madrid?
    Será que consigo encontrar hotéis ou pousadas qdo lá estiver mais baratos do que reservar desde já?
    Caso eu queira voar de Lisboa até Atenas, será que consigo passagens aéreas com preços mais em conta?
    Desde já agradeço sua preciosa ajuda e parabéns pelo ótimo trabalho!
    Atenciosamente,
    Tony Lordelo

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Tony!

    Pode ter problema, sim. A imigração espanhola é bem chata. Às vezes não pede nada. Às vezes pede tudo. Eu, mesmo com vários carimbos no passaporte, já sairia daqui com tudo reservado. No site do Booking.com você pode fazer reservas com cancelamento grátis. Veja aqui várias opções em Lisboa. Os preços dos hotéis não vão variar muito (eles variam de acordo com a temporada), o que, sim, pode acontecer é que hospedagem boa e barata acaba rápido. Portanto, deixar para reservar tudo em cima da hora te deixa com menos opção de hospedagem econômica (se essa for uma preocupação – pagar menos – leve em conta isso!)

    Sobre os voos quanto mais antecedência, masi em conta ficará. Tente na http://www.ryanair.com/pt, http://www.easyjet.com/pt/ e http://www.vueling.com. Boa sorte! 😉

    (Responder)

  34. Cleiton
    Comentário do dia 03/11/2015 às 09:59

    olá , estou indo pra lisboa pela 1° vez no inicio de fevereiro, soube que estará no pico do inverno, e que é um frio muito intenso . será assim mesmo como as pessoas falam? é chuva o tempo todo ? não tem nenhuma trégua a ponto de nem conseguir sair na rua ? por favor me ajude, tire esse pânico de mim !!!!!!!

    (Responder)

  35. Paulo Henrique
    Comentário do dia 21/3/2016 às 02:19

    Olá, boa noite!

    Parabéns pelo blog, tenho encontrado muita coisa boa por aqui.

    Estou numa dúvida cruel… Eu e minha namorada temos passagem comprada para Lisboa, onde permaneceremos por 7 dias. Pretendo ir à Sintra e Cascais nesse período, ainda não decidi se vamos até Porto.

    A dúvida central é se dentro desses sete dias daria pra eu tirar um dia para ir a Madrid e retornar à Lisboa no dia seguinte (através de low costs). Iríamos somente com uma mochila, pois a bagagem ficaria no hotel em Lisboa (já reservado e sem direito de cancelamento). Vale a pena fazer isso ou você acha melhor concentrar minha viagem em Lisboa / Cascais / Sintra / Porto?

    Obs. :Estou com aquela sensação de estar na Europa e desperdiçando dinheiro visitando somente um país, visto que é minha primeira vez na Europa.

    Obrigado desde já…

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Paulo, está é uma das perguntas mais difíceis e também das mais fáceis de responder. Difícil porque eu não sei o que é realmente importante para você: conhecer realmente um lugar ou fazer uma maratona de dois países em sete dias. Bate e volta de um dia a Madri? Nunca eu recomendaria isso. Madri é uma capital. E aí vem a parte fácil da resposta. Eu recomendo de 3 a 4 dias em qualquer capital da Europa. Sendo assim, 7 dias está excelente para se concentrar somente em Portugal. Dá para fazer Lisboa, Óbidos, Batalha, Alcobaça, Fátima, Sintra, e o Porto. Você vai conhecer tudo com calma e profundamente. Peguem este dinheiro que gastariam na low cost e no que perderia de uma noite de hotel em Lisboa e invistam em um jantar memorável, por exemplo, num restaurante estrelado. Fechem a viagem com chave de ouro. 😉

    Sugestão de roteiro (partindo do princípio de que você tenha sete dias inteiros no país)

    1º, 2º e 3ª dias: Lisboa (pegue uma manhã ou tarde para ir a Sintra)

    4ª dia: Fátima, Óbidos, Batalha e Alcobaça (dá para fazer em um dia de carro)

    5º, 6º e 7º dias: Porto

    Boa viagem!

    (Responder)

    Resposta de Paulo Henrique

    Oi, Silvia. Obrigado pelo retorno.

    Pois é, meu estilo de viagem realmente é o do tipo demorado, que gosta de curtir tudo com calma, sem desespero. Seguindo seu conselho, deixarei Madrid pra próxima. ?

    Mais uma vez obrigado!

    Grande abraço…

    (Responder)

    Resposta de Paulo Henrique

    Obs.: Não foi uma pergunta, o ponto “?” saiu sem querer. Rsrs

  36. ana
    Comentário do dia 18/4/2016 às 22:11

    Parabéns pelas dicas e orientações. Irei em maio/2016 com certeza foi de grande ajuda seus relatos. Vamos passar 4 dias em Lisboa, 3 Madri e 3 Barcelona. Espero que seja tudo dentro do programado. Estou adorando todas as informações. abraço fraterno.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Que bacana, Ana!
    Boa viagem! 😉

    (Responder)

  37. Amaury
    Comentário do dia 08/8/2016 às 16:05

    Para aproveitar os descontos em atrações oferecidos pelo Lisboa Card é preciso enfrentar as mesmas filas de quem não tem o cartão? Ou há um caminho facilitado para quem o possui?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Amaury, o Lisboa Card fura a fila de algumas atrações, sim.

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar