-  Atualizado 27/09/2013

Viagens com o bebê

Publicado por: Silvia Oliveira Viagens com bebê
Esclareço desde já: não sou especialista no assunto. Aonde ir com a Mariana ainda é pergunta constante e quando vamos… passamos por alguns perrengues. Falar sobre viagens com o bebê é um exercício perene. Hoje, ela tem 10 meses (abril/2009). A necessidade é uma. Daqui a algum tempo vai ter 3 anos. A necessidade será outra. Nas poucas vezes que nos aventuramos até agora, admito, foi difícil. Prazeroso, mas complexo. Existe o problema da mobilidade, hora da papinha, do leitinho, do soninho. O ritmo é outro. Intrincado. E tem que ser respeitado. Viajar nos causa bem-estar. É um deleite compartilhar este néctar com o bebê. Muito provavelmente, ele não se lembrará de nada. Mas crescerá feliz, rodeado de gente bem resolvida que não deixou a vida parar por causa de conselhos ambíguos, hipotéticos e, muitas vezes, improváveis. Abaixo, alguns temas da nossa série. Se você tem alguma questão, por favor, deixe a pergunta ou sugestão na caixa de comentários. Sua dúvida pode virar um belo post de utilidade pública. Caso já  tenha vivido alguma experiência que possa ajudar outros pais, fique à vontade, somos todos ouvidos. Com o passar dos meses creio que novos itens serão acrescentados à nossa listinha. Conforme for escrevendo, vou linkando os conteúdos aqui e a consulta vai ficar facinha, facinha.
.

PLANEJAMENTO:
Quero viajar com meu bebê, será que devo?
O que levar na mala do bebê
Documentação necessária para viajar com crianças

DESTINOS:
As melhores praias do Brasil para levar um bebê (breve!)
Resorts e hotéis-fazenda (breve!)
Rotas internacionais para crianças (breve!)
Destinos exóticos para bebês. Hã? (breve!)

ALIMENTAÇÃO:
Dicas de alimentação durante a viagem (breve!)

SAÚDE:
Dicas de saúde e proteção (breve!)
Elaboração do kit de primeiros socorros para o bebê (breve!)

SEGURANÇA:
Dicas de segurança (breve!)
Viagem de carro, trem, ônibus ou avião (breve!)

ENTRETENIMENTO:
Como distrair o bebê durante a viagem (breve!)
Atrativos para crianças (breve!)

Foto: Mariana, aos dois meses e meio, no primeiro Dia dos Pais do Raul. Costão do Santinho, Florianópolis. Queríamos apenas sair da rotina e descansar. Acredite, dentro do que cabe, conseguimos.



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


7 comentários

  1. Anonymous
    Comentário do dia 24/4/2009 às 08:31

    Falei lá no outro post que a experiência é zero. Mas que eu vou seguir direitinho a série, ahh!! isso eu vou!! rsrs…
    Adoro…rs
    Bom trabalho, bjs
    Nair

    (Responder)

  2. Tia Edi
    Comentário do dia 24/4/2009 às 09:05

    OI, meus amô!!!!
    Hoje to na fase avó (eu???)!!!!
    Qdo puder, vou levar "passarim" no melhor lugar do mundo p criança ser criança: o Grajaú, lembra?????
    Aí, sim… pais podem curtir bares e passeios tranquilos, descansar e esquecer os perigos q povoam todas as mentes preocupadas, ara!
    O mar???? Continua sendo p criança!!!!
    Bjus …. bjus …. bjus

    (Responder)

  3. Ana Carolina
    Comentário do dia 24/4/2009 às 15:21

    Silvia,
    em primeiro lugar, adorei a fotinho da Mariana!!
    Bom, vou te contar a minha dúvida: queria muuuito ir para a região da Provence em julho próximo (é um sonho meu visitar os campos de lavanda), mas não sei se é um bom destino para levar um bebê de um ano, principalmente com relação à alimentação. O que vc acha??
    Também ouvi dizer que os franceses não gostam muito de crianças, será que isso também dificultaria a nossa viagem?
    Por causa disso, estamos pensando em ir para Miami, já que nos EUA é fácil de achar papinhas e apetrechos de bebê em qualquer esquina…
    bjs

    (Responder)

  4. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 24/4/2009 às 21:12

    ANA CAROLINA: no post de hoje temos parte da resposta a sua pergunta: depende do que vocês necessitam agora e qual o grau de diposição. Alguns lugares são mais fáceis que outros. Acredito que Miami será quase como estar em Curitiba. Ótimo!

    Mas é isso que você quer? Está certo que a região da Provence não é Paris, mas estamos falando da FRANÇA, o país que mais recebe visitantes no mundo. São mais de 70 milhões por ano! O ideal é utilizar a rede ferroviária (muito boa entre as cidades) e se quiser explorar os vilarejos, alugue um carro (ou vá de ônibus, por que não?) Em relação, à alimentação vai depender mais do Miguel do que do lugar: ele come de tudo (para a idade dele)? Gosta ou rejeita frutas? Bebe sucos naturais?

    Bom, sei que você é adepta dos produtos orgânicos, mas papinha da nestlé (de fruta e salgada)tem no mundo todo, em qualquer mercado. Uma vez ou outra pode ser que ela ajude. E leve várias na mala! No mais, em qualquer restaurante, peça para vocês, por exemplo, algo com batatas e uma carne. Se tiver um legumezinho, então, melhor… Reserve um pouquinho. amasse tudo e terá a papinha mais saudável do mundo! lembrando que nunca vai ser como em casa!

    Até porque, repito, depende dos hábitos alimentares do bebê, se é alérgico, etc. Ah, e frutas são vendidas aos montes nos quiosques de ruas europeus. No caso de Miami você tem ainda aquele monte de loja para fazer compras mil – o que relaxa qualquer mãe, hahahah! Mas não tem as paisagens que encantaram Cezanne, Van Gogh e Chagall… Ufa! É isso: viajar implica desafio e adaptação! Bjs!

    (Responder)

  5. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 24/4/2009 às 21:14

    NAIR: você como tia, madrinha e conselheira tem mais experiência do que eu! hohohoho!

    TIA EDI: falou e disse! Taí, Grajaú, no litoral do Paraná! E do lado ainda tem Ipanema… para "desbaratinar". Beijos tia, estamos esperando vocês aqui!

    (Responder)

  6. Cláudia regina
    Comentário do dia 30/7/2012 às 14:43

    Olá mamães! Tenho uma linda bebê que fará sete meses, estou de férias e gostaria de sugestões de viagem para região do sudeste, Grata Cláudia

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Cláudia! A região sudeste é tããão grande. Você não tem pelo menos o estado que gostaria de visitar? 🙂

    (Responder)

  7. Ana Rita Teodoro
    Comentário do dia 18/11/2015 às 17:19

    Oi Silvia, comprei minha passagem de ônibus e pretendo viajar com minha filha de apenas um ano e meio, será que ela poderá embarcar normalmente? Parabéns pelas dicas. Adorei, adorei!!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Sim, desde que tenha a documentação (certidão de nascimento ou RG). Abs!

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar