-  Atualizado 07/01/2010

Leitura da sexta: revista Discursos Fotográficos

Publicado por: Silvia Oliveira Leitura da sexta

É uma publicação acadêmica, feita por gente muito competente, cheia de artigos relevantes. O que isso tem a ver com o universo do turismo? Tudo. A revista Discursos Fotográficos trata – entre outros tópicos – sobre o bem mais precioso de uma viagem: a fotografia. Trabalha com duas linhas de pesquisa: imagem e mídia, e linguagens e poéticas fotográficas. São trabalhos inéditos voltados à comunicação visual.

A revista – que tem formato de livro – é resultado do Curso de Especialização em Fotografia e do Mestrado em Comunicação da UEL – Universidade Estadual de Londrina. Acabei de receber o último exemplar do editor, o Prof. Dr. Paulo César Boni. Está sansacional. Além dos artigos, traz também uma deliciosa entrevista com o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, um dos mais importantes nomes da fotografia documental no mundo.Para ler todos os trabalhos, resenhas e entrevistas desta edição, entre aqui. Você encontra o resumo ou o artigo completo em PDF.

Eu, com muito orgulho, já escrevi um artigo para a Discursos Fotográficos em 2007. O tema? Veja você: Fotografia e mídia digital: o universo blogueiro na construção criativa de destinos turísticos. Na época analisei quatro blogs, por diferentes critérios. Entre eles, Fatos & Fotos de Viagens – do Arnaldo, Turomaquia – da Patrícia, Caverna da Morcega – da Mônica (que migrou para o Por Onde Andei) e o Giramundo – do Jorge. Para ler meu artigo, clique aqui.

Foto: Matraca’s Image Bank



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


6 comentários

  1. Patricia de Camargo
    Comentário do dia 29/5/2009 às 09:49

    Aliás excelente avaliação realizada no seu artigo, e me ajudou muito a melhorar meus pontos fracos e reforçar minhas fortalezas!

    (Responder)

  2. Taciano Segovia
    Comentário do dia 29/5/2009 às 12:13

    Gostei muito do seu artigo – Fotografia e mídia digital: o universo blogueiro na construção criativa de destinos turísticos – e concordo ao que escreveu na página 18: “os blogs propõem duas realidades imbatíveis: a liberdade de expressão absoluta e a interatividade.”
    Cito uma tecnologia que permitiu esta interatividade: WEB 2.0, está afetando inclusive outras áreas do conhecimento humano, por exemplo, a pedagogia: onde o Professor não é mais o retentor da informação, pelo contrário, pode ser confrontado com uma massa de informação disponível de forma rápida (atual) e barata, tornando-se colaborador e mediador deste fluxo na rede “virtual”, Wikipédia, blog e outras fontes. Aos que antes detinham a informação para si, tornaram-se co-autores com outros profissionais ou até mesmo alunos, amadores, etc – serve para todas as áreas!
    Quanto a fotografia no turismo – aqui me refiro as publicações por blog -, percebo claramente a realidade, ou verdade, sendo mostrada por aqueles que não têm interesse apenas comercial, porém, dão vazão aos sentimentos por textos ou fotografias simplesmente pelo prazer de compartilhas as alegrias e tristezas de um evento que merece no mínimo ser guardado.
    Em benefício aos turistas de plantão, na prática, podem-se comparar as fotos, textos, comentários… de um determinado blog em relação a um panfleto muito bem diagramado de uma grande agencia de turismo, exemplo: nesta mídia aparecem fotos aéreas (alto custo) de uma praia qualquer, claro que aquela praia se tornará linda daquele ponto de vista, porém se tornará mais interessante ainda se o turista souber com antecedência a cobrança de 2 reais pela sua estadia na orla(não há onde sentar se não pagar!) e que a vista ao nível do mar e bem diferente…
    Quem sai ganhando neste mundo dos blogs e facilidade da fotografia digital? Todos!
    Discursos Fotográficos. Estou ansioso para ler!

    (Responder)

  3. mogribel
    Comentário do dia 29/5/2009 às 19:27

    Silvia,
    Não sabia deste seu artigo e fiquei muito surpresa em encontrar o Caverna nele.
    A verdade é que ele era um blog como outro qualquer, pessoal, que acabou migrando para falar dos lugares por onde eu andava, na maioria das vezes, a trabalho.
    Quando vi que o pessoal gostava mais de saber por onde eu passava do que das minhas histórias de vida, interrompi o Caverna e me mudei para o Por Onde Andei.
    Isso aconteceu quando eu comecei a frequentar os fóruns de viajantes.
    Hoje acho que continuo escrevendo igual, mas de maneira mais organizada.
    Bacana, vou guardar!

    (Responder)

  4. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 30/5/2009 às 01:18

    Pati… na época eu sabia muito pouco sobre o universo blogueiro… foi mais uma análise empírica, mas que também me ajudou bastante a compreender um pouco mais deste tipo de discurso e linguagem! Bjs!

    (Responder)

  5. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 30/5/2009 às 01:19

    Nossa, Taciano! Você como sempre super dedicado na suas informações! Sensacional! Abs!

    (Responder)

  6. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 30/5/2009 às 01:21

    Mônica, já coloquei o seu novo blog lá no post(na verdade tinha esquecido de mencionar a migração para o Por onde andei). Na época do artigo era Caverna da Morcega ainda. Foi muito legal analisar o conteúdo produzido por você! Abs!

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar