-  Atualizado 09/01/2013

Milão sem pressa

Publicado por: Silvia Oliveira Itália, Milão

Quase todo mundo que vem à Itália pela primeira vez costuma ignorar Milão. Dizem que não tem a história de Roma nem o charme da Toscana. De fato, a capital da Lombardia não é para ser comparada, mas justificada.

Eu também deixei para conhecer a cidade em uma terceira viagem à Europa, aproveitando um vôo da Alitália em direção à Espanha – que parava primeiro em Milão. Fiz um stop de dois dias. Viajava sozinha. Foi a primeira vez que realmente me senti poderosa, no sentindo mais literal da palavra.

Era setembro e o sol brilhou como nunca. Eu – livre, leve e solta num dos maiores centros econômicos do mundo. Qualquer guia alerta: Milão é uma cidade cara como Paris e Nova York. E é mesmo. Mas, apesar de ter ficado no excelente albergue da juventude Piero Rotta (19 euros em quarto coletivo) e ter almoçado e jantado no Mc Donald’s, achei que podia tudo a partir daquela viagem.

Depois dali eu seguiria para as Ilhas Canárias, onde concluiria meu mestrado em turismo. Então, eu achava que estava mesmo podendo. E apesar da sovinice da época, tive minhas extravagâncias. Escolhi a dedo onde tomar um café: Galleria Vittorio Emanuele, toda em aço, cheia de vitrais.

.

Deve ter sido o café mais caro que tomei na vida, não lembro o preço nem tenho foto do dito cujo. (O Matraqueando ainda não existia). Mas recordo que era um café servido numa xícara design, acompanhado de uma colherzinha design, delicadamente pousada num pires design.

A Galleria é o centro gravitacional da cidade. São lojas de grife, bistrôs charmosos, um vai e vem de executivos e muita mulher bonita e elegante. Estava, enfim, na capital da moda! Foi o meu momento emergente. Rá! Ao lado da Galleria Vitório Emanuele está a Catedral de Milão, uma das maiores em estilo gótico da Europa. É o cartão-postal da cidade. Começou a ser construída no século 14 e demorou quinhentos anos para ficar pronta. Não paga nada para entrar.

Do Teatro Alla Scala você já deve ter ouvido falar. Aqui se consagrou Verdi e Maria Callas. Só o conheci por fora porque naquele ano estava fechado para reforma, mas tem um museu que conta um pouco da história glamourosa do edifício e das óperas.

A surpresa ficou por conta do Castello Sforzesco. Para quem gosta daquele arzinho davinciano fica feliz da vida ao visitar seus pátios e jardins (gratuitos) e os museus (a 3 euros) que ficam dentro do castelo. No meio daquele burburinho é uma face da essência prosaica da Itália.

Posts relacionados

Europa Barata: Roma pela 1ª vez

Itália a 50 euros por dia



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


7 comentários

  1. Gisela Garcia
    Comentário do dia 08/10/2008 às 10:09

    gente, adoro entrar na internet e todo dia ter post novo aqui, como nos velhos tempos, ai ai…
    Tô imaginando você em casa cuidando da Mariana e nos intervalos se jogando no computador pra escrever. Ainda deve estar curando sua "crise de abstinência" do Matraqueando,né?

    E a filhota,já deu sinais da "doença do mochilismo" ou ainda tá muito nova pra isso? Quatro meses, né?

    E essa alta do dólar hein? Balde de água fria na cabeça de quem tava planejando uma trip pra visitar o irmão ano que vem na África do Sul…
    que post gigante, acho que eu tb tô em crise de abstinência de blog.

    (Responder)

  2. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 08/10/2008 às 13:52

    Gisela, realmente uso os intervalos para postar… eu sou meio lenta para escrever. Depois vem a seleção de fotos, confirmação de dados… Afff… mas se pudesse virava blogueira profissional. Adoro compartilhar essas informações.

    "Doença do mochilismo"? Com certeza. É hereditária… hohohoho

    Meniiina… bem que eu avisei um par de "veiz" aqui: aproveitem porque esta festa vai acabar! Espero que o dólar baixe… porque valendo mais de 2 reais, realmente inviabiliza muitos projetos de viagem!

    (Responder)

  3. Luisa
    Comentário do dia 09/10/2008 às 09:14

    Oi Silvia

    Achei seu blog no blog Turomaquia da Patricia e estou adorando! Excelente!

    O mais legal foi encontrar, logo de cara, um post sobre Milao, a cidade onde moro! Confesso que também me sinto poderosa aqui, mas me dou conta da minha insignificancia toda vez que tenho que ir às compras…

    Parabens pelo blog!

    Bjs

    (Responder)

  4. sandro
    Comentário do dia 09/10/2008 às 13:04

    Fala professora silvia….
    Como você esta…..putz não pude continuar as aulas de español pois meu trampo me atrapalha muito….lembra…sou o cara que trabalha em uma gráfica….o sandro….hijo de un hijo de puerto rinhequeños y hijo de una nieta de españoles….el peque que sabia hablar y leer bien español pero escribir…. no es mi fuerte….
    abraços…..se vc tiver orkut….me procure….eh Sandro França de Souza….beleza…
    abraços e felicidades para sua filhinha ou filhinho….naum me recordo mais heheheheh

    (Responder)

  5. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 09/10/2008 às 18:05

    Ow, Luisa!
    Que ótimo receber sua visita! Nem me fale das compras em Milão. Para uma mão-de-vaca-muquirana como eu é o fim do mundo! Mas amei ter estado aí! Abs!

    (Responder)

  6. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 09/10/2008 às 18:09

    ¿Qué tal, Sandro? ¿Cómo te va todo?
    Pues… claro que sí, me acuerdo de ti. Hace tiempo que no te veo.

    Tuve una hijitA, se llama Mariana. Es muy hermosa la "peque" nuestra.

    Un fuerte abrazo y espero que vuelvas pronto.
    Saludos solmironianos

    (Responder)

  7. Karina Dubuc
    Comentário do dia 01/4/2016 às 17:46

    Nossa ainda bem que li seu post. Eu vou pra Itália e me deu uma dor na consciência ter cancelado Milão do meu roteiro, pois é a primeira vez e ficaria corrido deslocar do trecho que já estabeleci (Roma – Sorrento/Nápoles – Florença – Bolonha e Veneza). Com esse post pensei melhor e vi que apesar de linda, foge ao propósito do meu bolso cultural rsrsrsrs (corre muito sangue mão de vaca na minha veia), assim sendo vou deixar Milão para uma próxima e espero, sonhada viagem!!!

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar