-  Atualizado 09/06/2015

Nazaré, Portugal: como visitar uma singela vila de pescadores debruçada sobre o mar

Publicado por: Silvia Oliveira Nazaré

Nazare Portugal Vista da Praia

O que eu fiz com (e em) Nazaré e quase um crime hediondo  no código penal do viajante. Aquela velha mania de incluir um passeio ou uma cidade só porque o atrativo está “ali”, do ladinho.

Se eu lesse as dicas do Matraqueando (e, principalmente, me obedecesse de vez em quando) saberia que essa graciosa praia do litoral português merecia muito mais do que uma passadinha rápida.

Nazare Portugal como chegar

Mas como eu estava fazendo a rota FátimaBatalhaAlcobaça parecia que deixar Nazaré de fora era impensável justamente porque ela estava “ali”, a somente 12 quilômetros do Mosteiro de Alcobaça. Explica, mas não justifica, néam!

Nazare Portugal praca principal

O resultado é que fiquei menos de uma hora aqui (cheguei tarde e já estava cansada) — perambulando pela praça principal (área conhecida como Sítio da Nazaré) e apreciando aquela magnífica vista do mar no Miradouro do Suberco.

Nazare Portugal Vista Praia

Nazare Portugal Santuario

A parte alta da cidade está debruçada sobre um penhasco. Aqui ficam a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré e uma capelinha, a Ermida da Memória e sua Lenda de Nazaré. Tive a capacidade de NÃO entrar na tal capelinha simplesmente por desconhecer o significado daquilo.

Nazare Portugal como ir

Aí, você topa com este post da Ana Catarina do blog Turista Profissional… e chora. A Ana esteve recentemente lá e fez o que todo mundo deveria fazer em Nazaré, inclusive eu. Corre lá, que eu te espero aqui pagando penitência de joelho em cima do milho.

Nazare Portugal como ir de Lisboa

Bem, eu não desci até a praia propriamente dita, nem circulei por outros bairros de Nazaré. O vilarejo de pescadores — com pouco mais de 10 mil habitantes — sempre foi famoso entre os surfistas, mas acabou entrando recentemente para o livro dos recordes quando o havaiano Garret McNamara surfou a maior onda da historia aqui.

Nazare Portugal Sete Saias

Uma das coisas apaixonantes da pequena Nazaré são seus habitantes, tipicamente trajados e não é coisa para turista ver. É tradição preservada mesmo.

Os homens apostam na camisa xadrez e calça preta e as mulheres usam as famosas sete saias. O traje, segundo a lenda, representaria as sete virtudes, as sete cores do arco-íris, as sete ondas do mar e todos os outros significados cabalísticos do número sete.

Nazare Portugal comercio

Por ser uma vila de pescadores, Nazaré tem rica gastronomia com peixes e frutos do mar fresquíssimos. Muita gente fala do famoso prato Caldeirada à Nazarena  e do robalo grelhado – que eu NÃO exprimentei. #MeChicoteia

Por outro lado, mesmo que você cometa essa sandice de passar correndo por aqui, não deixe de levar uma porção de frutos secos ou castanhas, vendidos no Sítio da Nazaré. São baratos e absurdamente saborosos. Eu comprei uma “panela” de figo seco (entenda, não é qualquer figo seco — é figo seco de Nazaré) e passei dias com a cidadezinha na alma.

+ Leitor do Matraqueando tem 15% de desconto no seguro da Mondial. Pegue seu cupom aqui!

Nazare Portugal Praia Dona Carolina

Procure pela Dona Carolina, a pessoa mais amorosa e simpática que encontrei nessa viagem. Acho que não fiquei 10 minutos conversando com ela, mas a danadinha me perguntou tudo — quantos anos eu tinha, se eu era casada, qual era minha profissão.

Quando eu disse que era casada e que havia deixado marido e filha no Brasil (e que estava passeando), Dona Carolina parou o que estava fazendo, me olhou bem sério (já achei que ia escutar um sermão português sobre moral e bons costumes) — e carinhosamente disse: “faish béin, mi’a filha, faish m’to béin”. 😀

COMO CHEGAR

Nazaré combina com a rota FátimaBatalhaAlcobaça, mas para fazer tudo no mesmo dia fica bem corrido. No entanto, se você se programar poderá aproveitar bem essa pequena vila de pescadores.

De carro | De Lisboa pegue a rodovia A8 (a mesma que leva a Óbidos). São 126 quilômetros e o trajeto dura duas horas. O pedágio deste trecho custa € 6,75. Se você vier de Alcobaça, pegue a N8-4 e reze para o seu GPS funcionar. Existem placas indicativas, mas chegando à cidade a coisa fica meio confusa. São 12 quilômetros e 20 minutinhos de viagem.

De ônibus | A Rede Nacional Expresso tem linhas para Nazaré partindo de Lisboa (1h50 – €  10,50) e de outras cidades. Consulte sua rota aqui!  Atenção: há um ônibus saindo de Alcobaça a Nazaré, diariamente, às 15h. A passagem custa € 6 e a viagem 15 minutos.

De excursão | Existem muitas agências que organizam este tour, incluindo uma visita à Fátima, ao Mosteiro da Batalha e ao Mosteiro de Alcobaça. O valor do passeio varia de € 75 a € 150 por pessoa. Consulte no seu hotel.

+ Hospedagem boa e barata em Nazaré

Distâncias de Nazaré:

Lisboa: 120 km

Alcobaça: 12 km

Batalha: 32 km

COMO CIRCULAR

O Elevador de Nazaré (um funicular do tipo trem) faz a ligação entre o centro da vila (Sítio de Nazaré) e a praia. Sai a cada 15 minutos e o tíquete custa € 1,10 (adulto) e € 0,80 (criança).

Posts relacionados

Mosteiro de Alcobaça: o monumento português que abriga a história de amor trágico entre Pedro e Inês de Castro

Mosteiro da Batalha: guia prático para visitar o monumento que marcou a história de Portugal 

Fátima: um manual para você planejar sua visita ao maior santuário católico de Portugal

Leia também

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Como ir do aeroporto de Lisboa ao centro

Igreja e Convento do Carmo: as ruínas enigmáticas de Lisboa

Casa Fernando Pessoa: um pedaço da história do maior poeta português do século 20

Taverna Imperial: restaurante excelente e baratíssimo na Praça dos Restauradores

Lisbonaire Apartments: hospedagem nova, barata e bem localizada

Lisboa Story Centre: nova atração multimídia conta as memórias da capital portuguesa
___________________

Texto e fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados. 

Banner Guia Lisboa 2014