Óbidos, Portugal: a cidade perfeita

Publicado por: Silvia Oliveira Lisboa, Óbidos

Obidos Portugal Casas Brancas

Quase sempre me pego pensando em Óbidos. Uma pequena vila medieval pitoresca, murada, cheia de igrejas e construções centenárias. Serve para quem é vidrado em chão de pedra, casa caiada e florzinhas nas janelas.

A cidade perfeita de Portugal fica a 80 quilômetros de Lisboa. Cabe em qualquer bate e volta para fazer aquele roteiro redondo de um dia! Se dormir aqui está entre seus planos, você já tem minha reverência!

+ O BARATO DE LISBOA | Guia essencial para conhecer a capital portuguesa com roteiros incríveis e dicas de economia inteligente! E ainda inclui bate e volta a Sintra, Cascais, Tomar, Fátima, Cabo da Roca e Óbidos. Baixe o seu aqui!

Obidos Portugal Dicas Turismo

Sou apegada a algumas cidades e a determinados tipos de culturas. Óbidos é minha opção toda vez que venho a Portugal. Neste post mesmo você tem fotos com sol, tempo nublado, meio chuvoso, tudo resultado das minhas diversas viagens para cá. Com apenas 11 mil habitantes, o local é o lugar que eu gostaria de ter morado!

O Castelo de Óbidos (que hoje virou hotel), por exemplo, é uma das Sete Maravilhas de Portugal. Considerado o segundo dos sete monumentos mais relevantes do patrimônio arquitetônico português, você pode se hospedar nele ou comer no restaurante do lugar!

Recentemente, um projeto de reabilitação transformou espaços degradados da cidade em livrarias criativas. Os livros podem ser encontrados em antigos altares de igreja e até misturados em armazéns de secos e molhados. O projeto “Óbidos – Vila Literária” rendeu à cidade o título de Cidade Literária concedido pela UNESCO.

Estive aqui pela primeira vez no século passado, literalmente. No tempo em que ter máquina digital era coisa dos Jetsons. Costumo dizer que Óbidos e Ronda (na Espanha) são minhas duas cidades perfeitas, ao lado de Tiradentes e de Colonia del Sacramento, no Uruguai!

Obidos Portugal Lojinhas

Obidos - Portugal 1

O vilarejo sempre foi pomposo e costumava ser presente de casamento das rainhas portuguesas. Fazia parte do dote. Alguns séculos se passaram e quase nada mudou por aqui. Visitar Óbidos é bem fácil e o passeio pode ser feito num bate e volta a partir de Lisboa.

A cidade também é uma ótima base para fazer a rota AlcobaçaBatalhaFátima, com esticadinha a Nazaré. (Clique nos links para chegar aos roteiros nessas cidades.)

Apesar de minúscula, tem diversas opções de hospedagem — incluindo o Castelo de Óbidos que virou hotel de charme e é Patrimônio Nacional.

Já para dormir aqui com excelente custo-benefício, veja a Casa do Relógio. Sou apaixonada pelo lugar. Trata-se de um casarão do século 18 no coração do centro histórico com uma vista maravilhosa. Diárias para casal a partir de € 55 (só aceita pagamento em dinheiro). Faça sua reserva aqui!

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Das portas de Cartagena diretamente para as portas de Óbidos. ? #portugal #matracanazoropa #topportugalphoto #matracaemportugal #matraqueando

Uma publicação compartilhada por Sílvia Oliveira (@matraqueando) em

São duas ruas principais e diversas transversais. O casario abriga cafés, restaurantes, pousadinhas (encontrei várias a partir de € 50 o casal), artesanato e pontos de venda da ginjinha — um licor feito com a ginja, uma cerejinha que nasce em abundância na região. O licor é servido num copinho de chocolate e custa € 1, incluindo o copinho.

DICA ESPERTA | Tá procurando carro barato para alugar em Portugal? Eu conto minha experiência aqui! Descontos incríveis de até 60%, sem IOF nas reservas internacionais e parcelamento em até 12 vezes. Faça sua simulação e reserve agora mesmo aqui! O cancelamento é gratuito. 🙂

Obidos Portugal Lojas

Não existe um só cantinho em Óbidos que não seja fotogênico. Faça chuva ou faça sol. Quando a gente cruza o arco na entrada, chamado de Porta da Vila,  não dá para pensar em correria. Por isso, esqueça as recomendações absurdas de “em duas horas você conhece tudo”.

Obidos - Portugal Miradouro

Não, em duas horas você passa por aqui, mas não conhece nada. Óbidos é passeio para dia inteiro, com parada para almoço. Tome um vinho, prove a ginjinha ou algum doce português.

Obidos Portugal Arco da Cadeia

Para facilitar sua visita, assim que chegar vá ao centro de informações turísticas e pegue um mapinha. Fica mais fácil para circular e identificar os atrativos. Observe a majestade da fortificação de origem moura. A construção começou lá pelo século 12, quando os árabes acabaram sendo expulsos daqui.

Logo que você chega à Porta da Vila olhe para cima e veja uma capela-oratório toda decorada com azulejos portugueses do século 18 dedicada a Nossa Senhora da Piedade, Padroeira de Óbidos.

Passando pela Porta da Vila, você pode continuar reto e já pegar a pequena rua principal para caminhar ou pode virar à esquerda para subir as escadas que levam ao alto da muralha.

Lá de cima você tem uma vista privilegiada de toda a cidade! Importante: não há grade de proteção no alto da muralha, caminhe com muito cuidado e evite subir com crianças.

Logo abaixo da Rua Direita (não se preocupe, você vai achar) está a Igreja de Santa Maria, onde Afonso V se casou com a prima Isabel. Na mesma praça fica o Museu Municipal com obras que marcaram a devoção religiosa da cidade. Destaque para as pinturas de Josefa de Óbidos que, apesar de ser espanhola, passou grande parte de sua vida aqui.

A vila está sobre uma colina. Tem várias igrejinhas e até um aqueduto com 3 quilômetros de comprimento que foi construído a mando da rainha D. Catarina da Áustria, mulher de D. João III.

DICA ESPERTA | Procurando hospedagem boa, bonita e barata com até 50% desconto em Portugal? Agora temos a facilidade do Booking.com, o site líder mundial em reservas on-line de acomodações, onde faço minhas reservas há anos! Além de ter cancelamento gratuito para a maioria dos quartos, todas as hospedagens têm notas ranqueadas com as avaliações dos hóspedes. Ficou muito fácil reservar com segurança, antecedência e pelo melhor preço! Faça você mesmo uma simulação e reserve aqui!

Obidos Portugal Pousada do Castelo

Obidos - Portugal Pousada do Castelo Restaurante

Obidos - Portugal Pousada do Castelo Restaurante Creme de Camarao

Mas o ponto alto da minha visita, dessa vez, foi um creme de camarão que comi na Pousada do Castelo, o monumento eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

O creme em si era mais ralo do que caldo de legumes, mas por € 15 (além do creme, pedi uma entradinha e água) pude circular pelo hotel e comer naquele restaurante podre de chique que, ainda por cima, oferecia uma vista maravilhosa. (Diárias para casal a partir de € 190).

O local é bem formal, silencioso – mas pelo o que eu vi no cardápio (peixes, bacalhau e caldeiradas) o jantar completo com vinho sai em torno de € 60 por pessoa. Nada absurdo, tratando-se de quem e onde.

Está gostando dessas dicas? No guia O Barato de Lisboa eu dou mais  de 30 sugestões de onde comer bem e barato em Lisboa. São quase 110 páginas com roteiros incríveis desbravando a cidade bairro a bairro com todas as atrações geolocalizadas no Google Maps! 3ª edição, revista e ampliada. Baixe o seu aqui!

Obidos Portugal Entradinhas Restaurante castelo

Obidos Restaurante Pousada do Castelo

Mas mesmo com tantos atributos e adjetivos, você pode se surpreender ainda mais por aqui. Há eventos durante o ano inteiro. O Folio – Festival Literário de Óbidos – reúne dezenas de escritores portugueses e estrangeiros. O encontro, que em 2019 acontece de 10 a 20 de outubro, promove muitas atividades que vão desde concertos, exposições, teatro, sessões de cinema e mesas redondas entre convidados, participantes e comunidade.

Por conta da nova vocação literária da cidade, a antiga Igreja de São Tiago do século 12 virou uma atração à parte. Restaurada em 2013, o local sagrado que há muito já não era usado acabou transformando-se na Grande Livraria Santiago, onde o antigo altar cedeu espaço aos livros, além de exposições e debates com especialistas.

Já o Mercado Biológico, a poucos passos da entrada principal da Vila de Óbidos, é uma das livrarias mais inusitadas do mundo, sem força de expressão. Misturados com frutas, verduras e legumes orgânicos, os livros ganham vida e espaço onde nunca imaginaram estar!

IMPORTANTE | Portugal faz parte parte do Tratado de Schengen, um acordo que estabelece normas para quem pretende visitar os países membros. A determinação EXIGE um seguro de viagem obrigatório com cobertura mínima de € 30 mil que muitas vezes deve ser apresentado na imigração, caso solicitado. A boa notícia é que Leitor do Matraqueando tem até 35% de desconto no seguro internacional. Pegue seu cupom aqui e viaje tranquilo! Vale para mochileiro, luxo, viajante solo, aventureiro e família. E ainda dá para dividir em até 6 vezes!

COMO CHEGAR A ÓBIDOS

Óbidos merece um dia inteiro, embora muita gente (principalmente as excursões) incluam vários atrativos no mesmo roteiro, como Batalha, Alcobaça e Fátima. O ideal seria dormir uma (ou duas noites) na vila medieval e daqui conhecer a região que ainda inclui Nazaré, Tomar e Peniche.

De carro |  Pegue a rodovia A8 em direção a Leiria. Você sai da autoestrada na saída 15. São 80 quilômetros feitos em mais ou menos 1h. O pedágio custa € 4,65. (Tá procurando carro para alugar barato Em Portugal? Eu conto minha experiência aqui! Descontos incríveis de até 60%, sem IOF nas reservas internacionais e parcelamento em até 12 vezes. Faça sua simulação e reserve agora mesmo aqui! O cancelamento é gratuito.) 😀

 De ônibus | É muito fácil chegar a Óbidos de ônibus. A RodoTejo faz o trajeto saindo da estação de Campo Grande (linha verde), em Lisboa. A linha rodoviária se chama Rápida Verde. São vários horários por dias.  A viagem dura 1h e a passagem custa € 7,55. O ônibus para na entrada da vila.

De trem | Há uma parada de trem em Óbidos, mas fica bem longe da vila. Pouco prático e nada recomendado.

Óbidos combina com

Lisboa

Batalha

Alcobaça

Nazaré

Fátima

Texto e fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados.

Política editorial | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. Sempre nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados. Não fazemos artigos de restaurantes em troca de almoço (ou jantar) grátis. O Matraqueando não faz post patrocinado. Alguns posts contêm links para programas de afiliados (Booking, Mondial/Allianz, RentCars) — parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Tudo o que você encontra aqui foi determinado unicamente pelo interesse do leitor, nosso gosto pessoal ou critério particular. Isso é transparência e credibilidade. Pode confiar! Para ajudar a manter o blog sempre com dicas fresquinhas adquira nossos guias na Loja Matraqueando. Desde já agradecemos a preferência! 😉


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


65 Comentários

  1. Que lindas fotos, Silvia!!!!! Eu estive em Óbidos em 2008 e amei a cidade! Mas como fui de excursão com a minha avó, infelizmente só passamos 45 minutos na cidade, uma pena! Adoraria voltar e explorar as ruelas estreitas com bastante calma. Um super beijo!

    responder
  2. Ufa! Já li o post com medo de nossos post estarem parecidos! rsrs Se bem que até agora eu não acredito naquela sua história de que eu consegui criar um post no estilo Matraca! :-p

    Eu já sabia que iria me apaixonar por Óbidos e que não poderia passar correndo por lá. Uma viciada em Tiradentes e Colonia del Sacramento não poderia cometer esse erro, né? Fiz o que você sugere e usei Óbidos como base para Alcobaça, Batalha, Nazaré e Peniche. Não passei uma ou duas, mas três noites lá! Foi um certo exagero, um excesso de precaução, que teve seus prós e contras. Bom, mas não vou contar tudo senão já estou entregando meu post todo aqui! 😉

    responder
    • Hahaha, até agora não consegui mudar meu texto da Quinta. Eu também começava questionando os adjetivos, que aquilo ali era algo “surreal” (clichêzaço!!!)

      VOCÊ FICOU TRÊS DIAS EM ÓBIDOS??? (Estatelada no chão de inveja!)

      (Uia, eu me esqueci de incluir Colonia na minha lista de cidades perfeitas!) 🙂

      responder
  3. artur

    Também me encantei com Obidos. Preciso voltar uma, duas… vezes. Outra de mesmo estilo e meus encantos: Toledo, Espanha, cercada pelo rio Tejo ainda menino… Abraço.

    responder
  4. Nina C_

    Olá Gente Apaixonada por Portugal,

    Óbidos é linda! Mas, eu recomendo que também se conheça Tomar (Convento de Cristo).

    Pode-se ir de trem de Lisboa a Tomar, e o Castelo e Mosteiro é de tirar o fôlego! Construído no mais charmoso estilo Gótico/Manuelino … A cidade também é linda … Eu adorei Óbidos, mas Tomar, eu fiquei sem fôlego (Convento de Cristo).

    Fica a dica!

    Ah, e sem dizer que Portugal tem CAstelos e Mosteiros a perder de conta! rs …….

    Abraço,

    Nina

    responder
  5. Também gostei demais de Óbidos. Pra mim, parada obrigatória em Portugal!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Quando voltar no ano que vem, vou dormir lá! 🙂

      responder
  6. Loanda

    Olá Silvia, estou fazendo minha “estréia” na caixa de comentários do seu blog, exatamente com essa cidadezinha maravilhosa que tive a oportunidade de conhecer em maio. Acompanho sempre seu blog e já segui dicas maravilhosas para minhas viagens. Também sou um pouco “mão-de-vaca” e me identifico muito com seus relatos.
    abraços

    responder
  7. Silvia, agora fiquei conhecendo Óbidos melhor que numa excursão que fiz em 2005 (passando) e só tivemos a oportunidade de subir até a pequena torre da igreja de Santa Maria.
    Deu vontade de voltar!!

    responder
    • Minha primeira vez aqui foi nesses esquema também, Walter! E mesmo voltando dessa vez com mais calma, acho que ainda me falta dormir uma noite aqui! Abs!

      responder
  8. Eu também amo Óbidos.
    Já passei uma noite lá, no século passado, e foi tudo de bom.

    responder
  9. Obidos entrou no meu roteiro quando perguntei a uma amiga portuguesa que lugares eu não poderia deixar de visitar. Ela me disse: va a Obidos, minha avoh mora la e você pode tomar um cha na casa dela! Infelizmente a senhora não estava em casa naquele diz, mas foi divertido percorrer as ruelas da cidade procurando pelo endereço que minha amiga havia me dado. O ponto alto do passeio, pra mim foi subir nas muralhas e contornar a cidade la de cima. Pro marido, foi a ginginha, claro. 🙂

    Excelente post! Me deu saudades do dia lindo que vivi la!

    responder
    • Meniina, eu não consegui tomar uma copinho inteiro de ginginha. Eu não bebo nada e achei fortíssimo o licor… mas minha mãe, que esteve lá um mês antes de mim, é coligada do seu marido: trouxe garrafas da bebida para casa! :mrgreen:

      responder
  10. Cleo M

    Sílvia, boa noite,
    Sabendo que você é conhece várias cidades desse planeta que amo, me envaidece e muito sua paixão pela minha terra, João Pessoa, para os íntimos “Jampa”. Chegue mais e desfrute sempre que quiser das boas coisas que temos, e, coincidentemente sou apaixonada por Curitiba, tenho ótimos amigos e não acho nem um pouquinho os curitibanos ‘fechados”, pelo contrário, sempre fui muitíssimo bem recebida nessa cidade, embora a temperatura, dependendo da época, seja imensamente dolorosa de tão fria! abraços, Cleo.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Cleo, eu sou de Londrina (norte do Paraná) e moro em Curitiba há 14 anos. Assim como você sempre fui muito bem recebida aqui e acho que essa coisa de achar um poco “fechado” vai muito da interpretação pessoal de cada um! 🙂

      responder
  11. Oi, Silvia. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    responder
    • Silvia Oliveira

      Obrigadão, Natalie! 🙂

      responder
  12. Tatiana Guidio

    Oi Silvia, tudo bem?! Já esta quase tudo pronto pra minha viagem, que será Lisboa, Madri e Barcelona! Peguei muitas dicas aqui e nos seus guias (adorei)!! Mas agora me deu uma duvida e mesmo no site do consulado não consegui entender uma coisa (se vc puder me ajudar): para entrar na Espanha (li que em Portugal tb, mas Espanha seria mais rigido) é preciso uma quantidade mínima de 60€/dia. Esse valor precisa ser de dinheiro em espécie??? Li em alguns lugares que sim e em outros que não – que serviria um Visa travel ou cartão de credito com a fatura indicando o limite….. Vc pode me dar um help?!

    responder
    • Oi, Tatiana! Em tese, pode ser um valor acumulado com VTM e cartão de crédito. Mas se você for entrar pela Espanha eu não arriscaria e levaria no, mínimo, uns 600 euros em espécie. Abs!

      responder
  13. Muito boa a matéria!, belas fotos parabéns….

    responder
  14. Roberta Reis

    Oi, Sílvia!
    Ficarei 4 dias em Portugal no final de outubro e ainda estou pesquisando os hotéis. Como fiquei com muita vontade de dormir em Óbidos, pensei em ficar por lá por 2 dias, com mais 2 dias em Lisboa. Porém, acabo de ler muitos comentários no Tripadvisor e em jornais de Portugal sobre a quantidade de moscas nos hotéis de Óbidos. Falou-se inclusive em surto de moscas!! Você percebeu isso lá? Abração!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Oi, Roberta! Não, eu não percebi. (Mas também não dormi lá!) Para mim estava tranquilo (e eu nem sabia dessa história de moscas por lá!) Abs!

      responder
    • Carlos Correia

      É melhor dormir (e comer) longe de Óbidos, pelo menos até resolverem o problema das moscas ou terminar o verão… mas vale a pena visitar, sim.

      responder
  15. paula

    Olá Sílvia!!!
    Como sempre vc me ajudando nas viagens!!!
    Foi através de vc que conheci o passeio na Charmosa de Tiradentes(já fui 8 vezes para lá!!!!) , e acabei de mudar tudo no meu passeio em Lisboa, pois quando li sobre Óbidos, fiquei apaixonada .
    Obrigada e continue nos fazendo “viajar” com seu posts!!!

    Bjs

    responder
    • Silvia Oliveira

      Oba, que legal! Depois conte aqui como foi a viagem! 😉

      responder
  16. Carmen

    Portugal é o meu assunto pendente. Eu tenho que ir e eu pensei começar por visitar Porto. Vou passar o Ano Novo lá.
    Lugar maravilhoso é Óbidos. Eu tenho que ir lá um dia.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Carmen, vá e depois me conte o que achou! 😉

      responder
  17. MUITO LEGAL MESMO O BLOG, QUERO INDICAR ESTE BLOG DE MAIOR REFERENCIA EM VISTO PARA O IRÃ.http://colinasdoiran.blogspot.com.br/

    responder
  18. Óbidos parece uma cidade de brincar não é? 🙂

    responder
    • Silvia Oliveira

      Tipo casinha de boneca! 🙂

      responder
  19. sandra

    oi Silvia, obrigada por suas dicas, descobrir seu blog a pouco tempo e já sou tua fã. irei ficar 5 dias em Portugal, quero tentar ir a Óbidos e Fátima no mesmo dia, mas não queria ir por agencia, tem como eu encaixar essas duas cidades no mesmo dia? pretendo primeiro ir de Lisboa a Fátima e de lá ir para Óbidos e depois voltar a Lisboa, como eu faço essa viagem? achei muito salgado os preços dos passeios, pois eles ficam entre 75 euros a 150, para um casal fica muito caro, por favor, dê-me uma luz

    responder
  20. Vania

    Oi, gostei muito da suas dicas. Mas estou querendo saber se no feriado do dia da libertação todo o comércio está fechado. Você saberia informar o que funciona? É um bom momento para ir a Porto?

    responder
  21. Fabio Menezes

    Olá, adoro o seu blog.
    Resolvi ir a Óbidos após ler o seu “post”. De Óbidos quero ir para o Porto. O que devo fazer. Obrigado.
    Fabio.

    responder
  22. Cláudia Coelho

    Já conhecia Óbidos, mas na última vez que estive em Portugal (2012) , acontecia dentro das murallhas, o Mercado Medieval de Óbidos ( esse ano começa no dia 10 de julho e termina dia 3 de agosto/2014). Foi simplesmente sensacional passar com minha família momentos maravilhosos num túnel do tempo direto para o século XII. Por 6 euros a pessoa ( com direito a entrada e ao traje medieval) estivemos no meio de burgueses, nobres, cavaleiros templários, artistas, camponeses, carrascos, etc… a ver espetáculos, shows de músicas medievais, a comer comidas da época, enfim… participamos de uma verdadeira festa medieval portuguesa!!! Na hora de ir embora ninguém queria devolver o traje e sair da Idade Média. Vamos de novo, com certeza. abços

    responder
  23. Silvina Fátima Ramos Ribeiro

    Cheguei hoje em Óbidos, dei uma volta na cidade e já me apaixonei. Só que começou a chover… Que pena!

    responder
  24. Louise

    Conheci o blog matraqueando em 2012 onde tirei as maiores dicas para minha viagem de mochilao pela europa.Levei tudo impresso e desde entao sou fa.
    Fui a Obidos em 2012 e amei!!! Trouxe umas 3 garrafas do licor para dar de presente aos meus familiares aqui em Natal. Adorei que vc gosta de lá desse jeito todo especial!!!
    Ah,vc precisa se apaixonar por Natal,minha querida! Deu ciume vc com essa queda toda por Joao Pessoa,hehehehe 🙂

    responder
  25. maria josé duarte

    Oi, Silvia, sou superfã do Matraqueando. Seus comentários são bem humorados, leves e pertinentes. Seu texto é muito bom e suas dicas idem. Estou montando um roteiro para Portugal e Óbidos seria visitado no estilo bate-e-volta,mas acabei mudando de ideia a partir dos seus comentários. Gostaria que você me indicasse locais bons e baratos para hospedagem na cidade. Grata, mariajosé

    responder
    • Silvia Oliveira

      Olá, Maria José! Procure no Booking.com, há várias opções de hoepdagem boa e barata por lá! 😉

      responder
  26. Achei que só eu tinha esse TOC de voltar ao mesmo destino várias vezes…kkkk
    Todas as vezes que estive em Portugal (QUATRO) eu fui à Óbidos!! E pretendo voltar sempre que for à Europa…sou viciada neste lugar.
    Bjs

    responder
  27. Cristiano Gomes

    Conhecer a cidade de Óbidos foi uma experiência inesquecível. É como voltar séculos no tempo e caminhar pelas ruelas medievais imaginando tudo o que se passou naquele lugar. Imperdível subir nas muralhar e dar uma volta completa na cidade; fiquei maravilhado ao observar tudo de cima…

    Claro que tudo fica melhor com uma dose de Ginjinha no copinho de chocolate!

    Ao ler esse post, as sensações maravilhosas que tive nessa cidade me voltaram a mente…
    Obrigado!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Ah, nem me fala, amo Óbidos!

      responder
  28. Bom dia Silvia! Adorei o seu roteiro. Eu ainda nao conheço essa cidade de Obidos em Portugal, mas agora esta na minha lista de lugares para se ver antes de morrer! hehehehe Bem, eu tenho girado pela Europa nos ultimos 7 anos e comecei a escrever também alguns roteiros. Se alguem se interessar o endereço é http://www.viagemeuropa.org/category/roteirosdeviagem ok?! Grande abraço e sucesso!

    responder
  29. Ana

    Silvia.
    Estou organizando minha viagem para Portugal/Lisboa seguindo suas dicas.
    Existe possibilidade de ir de Óbidos de ônibus para Fátima?
    grata

    responder
    • Silvia Oliveira

      Ana, nunca fiz este trajeto. E pelo site da Rodo Tejo não aparece esta opção. 🙁

      responder
  30. MARCO ANTONIO MORAES

    Olá Silvia e a todos,
    Por favor, não sou muito bom em procurar as coisas, de viagem, pela internet. Neste caso estamos com 01 semana para passar em “Praia del Rey Golf & Beach Resort
    Avenida D. Pedro I , nº 30 2510-453, Óbidos , Portugal, 0262 905100. Este endereço fornecido é na mesma localidade de Óbidos, do seu Blog?
    Isto porque, tem vezes que sou enviado para o interior do país e outras para o litoral. Estou meio, meio é pouco, bastante perdido.
    Help, pessoal.
    Agradecido, antecipadamente.
    Marco Antonio

    responder
    • Silvia Oliveira

      Oi, Marco! Seu hotel fica na costa de Óbidos. É a mesma cidade, mas na beira da praia. Para chegar à parte muralhada de Óbidos (essa que você vê no post) são 20 km do seu hotel. Abs!

      responder
  31. João Garcia

    Olá, Silvia.
    Muito grato pelas dicas, ajudam muito!
    Eu e minha esposa estaremos em Portugal em abril e incluímos Óbidos em nosso roteiro.
    Entendi que tua paixão por Óbidos recomenda pelo menos 1 dia inteiro na cidade, mas pergunto se há outra cidade próxima a visitar em bate-volta a partir de Lisboa e por transporte público (ônibus). A ideia é sair bem cedo e voltar bem tarde… Ou ficaria muito corrido?
    Pensei em Nazaré, mas não sei como seria o deslocamento de Óbidos até lá.
    Aceitamos qualquer sugestão, inclusive ficar somente em Óbidos!
    Desde já muito obrigado!
    Abs, João&Clarice.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Olá, João e Clarice! Obrigada por matraquear com a gente! 🙂

      Olha, como vocês já devem ter visto, existem várias cidades nos arredores de Óbidos num raio de 40 km como Nazaré e Alcobaça, por exemplo. Batalha fica mais distante de Óbidos, a 70 km. Mas ainda assim para quem está de carro é ok visitar no mesmo dia. Nunca fiz esse trajeto de transporte público (saindo de Óbidos para outra cidade). Mas pelo site da http://rodoviariadooeste.pt/ tem a linha Óbidos-Nazaré. O detalhe é que o site é meio confuso. Mas aqui tem uma tabela de preços e horários: http://www.rodotejo.pt/wp-content/uploads/rapida_linha_verde.pdf Se eu conseguir descobrir mais alguma coisa, coloco aqui! Abs!

      responder
      • João Garcia

        Silvia,
        dei uma olhada, mas me pareceu inviável por transporte público, os horários não combinam.
        Então, ou ficaremos somente em Óbidos, ou alugaremos um carro (que não gosto muito!)
        Muito obrigado pela ajuda!
        Abs.

        responder
        • Também achei bem complicado. Sem contar o deslocamento de ir para a rodoviária, esperar, as baldeações. Talvez o ideal – se a opção for mesmo transporte público – seja escolher um só destino. De qualquer forma, chegando a Lisboa vocês podem tirar essas informações na própria rodoviária. Às vezes ,lá fica mais fácil entender a logística. 😉

          responder
  32. André Renato Fernandes

    Silvia, tenho acompanhado um pouco o matraqueando porque eu estou planejando uma viagem a Portugal por 10 dias. Pretendo passar 3 dias em Lisboa, 1 em Fatima, 1 em Obidos, 1 em Sintra e 3 em Portimao que dizem que tem muitas praias maravilhosas.
    Gostei muito de seus comentarios e estou muito entusiasmado porque é minha primeira viagem pra Europa. Brigado pelas dicas, abraço.

    responder
  33. George

    Como ir de ônibus de Sintra para Óbidos?

    responder
    • Silvia Oliveira

      Olá, George! Se existe alguma forma de ir de ônibus de Sintra a Óbidos, eu desconheço! Este trecho só de trem. Se a opção for mesmo o ônibus teria que ir para Lisboa e de Lisboa pegar um “autocarro” para Óbidos! Abraço!

      responder
  34. Oi, Silvia. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    responder
    • Silvia Oliveira

      Ooooopa, muito obrigada! 😀

      responder
  35. Ótimo post, bem completinho. E que lugar lindo, deu até vontade de voltar. Obrigado.

    responder
  36. Camila

    Olá, Silvia, sempre sigo as dicas do matraqueando e são tiro certo!!! Amamos Óbidos, é realmente a cidade perfeita!!! Assim como vc, almoçamos no castelo, formidável!!!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Que sensacional! Se mil vezes eu for a Portugal, mil vezes quero passar em Óbidos! 🙂

      responder
  37. Adorei ler seu artigo, encontrei várias dicas de viagens e lugares fantásticos.

    responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar