-  Atualizado 27/03/2019

Memorial 17 de Julho: o local onde ocorreu o maior acidente aéreo da aviação brasileira celebra a vida

Publicado por: Silvia Oliveira São Paulo

Qualquer acidente — seja de carro, ônibus ou trem — com vítimas fatais é sempre uma tragédia. Já a notícia de um acidente de avião costuma causar um impacto ainda maior porque morrem centenas de pessoas de uma só vez. Foi assim em 2007 quando recebemos, estarrecidos, a informação de que um voo da TAM teria derrapado na pista e se chocado com um prédio na cabeceira do aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

199 pessoas morreram. Foi a maior tragédia da aviação civil brasileira. Até hoje ninguém foi responsabilizado. Na semana passada, um alento para os familiares. O local da tragédia ganhou um memorial em homenagem às vítimas do voo 3054. Uma praça bonita emoldura a única coisa que sobrou do incêndio que se seguiu ao acidente: uma árvore! Ninguém sabe dizer como a amoreira sobreviveu a um fogo de 1000ºC.

A inauguração do Memorial 17 de Julho (a data se refere ao dia do acidente) foi uma vitória da AFAVITAM – Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo 3054. A entidade nasceu praticamente no dia do acidente, enquanto os parentes esperavam pelo reconhecimento dos corpos de seus filhos, pais, avós, maridos e esposas.

O memorial se transformou num local tranquilo para descanso ou passeios com as crianças. Quem está de passagem por Congonhas pode visitá-lo facilmente, já que está a umas quatro quadras do aeroporto. No centro da praça, um enorme espelho d’água com bordas de concreto leva gravado no cimento os nomes das vítimas. À noite, 199 luzes se acendem, iluminando a árvore. Poderia ser triste. Mas o Memorial 17 de Julho e sua árvore-mascote celebram a vida.

Posts relacionados

Memorial da Resistência de São Paulo: lembrar para não repetir

PLANEJE SUA VIAGEM COM QUEM ENTENDE

Reserve hotel no Brasil e no mundo pelo Booking.com | Cancelamento grátis!

Seguro de viagem internacional | até 30% de desconto para Leitor Matraqueando

Alugue carro no Brasil e no mundo na RentCars | Sem IOF e parcelamento em 12x



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


25 Comentários

  1. boring

    sem condições de continuar seguindo vc no twitter, chata DEMAIS

    responder
  2. vera queiroz

    Muito bonita e justa homenagem, silvinha, ficou linda a pracinha, dá vontade de conhecer,
    beijo, vera

    responder
    • Silvia Oliveira

      Brigadim, Vera!

      responder
  3. Marly

    Muito linda sua página. Adoro seus artigos e fotos. Parabéns. É uma pena que existam tantas pessoas deselegantes e grosseiras, mas para esses que “se acham” o importante é ignorar…….
    Abraços! 🙂

    responder
    • Silvia Oliveira

      Marly, obrigada! Apareça, sempre!

      responder
  4. A praça ficou linda! E traz muita vida mesmo para este lugar que nunca mais ninguém vai esquecer…Uma LINDA HOMENAGEM !!
    Bjão

    responder
    • Silvia Oliveira

      Isso, Caiê, nunca vamos esquecer!

      responder
  5. Silvia, que lindo ficou o memorial, uma homenagem merecida, embora não sirva para diminuir a dor e o sofrimento de quem perdeu pessoas queridas ali, só de ver essa beleza, como tu mesma falaste, que celebra e representa a vida, talvez a dor se torne um pouquinho menor, né!

    Amo demais acompanhar teus escritos, e estou de olho no Barato de Santiago, que talvez seja nosso próximo destino!!!

    Beijo grande!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Oi, Nine! Obrigada pela visita! 🙂

      responder
  6. Andrea

    Olá Silvia! Seu blog é o meu favorito entre os favoritos. Beijãooooo!!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Êita, valeu Andrea! Apareça sempre! 😀

      responder
  7. mara sallai

    Bonito simples e delicado.E pelo menos uma maneira de cicatrizar um dor dolorida das famílias e suas vítimas. Lindo post

    responder
    • Silvia Oliveira

      Verdade, Mara!

      responder
  8. Conseguiram transformar o local de uma tragédia, em algo clean e leve, isso sem falar na amoreira valente que simboliza a vida!
    Linda homenagem mesmo!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Essa amoreira me impresisona muito, Natália!

      responder
  9. Luiz W

    Ainda não fui visitar, mas vou dar um pulo lá logo logo. Pelo teu relato, o conceito ficou muito parecido com o 9/11 Memorial em NYC. No lugar das torres, 2 tanques gigantes com água caindo num fundo sem fim, nas bordas os nomes das vitimas e no centro do terreno uma arvore (em homenagem ‘a vida). Silvia, parabéns por todos os teus acontecimentos recentes na mídia, mais que merecido!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Interessante, não sabia detalhes do Memorial do 9/11. Obrigada por acompanhar nossas peripécias, Luiz!!! 🙂

      responder
  10. Muito bacana o conteúdo do site! Seria um prazer tê-los conosco quando passarem pelas redondezas do interior paulistano!

    responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar