-  Atualizado 13/02/2016

Buenos Aires bairro a bairro: Palermo

Publicado por: Silvia Oliveira Buenos Aires

Onde ficar em Buenos Aires Palermo SoHo

Há pouco mais de 100 anos, Palermo era uma espécie de zona rural de Buenos Aires. Tudo era chamado de Palermo Viejo. Ainda há um pedaço da região que se intitula assim. Mas com uma tacada marketeira-turística de mestre acabaram dividindo o bairro em dois: o que vem antes e o que fica depois da linha de trem. Agora o must da cidade está em algum destes Palermos, denominados Soho e Hollywood.

Há ainda o Palermo Chico, por onde não me embrenhei muito — e a área que forma o Parque Tres de Febrero, chamado também de Bosques de Palermo. É uma enorme área verde com pracinhas e atrações pra toda a família. Por ali você encontra o Jardim Zoológico, o Jardim Japonês, o Hipódromo, o fofo Jardim Botânico e um imenso Rosedal.

+ Buenos Aires: qual o melhor bairro para se hospedar

Na minha primeira vez em Buenos Aires, há quase seis anos, fiquei em Palermo Hollywood, que recebeu este nome porque abriga alguns canais de televisão e muitas produtoras de comerciais e filmes. Nossa opção foi o Solar Soler, um dos Bed & Breakfast mais charmosos da região, instalado num casarão do século 19 totalmente reformado. A hospedagem em si foi ótima.

O detalhe é que Palermo Hollywood, na minha concepção, fica no fim do mundo. E eu só me dei conta disso quando cheguei lá. Estava longe de tudo o que eu queria ver na minha estreia na cidade e a palavra “táxi” — mesmo já sendo barato naquela época — estava banida do meu caderninho mão-de-vaca-muquirana. Sem contar que, apesar de ter bons lugares para comer, achei o local meio morto tanto de dia quanto à noite.

Já no SoHo portenho é onde Palermo “acontece”. Nesta porção do bairro estão as lojas moderninhas, os estilistas de vanguarda, os designers da hora, pubs temáticos, cafés literários, os descolados dos descolados e alguns dos melhores restaurantes da cidade.

O afamado escritor argentino Jorge Luís Borges viveu alguns anos por aqui, na Calle Serrano, 2135. Eu gosto do clima festivo e modernex de Palermo Soho, mas circulando por ali me sinto,às vezes, num filme da década de 70 – tudo muito hippie, coloridinho e despojado demais para meu gosto. Rá!

O bairro todo é gigante. Aliás, Palermo é o maior da cidade. Merece mais do que um dia inteiro de visita. No ano que vem pretendo me hospedar pela primeira vez no Soho para poder esmiuçar mais essa região. É que nas três vezes em que estive aqui ainda não consegui descobrir a “minha Palermo”.

+ E-book | O Barato de Buenos Aires: baixe o seu agora mesmo!

O QUE FAZER

Plaza Julio Cortazar (chamada também de Plaza Serrano) | É ponto de referência para quem quer circular pela região. Aos sábados e domingos há uma ferinha de artesanato com shows musicais. No meio da praça tem um parquinho infantil daqueles que as crianças adoram com escorregador, gangorra e balanço.

MALBA | Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires. Com arquitetura moderna, o prédio do Malba é uma atração em si. O museu abriga a obra-prima Abaporu, da brasileira Tarsila do Amaral. Sim, a expressão máxima do modernismo brasileiro está na Argentina!

Museo Evita | Para quem admira a personalidade feminina mais influente que a Argentina já teve, o museu é um passeio bacana. Está num belo casarão de 1906 e traz objetos pessoais, fotos, documentos, sapatos e bolsas que Evita usou. Oferece visitas guiadas.

Parque Tres de Febrero | Também conhecido como Bosques de Palermos, o parque é uma deliciosa área verde cheia de lagos. Um lindo Rosedal com milhares de espécies de rosas é atração. Se fosse para usar um clichê eu diria que é o “pulmão” da cidade.

Onde ficar em Buenos Aires Palermo

Zoológico | Ótimo para quem gosta de bichos. Bacana para quem tem crianças. Promove visitas noturnas (é necessário reservar) de quarta a sexta.

Jardín Japonés | Lindo e bem preservado. Abriga mais de 300 espécies de plantas nativas japonesas, um carpário e uma ponte típica das paisagens orientais.

Barbie Store | A única loja temática da boneca mais famosa do mundo está em Buenos Aires. Para mães com meninas na fase meu-mundo-é-rosa. Tem casa de chá, área de brinquedos, cabeleireiro e manicure para as crianças. A entrada é gratuita, mas os serviços são pagos à parte. Veja aqui meu post detalhado sobre o lugar!

ONDE COMER

Crizia | Restaurante contemporâneo, requintado e com excelente custo-benefício. Pelo que cobra e pelo que oferece acabou sendo uma das nossas melhores experiências gastronômicas da cidade. (Palermo SoHo) Veja aqui meu post detalhado do lugar.

Don Julio | Bodegón típico com atendimento familiar. Você pode escolher sua carne antes dela ir para a parilla. (Palermo SoHo)

Chori & Wine | Ambiente informal e aconchegante. O dono — e parrillero — já morou vários anos em Porto Seguro (Bahia) e fala muito bem o português. Se você não quer gastar muito e busca algo típico, talvez seja uma opção. (Palermo SoHo)

+ Seguro de viagem internacional: leitor do Matraqueando tem 15% de desconto. Pegue seu cupom aqui!

ONDE COMPRAR

Papelera Palermo | Uma papelaria super agradável, cheia de novidades e caderninhos de enlouquecer os apaixonados pelo paper-design. (Atualização: a papelaria fechou em outubro de 2015. Chuif!)

Isadora | Loja de acessórios com mais de 20 endereços na cidade. São dezenas de opções em bolsas, colares, flores para o cabelo (adorei!), brincos e echarpes. Uma das poucas lojas realmente baratas de Buenos Aires. Esta filial é bem charmosinha e fica na Calle Armenia, 1789, Palermo SoHo.

Milagros | Uma recanto super delicado que vende de móveis a taças, passando por almofadas e caixas decoradas. Tudo com nuances florais e muito estilo. Fabricação própria da estilista e designer Milagros Resta. Preços amigáveis.

Tienda Malba | As lojas de museus geralmente deixam a gente babando, né? Mas a lojinha do Museo Malba é um luxo à parte. Além de ter um acervo de quase 10 mil livros de arte, ainda oferece lindos cartões-postais, cadernos e coisinhas fofas que a gente adora levar pra casa como pimenteiros e vasinhos design.

+ Alugue seu carro na Argentina com segurança e economia

COMO CHEGAR

Linhas de ônibus: 12, 15, 29, 36, 37, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 102, 108, 111, 118, 124, 128, 130, 152, 160, 161, 166, 188.
Metrô: Estação Plaza Itália, Estação Palermo e Estação Scalabrini Ortiz (linha D). Táxi do centro até Palermo SoHo: 25 pesos ou R$ 10,00 (valores aproximados)

Buenos Aires bairro a bairro

La Boca

San Telmo

Centro e Monserrat

Puerto Madero

Recoleta

Abasto

Villa Crespo

Posts relacionados

E-book | O Barato de Buenos Aires –> baixe o seu agora mesmo!

Buenos Aires: qual o melhor bairro para se hospedar

Crizia: cozinha contemporânea singular em Palermo SoHo

Papelera Palermo: show de criatividade no bairro mais descolado de Buenos Aires

Buenos Aires com crianças: Barbie Store

Como lugar apartamento de temporada em Buenos Aires

40 sensacionais atrações grátis em Buenos Aires

Leia também

Como ir de Buenos Aires a Colonia del Sacramento

Colonia del Sacramento: o que fazer, onde comer, onde ficar

Fotos: Raul Mattar | Todos os direitos reservados.  

Banner Guia Buenos Aires 2014



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


13 comentários

  1. Paula
    Comentário do dia 08/12/2011 às 09:53

    Gosto muito do bairro. Já comi no La Cabrera e gosto da loja de Lingerie “Amor Latino” que fique na rua El Salvador, no Soho.

    (Responder)

  2. Comentário do dia 08/12/2011 às 18:00

    Já está me dando mais saudades de BAS a cada post novo! 🙂

    (Responder)

  3. Comentário do dia 09/12/2011 às 14:14

    Confesso que Buenos Aires nunca esteve no topo da minha lista de desejos viajantes e custo a entender o porque dessa loucura do brasileiro com a cidade. Mas seus posts estao me fazendo ver que a cidade tem sim seu charme! bjs

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    A cidade tem bastante charme, locais bacanas para compras, comida boa e preços atrativos. Como se trata de um destino “internacional” todo mundo corre para lá. Questão de custo-benefício! 😀

    (Responder)

  4. Thiago Archie
    Comentário do dia 09/12/2011 às 21:16

    Ótimo posto Silvia. Fiquei mais curioso com Palermo. Vou tentar incluir na minha rápida viagem de janeiro. Uma dica bacaninha que encontrei nas minhas pesquisas e fica em Palermo é a Muma´s Cupcakes. Vou com certeza! Só pra olhar a beleza dos bolinhos decorados… mas só vou olhar… afinal cupcake é ruim demais… rs rs

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ai, Thiago, adoooro cupacake. Não acho ruim, não! Além de ser super bonito! 🙂

    (Responder)

  5. Comentário do dia 27/12/2011 às 16:16

    Silvia
    Adorei o seu trabalho. Sou de Belo Horizonte, tenho um blog de viagem. Gostaria de fazer uma parceria com você. O meu blog dá destaque para passagens de avião baratas.
    O endererço0 é http://www.tudoviagem.com/

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Celso! Para parcerias escreva para redacao@matraqueando.com.br
    Abs!

    (Responder)

  6. Letícia
    Comentário do dia 27/12/2011 às 16:20

    Muito legal seu post Sílvia, aliás todo o blog é ótimo, estou indo pra BAS em fevereiro e vou ficar num apartamentinho perto da praça Guemes, em Palermo mesmo. Estou tentando ter uma idéia de como é a vizinhança.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Você vai gostar! 😀

    (Responder)

  7. Leticia Centeno
    Comentário do dia 13/1/2012 às 20:15

    Oi Silvia!

    Seu blog é mto querido!

    Cheguei aqui procurando por dicas sobre Plaermo Soho : )

    Em Abril irei pela primeira vez a Buenos Aires e distribui os bairros e os dias conforme achei que seria legal com dias dicas bairro a bairro. Vou colocar aqui abaixo minha ideia e se vc tiver tempo e saco, vc dá a sua opinião?

    Você vai ver que abaixo eu destinei 2 dias p/ Palermo. Isso porque não gosto muito de turistar (pontos do tipo cartão postal e programa pastelão) e gosto muito de arte, música e moda e tambem antiguidades!

    Chego no sabado – Feirinha de Palermo e jantar em Palermo mesmo
    Domingo – Feira e San Telmo, explorar o bairro e terminar a noite numa milonga por lá!
    Segunda – Centro (pontos turisticos báscos, café tortoni + Ateneu + pequenas compras na Florida e Galerias pacifico)
    Terça – Caminito e La Boca + retorno ao centro p ver o que faltou e uma voltinha basica por Puerto Madero (noite show de Tanho Rojo Tango no Faena)
    Quarta – Recoleta (passear sem rumo pelo bairro + chá da tarde no Alvear + museu + cemiterio + jantar por la)
    Quinta – Palermo (passear pelas ruas + Bosques de Palermo + almocinho +MALBA + outros parques + jantar por Palermo e quem sabe uma baladinha!)
    Sexta – Palermo de novo com jardim japones + almocinho + comprinhas + museu Evita + jantar por la mesmo)
    Sabado de volta para casa!!!

    Terei 6 dias inteiros e 1 meio sabado. Achei que organizando os bairros dessa forma ajudaria… Você me dar alguma opinião sobre isso? Existe algum bairro que vc acha que merece mais atenção e algum que mereça menos?

    Ah sim, ficarei hospedade em palermo Soho em um AP alugado na Uriarte esquina paraguay!

    Beijos!!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Parece bem bacana o roteiro! Vai ser corrido… mas se você tiver disposição poderá aproveitar bem os bairros! 🙂

    (Responder)

  8. Eliana
    Comentário do dia 19/1/2012 às 14:02

    Trabalho com moda e estive em Buenos Aires no final de fevereiro do ano passado……por 5 dias apenas………AMEI…….infelizmente foi pouco tempo até mesmo porque eu fui á trabalho….. me hospedei em um hotel na avenida de mayo e visitei o congresso, catedral, porto madero, caminito, zoológico, galeria pacífico……mas pretendo voltar pra conhecer mais da cidade…….FIQUEI ENCANTADA

    (Responder)

  9. Debora Biniara
    Comentário do dia 04/6/2012 às 00:52

    O Malba é em Palermo mesmo?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Palermo é o maior bairro de Buenos Aires, o Malba fica na região que eles chamam de Palermo Chico.

    (Responder)

  10. Helô
    Comentário do dia 30/10/2012 às 21:22

    Silvia, vc sabe dizer se o Don Julio serve almoço? Obrigada e parabéns pelo blog. Bjs!

    (Responder)

    Resposta de Patricia

    Estamos em Buenos Aires e sábado almoçamos lá! Excelente!

    (Responder)

  11. Comentário do dia 30/10/2013 às 00:02

    infelizmente a papelera palermo já nao fica mais ali perto da praça serrano…

    pra quem goste de ver palermo e outros bairros da cidade de buenos aires pode visitar meu canal de youtube.com/hipnopediaz eu moro aqui em palermo e filmo a cidade de moto!

    abrazo

    (Responder)

  12. Amanda Moraes
    Comentário do dia 03/3/2015 às 17:30

    Queria lhe agradecer por todas as informações! Vou à Argentina esse mês e suas dicas valem ouro! Parabéns pela iniciativa!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ah, valeu, Amanda! Boa viagem!

    (Responder)

  13. Comentário do dia 23/7/2017 às 12:28

    Belo local, adoro essa parte de Buenos Aires

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar