-  Atualizado 24/08/2010

São Paulo: Memorial da América Latina

Publicado por: Silvia Oliveira São Paulo
Não estava na minha rota. Mas era tão fácil chegar lá (só pegar o metrô, descer na Estação da Barra Funda e atravessar a rua) que pensei: mais uma do Oscar Niemeyer para a minha coleção. O memorial é um complexo arquitetônico de 84 mil metros quadrados. Gigante. Abriga informações culturais e históricas do continente latino-americano e propõe preservar nossa identidade e raízes.

No Pavilhão da Criatividade uma rica mostra do artesanato latino. Há uma biblioteca que conta como tudo começou por essas bandas. No acervo também estão catalogadas músicas erudita e popular. O complexo tem ainda um auditório para quase 1700 pessoas e o Salão de Atos, onde está uma das principais obras de Cândido Portinari, o colossal painel Tiradentes, de 1948. Nesse prédio fotos não são permitidas. Mas do lado de fora, sim. Um jardim de girassóis dava cor ao branco e cinza do conjunto.
.

Abre parêntese. Quando projetou o Memorial da América Latina, Niemeyer já estava com 82 anos. (O moço ainda está vivo e completa 100 anos em 2007). Só pelos prédios e sua assinatura isso aqui devia ser passagem obrigatória para qualquer turista. O cara traçou uma cidade inteira – Brasília -, fez parte da comissão de arquitetos encarregada de definir os planos da futura sede da ONU em Nova York (lá em 1947), é o pai do Museu de Niterói e do MON, em Curitiba, que leva seu nome: “Museu Oscar Niemeyer”. Sem falar no projeto urbanístico para o Deserto de Neguev, em Israel, e o projeto para a Ilha de Lazer nos Emirados Árabes. Atenção: Oscar Niemeyer é latino-americano. Brasileiro. É nosso. Fecha parêntese.
.

Voltando ao nosso post, o símbolo do memorial é uma mão espalmada. No centro da mão um desenho da América Latina em vermelho, imitando o sangue que se esvai pelas veias. O mais surpreendente: tudo de graça. São vários edifícios e todos com entrada gratuita. É possível passear por toda essa riqueza sem gastar um único centavinho.
.
SERVIÇO:
Memorial da América Latina

Local: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda / Metrô Barra Funda

Horário: terça a domingo – 9h às 18h

Ingresso: entrada franca

Posts relacionados:

São Paulo: museu com esfiha, meu prato predileto

São Paulo: Museu da Língua Portuguesa

São Paulo: onde a literatura vira obra de arte

São Paulo em três dias

São Paulo: mercadão municipal

Fotos: Raul Mattar



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


2 comentários

  1. Nair P. Siqueira
    Comentário do dia 12/1/2007 às 09:52

    Silvia!!

    Tá tudo muito chic por aqui!!! Parabéns… Mostrei as fotos pra direção de arte aqui na agência e o pessoal elogiou!!
    Tá gostoso mesmo!!!
    Saludos
    Nair

    (Responder)

  2. Silvia Oliveira
    Comentário do dia 13/1/2007 às 16:50

    Ihhhhhhhhh, Nair, se você soubesse como o Raul me enche os piquá por causa dessas fotos… ele diz que só escolho as erradas – desfocadas, tortas, escuras, com céu estourdao… Modesto o menino, né? Um beijo grande

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar