-  Atualizado 07/01/2010

Veja se você pode ir ao Egito

Publicado por: Silvia Oliveira Egito
Há algum tempo comentei com meu amigo Gerson (editor-chefe do Matraqueando) que queria ir à Índia. Ele, assustado, disse que alguém havia falado que o país era muito sujo. Huuumm, matutei: sim, claro, se fosse limpo, não seria a Índia! É certo. Nem toda viagem é para todo mundo. Eu, por exemplo, gostaria muito de conhecer o Afeganistão. Mas não tenho o menor espírito de correspondente de guerra. (Só passei a régua em Israel quando tudo estava bem calminho por lá.) O fato é que não se pode recomendar lugares muito excêntricos ou extravagantes para qualquer tipo de turista. Por isso, antes de realizar um daqueles devaneios das aulas de história – quero conhecer as Pirâmides de Gizé – é importante detectar se você realmente pode (ou deve) visitar o Egito:

Vá sem dúvidas se você…

1. Reconhece o valor das maravilhas do mundo antigo.
2. Simpatiza com múmias.
3. Aprecia chá de menta.
4. Gosta de pão sírio, hummus e coalhada.
5. Sabe pechinchar.
6. Ama um calorzinho.
7. Não resiste aos mercados gigantes onde tem-de-tudo-um-pouco. Perca-se no Khan El-Khalili, o mais famoso de todos.
8. Confia que o Nilo é mesmo uma dádiva.
9. Não tem problemas em dar gorjetas o tempo t-o-d-o.
10. Acha espetaculares os templos faraônicos. Lá tem Luxor, Karnak, Kom Ombo e Abu Simbel.
11. Jura que vai se concentrar apenas na importância arqueológica das peças do Museu do Cairo e não em COMO estão expostas.
12. Já leu A Morte no Nilo, de Agatha Christie. E gostou.
13. Acredita nos 10 mandamentos. O Monte Sinai está logo ali.

14. Respeita os todo-poderosos Amon, Rá, Anúbis, Osíris, Hórus e Ísis, deuses egípcios.
15. Gostaria de ter sido Cleópatra. (E isso serve para os homens também).

Evite se você…

1. Não gosta de história
2. Tem claustrofobia. O interior das pirâmides são corredores estreitos, com câmaras escuras e empoeiradas.
3. Sofre em trânsitos caóticos. O Cairo não seria, assim, o melhor lugar do mundo para um city-tour de ônibus. Nem de táxi.
4. Reclama de cigarro. Todo mundo fuma. Existem até alguns lugares exclusivos para fumar narguilé, uma espécie de cachimbo d´água.
5. Acha um horror quem arrota após as refeições. Aqui, é elogio para o anfitrião.
6. Prefere axé à dança do ventre.
7. É um museístico fundamentalista. Você teria um ataque fulminante de pereba e catapora ao detectar o desleixo do Museu do Cairo.
8. Acredita que todo muçulmano é terrorista.
9. Já leu A Morte no Nilo, de Agatha Christie. E não gostou.
10. Faz a maior confusão geográfica e pensa que o Mar Vermelho é vermelho mesmo.
11. É encafifado com a maldição do faraó e tem medo da Esfinge.
12. Fica cabreiro com assédio de vendedores ambulantes.
13. Só vai para lugares que funcionem bem, com transporte decente e comidas óbvias. Entenda: destinos exóticos (e pobres!) quase nunca desempenham corretamente. Nesse caso, vá para São Paulo. A cidade está localizada num país beeem exótico, onde as pessoas comem buchada de bode, dançam um tipo de música chamada egüinha pocotó e acendem uma vela para Deus e outra para Padim Ciço e Frei Damião. Além do que, é o único lugar do mundo com um museu que guarda um enorme tesouro: a língua portuguesa. Ah, e dentro do que cabe, funciona muito melhor do que o Egito. Maktub.

Fotos: Matraca´s Image Bank

Posts relacionados:

Egito: a maravilha que não acaba
Egito: vá, mas não tropece na cabeça de Ramsés
Egito: nada de boldo, nem carqueja
Egito: amanhecer no Monte Sinai

EGITO combina com:

Marrocos



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


12 comentários

  1. josé guimarães
    Comentário do dia 11/2/2007 às 05:19

    Inshallá!!!! Encontrei você aqui, viajando pelo Egito…também uma das melhores viagens que fiz. Fiquei 26 dias por lá. Conheci tuuuudo e até me apixonei por uma Núbia. Claaaaaro, isso foi há uns 20 anos… e eu nem conhecia a sua prima ainda. Hahahaha. Nunca pensei em ser Cleópatra e não fumo, mas fui mesmo assim! Hahahahahahahaha. Ta certo: é melhor ir preparado, porque é tudo lindo, ótimo, diferente, mas quem vai para se proteger do lugar (não come, não se locomove, não dorme como eles) pode ter problemas… se bem, que no Egito é tudo tão mágico que acho quase impossível que alguém que, tenha decidido ir por livre e espontânea vontade, fique decepcionado. Vou passar sempre por aqui. Tudo muito simpático, leve e descontraído. É você!

    (Responder)

  2. Fernanda
    Comentário do dia 11/2/2007 às 16:33

    Oi, Silvia!
    Que inveja, como eu gostaria de ir ao Egito, e ser Cleópatra, uau!!!
    Uma Cleópatra MINEIRA, háháhá!!!!
    Mas tenho que cair na real e ficar por enquanto só aqui na Pablo de Olavide. Que pena, Bua bua!!!
    Beijos, em breve volto para o Matraqueando.

    (Responder)

  3. Edi
    Comentário do dia 12/2/2007 às 19:24

    Qui réivaaaaaa!!!! Eu podia ser até a múmia do cara q carregava o penico do faraó!!!!! Comia feijão c caruncho achando q é quibe!!!!
    Ara! Um dia eu tbém vou. Ah! Se vou!!!!!!!! Enquanto isto, fico matraqueando; que é uma ótima viagem!

    (Responder)

  4. silvia oliveira
    Comentário do dia 13/2/2007 às 09:12

    José!
    Falou e disse!
    Abs!

    (Responder)

  5. silvia oliveira
    Comentário do dia 13/2/2007 às 09:17

    Fernanda!
    Imagine só a Cleópatra falando cadim, cafezim, trem doido… Uia, ia ser chique no úrtimo!

    Ó só: nós do MATRAQUEANDO estamos aqui, torcendo pela Fernanda – nossa correspondente internacional. Amanhã, 14/02, ela defende sua qualificação de doutorado, lá em Sevilha. Vá, defenda, brilhe e volte correeeendo para Matraquear!

    (Responder)

  6. silvia oliveira
    Comentário do dia 13/2/2007 às 09:21

    Ediii!
    Seriamos as súditas mais felizes do mundo… mesmo carregando o penicão para lá para e para cá!

    (Responder)

  7. Fábio N. Hasegawa
    Comentário do dia 22/2/2007 às 02:29

    silvia….
    já fosse para Bolívia???tens que ir..
    e…
    ".. e nem todo lugar é pra todo mundo!"
    ótimo…
    abraços

    (Responder)

  8. gircross
    Comentário do dia 16/12/2007 às 23:10

    Ola! Sera possível me passar umas dicas , quero ir ao Egito mas preciso de orientação! ABRAÇO!

    (Responder)

  9. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 17/12/2007 às 00:39

    Olá "Gircross"!
    Estive lá há 8 anos! E num esquema bem mochilão… se eu puder ajudar no que você precisa, estarei à disposição! Abs!

    (Responder)

  10. Marta Bonito
    Comentário do dia 15/6/2009 às 12:41

    Oi! Gente, estou indo pro Egito no dia 18/06, tô muito apreensiva. Nem imagino o que vou sentir. Só sei que sonho esta viagem desde menina!!!
    Qdo eu voltar, conto tudo aqui, Tá?
    Ah, se alguém tiver alguma´dica além das que estão aqui, por favor, expressem!!
    Beijo,
    Marta.
    Ah, se puderem, me enviem e-mail. Ficarei mais feliz e tranquila com a dica de quem já foi.
    Bjs,
    martapaulabonito@hotmail.com

    (Responder)

  11. Mar
    Comentário do dia 09/10/2009 às 15:33

    Que bom que li esse post, se um dia passou pela minha cabeça conhecer o Egito, acabo de desistir, rsrs!!!!

    Abraço
    Margareth

    (Responder)

  12. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 09/10/2009 às 16:00

    Margareth! Minha intenção não era te desestimular… mas como é um destino com muitas restrições (magnífico, mas com restrições) é sempre bom saber se a gente está preparada para o que vai enfrentar. hahahaha! 🙂

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar