sábado, 19 de março de 2011

Chico Doceiro: a melhor guloseima de Tiradentes

Quanto mais tempo você passa em Tiradentes percebe que a fama da cidade se dá principalmente pelos personagens do lugar. Ao contrário de outros recantos históricos de Minas – onde a gente procura por arte, igreja e arquitetura colonial  – aqui o turista quer conhecer o fuxico da Carmem, o Bar do Celso, o Tempero da Ângela e, claro, o Chico Doceiro.

Chico Doceiro é mítico. Confesso que achava quase impossível encontrar esta figura emblemática de Tiradentes com a mão na massa. Pois lá estava ele e seu enorme tacho de cobre. O ambiente é modesto. Se você passar por ali meio distraído talvez nem perceba que no número 74 da Rua Franscisco P. de Morais está o melhor canudinho de doce de leite da Terra. Com massa própria e crocante. Por R$ 0,50 cada um.

Seo Chico, de 80 anos, produz desde 1965 diversos doces caseiros como cocadinha, doce de banana e até o tradicional brigadeiro. Durante os quatro dias que fiquei na cidade passava lá quase sempre. A lojinha ficava bem no meio do caminho entre minha pousada e o centrinho da cidade. E saía com a sacolinha cheia, recheada com aqueles docinhos suaves e cremosos. Todos por menos de R$ 1,00 cada.

O negócio é familiar. A mulher e o filho ajudam na produção. Chico Doceiro está acostumado com o assédio da imprensa. Já foi notícia em diversas publicações. Na maior paciência do mundo também colaborou com o Matraqueando.  Simpático e calmo, Seo Chico conta que a massa do primeiro canudinho que fez abriu com uma garrafa. Foram anos de dedicação até abrir a empresa que hoje se tornou referência na região.

Esse é o Chico Doceiro: empreendedor, chef, boa-praça e mineiro bom de prosa.

SERVIÇO

Chico Doceiro
Rua Francisco P. de Morais, 74 (Canjica) |  Tiradentes – MG
Tel. (32) 3355.1900
Horário de atendimento: 8h às 20h

Leia também:

Tiradentes: roteiro para uma viagem bem sucedida

Passeio de Jardineira: os causos de Tiradentes

Tiradentes combina com

Ouro Preto
Mariana

Fotos: Raul Mattar

Share