-  Atualizado 13/03/2015

Ofício de blogueira versus espírito de viajante: como manter um sem acabar com o outro

Publicado por: Silvia Oliveira Crônicas

Silvia Oliveira Matraqueando

Não tenho saudades de mim. De quando viajava e não tinha um blog para contar. Ao contrário. Partir está cada vez melhor. Alinhar minhas expectativas com o que o leitor espera do blog me tornou uma turista mais centrada e produtiva. Ser blogueira me obrigou a revisitar lugares e a construir novas percepções da história e das pessoas.

Tive que compreender as necessidades das famílias viajantes, assimilar a aflição do mochileiro fresco e absorver os desafios da cocotinha mão-de-vaca-muquirana. Se viajar é um ato de abnegação, ser blogueiro faz você se esquecer de que algum dia já teve umbigo. Tudo se expande. A paciência cresce. O olhar desabrocha. A empatia ganha.

O lado B existe, porém.  Já não temos aqui (nem por aí) aqueles textos soltos e despretensiosos como “hoje acordei e saí sem rumo pela cidade”. A crônica de viagem se perdeu. É certo que 90% das minhas escapadas pelo Brasil e pelo mundo são baseadas na minha satisfação pessoal.  Luz do espírito viajante. Mas para atender ao plano das férias alheias seguimos, muitas vezes, um script pensado no que você (e não eu) gostaria de fazer. Ossos do ofício.

No blog-passatempo o texto é moldado pelo prazer. No blog-trabalho a gente se esquece disso. Quando tentamos misturar as duas coisas dá nisso: eu só quero falar de Madri e você, já sei, não aguenta mais. Muda de canal sem sequer dizer adios.

Meu sistema operacional interno, o matraquindows,  começa a entrar em colapso sempre que se dá conta de que algumas dezenas de posts que tenho atrasados são voltados ao planejamento da viagem (o que fazer, onde dormir, como chegar) — aqueles focados no blog-trabalho. Tchau espírito de viajante. Embora importantíssimos, não são relatos exatamente prazerosos. Nem de escrever nem de ler. Bem-vindos ossos do ofício.

Se você acha que tenho o melhor trabalho do mundo… você está certo.  Eu escolhi estar aqui.  Por isso, não entenda esse quimera como um amontoado de lamúrias ou incertezas. Não é. Até porque eu deixo o queixume para quem não gosta do que faz. E o Matraqueando é um espaço colaborativo cheio de gente feliz.

Bem-aventurado o blogueiro de viagem que se torna uma espécie de santo de devoção do leitor. A transmutação se dá na caixa de comentários, quando nos convertemos em consultores financeiros (quanto devo levar?), psicólogo comportamental (meu filho vai se adaptar?) e até na moça do tempo (como estará o clima em Veneza em 2017?). Sou grata por confiar em mim. Mas, acredite, não sou especialista em nada. Malemá sei interpretar um mapa.

A questão é saber equilibrar essas duas funções — blogueira e viajante. Será sempre um desafio embaraçoso. É como ser dono e empregado do mesmo lugar ao mesmo tempo. Eu, como patroa do brogue, me dou uma espinafrada e me mando escrever com prazer e dedicação sem nunca me esquecer das necessidades do leitor. Eu, como funcionária da bagaça, só quero saber quando saem as próximas férias e voltar a escrever quando eu bem entender. :mrgreen:

É quando tenho saudades de mim. De quando viajava e não tinha um blog para contar.

Leia também

Sílvia Oliveira, a moça do tempo

Pela atenção, muito obrigado!

Generalizar é pecado

Por favor, deixem o turista em paz!

Os 10 mandamentos do viajante

Os sete pecados capitais do turista

Matraqueando Instagram



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


29 comentários

  1. Louise
    Comentário do dia 04/9/2014 às 10:31

    Como sempre,adoro seus textos sempre sinceros e engraçados!
    Estou esperando a sua próxima viagem.
    O que você acha da California?
    Beijos e tudo de bom

    Natal/RN

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Louise, estou planejando a costa oeste dos Estados Unidos para o ano que vem. Só ainda não decidi o que fazer em dezembro, quando tenho uns 10 dias livres! 😉

    (Responder)

    Resposta de Sonia Regina Pompermaier

    mas que triste!!!
    E eu aqui planejando Los Angeles, San Francisco, Highway 1, Carmel, Monterrey, Grand Canyon e nada da Matraca me ajudar!!!!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Sonia, então você está incumbida de me dar as dicas na volta! 😉

  2. Virginia Lucia
    Comentário do dia 04/9/2014 às 12:06

    Sílvia, pra mim o Matraqueando, como os bons vinhos, só tem melhorado. O seu texto, mesmo quando bastante focado no “como e quando fazer”, continua delicioso. O blog tem a leveza da alegria, do bom humor. Viajante e blogueira feliz sempre! Beijos.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Eu gosto de compartilhar o passo a passo. Mas às vezes fica tudo tão mecânico. Tem que se esforçar para ser “leve”. Beijos!

    (Responder)

  3. Comentário do dia 04/9/2014 às 12:21

    Adoro esse estilo de crônicas do dia-a-dia 😉 Queria ter essa habilidade para escrever minhas “pensatas” também.

    Aliás, me identifiquei completamente com o texto 😛

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Quem era viajante e virou blogueiro profissisonal provavelmente está em crise também! Rá!

    (Responder)

  4. Comentário do dia 04/9/2014 às 13:27

    Acompanho você há anos, imagino que não deve ser facil mesmo equilibrar estas duas funções. Viajar é uma coisa, viajar a trabalho é outra. Continue sempre. Adooooro o matraqueando e já fiz muitas viagens guiadas somente por você. Acho que você não sabe a difetrença que faz na vida das pessoas. Obrigada. 😉

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada, querida!

    (Responder)

  5. Comentário do dia 04/9/2014 às 14:05

    Adorei o texto, muito coerente com seu estilo de escrever – sempre curti muito o Matraqueando por ser um misto de informação e prazer de descobrir.
    Gostaria de ter talento para dar dicas, mas estou no campo das crônicas e isso, acho, seja definitivo. Mas, de qualquer forma, o olhar viajante também mudou. Há um novo critério em mim, percebo isso no momento que fotografo, por exemplo.
    Um texto para fazer pensar, o que sempre é espetacular.
    BjO!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    O olhar muda, sim! Até porque amadurecemos e acho que a coisa fica melhor. O meu esforço está em não perder a essência: compartilhar a minha visão baseada nas próprias experiências! 😉

    (Responder)

  6. Comentário do dia 04/9/2014 às 16:10

    Mais um texto delicinha de ler, obrigada! Gosto muito seu estilo de escrever Silvia. E já começo a me identificar com essa briguinha entre meu espírito de viajante x blogueira. Que seja sempre empate 😉

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Isso, a busca pelo equilíbrio! Bjs!

    (Responder)

  7. cassiana
    Comentário do dia 04/9/2014 às 17:15

    Silvia, quando vc viajava e não tinha um blog, morria de vontade de contar, de escrever. Então, acho que tá tudo certo, né? Vc é feliz e seus leitores também…:)

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Sabe aquela história da solteira que pensa em como seria sua vida se fosse casada e com filhos… ou quando a casada com filhos começa a pensar em como seria sua vida se fosse solteira? Então… :mrgreen:

    (Responder)

  8. Murilo
    Comentário do dia 04/9/2014 às 17:44

    Linda!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Tenha modos!

    (Responder)

  9. Comentário do dia 04/9/2014 às 18:04

    Silvia, seu texto acaba e eu fico sempre querendo mais!! Adorei o post e super me identifiquei!

    Ana

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ana, o viajante que vira blogueiro profissional passa por isso, com certeza! 😉

    (Responder)

  10. Sirlene
    Comentário do dia 04/9/2014 às 21:19

    Silvia, o mais importante para nós leitores é que você esteja na ativa, com texto trabalho ou crônica de viagem. É sempre um prazer passar por aqui, tudo muito cuidado, fotos, texto, organização. Para mim, o melhor blog de viagens do Brasil. Um beijo querida!

    (Responder)

  11. Comentário do dia 04/9/2014 às 22:25

    Adorei a flor laranja! E não querendo fazer pressão, mas já fazendo… quando você vai a postar sobre Barcelona? (Hehehe) 😀

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Brigada, Vilminha! Espero começar a falar de BCN ainda este ano! 😉

    (Responder)

  12. Comentário do dia 04/9/2014 às 22:55

    Eu acho que você deveria começar a dar workshop de como escrever, seus textos são tão inspiradores, aliás, você você que me inspirou a começar a escrever (sério mesmo).
    Beijo enorme!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Hahaha, menos, Natália! Olha, mas fico feliz em saber que o Matraca News serviu de inspiração! Obrigada pelo carinho! 😉

    (Responder)

  13. Sonia Regina Pompermaier
    Comentário do dia 05/9/2014 às 11:24

    Adorei o post!!! Voce é maravilhosa!!! Textos sempre deliciosos!!!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada, querida! 😉

    (Responder)

  14. Comentário do dia 05/9/2014 às 11:37

    Análise definitiva sobre o dilema entre prazer e trabalho! Já compartilhamos na nossa fanpage.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Não sei se é definitiva, mas para mim foi um alívio desabafar! 😉

    (Responder)

  15. Elaine Reis
    Comentário do dia 05/9/2014 às 11:58

    Meu blog preferido de viagem.E você escreve muito bem.Parabéns.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada, Elaine! Entre tantos blogs bacanas por aí… ser escolhido como “preferido” é uma termenda honra! Valeu!

    (Responder)

  16. Karine Godoy
    Comentário do dia 05/9/2014 às 18:11

    Não entre em crise. Seu blog está cada vez mais lindo e delicioso de ler. Falar mais sobre Madri, só tornou as informações mais completas e ricas. Passeie, aproveite…só não deixe de contar pra gente depois 😉

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada pelo apoio moral, Karine! 😉

    (Responder)

  17. Comentário do dia 06/9/2014 às 18:24

    Silvia, mas está perfeito! É isso que a gente gosta, relatos cheios de informação. E mesmo que o post do dia não seja exatamente o que a gente busca tem um arquivo imenso para pesquisa. (Aliás, parabémns pela nova organziação do blog. O que já mera bom, ficou perfeito. ) Abraços de Goiânia!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    É isso, Janice! Me preocupo com o leitor que passa aqui diariamente e encontra uma Matraca monotemática. Sei que para o arquivo do blog e futuras pesquisas, conteúdos grandes e carnudos são importantes, mas no dia a dia, sei lá, pode ficar pesado. Mas vou tocando com o coração. A paixão pelo que eu faço é o que me move! Bjs!

    (Responder)

  18. Comentário do dia 09/9/2014 às 02:09

    Silvia,

    Seus textos são excelentes.
    Fonte de inspiração para meu blog que comecei há pouco tempo. Concordo com quem pediu um workshop aí em cima.
    Hoje, percebo como é difícil por em palavras aquilo que vivenciamos sem perder o nosso espírito de viajante.
    Parabéns!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Vaneza, é uma luta diária entre o ofício e a alma viajante. É preciso, antes de tudo, inspirar o leitor a viajar por aquele destino que a gente passou. E depois dar o caminho das pedras, sem ficar chato e monótono! Desafio dos grandes! 😉

    (Responder)

  19. Comentário do dia 09/9/2014 às 19:12

    Amei Silvia, disse tudo, ser blogueira deixou o prazer de viajar ainda mais prazeroso! É uma grande alegria poder beneficiar outras pessoas com as nossas dicas! Eu não sou uma blogueira tão dedicada como você, preciso ser mais detalhista, por isso acho de verdade que vc tem feito muito bem o seu trabalho, por que é detalhista nas informações e tira até o ultimo caldo dos destinos que visitou para fazer um suco completo de informações para o seu leitor! Parabéns! Vou aprendendo com vc! Bjoss

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Kellen, nem sei ser tão detalhista é o lado certo da coisa. As pessoas querem ler cada vez menos. Aliás, quantas vezes você não recebeu perguntas no seu blog com informações que já estavam no texto? O leitor médio para no segundo parágrafo. Pois é, mas eu sempre fui uma estudiosa dos meus destinos… e agora quero colocar isso nos posts. Mas não sei até quando o leitor vai aguentar minhas ladainhas. Rá rá rá! Bjs!

    (Responder)

  20. Comentário do dia 10/9/2014 às 08:15

    É isso mesmo Sílvia, entendo e concordo. As viagens são completamente diferentes quando há a “obrigação” de escrever seja um post no blog ou uma matéria para uma revista. Uma vez, quando dei a minha primeira volta ao mundo, ia já com 13 meses de viagem quando senti necessidade de parar e não fazer nada além de praia, estar com amigos e me divertir. Foi precisamente no Brasil, e estive quase duas semanas parado no mesmo lugar, sem fotografar ou escrever. Tempo para mim.
    Encontrar esse equilíbrio entre trabalho e o tal espírito de viajante não é nada fácil. Mas sim, temos o melhor trabalho do mundo!
    Obrigado por este texto. Abraço de Portugal.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Filipe, apesar dos pesares… sim, temos o melhor trabalho do mundo! 😉

    (Responder)

  21. Nair
    Comentário do dia 10/9/2014 às 11:54

    E eu me dando conta, de que li todos, sim amiga, todos os artigos desse brog! Jesus!!! rsrs. Só pra não dizer q li todos do outro blog também… Aff… Isso sim é crise, da meia idade, no meu caso!! kkkkk Parabéns amiga, vc sempre terá minha admiração. O que pode não mudar muito, mas considere como elogio. Saudades. Não esquece de me avisar qdo vier pra Londres. Tomamos um café, tá? Beijão e mais sucesso.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Nair, você é uma das minhas grandes incentivadoras! Beijos, querida!

    (Responder)

  22. Comentário do dia 10/9/2014 às 15:36

    Silvia, vc se supera nos seus textos! Esse ficou demais.. estou compartilhando no Twitter do Fui, Gostei, Contei. Beijos!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada por compartilhar! 😉

    (Responder)

  23. Comentário do dia 15/9/2014 às 09:46

    Silvia texto excelente!!Te acompanho no blog há uns aninhos, me ajudou bastante quando viajei para a Europa!Muito bommm!Bjos

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu, Nay! Apareça sempre!

    (Responder)

  24. Marcelo
    Comentário do dia 16/9/2014 às 10:27

    Vi no ônibus e achei parecida com você:
    http://www.netcombo.com.br/imagens/noticias_top5_NET-1374090943483.jpg

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Nossa, é parecida mesmo! 😉

    (Responder)

  25. Comentário do dia 17/9/2014 às 17:39

    Manter um blog é muito difícil e desafiador. Mas é muito gosto contar nossas experiências, receber o reconhecimento e ajudar outras pessoas.

    Parabéns pelo texto Silvia, muito bem escrito e divertido.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada! 😉

    (Responder)

  26. Comentário do dia 17/9/2014 às 18:31

    Adorei o texto.Leve, humorado e gostoso de ler…

    Parabéns!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu! 😉

    (Responder)

  27. Lenina
    Comentário do dia 30/9/2014 às 13:40

    Digo e repito: Meu sonho é ser Sílvia Oliveira! <3

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Hahahaha! 😉

    (Responder)

  28. Comentário do dia 08/10/2014 às 22:48

    Olá Silvia!

    Adoro seus textos! No momento, identifico-me como a “funcionária da bagaça”. Sabe-se lá se um dia chego perto do “santo de devoção”. Por hora, só gostaria de ser lida. Sempre atenta às dicas dos amigos blogueiros. Quem sabe um dia chego lá!?
    Abraços!
    Jamille

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu pela visita, Jamille! 😉

    (Responder)

  29. Comentário do dia 12/9/2017 às 10:15

    Sílvia, adorei seu texto e descreve exatamente o que sinto como blogueira iniciante. Escrever o que desejo ou o que os outros desejam? Seus textos são uma fórmula mágica pois você dá as informações que as pessoas querem, colocando a sua maneira sincera e divertida de escrever. Parabéns! Espero um dia atingir esse ponto. b j

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada, Fernanda! É um trabalho diário de equilíbrio entre o que nos faz bem e o que temos que fazer realmente para o ganho pão! Beijos e obrigada pela visita! 🙂

    (Responder)

2 Trackbacks

  1. […] Ofício de blogueira versus espírito de viajante: como manter um sem acabar com o outro […]

  2. […] Ofício de blogueira versus espírito de viajante: como manter um sem acabar com o outro […]

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar