-  Atualizado 14/07/2013

Restaurante Ramma: cozinha natural de primeiríssima no centro histórico de Salvador

Publicado por: Silvia Oliveira Salvador

Strogonofe de legumes, croquete de tofu, abóbora com leite de castanha e arroz integral.

Só depois que conheci o Ramma (assim, meio por acaso, perguntando a uma morador sobre comida boa e barata) é que fiquei sabendo que estava no melhor restaurante de comida natural da capital baiana. Fiquei impressionada com a qualidade do meu almoço (Aliás, doS meuS almoçoS, porque comi várias vezes aqui durante meu passeio por Salvadô). A casa não faz pratos com carne vermelha ou frutos do mar (mas tem frango e peixe) e só trabalha com alimentos orgânicos.

Você deve estar se perguntando como uma pessoa em sã consciência – e não vegetariana, como eu – troca um moqueca de siri catado por um vatapá de abóbora? Então, eu sou fã da cozinha baiana e não tenho nada de natureba. O detalhe é que eu viajei sozinha a Salvador e a maioria dos restaurantes do Pelourinho (onde fiquei hospedada) trabalha com o sistema à la carte. Ou seja, muita comida e, principalmente, muito dinheiro que eu não estava disposta a gastar. O Ramma é um delicado buffet self-service por quilo. (Eu até comi a tal moqueca de siri catado no O Sorriso da Dadá, mas foi, assim, meu momento extravagância – no quesito gulodice – digamos).

Para completar, o restaurante está na melhor localização do centro histórico da cidade: ao lado da Igreja de São Francisco, a maior representação do barroco na Bahia e, provavelmente, um dos pontos turísticos mais visitados de Salvador. (Na verdade, esta unidade é uma filial, a matriz do Ramma fica na Barra e foi fundada há 24 anos!)

Caruru de quiabo e gengibre, vatapá de abóbora e abará de feijão verde (sem camarão).

A decoração é clean, apesar de colorida. Almofadas com estampas indianas, esculturas de madeira e pinturas nas paredes transitam no mesmo ambiente em total sintonia.

O cardápio é variado e muda diariamente. Provei de tudo: caruru (quiabo, gengibre, castanha e azeite), vatapá de abóbora, abará de feijão verde (sem camarão!), strogonofe de legumes, croquete de tofu, lasanha de espinafre e conheci alguns dos deliciosos sucos naturais da casa. (A partir de R$ 4 cada).

Da varanda do restaurante você ainda tem uma ótima visão da praça, da famosa igreja e de parte do casario tombado do Pelourinho. A casa cobra R$ 42 o quilo e não tem taxa de serviço! 🙂

SERVIÇO

Restaurante Ramma | Cozinha Natural

Local: Praça do Cruzeiro de São Francisco, 7 – 1º andar | Pelourinho | Salvador-BA

Tel. : (71) 3321-0495

Funcionamento: segunda a sábado, 12h às 16h

Posts relacionados

Feira de São Joaquim, em Salvador: onde você encontra a Bahia de verdade

Leia também 

Onde comer bem e barato em Recife

Onde comer bem e barato em Natal

Fotos: Sílvia Oliveira



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


14 Comentários

  1. Comida baiana vegetariana? Ai, ai… Fiquei com água na boca! Já tinha ficado com as suas fotos no instagram e agora ainda mais depois de ver que o lugar é uma gracinha. 😉

    responder
  2. Marcia Cristina

    Silvinha fui olhar o seu blog logo agora no almoço… que delicia!
    Já vou almoçar que tá muito tarde.
    Bjs,
    Marcia Cristina

    responder
  3. Ai, ai, Silvia!!!!! Que delícia!!!!! Nossa, essa dica é realmente pra guardar e usar em uma próxima viagem à Salvador!!!!! As fotos estão lindas e a comida parece bastante suculenta! Aliás, vim te convocar pra aprticipar do concurso de risotos lá do blog, hein????? Você pode participar com até duas receitas e tenho certeza de que tem algumas opções ótimas!!!!!!!! E aí, topas? Um super beijo da sua fã!

    responder
  4. BARBARA DE CASTRO

    Oie! Adoro seu blog! Quando você vai ao Piauí, rs? Gostaria de uma dicas do que fazer por lá, meu próximo destino de férias… Beijos

    responder
    • Silvia Oliveira

      Muuuita vontade de ir ao Piauí. No momento, sem previsão! 😉

      responder
  5. Carmen

    Guau! Esas fotos me abren el apetito…
    Desde luego, la localización del restaurante es excelente, sobre todo si estas haciendo la ruta cultural o turística por el Pelourinho.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Exactamente, Carmen! 🙂

      responder
  6. Rosane Estevão

    Olá Silvia:
    Sou catarinense e moro em Salvador há 3 anos.
    Feriado passado recebi duas amigas de Floripa e deposi de um passeio pelo Pelô, resolvi seguir sua dica e levá-las para almoçar no Ramma (elas estavam cansadas de tanto acarajé e dend~e..rs..).
    Foi uma EXCELENTE idéia!!! A comida é deliciosa e diversificada. Super indico também.

    responder
  7. Oi Silvia, estive em Salvador no final de junho, fui ao Rama para conferir sua indicação, o lugar mudou de nome. Diz assim no foder: Rama frutificou e virou Romã. Gostei muito do lugar, endosso sua recomendação.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Ah, que legal, não sabia dessa mudança. Obrigada!

      responder
  8. Flávia

    Olá Silvia, adorei a sugestão ..onde você se hospedou em salvador?

    Obrigada
    Flávia

    responder
  9. Cristiane

    Boa noite,

    Gostaria de saber onde você se hospedou?
    Este restaurante Ramma fica localizado na Barra ou no Pelourinho?
    Porque quando cliquei no link apareceu que fica na Barra.
    Obrigada.
    Beijo

    responder
    • Silvia Oliveira

      Olá, Cristiane! Fiquei no Hostel Laranjeiras. Quando fui o Ramma ficava no Pelourinho! Abs!

      responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar