domingo, 13 de janeiro de 2013

Lençóis Maranhenses: o que fazer em 3, 5 ou 7 dias

Lencois Maranhenses quando ir como chegar melhor epoca 3

Não é sempre que você pode conhecer um grande deserto banhado pelo mar no período da seca ou uma das paisagens mais insólitas com extensas formações de dunas e lagoas de água doce após as chuvas. É uma formação geológica rara e única no Brasil, como se fosse uma obra de arte itinerante que muda todo o ano ao bel-prazer dos ventos.

Lencois Maranhenses quando ir como chegar melhor epoca Dunas

Mas ao chegar a São Luís o que mais vi foram agências de turismo oferecendo passeios de dois dias (fim de semana) e até bate e volta (indo e retornando no mesmo dia, imagina!) aos Lençóis Maranhenses.

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 14

Matraqueando Instagram

No meu entendimento para fazer o básico que a região oferece você deve reservar, pelo menos, três dias inteiros por aqui. Primeiro porque não é uma viagem exatamente econômica, daquelas que a gente pode fazer todo ano e a qualquer hora. Portanto, já que foi até lá, aproveite!

Os passeios mais conhecidos se concentram em Barreirinhas, porta de entrada para os lençóis com mais infraestrutura (tem agência bancária, pousadas, restaurantes, farmácias, mercados e lan house). A sede do parque nacional está a dois quilômetros da cidade. O parque não cobra entrada e a taxa de turismo está incluída no valor dos passeios.

(Procurando hospedagem em Barreirinhas? Veja aqui mais de 20 opções de hotéis e pousadas no Booking.com – onde sempre faço minhas reservas.) O sistema não cobra taxa de reserva e tem cancelamento grátis.) 😀

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 7

Importante: os lençóis — dunas e lagoas — mudam de lugar pela ação do vento. Não há sinalização e os passeios devem ser feitos, sempre, com guias autorizados. A melhor maneira de “enxergar” os lençóis como um todo seria com o voo monomotor, proibido atualmente porque o aeroporto está fechado por falta de homologação. Mesmo assim, muitas agências oferecem o passeio e você faz por sua conta e risco (R$ 250 por pessoa). Uma vez que não existe fiscalização fica difícil saber se o brevê do piloto e as condições da aeronave estão em dia.

+ Clique e veja quando ir e como chegar aos Lençóis Maranhenses

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 8

O que fazer nos Lençóis Maranhenses em 3 dias

A partir de Barreirinhas você terá acesso às Lagoas Azul e Bonita — as mais famosas e frequentadas da região. O jipe pega o turista no hotel e, após atravessar o Rio Preguiça de balsa (5 minutinhos), segue em estrada de areia (passa até por riozinhos) e para num determinado ponto, onde o passeio continua a pé pelas dunas.

Lencois Maranhenses quando ir como chegar melhor epoca passeios 01

A caminhada mais curta leva à lagoa Azul e a mais longa, à Lagoa Bonita. Tem que ter um certo preparo físico para subir as dunas. O sol é escaldante e não há uma sombrazinha sequer para contar história. A recomendação é conhecer uma lagoa por dia para não ficar muito cansativo. Prefira fazer o passeio à tarde para presenciar o pôr do sol entre dunas e lagoas.

+ Dicas de hospedagem boa e barata nos Lençóis Maranhenses

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 9

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 21

Invista no passeio pelo Rio Preguiças (sai cedo e volta no meio da tarde) para conhecer de uma tacada só o município de Vassouras, onde ficam os Pequenos Lençóis (dunas e lagoas menores, mas quando fui estavam sequinhas da silva) e a Tenda dos Macacos, um bar cheios dessas figurinhas fofas que adoram roubar a comida dos turistas.

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 11

Pequenos Lençóis: completamente secos na estiagem do ano passado.

Para quem já fez o passeio até a Foz do Rio São Francisco em Alagoas e o Encontro da Águas em Manaus — como eu — o percurso de voadeira pelo rio em si não é nada, assim, óóóóhhh!!! Mas se você nunca fez um passeio semelhante vai gostar de conhecer os mangues e igarapés.

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 12

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 13

Uma das paradas é no povoado de Mandacaru para visitar o Farol Preguiças. São 160 degraus lá prarriba, 35 metros de altura. Do alto você avista o encontro do rio com o mar. Entrada grátis.

+ Alugue seu carro com segurança e percorra o Maranhão com mais economia!

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 19

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 15

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 22

Caburé: uma das paradas do passeio pelo Rio Preguiça.

Daqui o barco segue para Caburé, um vilarejo com nada no meio de lugar algum — mas que é sonho de consumo dos aficionados do gênero sol-praia-camarão-e-nada-MAS-NADA-MESMO-para-fazer!

Para ir e voltar no mesmo dia, para mim, perfeito! Almocei aqui no restaurante da Pousada do Paulo (o único aberto durante a minha visita) e comi a pior refeição da viagem ao Maranhão. A comida parecia ter sido descongelada à paulada.

Camarão da Luzia: o melhor do mundo segundo o Matraca Guinness.

Neste mesmo passeio você pode combinar com o barqueiro para ir a Atins comer o camarão da Luzia. (No meu caso eu fiz o passeio pelo Rio Preguiça num dia e no outro fui a Atins provar o melhor camarão do mundo.)

Preço médio dos passeios:

Lagoa Azul: R$ 50 por pessoa

Lagoa Bonita: R$ 65 por pessoa

Rio Preguiça: R$ 60 por pessoa

+ Clique e veja como chegar ao Restaurante da Luzia, em Atins

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 10

O que fazer nos Lençóis Maranhenses em 5 dias

Com alguns dias a mais você pode dormir em Atins, vilarejo mais sossegado e com menos infraestrutura do que Barreirinhas. Está na entrada leste do parque. Aqui as pousadas não têm agua quente, não aceitam cartão e a cobertura do celular é quase zero.

(Procurando hospedagem em Atins com ótimo custo/benefício? Tente a Eco Pousada Filhos do Vento. )

Por outro lado, além de chegar ao restaurante da Luzia sem hora para sair, você poderá conhecer as Lagoas Verde (no meio das dunas) e do Mário (rodeada por vegetação), ambas lindíssimas e pouco frequentada por turistas. Como as trilhas que levam a ambas são diferentes — e são 40 minutos de caminhada, só ida — é melhor fazer uma de manhã e outra à tarde, por exemplo.

Lencois Maranhenses quando ir como chegar melhor epoca 2

Caminhadas nas dunas levam às lagoas.

Outro passeio que você pode incluir na sua estadia de cinco dias é o Passeio de Boia pelo Rio Formiga. (Não, não fiz. Vá lá e depois me conte!)  A travessia dura uma hora e é recomendado besuntar-se de protetor solar — à prova d’água —, pois quase não há sombra durante o trajeto.

Preço médio dos passeios:

Ida a Atins: R$ 12 (barco de linha), R$ 350/400 para quatro pessoas (lancha) e R$ 60 de Toyota.

Passeio de Boia: R$ 50 a 70 por pessoa

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 5

O que fazer nos Lençóis Maranhenses em 7 dias

Uma semana seria o mínimo para conhecer tanto Barreirinhas quanto a parte leste (Atins) e oeste (Santo Amaro) dos Lençóis Maranhenses. Geralmente quem tem sete dias aposta nas lagoas menos conhecidas e visitadas como Gaivota e Betânia, em Santo Amaro.

O local, cenário para gravação de filmes e novelas, é considerado por muitos os lençóis mais perfeitos do Maranhão! A cidade tem difícil acesso e ainda menos infraestrutura do que Atins.

+ Leitor do Matraqueando tem 15% de desconto no seguro de viagem. Pegue seu cupom aqui!

Lencois Maranhenses quando ir como chegar 20

Preço médio dos passeios:

Lagoa Gaivota: R$ 20 por pessoa

Lagoa Betânia: R$ 30 por pessoa

+ Clique e veja como chegar a Santo Amaro

Lencois Maranhenses quando ir como chegar melhor epoca Dunas e lagoas 9

Agências em Barreirinhas que levam aos Lençóis Maranhenses (existem algumas dezenas delas por lá, fique com estas apenas para fazer uma cotação):

São Paulo Ecoturismo (Eu comprei meus passeios, feitos por esta agência, diretamente na pousada.)

Tropical Adventure

Rotas das Trilhas

EcoDunas

Lencois Maranhenses quando ir como chegar melhor epoca Dunas e lagoas 5

Veja também:

São Luís

Alacântara

Raposa

__________________

Minha viagem ao Maranhão faz parte da Expedição Brasil Express II, projeto do Matraqueando que leva recortes do nosso país até você!

Texto e fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados. ©

Share