-  Atualizado 08/12/2009

Salmão com ervas finas

Publicado por: Silvia Oliveira Cozinha da Matraca

Pára tudo! Momento histórico do Matraqueando. Eu, mão-de-vaca-muquirana, comprei uma peça de salmão. Eu, preguiçosa na cozinha, me meti a fazer uma receita delicada que – de tão simples – exige a destreza de uma Ofélia. Eu, sem talento nenhum para diferenciar uma erva da outra, misturei perfeitamente alecrim, manjericão e tomilho. Já fiz quatro vezes. E todas deram certo.

   

Deram certo mais pela qualidade da receita do que por meus infindáveis dotes culinários, concordo. Primeiro, rendo minhas homenagens a quem me ensinou esse acepipe, minha cunhada Cassandra. Comi pela primeira vez lá na casa dela, em Maringá. Para quem acha que salmão é coisa de restaurante chique ou prato de chefs renomados está aí a prova de que… sim, é coisa de restaurante chique e chef renomado.

O detalhe é:  eis que surge a Matraca na Cozinha para desvendar os segredos de um salmão suavemente temperado, suculento (não fica seco!) e saborororisísísííimo! E se você aproveitar as últimas ofertas de pescados dos supermercados fica mais barato que alcatra. Então, deixemos de conversa mole e vamos ao que interessa.

Ingredientes

800 g de filé de salmão (uma peça inteira)
4 colheres (sopa) de manteiga
Ervas finas (alecrim, manjericão, tomilho, estragão e outras, caso queira)
4 colheres (sopa) de alcaparras
1 vidro pequeno de cogumelos fatiados
sal e limão para temperar

Modo de preparo

Tempere o salmão com sal e limão. Deixe descansar por uma hora, pelo menos. Misture a manteiga com as ervas, formando uma pasta cremosa. Unte uma forma refratária, coloque o salmão e por cima do peixe espalhe bem a pasta. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 30 minutos, sem papel alumínio por cima. Enquanto o salmão estiver assando, derreta uma colher de manteiga em uma frigideira e refogue os cogumelos com as alcaparras, até ficarem levemente fritinhos. Despeje sobre o salmão já assado. Pronto. Assim, simples. Acompanha arroizim branco e uma saladinha verde.

Dica da Matraca

Você pode acrescentar palmito, aspargo e alho poró ao refogadinho de alcaparras e cogumelos. (Só não entendo por que o mega cozinheiro espanhol  Ferrán Adriá insiste em fazer espuminha de abacate, se existem coisas bem mais interessantes para comer. Humpf!)

Fotos: Raul Mattar


Artigos Relacionados


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


10 comentários

  1. Claudia Pimenta
    Comentário do dia 21/11/2008 às 07:35

    oi sílvia! sou apaixonada por salmão! e o seu está maravilhoso! parabéns pela obra de arte!!! bjs, querida!

    (Responder)

  2. Anonymous
    Comentário do dia 21/11/2008 às 15:22

    Matraca do céu!! Dessa vez meu marido "gama" em mim pra sempre. Vou tentar fazer. Só de ver dá água na boca.
    (recebi as fotinhos! Lindas)
    Bjs
    Nair

    (Responder)

  3. malu bueno -florida
    Comentário do dia 21/11/2008 às 16:48

    Estive no Chile em julhoo e lah eh o pais do salmao. Varios restaurantes oferecem o prato a preços bem acessiveis, mas nao encontrei nenhum com essa cara tao boa! Beijos.

    (Responder)

  4. SÍLVIA OLIVEIRA
    Comentário do dia 22/11/2008 às 17:52

    Podem fazer… que dá certo mesmo! Beijos a todas!

    (Responder)

  5. Claudia
    Comentário do dia 24/11/2008 às 18:19

    Sílvia, fiz o salmão nesse domingo e meu marido, grande fã desse peixe rotulou: sensacional!
    E olha que eu sou turista na cozinha. Realmente fácil de fazer! Bjos

    (Responder)

  6. Luciana
    Comentário do dia 26/2/2010 às 19:31

    A Claudia (acima) me indicou a receita e agora eu sempre faço. Nunca vi um prato tão simples de fazer ter tanto sabor e efeito visual, é o maior sucesso sempre!!! Obrigada por dividir com a gente

    (Responder)

  7. Comentário do dia 28/2/2010 às 13:11

    MIRA LO QUE COMEREMOS… APURATE PONGO YA EL VINO EN LA HELADERA, VALE! TERE

    (Responder)

  8. Comentário do dia 28/2/2010 às 13:11

    miro lo que comeremos

    (Responder)

  9. Lestinge
    Comentário do dia 28/10/2016 às 13:45

    Acredito que, se vc deixar marinando essa peç de salmão na manteiga de ervas(ervas finas, vinho branco, alecrim, gengibre e sal) de um dia para o outro e assa-lo em uma mini churrasqueira, a parte da carne ficará levemente tostada e úmida por dentro, poendomservir com um “couli” geléia mole de maracujá e um pouco vinho branco. Como acompanhamento umas batatas coradas na manteiga com alecrim.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada pela dica! Mas a sua é outra receita, Lestinge. Mais demorada, inclusive. Sou mais prática. E fica bom do mesmo jeito! 😀

    (Responder)

  10. Valéria
    Comentário do dia 22/1/2017 às 14:21

    Essa receita está super aprovada. Fiz e ficou uma delícia. Obg

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    É a única que eu acerto até hoje com salmão! 🙂

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar