sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Salmão com ervas finas


Pára tudo! Momento histórico do Matraqueando. Eu, mão-de-vaca-muquirana, comprei uma peça de salmão. Eu, preguiçosa na cozinha, me meti a fazer uma receita delicada que – de tão simples – exige a destreza de uma Ofélia. Eu, sem talento nenhum para diferenciar uma erva da outra, misturei perfeitamente alecrim, manjericão e tomilho. Já fiz quatro vezes. E todas deram certo.

   

Deram certo mais pela qualidade da receita do que por meus infindáveis dotes culinários, concordo. Primeiro, rendo minhas homenagens a quem me ensinou esse acepipe, minha cunhada Cassandra. Comi pela primeira vez lá na casa dela, em Maringá. Para quem acha que salmão é coisa de restaurante chique ou prato de chefs renomados está aí a prova de que… sim, é coisa de restaurante chique e chef renomado.

O detalhe é:  eis que surge a Matraca na Cozinha para desvendar os segredos de um salmão suavemente temperado, suculento (não fica seco!) e saborororisísísííimo! E se você aproveitar as últimas ofertas de pescados dos supermercados fica mais barato que alcatra. Então, deixemos de conversa mole e vamos ao que interessa.

Ingredientes

800 g de filé de salmão (uma peça inteira)
4 colheres (sopa) de manteiga
Ervas finas (alecrim, manjericão, tomilho, estragão e outras, caso queira)
4 colheres (sopa) de alcaparras
1 vidro pequeno de cogumelos fatiados
sal e limão para temperar

Modo de preparo

Tempere o salmão com sal e limão. Deixe descansar por uma hora, pelo menos. Misture a manteiga com as ervas, formando uma pasta cremosa. Unte uma forma refratária, coloque o salmão e por cima do peixe espalhe bem a pasta. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 30 minutos, sem papel alumínio por cima. Enquanto o salmão estiver assando, derreta uma colher de manteiga em uma frigideira e refogue os cogumelos com as alcaparras, até ficarem levemente fritinhos. Despeje sobre o salmão já assado. Pronto. Assim, simples. Acompanha arroizim branco e uma saladinha verde.

Dica da Matraca

Você pode acrescentar palmito, aspargo e alho poró ao refogadinho de alcaparras e cogumelos. (Só não entendo por que o mega cozinheiro espanhol  Ferrán Adriá insiste em fazer espuminha de abacate, se existem coisas bem mais interessantes para comer. Humpf!)

Fotos: Raul Mattar

Share