-  Atualizado 21/02/2016

Tiradentes: roteiro para uma viagem bem sucedida

Publicado por: Silvia Oliveira Tiradentes


Matriz de Santo Antônio vista do alto do morro ao entardecer.

Quem vai a Tiradentes volta com vontade de fazer amizade com o vizinho. Bastam alguns dias na mais garbosa das cidades históricas mineiras e você vai querer ter sempre alguém para um café e doisdediprosa no fim de tarde. A cidade alimenta a alma de tal forma que converte o andar do turista em uma peregrinação serena e desanuviada.

Tiradentes é pura história. Sem ser purgante. Tem um lado rural. Mas não cheira a estábulo. Produz artesanato caipira e regional. Nunca brega. É polo gastronômico. E eu estou falando não só da boa cozinha típica, mas de vários restaurantes estrelados. Para completar, a Inconfidência Mineira – um dos mais importantes movimentos sociais da História do Brasil – aconteceu aqui, no porão da casa do Padre Toledo, hoje transformada em museu.

+ Leitor do Matraqueando tem 15% de desconto no seguro de viagem. Pegue seu cupom aqui!

Não, não vou listar os detalhes da arquitetura colonial ou os tesouros barrocos escondidos. Tiradentes não é Ouro Preto. Nem busque comparações. São alegorias distintas, com enredos diversos e evoluções diferentes. Estamos falando de um vilarejo acanhado alçado a pop-star. Certo, a Rede Globo ajudou. Muitas de suas minisséries — como JK e Hilda Furacão — foram gravadas na cidade. Recentemente, o filme que retratou a vida de Chico Xavier também teve cenas rodadas aqui.

Mas o que transformou Tiradentes na queridinha de ricos, pobres e remediados é o conjunto da obra. E isso não tem nada a ver com Aleijadinho. Refiro-me ao tilintar das charretes pelas ruas de paralelepípedos, à miragem provocada pela Serra São José durante o entardecer, aos crucifixos coloridos pendurado nas portas das casas e ao cheiro de café coado na hora em cada esquina.

O centro gravitacional de Tiradentes é o Largo das Forras, pracinha que reúne restaurantes, lojinhas e bares movimentados. Prepare-se para ser engolido por dezenas de portinhas coloridas espalhadas pela cidade vendendo toda sorte de peças feitas com fuxico, galinhas d’angola ou aquela pombinha do espírito santo em madeira.

+ Alugue seu carro com segurança e percorra Minas Gerais com mais economia


Costela de Lata no estrelado restaurante Pau de Angu.

O que fazer em Tiradentes

1. Comer bem. Reserve um dos seus momentos de extravagância para conhecer um dos restaurantes estrelados da cidade.

2. Ver o pôr do sol no alto do morro em frente à Igreja São Francisco de Paula. O local oferece a melhor vista pra o Centro Histórico com a Matriz de Santo Antônio ao fundo.

3. Fazer uma “viagem” de Jardineira (R$ 35 por pessoa), um fofo automóvel de 1935. Durante 1h30, prepare-se para ver a cidade iluminada sob vários ângulos (o tour é noturno) e escutar os causos curiosos do motorista-guia Luiz Fernando. Reservar. Tel. (32) 9948.2370.

4. Eleja um passeio jacu: city tour de charrete (R$ 25) ou uma voltinha nos cavalos de “verdade” (R$ 5 ou R$ 10) que ficam em frente ao hotel Solar da Ponte.


O famoso Chico Doceiro e seus canudinhos de doce de leite esperando o recheio.

5. Visitar a vendinha do lendário Chico Doceiro (Tel. 32 3355.1900). Pela manhã você encontra o próprio preparando as iguarias em enormes tachos de cobre. Prove o canudinho de doce de leite. R$ 0,50 cada.

6. Reserve uma tarde para conhecer o distrito de Bichinho, a oito quilômetros de Tiradentes. É a antecâmara do céu para quem gosta de artesanato de primeira linha. Já os preços… há controvérsias.

+ Hospedagem boa e barata em Tiradentes: reserva sem taxa e com cancelamento grátis!

7. Se sua idéia é comprar móveis, antiguidades e objetos de design — ou simplesmente apurar o gosto — dedique uma manhã à Rua Resende da Costa e à Rua Direita. Ambas estão pinhocadas de ateliês.

8. Visite o Chafariz de São José. Com três fontes ainda em funcionamento, é um marco da arquitetura do século 18 na cidade.

9. Não perca a apresentação de som e luz na Matriz de Santo Antônio. A igreja, ricamente adornada e com trabalhos atribuídos a Aleijadinho, promove uma espécie de roteiro narrado. Um texto de 16 minutos, gravado pelo ator Paulo Goulart, conta a história da matriz e suas curiosidades. Somente de sexta a domingo, às 20h – quando não há casamento. Custa R$ 15 para ver a apresentação (não permite fotos) ou R$ 3 para visitar a igreja de dia, das 9h às 17h.

10. Complete sua odisseia pelos santuários mineiros visitando a igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Nos altares laterais, belas representações de santos negros como São Benedito e Santo Antônio de Categeró. Entrada R$ 2. De terça a domingo, das 10h às 17h.

11. Vá de Maria Fumaça até São João del Rei. Não que eu ache que seja um passeio obrigatório, mas curioso talvez. Vai interessar mais às crianças e a quem nunca fez nenhum outro passeio de trem na vida. O trem percorre 13 quilômetros em 40 minutos. Saídas de sexta a domingo, às 13h e às 17h. Ida e volta: R$ 30. Crianças de 6 a 10 pagam R$ 15.

Dicas úteis em Tiradentes

1. Vá com calçado confortável. O calçamento é do século 18 e bastante irregular. Carrinho de bebê não combina com este tipo de pavimento. É enrosco na certa.

2. Os ateliês e lojas têm horários diferentes de funcionamento. Informe-se antes de ir.

3. O Centro Histórico é minúsculo, o que permite fazer os principais passeios a pé. Sim, tem ladeira pra dedéu. Mas é melhor deixar o carro em alguma rua próxima, para não pegar – olha só – “trânsito” em Tiradentes.


Ladeiras e ruas de paralelepípedos pedem calçados confortáveis.

4. Antes de ir, emagreça, pelo menos, uns três quilos. Para não voltar de lá deprimido uma vez que o peso será recuperado em dobro. Tiradentes é sinônimo de comilança na certa.

5. Só existem agências bancárias do Bradesco e do Itaú. Uma casa lotérica facilita para quem quiser sacar pela Caixa Econômica. Muitos locais não aceitam cartão de débito nem de crédito. Pergunte antes de comprar.

+ Seguro de viagem com 15% de desconto e ainda dá para dividir em até seis vezes!

Como chegar a Tiradentes

De carro:
Saindo de Belo Horizonte: pegue a BR 040 até a saída para a BR 383 – que vai para São João del Rei. Dali, siga pela BR 265. Você já estará no acesso principal a Tiradentes.

Saindo de São Paulo: pegue a BR 381 (Rodovia Fernão Dias) até o município de Lavras (380 quilômetros de SP) e depois siga pela BR 265 (mais 110 quilômetros).

Do Rio de Janeiro: pegue a BR 040 até Barbacena (270 quilômetros). Em Barbacena pegue a BR 265 até Tiradentes. São mais 50 quilômetros.

De ônibus:
A empresa Expresso Gardênia faz o trecho São Paulo – São João del Rei por R$ 69,00. Média de oito horas de viagem. De Belo Horizonte use a Viação Sandra. São 3h30 de viagem e a passagem custa R$ 41,00. Ao chegar a São João del Rei, pegue o ônibus da Viação Presidente para ir até Tiradentes. Passagem por R$ 2,65 e 30 minutos de percurso. Se preferir vá de táxi. Corrida em torno de R$ 15,00.

De avião:
O aeroporto mais próximo é o de São João del Rei, a 15 quilômetros. A Trip liga São João del Rei a diversos destinos.

Posts relacionados

O que fazer

Passeio de Jardineira: os causos de Tiradentes 

Passeio de Maria Fumaça: de Tiradentes a São João del Rei 

Chico Doceiro: a melhor guloseima de Tiradentes

Chafariz de São José: construção histórica enigmática 

Matriz de Santo Antônio: a preferida

Os museus de Tiradentes

Aluguel de carro com economia e segurança

Onde comer

Restaurante Pau de Angu: comida caipira estrelada

Bar do Celso: o tutu mais cremoso de Tiradentes

Restaurante Tragaluz: a sobremesa, por favor!

CasAzul Bistrô Latino: comidinhas alegres e divertidas

Tempero da Angela: buffet mineiro barato no fogão à lenha

Mandalum: para comer bem e barato em Tiradentes

Onde comprar

Bichinho: o pedaço de chão mais inventivo de Minas

Flor de Lótus: a mais completa loja de doce de Tiradentes

Chico Doceiro: a melhor guloseima de Tiradentes

Leia também

Estrada Real: como percorrer o caminho mais famoso do Brasil Colônia

O que fazer em Mariana se você tem uma manhã ou um dia inteiro

O curioso passeio à Mina de Passagem em Mariana

Para entender Ouro Preto

Basílica do Bom Jesus de Matosinhos: a obra-mestra de Aleijadinho

São João del Rei: pontos de interesse na cidade

Hotel bom e barato em Tiradentes: sem taxa de reserva e cancelamento grátis!

_____________

Fotos: Raul Mattar | Todos os direitos reservados. 

_____________

Disclaimer | Este post contém links para programas de afiliados, parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. O Matraqueando não faz post patrocinado. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Assim, você ajuda  a manter o blog com dicas fresquinhas e não paga nada mais por isso. Desde já agradeço a preferência! 😉


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


40 comentários

  1. Comentário do dia 17/3/2011 às 13:16

    Que delícia ver minha cidadezinha prefeida aqui! 🙂

    (Responder)

  2. Comentário do dia 17/3/2011 às 13:28

    Que texto mais lindo! Vontade de voltar à Tiradentes, já favoritei este enlace, imprescindível quando for levar o Tom para as Cidades Históricas!
    beijos

    (Responder)

  3. Marcia Cristina
    Comentário do dia 17/3/2011 às 13:59

    Já faz tanto tempo que estive em Tiradentes… acho que nem havia restaurantes estrelado por lá ainda, mas já era apaixonante. Lindo o texto, as fotos, a emoção do relato. Gostei muito!

    (Responder)

  4. Comentário do dia 17/3/2011 às 16:15

    Silvia, o post esta ótimo! Belíssimas fotos!

    Vou fazer uma confissão (meio envergonhado): sou mineiro, moro em BH, já viajei pra muitos lugares, mas nunca fui a Tiradentes! Falta grave, né?

    Um abraço!

    (Responder)

  5. Janira Borja
    Comentário do dia 17/3/2011 às 17:11

    Deu vontade de ir para Tiradentes agora!

    (Responder)

  6. Comentário do dia 17/3/2011 às 20:11

    Devidamente arquivado pruma proxima viagem.
    Excelente post!
    Abs.

    (Responder)

  7. mara sallai
    Comentário do dia 19/3/2011 às 18:39

    Nunca fui a Tiradentes, Mariana ou Ouro Preto. Deu vontade de sair correndo agora e bate em Tiradentes. E mergulhar nos canudinhos de doce leite. Texto, foto e comida, tudo de dar agura na boca

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Pois, estou aqui elaborando esta série e tentando convencer o Raul a voltar para lá no próximo feriado! hahahahaha!

    (Responder)

    Resposta de Sônia Meire Manzano

    Conheci esse pedacinho de chão há apenas dois anos e sempre que penso num lugar que gostaria de voltar e ficar vários dias, esse lugar é Tiradentes. Além de Bichinho – que fiquei apaixonadíssima, amei conhecer também Prados, onde a rua principal é uma sucessão de ateliês, a maioria de trabalhos em entalhes de madeiras – desde as famosas pombas em todos os tamanhos e composições, até móveis e objetos utilitários, um mais lindo que o outro… Parabéns Sílvia, pelo excelente texto, pelas lindas fotos e pela sua sensibilidade.
    Estou devorando também seus textos sobre europa a 50 euros por dia. Geniais!
    Ah, e encontrar minha amiga Mara Sallai, a quem não vejo há mais de 10 anos desde que foi embora do Brasil, aqui no seu blog foi demais!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Uia, Sônia, estamos todos em família, então! Trabalhei com a Mara na TV gRobo…ela era pauteira e eu reporti. Abração! 🙂

    (Responder)

    Resposta de Sônia Meire Manzano

    Pois é, Sílvia, a Mara me contou que vc é de Londrina, uma das cidades que mais amo no mundo…
    Também sou jornalista. Me formei e trabalhei na UEL. Sou da turma da Andréa Monclar, que também trabalhou na Coroados com a Mara. Conhece-a?
    Hoje moro num outro paraíso brasileiro: Ubatuba. Quando quiser matraquear por aqui, terei o maior prazer em recebê-la…
    Grande beijo

  8. Naila Teixeira Soares
    Comentário do dia 20/3/2011 às 13:45

    Oi Silvia:
    vim parar aqui por intermédio do Riq Freire e adorei seu blog! Muito bem escrito e com fotos maravilhosas.
    Não conheço Tiradentes(ainda) e fiquei com mais vontade ainda de ir lá. Vc indica alguma pousada em especial?
    Bjs

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Há várias, para todos os gostos e bolsos. Eu, muquirana, fiquei em uma bem econômica (fui num feriado e então estava tudo caríssimo, optei pela mais barata e com indicação no guia 4 rodas) e gostei muito: Pousada 21 de abril – http://www.pousada21deabril.com.br
    Mas se eu pudesse pagar um pouco mais ficaria na Pousada do Largo – http://www.pousadadolargo.com.br/

    (Responder)

    Resposta de Naila Teixeira Soares

    Ok, Silvia:
    obigada e bjs

    (Responder)

  9. Comentário do dia 15/6/2011 às 16:32

    Estou indo para Tiradentes no próximo feriado e suas informações estão sendo muito úteis e agradáveis. Confesso que não estava muito animada mais depois de ler tudo, estou super ansiosa.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Você vai a-m-a-r!:-)

    (Responder)

  10. Comentário do dia 25/10/2011 às 16:01

    Oi Silvia!
    Estou indo para Tiradentes nesta sexta-feira (28/10/11). Tenho uma crise sempre: não sei viajar sem um guia… O livro mesmo, cheio de fotos e indicações. Fuça daqui, fuça dali. Sabe de uma? Vou imprimir tudo isso aqui. Pronto! Já estou com meu guia de “bolsa”: seus posts de Tiradentes impressos! Rá! (Não sou da turma “iphonizada”, para ficar acessando internet em qualquer lugar. E, para falar a verdade, gosto mesmo é de papel)
    E desde já obrigada! Suas dicas serão meu norte nessa viagem 😉
    Beijo

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Hahahaha! Eu também sofro dessa “sídrome”, a do guia de papel! 🙂

    (Responder)

  11. Doce Diferença
    Comentário do dia 11/3/2012 às 13:21

    Olá Silvia,

    Ficamos contentes em saber que você gostou de Tiradentes. A CasAzul, assunto de um de seus posts, é nossa vizinha.
    Esperamos que volte à nossa cidade e venha ao nosso café e loja. Até lá, conheça um pedaçinho da Doce Diferença por meio do nosso blog (http://www.docediferencatiradentes.blogspot.com/), site da loja (http://www.tiradentesgerais.com.br/docediferenca/) e do café (http://www.tiradentesgerais.com.br/docediferencacafe/)
    Um abraço,

    Doce Diferença

    (Responder)

  12. Comentário do dia 16/3/2012 às 19:03

    Simplesmente o texto mais fiel e verdadeiro que já li sobre Tiradentes … Parabéns à toda a equipe. Tiradentes é isto ! nem mais, nem menos …

    Show!

    (Responder)

  13. Gelma Faria
    Comentário do dia 04/6/2012 às 16:43

    Oi Silvia,

    O que seria de mim sem o seu blog! Quero fazer a Estrada Real com meu marido nas férias que pretendo tirar em agosto e estou fascinada com sua experiência. Sua dicas vão ser mais do que úteis. Parabéns pela iniciativa!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Que bacana Gelma! Aproveitem bastante! 🙂

    (Responder)

  14. Renata
    Comentário do dia 12/7/2012 às 00:02

    AMO Tiradentes e achei seu texto ÓTIMO, não acrescentaria nada… O que mais gostei foi sobre o que disse sobre os ateliês de design cujos preços são realmente bem altos, mas como você disse “apurar o olhar” não custa nada né? Por isso gasto horas por lá sempre que vou, rsrsrsrs… Parabéns pelo blog MARAVILHOSO!

    (Responder)

  15. Adriana Martins
    Comentário do dia 07/8/2012 às 19:19

    Estou fazendo a reserva aqui hehehe vamos ficar na 21 de abril mesmo, pois posada é só pra dormir ne rsrsrs
    Peguei todas as dicas…obrigada…

    (Responder)

  16. Vanessa
    Comentário do dia 04/10/2012 às 18:53

    Vc recomenda alguma época do ano melhor pra ir?
    Bj

    (Responder)

  17. ruymar do amaral cruz
    Comentário do dia 25/11/2012 às 17:44

    boa tarde,estou encantado com tiradente,como fazer pra ir de onibus do rio pra tiradente?

    (Responder)

  18. ruymar do amaral cruz
    Comentário do dia 25/11/2012 às 17:45

    boa tarde,como fazer pra ir de onibus do rio de janeiro pra tiradente?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá! Entre em contato com a rodoviária do Rio! Abs!

    (Responder)

  19. Divaina
    Comentário do dia 28/11/2012 às 22:17

    Silvia agora fiquei viciada no Matraqueando. Não faço mais viagens sem consulta-lo. Seguindo seus conselhos sábios ano passado levei um grupo de 45 pessoas para Tiradentes e foi absolutamente fantástico. Agora dia 29 estou partindo com outro grupo. Recomendo o melhor guia de turismo de toda a Minas Gerais. O cara realmente é demais e seu nome é Giovanni Frigo. Ele se veste com traje de época para acompanhar o grupo e sabe absolutamente tudo de Minas e dos causos mineiros.

    (Responder)

    Resposta de Ivana

    Ola! Estou indo a Sao Joao Del Rei e gostaria do contato do sr. Giovanni. Poderia me passar? obrigada

    (Responder)

    Resposta de Wallace

    Boa tarde!

    Tem o contato desse guia?

    Att

    (Responder)

  20. sylvia maria de souza mascarenhas
    Comentário do dia 06/7/2013 às 21:11

    Fui lá com meu esposo e realmente temos saudades, ainda não voltamos por causa de problemas de saúde dele (coração). Tenho grandes recordações!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Que legal, Sylvia! Espero que possam retornar logo! 😉

    (Responder)

  21. Carlos Alberto
    Comentário do dia 01/9/2013 às 20:31

    Gostaria de indicação de restaurantes em Tiradendes com seus respectivos telefones, para visitação de um grupo de mais de 30 pessoas.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Carlos!

    Todos os restaurantes que eu visitei estão neste índice. Abs!

    (Responder)

  22. eduarda sarah
    Comentário do dia 02/9/2013 às 11:21

    quero saber sobre os museu de tiradentes

    (Responder)

  23. Caroline
    Comentário do dia 23/1/2014 às 09:59

    Você pode me indicar um lugar bom e barato em Tiradentes?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Caroline! Veja estas opções: Pouso do Carteiro, Pousada Caminho do Trem, Pousada Fazendinha de Minas… Ish, são muitas pousadinhas bacanas com bom custo-benefício. Veja aqui.

    (Responder)

  24. Nívia Lins
    Comentário do dia 11/6/2014 às 17:21

    Tiradentes

    (Responder)

  25. Comentário do dia 24/7/2014 às 19:18

    Olá Matracas! 🙂
    será que vocês podem nos ajudar com o clima em agosto? eu achava que estaria frio, mas vi fotos das pessoas nas ruas de camiseta e bermuda. Fiquei na maior dúvida sobre isso.
    beijinhos de nós três! 🙂

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Geralmente faz bastante frio. Mas este ano estamos com o fenômeno El Niño, que está deixando as regiões mais quentes. Antes de viajar consulte um site de previsão do tempo. Abs!

    (Responder)

  26. Nelsonia Ferreira de Farias
    Comentário do dia 23/9/2014 às 19:49

    Adorei essa cidade , muito calma e aconchegante , povo simples bem educados , a comida nem se fala deliciosa, as ruas todas muito limpas , as igrejas lindas , o passeio de charrete maravilhoso com guias atenciosos , amei tudo que vi , voltarei com certesa

    (Responder)

  27. Comentário do dia 29/10/2014 às 03:15

    Que delícia de post!!! Vou experimentar tudo!

    (Responder)

  28. Paulo
    Comentário do dia 03/11/2014 às 20:18

    Sou Paulista, mas adoro Minas.Estive em Tiradentes por 02 vezes, uma vez com uma namorada e a ultima com minha querida mamae que morria de vontade de conhecer Minas, e adorou !
    Pretendo agora em novembro ou dezembro aparecer de novo para matar saudades, tirar milhoes de fotos e voltar pra casa com um pouco da graciosidade e da boa energia que emana das Minas Gerais !

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Muitas saudades de Minas! 😉

    (Responder)

  29. Comentário do dia 19/3/2015 às 11:25

    Post lindo! Imaginar as ruazinhas de Tiradentes em si só já é uma grande viagem. Bom saber que existem lugares assim.. (ainda há esperança!!). E apesar do tempo, Tiradentes sempre será assim… =) aliás, ótima dica para o feriado do patrono da cidade, não? 😉

    (Responder)

  30. Laís Morais
    Comentário do dia 06/5/2015 às 00:11

    As fotos do post estão lindas! Adorei a dica 4, hehehe!, comida boa é o que não falta em Tiradentes!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ai, saudades daquela gastronomia, Laís!

    (Responder)

  31. Madalena
    Comentário do dia 18/7/2015 às 13:30

    Adoramos todas as dicas! Estamos indo pra MG e, com certeza, aproveitaremos as suas maravilhosas sugestões. Obrigada!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Que legal, Madalena! Aproveitem muito! Abs!

    (Responder)

  32. Madalena Ferraz
    Comentário do dia 18/7/2015 às 13:32

    Além dos roteiros mais comuns, adorei a sugestão de “Bichinho”.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Um lugar único no Brasil. 🙂

    (Responder)

  33. Priscila
    Comentário do dia 22/9/2015 às 19:54

    Olá, marquei uma viagem pra Tiradentes agora para o feriado 12 de outubro..
    É uma época boa? faz muito calor?

    AMO MINAS

    Obrigada

    (Responder)

  34. Fernanda
    Comentário do dia 13/10/2015 às 22:14

    Estou aqui pesquisando destinos para as próximas férias (janeiro 2016).
    Sou de Fortaleza – CE.
    Fiquei encantada com o texto e as fotos. Obrigada!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Que bacana, Fernanda! Obrigada pela visita! Bjs!

    (Responder)

  35. Comentário do dia 19/11/2015 às 14:26

    Olá!!! Linda matéria sobre essa cidade linda que nasci e faz 50 anos que minha família atua no ramo da demolição. Na próxima visite nossa fábrica e loja :))

    (Responder)

  36. Comentário do dia 06/4/2016 às 20:54

    Que cidade linda, dá muita vontade de ir!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Tiradentes é maravilhosa! Muito amor por essa cidade!

    (Responder)

  37. Izabela
    Comentário do dia 22/6/2016 às 16:53

    Menina!
    Estou programando um roteiro de passeios para Tiradentes e São João Del Rei. Depois de visitar sua página tô até ampliando a viagem em um dia hahaha. Achei que não teria assim tantas coisas pra fazer, mas dois dias e meio só não vão dar conta

    Obrigada pelas dicas! To apaixonada pelas lojas de doces e irritada com esse povo que só vê imagem e não lê a postagem hahaha

    beijos.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu, Izabela! Boa viagem! Abs!

    (Responder)

  38. fidelis cabreira
    Comentário do dia 07/7/2016 às 18:22

    Vc indica algum city Tour grato.

    (Responder)

  39. Comentário do dia 12/12/2016 às 10:28

    Tô indo pra lá agora em janeiro com meus filhos. Um casamento em São João del Rei e depois 7 dias pra curtir a estrada real. Eu já fui a Tiradentes há muito tempo e me encantou… Obrigada pelas dicas…

    (Responder)

  40. Dagmar Ruth Stach-Machado
    Comentário do dia 19/12/2016 às 17:17

    Suas fotos ficaram muito lindas. Parabéns.

    (Responder)

Um Trackback

  1. […] Tiradentes: roteiro para uma viagem bem sucedida […]

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar