-  Atualizado 16/09/2011

Fundación Proa: centro de arte contemporânea renova o ponto mais turístico de Buenos Aires

Publicado por: Silvia Oliveira Buenos Aires

Se esta é sua primeira vez em Buenos Aires você, com certeza, vai passar pelo Caminito, uma espécie de rua-museu que, embora poucos saibam, tem grande valor histórico e artístico. Aquele grupo de casebres coloridos acabou virando um cartão-postal emblemático, por onde todo mundo passa para levar uma fotinho de lembrança… nem que seja para voltar falando mal do lugar. De fato, o local está cheio de tangueiros mequetrefes, restaurantes pega-turista e lojinhas que vendem imã de geladeira com a foto da Evita, do Maradona ou do Carlos Gardel. Mas nem por isso deixa de ser o cantinho mais fotogênico da cidade.

O fato é que, independente se é sua primeira ou terceira vez por aqui, agora você tem um motivo a mais para visitar a região: a Fundación Proa, um centro de arte contemporânea que fica exatamente ao lado do Caminito. O prédio – todo branco e envidraçado – foi restaurado, ampliado e há pouco mais de dois anos se transformou em uma das grandes referências culturais de Buenos Aires.

A escolha do bairro La Boca, um dos mais pobres e perigosos da cidade, para ser sede da fundação não foi aleatória. A diretoria da instituição aprecia a singularidade do lugar, onde muitas ruas servem de cenário e auditório para a expressão artística popular. Na década de 50, um grupo de moradores decidiu renovar os cortiços feitos com chapas de aço –  pintando as fachadas nos mais diversos tons. A tradição transformou a região em sede de vários ateliês de arte.

A Fundación Proa não é exatamente um museu, por isso não tem coleção ou acervo permanente. Mais um motivo para voltar outras vezes e aproveitar as novidades da instalação. Eu não entendo nada de arte contemporânea, mas é quase impossível não se envolver com o trabalho criativo desses artistas, quase todos argentinos. No mesmo prédio, há uma enorme livraria com títulos e revistas especializados – onde uma escada flutuante dá o tom do lugar.

O café, no último andar, tem uma maravilhosa vista para o Rio Riachuelo – aquele que você nem prestou atenção quando saiu (ou sairá) falando mal do Caminito. Rá! O local também oferece almoço. Visitei a fundação sozinha. Como fui no fim da tarde, apostei no tradicional suco de laranja com tostadas de jamón y queso e cafezinho para arrematar! O Proa Café, na verdade, se transformou num chamariz  com seu ambiente clean e mesas ao ar livre no terraço. Todo o espaço tem rede wi-fi gratuita. Para entrar na fundação é necessário pagar, mas o acesso à livraria e ao café é totalmente livre.

SERVIÇO

Fundación Proa
Local: Av. Pedro de Mendonza, 1929 | La Boca | Buenos Aires
Tel.: 4104.1033
Funcionamento: de terça a domingo e feriados, das 11h às 19h. Fecha às segundas.
Ingresso: 10 pesos (mais ou menos R$ 4). A conversão do Peso para o Real é aproximada. Consulte valores antes de ir.

Fotos: Sílvia Oliveira | Matraca’s Image Bank



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


11 Comentários

  1. vera maria

    oi, querida, agora faz algum sentido para mim ir a Caminito e sair sem falar tão mal ::))
    bjo,
    vera

    responder
    • Silvia Oliveira

      Hahahaha! Vera, acho que a única pessoa do mundo que gosta do Caminito (e gosta de voltar lá) sou eu! Hahaha! Bjs!

      responder
  2. Nair

    Ah Silvinha, adoro este teu jeito de “disfrutar” das coisas, sem menosprezar nada. Seja um passeio sozinha, seja um café, seja uma bela vista. Viajar pra mim é isso! Fora as tuas fotos que num passe de mágica nos transporta. Parabéns pelo trabalho, sempre. Sem nunca ter pisado em Buenos Aires, to amando! E vem tomar um café comigo em Londrina. Vou adorar, beijos.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Nair, vou passar uma semaninha aí em Outubro (sem filha e marido). Vamos combinar, sim! Bjs!

      responder
  3. Samira

    Oi Silvia, estou adorando seus posts sobre Buenos Aires. Várias dicas novas prá quem já conhece o basicão, né? Uma curiosidade, você levou VTM em pesos? Sabe se é bem aceito?
    Bjs

    responder
    • Silvia Oliveira

      Levamos um VTM em peso e onde quer que se aceite VISA, se aceita o VTM. Ou seja, é super bem aceito! 🙂

      responder
  4. Carmen

    Boa dica! Boa descoberta Fundación Proa… vou anotar

    responder
    • Silvia Oliveira

      Se você gosta de arte contemporânea e um café agradável, não pode deixar de conhecer. Carmen! 🙂

      responder
  5. Cibele Nascimento

    Olá Silvia,

    Eu e meu marido estamos indo para Buenos Aires amanhã e adoramos suas dicas. Parabéns pelo seu trabalho!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Valeu, Cibele! Aproveite bastante! 🙂

      responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar