-  Atualizado 26/01/2017

Rota do Café – PR | Fazenda Monte Bello: encontro com a história

Publicado por: Silvia Oliveira Londrina, Ribeirão Claro, Rota do Café

* Post atualizado em janeiro de 2017

Turismo rural, assim simples e puro, nunca foi meu forte. Mas a Rota do Café tem um apelo sensível: promover vivências únicas e acolhedoras através da história.

Mesmo quem não é do Paraná tem um causo vinculado ao grão, ao coador de pano, à torra caseira ou a este período quase que lendário da agricultura nacional.

matraqueando-instagram1

Um dos passeios mais completos da rota está na Fazenda Monte Bello, no município de Ribeirão Claro – a 180 quilômetros de Londrina.

Fundada há quase 90 anos, a fazenda tem 120 alqueires de área e ainda conserva instalações e equipamentos em excelente estado.

De forma inteligente e lúdica, os donos se credenciaram à Rota do Café e resolveram abrir a propriedade à visitação – fortalecendo a identidade regional do negócio. O passeio começa logo cedo, com um delicioso café rural. Não confunda com café colonial, aquele com 34876 itens de consumo.

O café rural se destaca não pela quantidade, mas pela qualidade dos produtos oferecidos: tudo feito artesanalmente – dos pães à geleia, do requeijão às frutas colhidas no pé.

+ Alugue seu carro aqui com segurança e percorra o Paraná com mais economia!

Em seguida, o simpático guia Ricardo nos leva para um tour pela fazenda. O passeio dura quase quatro horas, tempo que a gente nem vê passar. É uma trilha ecológica de fácil acesso, até crianças podem fazer sem problemas. A primeira parada é na figueira centenária, gigante.

Todo o caminho está sinalizado com os nomes das inúmeras variedades de plantas e árvores. Ao chegar às antigas instalações, uma aula completa de como era o processo de colheita e beneficiamento do café. É absolutamente ma-ra-vi-lho-so! Sem contar que aqui tem o famoso colhe e pague de lichia em dezembro!

Durante a minha visita ainda deu tempo de conhecer o Seo Dionísio, o morador mais antigo da fazenda. Ele conta que praticamente nasceu aqui e viu todo o processo de crescimento, auge e derrocada da cultura cafeeira da região.

+ Hospedagem com desconto e cancelamento grátis em várias cidades do Paraná!

Presenciou a propriedade movimentada dia e noite, as festas e depois das grandes geadas, conta que o silêncio e o vazio tomaram conta do lugar. Agora está empolgado com a proposta da Rota do Café que pode trazer vida e construir uma nova biografia para o lugar.

Quem quiser ter uma experiência bem completa pode se hospedar na Fazenda Monte Bello. São oferecidos chalés rústicos a partir de R$ 85 por pessoa (mínimo de 4 e máximo de 8 pessoas). Café  da manhã incluído. Reservas aqui! (Valores de janeiro de 2017.)

SERVIÇO

Fazenda Monte Bello 

Localização: Rodovia PR-151, km 16. Primeira bifurcação à direita a
1,5 km de Ribeirão Claro, no sentido Ribeirão Claro a Carlópolis. Está a 180 km de Londrina, no Norte do Paraná.

Quanto custa a visita: R$ 15 (só a visita) ou R$ 25 (inclui o café rural). É necessário agendar previamente. Valores de janeiro de 2017.

Telefone: (43) 3536.1173 ou (43) 9 8814-9987

E-mail: reservas@fazendamontebello.com.br

______________

Posts relacionados

Rota do Café resgata vocação do Norte do Paraná

Rota do Café, Norte do Paraná: principais atrativos

Leia também

Vila Velha, Paraná: sítio geológico de 300 milhões de anos está a uma hora de Curitiba

Lapa: como organizar um bate e volta perfeito saindo de Curitiba

Colônia Witmarsum: café colonial, história alemã menonita e descanso ao lado de Curitiba

Parque Histórico de Carambeí: espaço temático reproduz um pedaço da Holanda no Paraná

Cidades Históricas, Serra do Mar e Estrada da Graciosa: quando ir?

Estrada da Graciosa

Passeio de trem pela Serra do Mar

Antonina

Morretes

Ilha do Mel

O que fazer em Curitiba

Curitiba | Vinhos Durigan: parada estratégica em Santa Felicidade com degustação grátis

Linha Turismo Curitiba: como aproveitar o city tour oficial da cidade

Curitiba: faça da cidade seu melhor destino de inverno

23 motivos para você conhecer e se apaixonar por Curitiba

Cinco atrações grátis e estreladas em Curitiba

PLANEJE SUA VIAGEM COM QUEM ENTENDE

Reserve hotel no Brasil e no mundo pelo Booking.com | Cancelamento grátis!

Seguro de viagem na Mondial Assistance | 15% de desconto p/ leitor Matraqueando

Alugue carro no Brasil e no mundo na Rental Cars | Grandes marcas!

Compre seus ingressos para museus on-line | Evite fila!

__________ 
Política editorial | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. Sempre nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados. O Matraqueando não faz post patrocinado. Alguns posts contêm links para programas de afiliados, parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Tudo o que você encontra aqui foi determinado unicamente pelo interesse do leitor, nosso gosto pessoal ou critério particular. Isso é transparência e credibilidade. Pode confiar! Para ajudar a manter o blog sempre com dicas fresquinhas adquira nossos guias na Loja Matraqueando. Desde já agradecemos a preferência! 😉

Fotos: Raul Mattar | Todos os direitos reservados.

FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | LOJA MATRAQUEANDO



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


9 comentários

  1. Gilene
    Comentário do dia 08/12/2010 às 14:19

    Parabéns pela matéria sobre a minha terra.

    Abraços
    Gilene

    (Responder)

    Resposta de Deborah Virtuoso

    Olá Gilene me chamo Déborah e estive na fazenda Monte Belo em Janeiro/2011 fiquei muito emocionada pois fiz essa visita com meu pai, seu nome é João Maria Virtuoso ele foi um dos seus funcionários na epoca do auge do café na epoca ele era um muleque, mas a expressão de felicidade dele ao revr esse lugar após 30 anos, me fez ver que mesmo sendo uma rotina dificil foram dias felizes vividos por ele e sua familia. Quero voltar e mostrar tb para meus filhos esse lugar lindo.

    (Responder)

  2. Sirlene
    Comentário do dia 08/12/2010 às 15:18

    Lindo, charmoso e nostálgico. Parabéns pelo relato!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Meninas, nenhum relato ou foto pode traduzir essa experiência! Bjs!

    (Responder)

  3. Comentário do dia 08/12/2010 às 19:31

    Silvia, também não sou muito fã de simplesmente me enfiar no meio do mato, mas um passeio assim me agrada. Principalmente começando o dia com um café da manhã tão especial. 😉

    (Responder)

  4. Marcia Cristina
    Comentário do dia 08/12/2010 às 22:10

    Isso lembra tanto a minha infância, a história dos meus pais, minha mãe na roça, na colheita de café. É de emocionar participar de um passeio como esse!

    (Responder)

  5. Comentário do dia 09/12/2010 às 13:35

    Meu Deus, passo dois dias fora e quando volto isso aqui está mais do que recheado!!! Sabia que em Itu, interior de São Paulo, tem uma fazenda que faz um passeio parecido? Não sei o nome do lugar, mas também leva para conhecer a colheita, como é o beneficiamento, etc. Bjs!

    (Responder)

  6. carlos alberto nunes
    Comentário do dia 02/10/2011 às 17:42

    Impressionante em pesquisa efetuada acabei por localizar uma das maiores lembrancas da minha mae ela e nascida na Fazenda Monte Bello e ficou deslumbrada em rever as fotas do local onde nasceu
    ela e filha de Euclides Honorio de Oliveira e Andrezina de Oliveira e foram tambem funcionarios da fazenda.
    Futuramente estarei programando uma estada na fazenda para que minha familia possa se recordar dos tempos de sua infancia neste maravilhoso local

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Que legal! Vocês vão adorar reviver essa história! 🙂

    (Responder)

    Resposta de Mario França Junior

    Opa Carlos, legal o encontrar…estou tentando encontrar vestígios dos meus antepassados aí de RC – Joaquim Vitor de Lima, Leocádia de Lima e Osíbia Ferreira…vou levantar certidões nos cartórios e gostaria de trocar umas informações consigo…até lá com um abraço.

    (Responder)

  7. rafael monteiro
    Comentário do dia 12/3/2012 às 18:13

    eu só de ver estas fotos eu chorei ,juro por deus cresi neste lugar meus avós hj ja falecidos foram os primeiros moradores deste lugar meus tios creceram ai morei ai ate 15 anos de idade ,lindas fotos gostaria de pedir a voce se naum pode me enviar algumas fotos dai pra min guardar de lembrança obrigado ;;;;

    (Responder)

    Resposta de Mario França Junior

    Oi Carlos, legal encontra-lo nesta pagina…estou tentando levantar informações de meus antepassados Joaquim Vitor de Lima, Leocádia de Lima e Osibia Ferreira…vou levantar certidões nos cartórios e depois gostaria de trocar umas informações consigo…um grande abraço.

    (Responder)

    Resposta de Mario França Junior

    Perdão, troque o Carlos por Rafael.

    (Responder)

  8. HERCILIO JOSE
    Comentário do dia 31/8/2014 às 12:53

    PASSEI UMA BOA PARTE DE MINHA ADOLESSENCIA NA FAZENDA MONTE BELO EM RIBEIRÃO CLARO,ONDE MEU PAI ADMINISTROU A FANDA NA FAZE ÁUREA DO CAFÉ VISITEI A FAZENDA MONTE BELO A ALGUNS MESES ATRAS TIVE A FELICIDADE DE ME ENCONTRAR COM MEU AMIGO E HOJE É O PROPIETÁRIO DA REFERIDA FAZENDA QUE CONTINUA LINDA E MARAVILHOSA . PARABÉNS AMIGO VIC. DE MANTER ESSE BELO PATRIMÔNIO HISTÓRICO.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Muito bacana, Hercilio!

    (Responder)

  9. jose I Eugênio nascimento
    Comentário do dia 07/4/2015 às 17:32

    Boa tarde visitei a fazenda a muitos anos atrás com meu pai Eugenio ,morávamos na fazenda montes claro do senhor Jorge eduardo nos ano 1970 .tempo bom da era do café estou ancioso pra visitar monte belo.boa tarde abraço a todos.

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar