-  Atualizado 17/02/2010

Porto Seguro, para expiar os pecados. Ou não.

Publicado por: Silvia Oliveira Bahia, Porto Seguro
Se você decidiu que qualquer dia passará suas férias – ou parte dela – em Porto Seguro deve escolher se vai para expiar seus pecados ou para passar uma semana muito agradável no paraíso. Ta certo que é um pedaço pequeno do paraíso. E anjo não é bem o que você vai encontrar por lá. Muito menos tocando harpa e comendo maçã. No entanto, dependendo da sua expectativa em relação à cidade você poderá conhecer, segundo o publicitário Ricardo Freire, o purgatório – ao vivo e a cores.

Exagero. Olha só minha descrição: as praias de águas calmas têm, às margens, uma moldura de coqueiros. Areias grossa e fina se intercalam nas Praias de Curuípe, Mundaí, Itacemirim e Taperapuã- a mais famosa. A Praia do Cruzeiro – de águas limpas, mas escuras – foge à regra devido o encontro do mar com o Rio Buranhén. O fenômeno pode ser visto por quem passa na rua, ao lado da orla. Barracas espalhadas nos cem quilômetros de areia são pontos de encontro dia e noite. Viu, que lindo! Continuando…, ao longo do areião, água de coco é a bebida oficial e o axé (toc, toc, toc, pé de pato, mangalô três vezes), o ritmo sagrado. E aí você pode procurar um padre para se confessar. (Dizem que se a gente se arrepender de todos os pecados antes de morrer, vai por céu – diretinho.)

Foto: Treak Earth

Continua no post abaixo


Artigos Relacionados


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


2 Comentários

  1. chapeuzinho vermelho

    para que uma boca tão graaaande?

    hoohohoho

    Anita

    responder
  2. silvia oliveira

    Você não quer que eu diga, quer?

    HAHAHAHAHAHAHA

    responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar