-  Atualizado 02/08/2018

Série Europa Barata: Berlim pela primeira vez

Publicado por: Silvia Oliveira Berlim

A série Europa Barata do Matraqueando pretende matar duas questões com uma só postada: orientar quem vai pela primeira vez à Europa, mas tem o orçamento restrito. Não ambiciono esgotar todos os aspectos da cidade, muito menos elaborar listas do que é ou não é obrigatório fazer nas principais capitais que aparecerão aqui. A proposta é oferecer alternativas que gerem satisfação através da economia inteligente. [POST ATUALIZADO EM SETEMBRO DE 2014]

Pontos Turisticos Berlim Portao

Portão de Brandemburgo, símbolo da Alemanha reunificada.

BERLIM PELA PRIMEIRA VEZ

Aos olhos da história contemporânea, a capital da Alemanha pode ser considerada um dos territórios mais importantes do século 20. Além de ter sido arena de duas grandes guerras, até há bem pouco tempo era dividida por um enorme muro de concreto que envergonhava o mundo.

Hoje, Berlim tem uma narrativa moderna. A parte oriental — a mais atraente da cidade — foi reconstruída. Está renovada e na moda. São diversos bairros que contam boa parte dos acontecimentos que mudaram os rumos da biografia coletiva da humanidade.  Berlim conta com ampla oferta gastronômica e envolve o turista com alguns dos mais belos e intrigantes museus da Europa.

BERLIM | COMO IR DO AEROPORTO AO CENTRO

Berlim conta com dois aeroportos internacionais: Tegel e Schönefeld. A maioria dos voos que vem do Brasil desce no aeroporto Tegel, mais central. Três linhas de ônibus ligam o Tegel à Hauptbahnhof, principal estação de trem da cidade. São elas: 109 (linha convencional), X9 JetEXpress-Bus e o JetEXpress-Bus TXL, ambas linhas expressas – mas o TXL vai até a Alexanderplatz. A passagem custa € 2,60.

Já muitas companhias low costs costumam usar o aeroporto Schönefeld. Esse aeroporto é servido pelo trem Airport Express que parte a cada meia hora e leva à estação Alexandreplatz, central e conectada com várias linhas do metrô. Existe um corredor de 300 metros do Terminal A para a estação onde você pega esse trem. Se não quiser ir andando há um ônibus gratuito que faz esse pequeno trajeto interno. O bilhete custa € 3,20.

Berlim prepara a inauguração de um novo e ampliado aeroporto, o Berlim-Brandemburgo — vizinho ao Schönefeld que, por sua vez, será desativado, mantendo apenas uma parte da antiga infraestrutura. Assim que o novo aeroporto entrar em funcionamento, o aeroporto de Tegel também encerrará suas atividades.

BERLIM | COMO CIRCULAR NA CIDADE

Berlim é uma capital esparramada. Você vai precisar do eficiente transporte público que cobre bem toda a cidade. Tanto o metrô quanto o trem, ônibus e bonde usam um bilhete em comum. O tíquete avulso para a zona AB — a mais turística — custa € 2,60, válido para qualquer viagem dentro de duas horas após a validação, em uma única direção.

Já o bilhete diário para essa mesma região sai por € 6,70. Caso você incluia Potsdam – a Versalhes alemã nos arredores de Berlim, onde é possível conhecer o imperial Palácio de Sansoucci, compre o bilhete ABC que sai por € 7,20. O passe semanal custa € 28,80 (zona AB) ou € 34 (zona ABC). Em ambos os casos o número de viagens é ilimitado.

Você pode comprar os tíquetes — avulso, diário ou semanal — nas maquininhas automáticas espalhadas pelas estações. Geralmente aceitam cartões de débito, moedas e notas. No ônibus e no bonde é possível comprar o bilhete avulso diretamente com o motorista.

Importante: como nas principais capitais europeias, antes de embarcar, você tem que validar seu ticket. As máquinas de validação estão nas plataformas de trem e metrô, ou dentro dos ônibus e bondes. Você não terá que apresentar o ticket para ninguém. Mas se, durante o trajeto, algum fiscal pedir para verificar sua passagem e ela não tiver sido validada a multa chega a € 40. Sem choro nem vela.

Pontos Turisticos Berlim Torre TV

 

BERLIM WELCOME CARD

Benefícios | O passe turístico de Berlim permite viagens ilimitadas no transporte público da cidade e oferece descontos em mais de 200 atrações da cidade. Acompanha mapa turístico.

Validade | É possível comprar bilhetes válidos para dois, três e cinco dias.

Quanto custa | Para a Zona AB: € 18,50(48 horas), € 24,50 (72 horas), € 31,50 (cinco dias). Para a Zona ABC (que inclui Potsdam): € 20,50 (48 horas), € 26,50 (72 horas) e € 36,50.

Onde comprar | Nos centros de informações turísticas ou através do site Visit Berlin.

Vale a pena? | Se você costuma ser rápido nos museus e organizado na escolha dos estabelecimentos que dão descontos, sim.

Dica | O MuseumsPass de Berlim tem excelente custo benefício: oferece entrada em 55 museus por apenas € 24 e é válido por 3 dias. Estudantes pagam menos, € 12. Na lista estão incluídos os principais museus da capital, incluindo as famosas instituições da Ilha dos Museus.

11 ATRAÇÕES GRÁTIS EM BERLIM

1. A Alexanderplatz, praça célebre no antigo centro de Berlim Oriental.

2. O Portão de Brandeburgo, símbolo da reunificação da Alemanha.

3. O parque Tiergarten, área verde no centro da cidade com lagos e monumentos.

4. O Checkpoint Charlie, antigo ponto de fiscalização e controle de passagem entre os dois lados da cidade. Um símbolo da Guerra Fria.

5. O Sony Center, um espaço futurista (com cafés, lojas e cinema) que deu brilho a uma apagada região da cidade.

6. A cúpula de vidro do Reichstag, o Parlamento Alemão. O edifício oferece uma vista perfeita da cidade.

7. A história da política repressiva e da separação das famílias no Centro de Documentação do Muro de Berlim.

8. A Kaiser-Wilhelm Gedächtniskircke, a catedral do século 19 que foi bombardeada pelos aliados durante a segunda guerra mundial. Até hoje parte da torre está semidestruída como marco do horror deste período nefasto.

9. A Bebelplatz, a conturbada praça no centro histórico. Aqui ocorreu a famosa Queima de Livros promovida pelo Partido Nazista.

10. O Memorial de Vítimas do Holocausto, um labirinto de lápides gigantes sem nome. Já foi criticado por homenagear apenas judeus. Mas ninguém sai do local incólume.

11. O East Side Gallery, o trecho mais preservado do Muro de Berlim. O local se converteu num centro de expressão artística popular.

Pontos Turisticos Berlim Memorial do Holocausto
Memorial das Vítimas ao Holocausto.

VALE O INVESTIMENTO!

– O improvável Museu de Pérgamo, uma das instutuições da Ilha dos Museus. Abriga gigantescas formas arquitetônicas de alguns milhares de anos atrás. € 13.

– A vista da Fernsehturm, torre de TV com 365 metros de altura. € 12.

CITY TOUR GRATUITOS EM BERLIM

Aproveite o Walking Tour Free na capital alemã. Durante quatro horas você circula, a pé, pelos principais pontos da cidade obtendo informações bacanas dos guias locais. É grátis e você contribui no final se e como puder.

Já a Alternative Berlin também oferece tours gratuitos, diários, saindo em frente do Starbucks da Alexanderplatz sempre às 11 e às 13h. Este passeio é focado em lugares com expressões artísticas da cidade, grafites e instalações alternativas como um enorme armazém com roupas vintage. Não é necessário reservar. É só aparecer e participar.

REFEIÇÕES POR MENOS DE € 10 EM BERLIM

Em qualquer boteco peça o bretzel (o nosso pretzel, aquele pãozinho trançado), ideal para beliscar acompanhado de uma bier (cerveja). Melhor ainda se for servido com uma wurst (salsicha), que tem de vários tipos, cores e tamanhos. Visite também o Prenzlauer Berg – bairro boêmio e da juventude – em Berlim. Toda quinta e sábado, pela manhã, há uma feirinha de comes e bebes fantásticos na Praça Kollwitz, quase tudo a preços módicos. Assim como na feira turca que acontece às terças e sextas, perto da estação Maybachufer.

No rede alemã de supermercados Aldi Markt , você encontra caixa com 4 hambúrgueres empanados recheado com camembert por € 3, pote de sorevte por € 2 e uma infinidade de comidinhas prontas que não passam de € 5.

Conheça o restaurante vietnamita Monsieur Vuong – no descoladíssimo bairro Mitte – onde não se paga mais do que € 13 por uma farta refeição. Já no Sophieneck você encontra a típica cozinha alemã. Não chega a ser uma pechincha mas os pratos são fartos e é possível para dividir por dois.

Os dois últimos andares da centenária loja de departamentos KaDe We está uma imensa praça de alimentação com opção para todos os gostos e bolsos.

5 DICAS DE HOSPEDAGEM BOA E BARATA EM BERLIM

Você vai perceber que, apesar de ter uma economia muito forte, a Alemanha não é um país caríssimo para viajar. Proporciona boa oferta de hospedagem barata e bem localizada.

Grand Hostel Berlim | Está num elegante edifício do século 20, no bairro Kreuzberg. Acomodações amplas, limpas e staff atencioso. Está a 200 metros da estação de metrô Möckernbrücker. Quarto duplo com banheiro compartilhado a parTir de € 38. Cama em quarto coletivo a partir de € 12. Café da manhã à parte por € 9.

Ostel | Fica em apartamentos da era comunista e foi totalmente decorado com peças daquela época. Está próximo à estação de trem OstbahnhofDiárias a partir de € 39 no quarto duplo (banheiro compartilhado) e € 44 (com banheiro privado). Cama nos quartos coletivos a partir de € 13 , sem café da manhã que custa € 7,50. O wi-fi gratuito está disponível apenas na recepção.

Jugendhotel Haus Vier Jahreszeiten | Sai da linha dos hostels e pode ser uma ótima opção na região central. O quarto de casal – bem simples, mas com banheiro – está a € 40 por dia. No dormitório, a diária sai a partir de € 17. As duas opções com café da manhã incluído.

Circus – The Hostel | Esta no badalado bairro Mitte. Oferece cerveja grátis aos domingos. Quarto duplo a partir de € 79 e diárias em quartos coletivos a partir de € 23, café da manhã à parte por € 5.

Three Little Pigs | Está a 600 metros do Checkpoint Charlie, antigo posto militar que virou atração turística. Diárias a partir de € 13 em dormitório e a partir de € 22 por pessoa em quarto duplo – sem café da manhã e banheiro no corredor. Pagando um pouco mais é possível ficar em quarto com banheiro privado.

Pontos Turisticos Berlim Muro
Trecho por onde passava o Muro de Berlim (1961-1989).

ALUGUEL DE TEMPORADA EM BERLIM

Ficando mais de uma semana (ou em alguns casos até menos) consulte o site de aluguel de apartamento por temporada All Berlin Apartments. Você vai achar alguns estúdios a partir de 50 euros para duas pessoas. Vem com cozinha equipada para seu momento Ofélia international.

COMPRINHAS LEGAIS EM BERLIM

Adidas, Hugo Boss e JOOP! são algumas das marcas legitimamente alemãs. Aproveite para garimpar alguma oferta.

DICA DA MATRACA

A linha 100 do ônibus (transporte público) faz uma espécie de city tour pelo preço de uma passagem normal. Sai da frente do Reichstag e passa por diversos pontos turísticos e vai até o Zoologischer Metro, a estação final.

BLOGOSFERA

Sundaycooks | Blog feito pela casal Natalie e Fred Marvila cheio de relatos bacanas nas principais cidades da Alemanha.

BERLIM | INFORMAÇÕES ESSENCIAIS

DDI | 49
Língua Oficial | Alemão
Fuso Horário | Cinco horas a mais do que o Brasil
Quando ir | As temperatura ficam mais agradáveis de maio a outubro. Em dezembro a cidade se enfeita para o Natal. No alto verão, julho e agosto, Berlim fica vibrante, embora bem mais cara.
Site do país | www.deutschland.de
Informações turísticas | www.germany-tourism.de
Embaixada brasileira | Wallstrasse 57 – Berlim. Fone (30) 726.280, www.brasilianische-botschaft.de
Brasil Direto a cobrar via Embratel 08000800055
Companhias aéreas low cost Air Berlin e Germanwings

Posts relacionados

Europa Barata: Madri pela primeira vez

Europa Barata: Paris pela primeira vez

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Europa Barata: Roma pela primeira vez

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Leia também

Alemanha a 50 euros por dia | Parte 1

Alemanha a 50 euros por dia | Parte 2

Alemanha a 50 euros por dia | Parte 3

Fotos: Christa Richert, Kriss Szkurlatowski, Igor Badalassi, Sid Kelly e Menno Groenmen | Stock.Xchng Image Bank 



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


57 Comentários

  1. Joelma

    Fantástico! Vou para lá, pela primera vez, em setembro e o orçamento é beeeem restrito! Beijos e obrigada pelas dicas!

    responder
  2. Oi Silvia,

    Caiu como uma luva. Estou no final da viagem e procurando fazer tudo baratinho.

    Obrigado e parabéns!!!

    Até + !!!

    responder
  3. Oi, Sil. Tudo bem?
    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Beijos,
    Bóia

    responder
    • Silvia Oliveira

      ÊÊÊBA!!! Meu presente de aniversário! 🙂

      responder
  4. vera queiroz

    Show de bola esse post, parabéns, silvinha, tudo que vc faz, faz super bem feito, amo seu trabalho! 🙂
    beijo, vera

    responder
    • Silvia Oliveira

      Obrigadão, Vera! Você é uma das minhas incentivadoras! 🙂

      responder
  5. todo campo de concentracao tb eh free. o mais prox de berlim eh o de Sachenhausen. precisa comprar o bilhete de metro para zona ABC.

    a estacao central de berlim (Hauptbanhof) tb eh free e vale a visita, caso vc nao esteja chegando ou saindo por ela. eh uma estacao supermoderna e toda envidracada.

    a DOM (catedral) tb eh free se vc for na hora da missa e eh linda. na entrada vai ter guardinha perguntando o q vc vai fazer, insista q vc vai assistir a missa. os horarios encontra-se facil na internet.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Ó-T-I-M-O, Luiz! 😀

      responder
  6. Olá Sílvia,

    Adorei o conteúdo e layout do seu site. É você na caricatura? Ficou muito legal.

    Sou o Guilherme, editor do site emprestimo.org, o maior guia de finanças e empréstimos no Brasil. Somos número 1 no google para “empréstimo” e orientamos os leitores a tomar uma atitude correta sobre finanças pessoais.

    Desenvolvi um artigo sobre “O perigo do empréstimo para quem quer viajar” e se você acredita que é um tema interessante, gostaríamos de publicar exclusivamente no seu site, como “guest post”.

    Um abraço e muito obrigado.

    Guilherme da Luz

    responder
    • Silvia Oliveira

      Não uso guest post, Guilherme! Somente relatos de amigos sobre alguma viagem legal. Para Publieditorial, fale conosco através do link “Contato”. Obrigada! 🙂

      responder
  7. Oi Silvia, muito bom seu post. Estive em Berlim a pouco e também escrevi algumas coisinhas sobre a cidade. Moro em Roma e fiquei impressionada com o custo de vida em Berlim, muito menor do que por aqui. Fiquei no EsasyHotel pela primeira vez lá e adorei, tem todo um conceito diferente e achei que vale muito a pena pra quem está a fim de fazer uma viagem economica. Além disso, nas redondezas existem ótimos restaurantes onde se come bem e barato. Deixo aqui o meu link, http://planejandoaviagem.wordpress.com/2011/11/28/berlim/.
    Abraços

    responder
    • Silvia Oliveira

      Valeu pela dica, Michele! 🙂

      responder
  8. João Branco

    Adorei o post. Vi através do VnV, do Riq. Vou para Berlin em outubro. Vou levar seu post comigo!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Bacana, João!

      responder
  9. Ótimo ! Segui fielmente suas dicas econômicas nas minhas últimas viagens, e fiquei feliz em ver que “peguei a manha”, pois fiz exatamente os passeios recomendados em Berlim !
    Vida longa à série “50 euros por dia”!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Obrigada, Camila! 🙂

      responder
  10. Gustavo

    Uma dica de restaurante é o Edoni, fica perto da Friedrichstrasse e do Checkpoint Charlie, comida muito boa e dificilmente você paga mais do que 10 euros!!
    O site, com menu e preços: http://www.edoni.de/menu.html

    responder
    • Silvia Oliveira

      Valeu pela dica! 🙂

      responder
  11. Beatriz

    Parabéns pelo site, Silvia! Adorei o post sobre a Alemanha. Tô com viagem marcada para setembro e suas dicas já estão anotadas no cardeninho.

    responder
  12. E que tal Londres? Londres é o máximo!

    Por esse motivo, resolvi escrever um blog sobre uma das minha paixões: a Família Real Britânica!

    Quem quiser dar uma olhada e deixar seu comentário, seria um prazer!

    realezabritanica.blogspot.com

    Obrigado!

    responder
  13. Ivo

    Silvia, você lê meus pensamentos. Estou organizando uma viagem pela Alemanha e por Portugal, e suas dicas “obrigatórias” coincidiram com o que quero fazer (o Monsieur Vong, por exemplo, ainda fica na rua de uma loja de jeans masculinos que adoro, e não são mais vendidos mais aqui, a Energie).
    Só fiquei na dúvida sobre subir na torre de TV: li relatos falando que é cansativo, lotado. Não seria uma “armadilha” como subir na Estátua da Liberdade ou na Torre Eiffel?
    Sobre a visita à cúpula do Reichstag, ofereço mais uma dica: hoje em dia, é obrigatório reservar online, senão você fica sujeito à disponibilidade do dia e longas filas!
    Obrigado por compartilhar suas informações, já virei fã do seu blog.

    responder
  14. Natalia

    Silvia, excelente post!
    Já visitei a Europa algumas vezes, mas estou indo para Alemanha pela primeira vez essa semana. Sempre busco posts sobre as cidades que vou visitar e acabei descobrindo o seu site. Esse post sobre Berlin foi o mais completo, ao menos para o meu interesse, que já encontrei na internet. Parabéns!!
    É objetivo e com detalhes incríveis.
    Virarei leitora assidua.
    Abs.
    Natalia.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Que legal, Natalia! Fico realmente feliz em poder ajudar! Abs!

      responder
  15. Ibsen

    Ola Silvia!
    Verifiquei que vc nao disponibilizou o guia de Berlim. Estamos indo em abril de 2013 e estou preocupado com o frio. Valeu pelas dicas. Ibsen.

    responder
  16. Phelippe Citro

    MUito 10 as suas dicas!!!! o site é excelente !!!! foi muito util na minha viagem pela europa com orçamento restrito .

    responder
    • Silvia Oliveira

      Êêêba, valeu Phelippe! Abs! 🙂

      responder
  17. ale

    dicas berlim

    responder
  18. Doris

    Olá Silvia, gostaria de algumas dicas de viajem .
    Estou me planejando ir a Madri e Berlim em 2014 e gostaria de saber se em março ainda tem neve,é um desejo que tenho de ver a neve,também se é conveniente ir de trem de Madri a Berlim,pois só vou ter 9 dias pra curtir as duas cidades ? já pensei em ir só uma de cada vez,assim não fica muito cansativo.Se eu fizer a opção só pela Alemanha, quais cidades você recomendaria para esses 9 dias ?
    Obrigada.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Oi, Doris!

      Em Madri dificilmente terá neve e em Berlim ainda vai estar muuuito frio. De Madri a Berlim de trem é longíssimo, prefira o avião. Se você optar só pela Alemanha fique com Berlim e outra cidade com características que te agradem (Munique OU Frankfurt, por exemplo). Só Berlim pede 4 dias inteiros! 😉

      responder
  19. Fred

    Boa tarde.

    Estou indo para Munique e estou com duvida entre ir para Berlim ou fazer a Rota Romantica. Mas estamos com muita vontade de conhecer Berlim.
    Você acha que vale a pena abrir mão da rota, mesmo sabendo que está alí ao lado de Munique, e partir para Berlim e ficar 3 dias completos?
    Dá para aproveitar um tanto bom em 3 dias?

    Abs!

    responder
  20. Laís

    Oi Silvia! Muito boas as suas dicas! Estive em Berlim e apoio tudo o que você escreveu! Exceto a parte do memorial ao holocausto. Bem, não são lápides sem nomes… São apenas blocos de concreto dispostos daquela maneira para causar inquietação. Há inclusive o nome do artista na placa indicativa. Mas é bacana conhecer!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Oi, Laís! Que bom que deu tudo certo! É, talvez seja melhor dizer que é um labirinto com blocos de concretos que se “parecem” com lápides gigantes… 😉

      responder
  21. Paula Barreto

    Silvia, vou a Berlim pela primeira vez e achei seu blog, adorei a maneira como vc escreve!!! Com relação a saida do aeroporto, nosso voo só chega quase meia noite, acho que não seria viável usar o ônibus, vc tem alguma dica de transfer com preço legal?

    Obrigada!!
    Paula

    responder
  22. Jhonata

    “Muito Obrigado” , estarei indo para Berlim dia 06 de Novembro e peguei um hotel que você selecionou aqui, muito obrigado esta precisando de um blog assim, visto que vou percorrer pela Europa e estava difícil de ver um blog com tanta dica assim… um muito Obrigado e continue assim… parabéns. 😛

    responder
  23. Carla Birolli Cardoso

    Olá Silvia! É um prazer comentar e tirar minhas dúvidas aqui no Matraqueando… É o melhor blog de viagens que conheço, ele é bem informativo, tudo que procuro acabo encontrando e além de tudo, é super ilustrativo, você enche de fotos, o que é maravilhoso… rsrs…
    Bem Silvia, eu e meu marido vamos conhecer a Europa em maio do ano que vem, estamos nos programando para isso, no entanto, será nossa primeira vez no exterior, até agora só viajamos pelo nosso Brasil, tenho várias dúvidas que conseguirei tirá-las aqui em seu blog, porém, tem uma que quero perguntar à você: Vale a pena hoje levar um Cartão Pré Pago, aqueles Travel Card que os carregamos? Ou melhor usar os cartões internacionais, ou melhor mesmo, é levar dinheiro vivo??? Muito obrigada linda!!! Aguardarei sua resposta…

    responder
    • Silvia Oliveira

      Carla, eu sempre levo um pouco do dinheiro no cartão pré-pago por uma questão de segurança! Mas incide IOF nele, assim como no cartão de crédito. Em termos de câmbio é melhor dinheiro vivo, mas eu não arrisco levar todo o dinheiro em cash. Você também pode ver com seu banco se é possível sacar diretamente da sua conta corrente aqui no Brasil.

      responder
  24. Carla Birolli Cardoso

    Lembrei de outra dúvida Silvia… Como será nossa primeira vez para o exterior, não sabemos se vamos através de uma Agência de Viagens ou individualmente??? Gostaria muito de suas dicas a esse respeito… Mais uma vez, obrigada!!! 😉

    responder
    • Silvia Oliveira

      Carla, fica bem mais barato ir por conta! No entanto, se você encontrar algum pacote (pacote, não excursão) que ofereça um bom custo benefício em hotel + passagem também pode ser uma alternativa, daí os passeios vocês fazem por conta! 😉

      responder
  25. Pamella

    Sílvia, obrigada pelo post, vou a Berlim em junho e estou lendo tudo que posso fazer em poucos dias. Fiquei interessada no Free walking tour, queria saber como funciona, se consigo marcar no site ou só aparecer no dia.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Pamella, confirme no site se houve alguma alteração. Mas geralmente é só chegar no dia. 😉

      responder
  26. Simule seu credito para negativado sem consulta a spc e serasa crédito mesmo negativado para assalariado autonomo com nome sujo credito para negativado bvw credito para negativado, credito para assalariado, credito sem consulta, crédito para negativado, credito para negativado autonomo http://www.centraldecreditobvw.com.br

    responder
  27. adriane

    Oi Silvia! Estou indo à Berlim com meu marido e filha em março deste ano e gostaria de saber se você pode me indicar um transfer saindo do aeroporto de Tegel, vou chegar depois das 10 da noite. Muito obrigada!

    responder
  28. Leandro CWB

    Boa tarde Silvia, seu site me ajudou bastante para tirar o visto americano e agora estou planejando ir para Europa, vou comemorar 10 anos de casado.
    Vou para Madri pois a tarifa mais em conta, chegando em Madri já quero ir direto para Barcelona, vc sabe me dizer se tem Trem ou onibus que sai do aeroporto para BCN? Outra pergunta, depois de Barcelona vou para Paris, tem trem também né?
    E parabéns pelo site, muito muito bom.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Leandro, do aeroporto de Madri você pode ir de metrô para a Estação Atocha de onde sai o trem para Barcelona. Sim, de BCN há trem (ou avião low cost) para Paris. De trem é bem demorado BCN-Paris. 😉 Boa sorte!

      responder
  29. Pedro

    Você comentou de agosto, gostaria de saber se não vale a pena ir para Berlim em agosto em função dos preços!

    responder
  30. CAMILA PERES

    Olá Silvia! Como vai? estou indo pra Berlim no final de março, Na verdade, irei primeiro à Paris,belgica e amterdam e de lá vou pra Berlim. Minha volta ao Brasil é por Paris mesmo, logo terei que fazer Berlim-Paris para pegar meu voo de volta. Estou pesauisando a melhor forma de fazer Berlim-Paris, o que vc indica? Vi que de trem são 8 horas, achei razoável. Seria melhor considerar um avião? o que recomenda? A proposito, gostei muuuuito do seu blog! Muito bem escrito, sem enrolação! Parabéns!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Olá, Camila!

      Eu uso o trem quando são no máximo quatro, cinco horas de viagem. Eu faria este trecho de avião (a naõ ser que o trem ficasse muuuito mais barato, eu iria de trem) Você pode procurar nas low cost Vueling.com. EasyJet.com e Ryanair.com. Lembrando que lows costs cobram pouco, mas são cheias de regras e taxas extras. Abs!

      responder
  31. Poliana

    Oi Sílvia,

    eu recomendo a rede de hostels Meininger, tem em toda a Alemanha, hospedagens dignas, padrão ibis, quartos coletivos e também privados. Em Berlin fiquei no que é colado a Hauptbanhof.

    responder
    • Silvia Oliveira

      Oi, Poliana! Obrigada pela dica. A Rede Meininger é ótima, mas muito cara para meu padrão mão de vaca. Até o Íbis é mais em conta! 😉

      responder
  32. Emanuel

    Oi Silvia, seu roteiro foi fantastico… Vc sabe dizer o endereco da rua por onde passava o muro de Berlim (rua qye foi tirada essa foto que vc postou)?

    Obrigado!

    responder
    • Silvia Oliveira

      Não sei. Volto para lá agora em maio e vou verificar! 😉

      responder
  33. Wasley Borges

    Boa tarde Silvia.
    Estou indo pela primeira vez a Berlim. Vou no inicio de junho e volto no inicio de setembro. Vou ficar hospedado na casa de um amigo. Adorei as dicas pq também estou indo com orçamento restrito…Já salvei as dicas para poder aproveitar quando estiver lá. Ah, também faço o estilo mão de vaca rsrs…

    Sei que é uma pergunta muito subjetiva mas queria sua opinião. Quantos Euros, aproximadamente, vc acha que vai ser suficiente nesse período?

    Abração e obrigado 🙂

    responder
    • Silvia Oliveira

      Vixe, Wasley! É uma pergunta bem subjetiva mesmo. Vai depender muito se você vai fazer viagens durante este período, se vai comer na casa deste seu amigo, se vai comer fora… não consigo nem projetar um valor sem essas informações. Mas quando eu vou a turismo à Europa (inclusive vou para Alemanha daqui a 15 dias) eu calculo € 50 por dia num esquema bem econômico. Abs! 😉

      responder
  34. Rodrigo

    Olá, Sílvia.

    Novembro é um mês legal de ir à Berlim? É o único período que tenho.
    abs

    responder
    • Oi, Rodrigo! Já faz bastante frio nesta época, mas é baixa temporada. Preços melhores e menos muvuca! Abraço!

      responder
  35. O post está perfeito e foi um mão na roda para eu planejar meu roteiro em Berlim! Obrigado!!!

    responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar