quarta-feira, 25 de maio de 2011

Bento Gonçalves | Caminhos de Pedra: um pedaço da Toscana no Brasil

Aposto que quando você pensa em Serra Gaúcha o que sobra no seu repertório é a palavra vinícola. No meu também. Até conhecer o Caminhos de Pedra — um viçoso circuito formado por paisagens lúdicas e interativas — retrato fiel da essência da imigração italiana no nosso país.

O caminho – que foi aberto há mais de um século – leva à colônia São Pedro, a 13 quilômetros de Bento Gonçalves (RS). O lugar lembra um pedaço da Toscana, região bucólica e pastoril da Itália. O roteiro de apenas sete quilômetros vislumbra dezenas de construções em pedra e madeira. É um dos mais comoventes e bonitos passeios do Brasil.

+ E-book | O Barato de Gramado e Canela –> baixe o seu agora mesmo!

Você vai passar por moinhos, teares, capelas e casas de massas. Terá acesso a produção de queijo de ovelhas, conhecerá o processo (antigo e novo) de processamento da erva-mate, matéria prima para o chimarrão. Há, também, oferta de produtos coloniais como doces, salames e conservas. Mais do que isso, você entrará naquele universo preservado – e único – da memória de um povo festeiro, trabalhador e com espírito altamente empreendedor.

Os pontos de visitações se dividem entre aqueles que podemos entrar, conhecer e comprar e os que são só para observação externa, compondo o patrimônio arquitetônico e paisagístico do roteiro. Geralmente são propriedades particulares, onde você será recebido pelos proprietários com explicações e degustação no local.

Foi assim no Il Cantuccio del Pomodoro, também conhecido como a Casa do Tomate. Numa construção típica italiana são produzidos e comercializados diversos derivados do tomate: molhos, geleias, tomate seco, extrato, suco e até cosméticos. Em tempo: tudo sem o uso de conservantes químicos. Você poderá degustar quase todos os itens da produção e conhecer o processo de fabricação na pequena agro-indústria da Família Lerin.

Uma das primeiras paradas será na Casa dos Doces Predebon, uma fofa construção de tijolo maciço à vista que oferece doces de frutas cultivadas na propriedade. O varejo funciona no porão de pedra da família. Destaque para doce de figo, vendido em forma de geleia e em pedaços.

A criançada – e qualquer adulto – vai adorar a parada na Casa da Ovelha. Trata-se de um casarão feito em madeira, todo restaurado, onde os visitantes são recepcionados com degustação de queijos, doce de leite, iogurtes e outros derivados do leite de ovelha. Detalhe: toda a produção é feita sem lactose. Mas a principal atração do lugar é a rápida visita ao rebanho de ovelhas, manejado com cães pastores da raça Border Colie.

Já a Casa da Tecelagem vai enlouquecer as moçoilas doidas por cachecóis e tapetes rústicos. Instalada num velho casarão de madeira, a casa produz ainda mantas, roupas, cortinas e almofadas nos históricos teares artesanais. Você poderá acompanhar o processo de criação e produção das mercadorias, todas vendidas a preços honestos no local.

Cenário de parte do premiado filme brasileiro “O Quatrilho”, a Casa Strapazzon preserva características das casas de pedras da primeira geração de imigrantes da região. Hoje funciona como cantina também. No porão, o visitante pode degustar e comprar toda a sorte de produtos coloniais como queijo, copa, salame, sucos e vinhos. O local é um dos mais formosos do caminho. Suas fotos ali farão você pensar que estava em alguma cena da novela Passione. Rá!

+ E-book | O Barato de Gramado e Canela –> baixe o seu agora mesmo!

Na Casa da Erva Mate outro cenário de novela. A roda d’água faz lembrar que a antiga produção da erva era totalmente artesanal. Acompanhados pela proprietária, Dona Jaqueline Ferrari, conhecemos o antigo método de beneficiamento do mate e também as novas tecnologias que permitem a fabricação em alta escala. Em frente, no porão da casa dos Ferrari funciona uma lojinha, onde você poderá ver como se prepara o chimarrão (eu mesma nunca tinha visto este ritual) e degustá-lo.

O projeto Caminhos de Pedra é um dos mais bem sucedidos roteiros turísticos nacionais — ainda que muita gente nem saiba que exista! Administrado por uma associação, o roteiro é muito organizado, de fácil acesso e está completamente preparado para receber o turista. Todos os locais abertos à visitação, por exemplo, oferecem banheiros e há vários restaurantes durante o trajeto.

Como o percurso principal tem só sete quilômetros pensei que poderia percorrer o caminho numa manhã. Mas com as paradas – o que incluiu um almoço por ali – durou um dia inteiro. E ainda assim não conseguimos visitar nem a metade das construções disponíveis para observação, muitas em estradinhas vicinais. E, no fim do dia, já rumo a Gramado, a gente ainda fez beicinho de quero mais. Na sua próxima parada na Serra Gaúcha, dê uma chance a sua história de vida: inclua o Caminhos de Pedra e descubra o quanto é possível ser feliz!

+ Alugue um carro com segurança e aproveite a Serra Gaúcha com mais economia!

SERVIÇO

Caminhos de Pedra
Onde: Colônia de São Pedro, a 13 quilômetros de Bento Gonçalves-RS
Quando: o ano inteiro.
Importante: consulte no site horário de visitação de cada empreendimento. Lembrando que as construções de observação externa podem ser visualizadas em qualquer dia e em qualquer horário. Alguns lugares cobram taxa de visitação que varia de R$ 1 a 2 (um a dois reais). Informe-se antes de ir.

________________

Procurando hospedagem em Bento Gonçalves com ótimo custo/benefício? Pesquise no Booking.com (parceiro comercial do Matraqueando) — onde sempre faço minhas reservas. O sistema não cobra qualquer taxa e tem cancelamento grátis para a maioria dos quartos! :)

________________

Posts relacionados

Bento Gonçalves | Casa Vanni: experiência gastronômica com sabor e sensações no Caminhos de Pedra

Bento Gonçalves | Vinícola Salton: visita guiada com degustação grátis

Bento Gonçalves | Pousada do Chalé: hospedagem com ótimo custo-benefício

Leia também

Gramado: roteiro de três dias

De Porto Alegre a Gramado pela Rota Romântica

Gramado: dicas para uma viagem econômica

Lago Negro

O Reino do Chocolate

Parque de Lavandas

Mini Mundo: réplicas em miniaturas

Zoológico: programa família

Hospedagem em Gramado: onde ficar

Outras opções de hospedagens em Gramado com ótimo custo/benefício

Arredores

Templo Budista de Três Coroas

Fotos: Raul Mattar | Todos os direitos reservados.

Banner venda Gramado

Share