-  Atualizado 24/05/2017

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Publicado por: Silvia Oliveira Londres

A série Europa Barata do Matraqueando pretende matar duas questões com uma só postada: orientar quem vai pela primeira vez à Europa, mas tem o orçamento restrito. Não ambiciono esgotar todos os aspectos da cidade, muito menos elaborar listas do que é ou não é obrigatório fazer nas principais capitais que aparecerão aqui. A proposta é oferecer alternativas que gerem satisfação através da economia inteligente.

LONDRES PELA PRIMEIRA VEZ

A Inglaterra conseguiu impor — brilhantemente — uma forma de governo tida por muitos como antiquada, tem religião própria e manteve a moeda, a libra esterlina, bem longe da zona do euro. Londres deve ser a cidade com mais etnias por metro quadrado do planeta. Indianos, árabes, chineses, peruanos e toda a sorte e espécie de punk, góticos e emos se esbarram sem nem prestar atenção um no outro. Pubs e chá das cinco convivem harmonicamente, cada um no seu quadrado.

Fazer uma viagem econômica para cá é bem mais fácil do que você imagina. Nada que uma hospedagem franciscana, um almoço no restaurante chinês ou grego e um kit-salvamento-do-supermercado não resolvam. Nos intervalos, fique com as praças, os parques e os museus públicos da capital do país — alguns dos melhores do mundo — que são gratuitos o ano inteiro.

COMO IR DO AEROPORTO AO CENTRO

O aeroporto internacional de Heathrow, considerado o terceiro mais movimentado do mundo, recebe os principais voos que chegam do Brasil. O bilhete simples de metrô até a estação Piccadilly Circus (zona 1, central) custa £ 5,30 O trajeto demora cerca de 1h. Funciona das 5h à meia-noite.

Já o trem Heathrow Express conecta o aeroporto à estação Paddington que fica no centro. Ele faz a rota em apenas 15 minutos e custa £ 18 se você comprar on-line , £ 19 se adquirir na máquina do aeroporto ou £ 23 se comprar o bilhete dentro do trem. Funciona das 5h à 23h30. Já o Heathrow Connect  é um trem mais lentinho que faz o percurso até Paddington em meia hora (tem cinco paradas intermediárias) e o bilhete custa £ 9,10. Também é possível fazer a compra on-line aqui.

A empresa de ônibus  National Express  tem uma linha que conecta a estação rodoviária do aeroporto até a Victoria Station — estação de ônibus no centro da cidade. O tempo de viagem varia de 1h30 a 2h15, dependendo do horário de embarque. O bilhete custa £ 8,50. Funciona das 5h30 às 21h30. Para quem chega de madrugada, a única opção (além do carésimo táxi, claro) é o ônibus noturno N9 que leva até a Trafalgar Square, zona central e turística da cidade. O percurso dura mais ou menos 1h e custa £ 2,30.

COMO CIRCULAR NA CIDADE

O metrô de Londres cobre as principais regiões turísticas da capital. O tíquete avulso custa absurdas 4,30 libras (algo como R$ 13!). Ao chegar ao aeroporto compre o cartão Oyster  um passe que dá 50% de desconto na tarifa. (Ufa!). Com o Oyster o bilhete diário para as zonas 1 e 2 (região mais turística) sai por £ 8,40 e o semanal por £ 29,20.

LONDON PASS

Benefícios | Entrada gratuita em mais de 50 atrações e passeios, entre eles a Torre de Londres, a Abadia de Westminster e um cruzeiro pelo Rio Tamisa. Inclui guia com informações práticas, endereços e mapas.

Validade | O cartão é válido por 1, 2, 3 ou 6 dias.

Quanto custa | O passe de um dia custa £ 49, o de 2 dias sai a £ 61, o de 3 dias está £ 74 e o de 6 custa £ 99. Com um adicional (TravelCard) de £ 8 por dia você tem direito a viagens ilimitadas no transporte público. Note, os preços estão em libras esterlinas, não em euros.

Onde comprar | pelo site, nas estações de trem e metrô, nos aeroportos, e no centro de Informações da Picadilly Circus

Vale a pena? | Os principais museus de Londres são grátis e a roda gigante London Eye (£ 18,90) não está incluída no passe. Caso você decida visitar em um único dia a Torre de Londres (£ 18), a Abadia de Westminster (£ 16 ) e fazer um cruzeiro pelo Tamisa (£ 13,50) — cobertos pelo London Pass — sairia mais barato se comprasse as entradas individuais do que o passe válido por 24h. Logo…

Dica | O London Pass com a opção de transporte público não pode ser comprado na cidade, somente antecipado, pela internet.

Matraqueando Instagram

10 ATRAÇÕES GRÁTIS EM LONDRES

1. O National Gallery — uma das mais importantes galerias de arte do mundo com sete séculos de história da arte europeia.

2. A célebre troca de guarda Palácio de Buckingham. Todos os dias no verão e em dias alternado no inverno , sempre às 11h30.

3. O British Museum, um dos mais fascinantes museus do planeta. Guarda a Pedra de Rosetta entre outras peças absolutamente importantes para a história do mundo.

4. O Tate Modern, principal endereço da arte contemporânea do país.

5. Uma missa na Catedral de St. Paul’s. Aqui aconteceu o funeral de Winston Churchill e o televisionado casamento do Príncipe Charles e Diana. A igreja tem a segunda maior cúpula do mundo. Fora do horário de missa o ingresso custa £ 13. Vejo os horários das celebrações aqui.

6. O Hyde Park, badalado parque londrino.

7. A movimentadíssima Trafalgar Square, a praça mais popular de Londres.

8. O Covent Garden,  um antigo mercadão que se transformou num delicioso universo londrino de bares e lojas.

9. Uma foto com o Big Ben de fundo, a famosa torre do relógio do Parlamento Britânico.

10. O descolado Victoria & Albert Museum, com uma das maiores coleções de arte e decoração do mundo.

VALE O INVESTIMENTO!

– A Abadia de Westminster, ao lado do Parlamento, é uma construção do século 8 onde ocorre a coroação dos monarcas britânicos. Foi aqui o funeral da princesa Diana, em 1997. £ 16

– Para ter a melhor vista de Londres suba na London Eye, uma roda gigante de ferro com135 metros de altura, praticamente em frente ao Big Ben, só que do outro lado do Rio Tâmisa. Tíquetes a partir de £ 18,90. Na compra on-line você ganha 25% de desconto.

CITY TOUR GRATUITO

O Free Walking Tour de Londres  é considerado um dos melhores do mundo pelo site TripAdvisor. O passeio cobre as principais atrações turísticas centrais da capital. O tour começa às 11h ou às 13h e dura em torno de 2,5 horas. O encontro é na Hyde Park Corner Station, saída 2. As reservas devem ser feitas pelo site.

REFEIÇÕES POR MENOS DE £ 10

Foi-se o tempo em que a cozinha britânica era malfadada e sem classe. O país recebe tanto imigrante, a cozinha é tão diversificada e são tantas as opções gastronômicas que não chega a ser tão caro assim comer em Londres.

A Deep Pan Pizza tem várias unidades na cidade. Há filiais bem ali no centrinho: uma na Piccadilly Circus, outra na Trafalgar Square e outra na Leicester Square. Ou você pede só uma fatia de pizza por £ 3 cada ou opta pelo “rodízio”: pizza, massa e salada à vontade por £ 10.

Os restaurantes da rede Stock Pot  também pipocam pela cidade e estão próximos dos principais pontos de visitação. O prato do dia pode ser uma cremosa sopa de camarão, peixe com massa ou um risoto por no máximo £ 10. Saladas saem a partir de £ 5,90. O talhatelli com salmão defumado está £ 6,90. Veja o cardápio (com preços) completo aqui.

Já a cadeia de fast food ligth Pret a Manger é uma opção tão feliz que dá para passar todo dia em alguma das várias unidades de Londres para comer um saboroso sanduíche com pasta de salmão e saladinha… por £ 4! Oferece ainda saladas, sopas, sushis, comida sem glúten e pratos vegetarianos. Encontre a unidade mais próxima de você aqui.

5 DICAS DE HOSPEDAGEM BOA E BARATA

London Central | Já levou  o prêmio de melhor hospedagem econômica da cidade, concedido pelo Visit London Awards O café da manhã não está incluído, mas tem cozinha disponível para o hóspede e internet wi-fi. Diárias a partir de  £ 19,95 por pessoa em quarto coletivo. Metrô Great Portland. Outro da mesma rede é o London St. Paul’s. Perto da catedral. Diárias a partir de £ 18 nos dormitórios. Café da manhã incluído. Metrô St. Paul’s.

Palmers Lodge – Hillspring | Este hostel-boutique foi considerado um dos melhores do mundo pelo site Hostelword. Wi-fi grátis. Café da manhã incluído. Tem restaurante que oferece refeições a partir de £ 5 e cozinha para hóspede.  Quarto duplo com banheiro compartilhado a partir de £ 64. Diárias nos dormitórios estão a partir de £ 13. Está a cinco minutos do metrô Willesden Green.

Aviva Studios  | Apartamento tipo estúdio bem decorado com  capacidade para até 3 pessoas. Oferece cozinha equipada, lavanderia e wi-fi grátis. Tem supermercado próximo. Diárias a partir de £ 89. Preço por apartamento. Está a 10 minutos do Mercado de Portobello. Metrô Hammersmith.

Premier Inn London Wembley Stadium | Está um pouco afastado da área turística, mas perto de uma estação de metrô (15 minutos do centro), o que facilita o transporte para qualquer região da cidade. Trata-se de um hotel fofo com excelente custo benefício. Café da manhã incluído. Diárias em quarto duplo a partir de £ 83.

Clapham Guest House  | É o estilo pousada brasileira: hospedagem simples com atendimento familiar. Oferece boa cama e wi-fi grátis. Todos os quartos possuem TV e uma mesinha para trabalho. Algumas acomodações  — a partir de £ 55 o casal — têm banheiro compartilhado. Quarto duplo com banheiro privado sai a partir de £ 85. Quarto família (quádruplo) está £ 125. Sem café da manhã. A estação de metrô Common fica a 10 minutos a pé do local. O ônibus 87 (funciona 24 hora) para em frente à pousada e vai até a Trafalgar Square.

ALUGUEL DE TEMPORADA EM LONDRES

Várias empresas de aluguel de temporada oferecem apartamentos em Londres como a VRBO, Perfect Places, VacationHomeRentals  e a NY Habitat.  Todas elas têm opção de hospedagem a partir de £ 600 por semana, em estúdio para até duas pessoas.

COMPRINHAS LEGAIS

O melhor lugar para achar coisinhas criativas a preços módicos são nos inúmeros mercados da cidade como Spitalfields, Brick Lane, Backyard Market  e Camden. Sem contar que, além de bugigangas bacanas, estes espaços abrigam aquela lista infindável de saborosas comidinhas — do emblemático fish and chips ao nosso já conhecido churrasquinho grego.

DICA DA MATRACA

Os célebres ônibus vermelhos de dois andares são um clássico da cidade, mas o trânsito afobado de Londres não ajuda muito. De qualquer maneira, dar uma voltinha lá em cima, no deck, está para uma viagem a Londres como a voltinha de camelo está para uma viagem ao Egito. Pegue as linhas 8 ou 11. Você terá um ótimo city tour, passando por vários pontos turísticos pelo custo de uma passagem:£ 2,30.

BLOGOSFERA

Londres para Principiantes | Blog cheio de dicas da brasileira Eneida Latham.

INFORMAÇÕES ESSENCIAIS

DDI | 44
Língua Oficial | Inglês
Fuso Horário | Três horas a mais do que o Brasil
Quando ir | Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Caso escolha o verão — com menor probabilidade de chuva —  os preços vão estar nas alturas. No inverno, é mais fácil para negociar melhores tarifas na hospedagem. Mas o frio e a chuva, comuns nesta época, podem estragar seu passeio. Outono e primavera são estações intermediárias, mas a chuva e o fog londrino sempre aparecem.
Site do país | www.visitbritain.com
Site da cidade | www.visitlondon.com
Informações turísticas | www.visitlondon.com
Embaixada brasileira | 32, Green Street, (44-20) 7399-9000. www.brazil.org.uk
Brasil Direto a cobrar via Embratel | 0800 89 00 55 ou 0800 056 74 42
Companhias aéreas low cost:  EasyJet  e Monarch Airlines

Posts relacionados

Europa Barata: Berlim pela primeira vez

Europa Barata: Madri pela primeira vez

Europa Barata: Paris pela primeira vez

Europa Barata: Roma pela primeira vez

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Leia também

Inglaterra a € 50 por dia | Parte 1

Inglaterra a € 50 por dia | Parte 2

Inglaterra a € 50 por dia | Parte 3

Fotos: Darren Deans, WR-Fife e António Pardal | Stock SCX



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


36 comentários

  1. Sonia Pompermaier
    Comentário do dia 27/6/2012 às 10:49

    Adoro os seus posts. Fui a Londres em fevereiro e usamos os tiquets do trem para a promoção 2 for 1, vale super a pena. E só combinar as atracões mais caras no mesmo dia que tiver o tiquet do trem. Pegamos a dica da Eneida do restaurante na cripta da igreja St. martin in Fields. excelente! Usamos também os onibus hosp. On hop off pois estava muitooooo frio. A rede Pret a manger e um verdadeiro achAdo! Para quem gosta do Harry Potter Oxford e imperdível, foi a locacao de grande parte dos filmes. ADORO o Matracas!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    O blog da Eneida é show!!! Obrigada pelas dicas, Sonia!

    (Responder)

  2. Leitor
    Comentário do dia 27/6/2012 às 15:45

    Não consegui identificar pelo texto se você esteve ou não em Londres.

    O mesmo aconteceu nos 3 posts de Inglaterra a 50 Euros por dia (ou £50).

    Os posts são bem completos, mas escrever sobre viagens se não esteve no local fica com cara e jeito de conteúdo baseado em opinião de outros, sejam esses outros guias impressos ou sites e blogs.

    Não que seja proibido, mas não seria honesto dizer no texto que você não conhece pessoalmente o lugar? E eu só questionei porque as fotos não foram tiradas por você em nenhum dos posts da Inglaterra.

    A série de guias Matraqueando “O Barato de … ” foi escrita com suas experiências de viagem também? Porque os posts sobre a França parecem que você também não esteve lá.

    Deixo a pergunta: você esteve em todos os lugares que escreveu sobre?

    Que o texto foi escrito por você não tenho dúvida nenhuma, mas as fotos de terceiros tem autorização para serem usadas? Porque no Código de Ética da ABBV a qual você é Presidente diz em relação ao respeito ao direito autoral:

    6) Em caso de utilização de fotografias que não sejam de sua autoria, o blogueiro deve entrar em contato com o autor do material e pedir autorização para o uso da imagem.

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Hahahahaha! #rimuito!!! Estive em Londres duas vezes, amado! Mas isso foi beeem antes de ter um blog, não tenho foto que preste de lá. Sou dona de uma agência de notícias (VoucherPress) e tenho acesso a banco de imagens, se você tivesse lido o post até o fim teria visto no rodapé o crédito aos fotógrafos e o nome do Image Bank (Stock Xch). Para seu conhecimento, querido “Leitor”, fiz mestrado e doutorado na Europa, alguma coisinha devo conhecer de lá, né. Sobre meus guias “O barato de…” compre-os e tire suas próprias conclusões. Em tempo: da próxima vez use nome e e-mails verdadeiros, será mais digno da sua parte!

    (Responder)

    Resposta de Priscila Goldman

    Esse “leitor” ou é burro ou é mal intencionado.

    (Responder)

    Resposta de Priscila Goldman

    Por certo, comprei o guia “O Barato de Paris” e o guia é excelente, cheio de dicas bacana de só quem esteve lá poderia trazer para nós. Parabéns, Silvinha!

    Resposta de Leitor

    Você é sempre debochada e responde assim quem questiona seus posts?
    Era só uma pergunta, não sou obrigado a ler o sobre do seu blog para saber da sua vida.
    Fui educado e não entendi porque tanta grosseria na sua resposta.
    Não tenho interesse nos seus guias, não comprei e não comprarei e muito menos indicarei, porque isso não é maneira de você tratar seu leitor.
    Grosseira demais você, moça!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    De fato, amado, seu comentário – apesar de covarde (por que não coloca seu nome e e-mail verdadeiros, você tem medo de quê?) – foi bem educado. E eu não vi grosseria alguma na minha reposta. Foi bem esclarecedora até. Tive que rir porque nem o trabalho de ler o post você teve, uma vez que questionava os créditos do fotógrafo e eles estavam lá, a seu dispor! Mais hilário ainda foi você ter mencionado a ABBV… para quem não se interessa em ler o “Sobre” do meu blog, você está mais do que bem informado a meu respeito! 🙂

    Resposta de Leitor

    Silvia, tem um selo gigantesco no seu blog falando da ABBV, qualquer pessoa com curiosidade iria lá ver do que se trata se não conhece ainda. Ou não é pra isso que serve um selo???
    Agora, como eu disse, nunca li o sobre do seu blog, não fazia a menor ideia que você morou na Europa, que você é ‘dona de uma agência de notícias’ e muito menos que o Stock Xch é um Image Bank.
    Continuo achando que você errou na mão com sua resposta, continuo achando que não tinha necessidade e continuo achando que seu deboche beira à falta de educação.
    E encerro meus comentários por aqui. Você teve a oportunidade de causar uma boa impressão no primeiro contato, mas não conseguiu.
    Boa sorte!

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Você tem direito a achar o que quiser, amado! Se você ficou doído porque percebeu que suas perguntas (e acusões subliminares) foram descabidas, o problema não é exatamente meu!

    Resposta de Joelma

    Silvinha, um “leitor” comum que tivesse alguma curiosidade apenas perguntaria “você já esteve lá?” e não faria um tratado subliminar, como vc disse, levantando questões até dessa associação que você faz parte. Parece até coisa de algum blogueiro invejoso que não conseguindo fazer o que você faz, não conseguindo ser o que você é se disfarça sob um codinome para fazer perguntas tolas e acusativas. Shame on, “Leitor”.

    Resposta de Daniel Lanza

    Sinceramente, não entendi os questionamentos deste tal “Leitor”.
    Vamos considerar que a Silvia nunca esteve na Europa. Vamos considerar que a Silvia nem mesmo saiu do estado do Acre. E daí? O que muda na utilizade das informações?
    As dicas são válidas? As dicas são verdadeiras? Sim! Então pronto!!
    Na verdade, se a resposta dela fosse “nunca fui à Europa” eu daria ainda maiores aplausos pois estas teriam saído de uma vasta pesquisa!
    O blog é maravilhoso. Nem pode ser chamado de blog e sim de enciclopédia. Poderia até mudar o nome para Matraquepedia!
    Silva, parabéns por todas as suas dicas. Pode ter certeza que além do reconhecimento, você tem milhares de seguidores que lembram destes textos a cada instante das viagens.

  3. Mariana
    Comentário do dia 27/6/2012 às 15:52

    Londres é minha cidade preferida no mundo.

    As dicas são ótimas , tenho mais umas. Em qualquer supermercado Tesco, Sansburrys e no Marks & Spencer tem sempre uns sanduiches delícia por menos de £4,00 e no Marks & Spencer tem umas cookies maravilhosas.
    Para comer tem também o Spaguetti House que os pratos tem um preço bem justo. (tem um monte pela cidade).

    Não esquecendo da Primark que é uma loja enorme em OXFORD STREET, que tem as melhores meias do mundo.

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Valeu, Mariana!!!! 🙂

    (Responder)

  4. Comentário do dia 27/6/2012 às 16:56

    Oi Silvia,
    Muito obrigada por incluir nosso bloguito no post! Adorei!
    Beijos e muito (mais) sucesso para você!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Obrigadão, Eneida! 🙂

    (Responder)

  5. Joelma
    Comentário do dia 27/6/2012 às 19:06

    Estou amando a série! Muito informativa e prática, tanto para quem vai pela primeira ou terceira vez! 🙂

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Oba, brigadim Joelma!!! Tô esperando você até hoje para aquele café! hehehe! 🙂

    (Responder)

  6. Louise Sodré
    Comentário do dia 27/6/2012 às 21:32

    Fiquei muuuuuuuuuito feliz porque hoje abri seu site e vi essa matéria,cara!!!
    Londres é minha paixão e eu era doida que vc fizesse um post
    Vou anotar tooodas as diquinhas
    VC É SHOW!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Louise, que bom que gostou! A série Europa Barata é bem objetiva, não esmiúça todas as possibilidades que a cidade oferece. A ideia é dar dicas práticas para você se virar melhor sem gastar os tubos! Se já ajudou, fico feliz! 🙂

    (Responder)

  7. Comentário do dia 28/6/2012 às 08:28

    Sílvia,
    seu post está excelente! Já que o assunto é Londres baratinha, uma boa alternativa para quem não quer pagar o preço da London Eye mas continua querendo ver a cidade de cima é ir no The Monument, que custa míseras 3 libras e tem uma vista linda. Ou ainda mais barato e mais interessante que a London Eye é tomar uma taça de vinho no bar The Vertigo na Tower 42. Requer reserva e um mínimo de consumação de 10 libras(que dá para tomar uma tacinha de vinho) mas a vista é impagável. E ainda assim mais em conta que a roda gigante. É isso!

    (Responder)

  8. Comentário do dia 28/6/2012 às 10:52

    Ah, esqueci de acrescentar o Borough Market. Para mim é uma das experiências mais imperdíveis da cidade para quem é “foodie”. Os ingleses amam e tem mania de mercados, e neste mercado de comida dá para comer de sanduíche de queijo à ostra(enorme!) e dificilmente uma refeição por lá passa de 10 libras. Tem que ir! Ele funciona de Quinta à Sábado e fica perto de London Bridge.

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Adorei as dicas, Liliana! Super 10 a sugestão do The Monument! Obrigadão! 🙂

    (Responder)

  9. Ernesto, o pato
    Comentário do dia 01/7/2012 às 02:39

    Uma boa dica de Londeres é o Hotel Ruskin. Bem localizado, e com quartos sem banheiros individuais a partir de 40 libras, fica do lado do British Museum, e proximo da estação Russel Square do Metro, que conecta Haetrow, e como a subida é por elevador, permite que se vá de metro.

    Os concertos da igreja de St. Martin in the fields também são muito bons, e com ingressos a não mais do que 10 libras….

    Ps… Silvia este leitor é só alguem que está querendo incomodar, sem nada de construtivo.

    Esqueça -o.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    A-D-O-R-E-I a dica do Hotel Ruskin!!!! Obrigadão, Ernesto!

    (Responder)

  10. Ernesto, o pato
    Comentário do dia 02/7/2012 às 21:31

    Eu fiquei nele, e achei o melhor hotel dos que vi, em termos de custo beneficio. E silencioso, limpo, e tranquilo. Os banheiros coletivos são limpos. Dá para negociar as diarias reservando com eles diretamente por e-mail, pois o hotel não tem site. Os quartos com banheiro custam de 80 a 100 libras. Não é caro, mas dá para pegar coisas melhores ou iguais no site http://www.hotwire.com, mas com atenção a localização e a distância do centro, pois alguns dos hoteis anunciados podem ficar a 1 hora de metro do Centro. No começo é legal, mas depois voce se sente o próprio suburbano…. Uma dica para quem ficar poucos dias é pegar um destes hoteis no fim de semana, pois eles são destinados a negócios, e tem diarias bem atrativas, as vezes abaixo de 80 DOLARES no hotwire, como o Hollyday in que fiquei.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu, Ernesto! 🙂

    (Responder)

  11. Marcia Kawabe
    Comentário do dia 04/7/2012 às 21:17

    Não é uma dica muquirana, mas acho que vale a pena. Eu contratei um transfer pra fazer o trajeto do aeroporto até o hotel e ficou em 40 libras pra mim e pro marido. Um pouco mais caro do que o trem, e mais demorado, mas ele nos deixou na porta do hotel e na volta foi buscar a gente no horário marcado, então acho que valeu muito a pena.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu, marcia! 🙂

    (Responder)

  12. Marli
    Comentário do dia 07/7/2012 às 18:08

    Primeiro parabenizo vcs pelo blog, é realmente muito útil… Principalmente para pessoas q como eu têm pouca experiência em viagens.
    Sou do RJ e gostaria de saber como faço para me unir a algum grupo de pessoas q se reúnem para viagens (econômicas).
    Obrigada.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Marli! bem-vinda! Não saberia dizer se existem grupos de pessoas que se reúnem para fazer viagens econômicas! Vou ficar devendo essa!

    (Responder)

  13. Aline
    Comentário do dia 10/7/2012 às 15:16

    Otimas dicas mesmo! parabens! So tenho uma dica extra se é q eu posso dar alguma dica…o supermercado mais facil de achar la é o Tesco e nele á sempre uma “promoção” de um sanduiche e uma coca ou suco e mais um kit kat por modicas 2 libras. Não é uma refeição dos sonhos mas é bacaninha.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Adoro o Tesco. Tem lasanha por 3 libras! Muito bem lembrado! 🙂

    (Responder)

  14. Lucieli
    Comentário do dia 13/7/2012 às 19:36

    Parabéns !!!! Vi sua entrevista no Programa Encontros. Muito interessante. Gostei das sugestões, sobre “viajar barato” e gostei do site. Abr.,Lucieli

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Bem-vinda, Lucieli! Apareça sempre! 🙂

    (Responder)

  15. erica
    Comentário do dia 26/7/2012 às 02:26

    Silvia, amei blog. Gostaria que informasse valores de passagens, e mais ou menos quanto ficou o total da viagem, so pra ter uma ideia mais ou menos. Como nao fui pra fora tenho essa duvida. Ex Londres. Abraco carinhoso, kika.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Erica! Cote o valor das passagens no http://www.submarinoviagens.com.br ou no próprio site das cias aéreas. O valor total da viagem depende muito do seu estilo. 🙂

    (Responder)

  16. Rodrigo Leite
    Comentário do dia 09/12/2012 às 21:11

    Olá… gostei muito do site de vocês… está me ajudando horrores na minha ida a Londres.
    Agora, estou com uma dúvida… será que vocês podem me ajudar?
    Chego em londres dia 26/23 e o Heathrow Express e o Connect estão fora do Ar. o Taxi é realmente caro? Qnt custa? o Onibus seria a única alternativa ou vocês conhecem outra? pq estarei com a esposa e 2 malas grandes.
    Att,
    Rodrigo

    (Responder)

  17. Everton Varela
    Comentário do dia 19/12/2012 às 00:46

    Esse site e ANIMAl. Sempre que viajo procuro por sites nesse estilo com dicas baratas e estava com um pouco de dificuldade em encontrar um com dicas de Paris e Londres, enfim muitoooo obrigado e parabéns pelo trabalho, agora a duvida: Estou indo pra Londres em fevereiro (inverno) e li aqui que nessa época a troca da guarda acontece dia sim dia nao como faço pra descobrir os dias que ela vai acontecer pra poder me organizar? Abraços

    (Responder)

  18. Tuca
    Comentário do dia 10/1/2013 às 01:46

    Juro que sou quase espertinha – mas não entendi MESMO aquele cartazinho com os horários dos ônibus do aeroporto.
    E, para confessar de vez, juro que daqui a pouco estou fazendo as suas viagens em lugar das minhas, de tanto que eu concordo com as coisas que vc indica. A primeira vez foi em Santiago, e, agora, lá vou eu de novo imitar seus passos descaradamente… obrigada por ter escolhido essa profissão!!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Hahaha! Valeu, Tuca, volte sempre… a casa é sua! 😀

    (Responder)

  19. Samuel Macagnan
    Comentário do dia 29/1/2013 às 16:53

    Oi Silvia! Primeiro, me permita tecer os elogios de praxe ao seu blog, ele é uma verdadeira ferramenta para os apavorados, como eu, que estão planejando sua primeira viagem ao Velho Continente. Obrigado pelas dicas!

    Bem, vamos ao pedido: Silvia, vc sabe me informar se as máquinas automáticas do metrô de Londres vendem o Oyster Card, bem como os seus créditos, através de débito no VTM? Não consigo tirar essa dúvida em lugar nenhum.

    Grande abraço!

    Samuel

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ish, agora você me pegou. Sim, você pode comprar nas máquinas automáticas, mas não sei se com o seu VTM. Imagino que sim… Se eu descobrir volto aqui para contar. Consulte também o blog:
    http://www.londresparaprincipiantes.com
    Abs!

    (Responder)

  20. gabi
    Comentário do dia 20/2/2013 às 15:30

    Oi Silvia,
    Toda vez que vou viajar busco o site para me socorrer. Dessa vez eu e meu marido estamos indo pela primeira vez para Europa e estou com muuuuita dificuldade de estabelecer uma forma de circular entre as cidades/países. Chegaremos por Paris e pretendemos ir no mesmo dia para Madri, de lá iremos para Barcelona, em seguida Londres, depois Bruxelas e por fim Paris, de onde voltaremos. Escolhemos chegar por Paris, pois os vôos estavam mais convenientes (vôo direito e em bom horário). Mas agora estou pesquisando formas de passar por todas essas cidades e não consigo chegar a uma solução. Como não tenho noção de onde ficam os aeroportos e as estações de trens não consigo visualizar se é melhor optar pelo avião ou por trens de alta velocidade. Teria como vc me ajudar? Estou morrendo de medo dessa viagem naufragar. Agradeço desde já. Abraços

    (Responder)

  21. Gustavo
    Comentário do dia 20/2/2013 às 19:48

    Adorei o site, estarei em London a partir do dia 14 de abril e fiz algumas consultas a opniões de turistas na Inglaterra e encontrei este Blog, uma ferramenta completa que será impressa e estará na mochila durante a minha trip. Porém senti falta de opções para compras (roupas e eletros), eu entrei nos sites postados acima, mas não é o que imaginava.
    Dúvidas: Onde estão as lojas de departamento masculino, quero comprar couro, tênis entre outros com preços acessíveis. Claro que não estou em Miammi, mas curto escalar um dia apenas para compras.

    Antecipadamente, obrigado pela ajuda e parabéns pelo Blog

    (Responder)

    Resposta de Ronaldo

    No Camden Market tem algumas lojas com couro. Uma boa dica seria tambem as lojas de brecho’ espalhadas pela cidade em bairros como Kilburn ou Kensington na High Street.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu, Ronaldo! 🙂

    (Responder)

  22. livia Haddad
    Comentário do dia 03/3/2013 às 19:43

    Silvia

    estou indo a Londres agora em março e procurando na IE encontrei seu site. Muito util. me deu vontade de procurar o guia . Mas procuro saber se é seguro o trem do aeroporto ao centro de Londres ? Obrigada

    (Responder)

  23. Comentário do dia 28/6/2013 às 09:49

    Slvia, amei os post de Londres e Paris – meus destinos e anotei todas as dicas!!!! Sua visão é sempre muito bacana e suas dicas, sempre ótimas. Nunca se preocupe com a oposição, ok!!!! ;). Um bj

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Débora! Aproveite muuuito sua viagem e se eu tiver ajudada apenas 1% para que ela tenha sido melhor, já fico feliz! 🙂

    (Responder)

  24. Maria Cordeiro
    Comentário do dia 21/7/2013 às 00:25

    Eu e minhas amigas(economizamos bastante pra isso…kkkk) vamos para Londres , Países Baixos depois para Paris, onde vamos participar da corrida Paris-versailles, em setembro/2013,gostaria de saber como estará a temperatura por lá?? e que devo levar?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Maria! Em setembro as temperaturas vão estar amenas. Na época da viagem consulte sites especializados em clima para confirmar. Abs!

    (Responder)

  25. Anne H.
    Comentário do dia 21/8/2013 às 11:51

    Adorei as dicas! voltei de Londres faz pouco tempo e simplesmente fiquei apaixonada pela cidade. Não quis ficar em hotel, ouvi falar que são muito caros, ai optei por um albergue que encontrei dicas na internet, o Casa Mirian London, no começo fiquei meio com medo, mas não me arrependi, economizei bastante, fiz amigos e os donos do lugar eram brasileiros! Imagina a bagunça que fizemos!! Gostei muito.
    Fiz todos esses passeios que você disse no post. Fiz algumas comprinhas básicas! foi uma viagem inesquecível!! Quero voltar! aliás, necessito voltar!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Opa, obrigada pela dica dos hostel! Abs!

    (Responder)

  26. stela cavalcanti
    Comentário do dia 02/9/2013 às 12:54

    Amei seus comentários acerca de Londres. Gostaria de receber as dicas por email, é possível? para poder imprimir e levar comigo na viagem. Viajo para Londres com a minha filha de 13 anos e meu esposo no dia 11/09. Tem alguma dica especial para a idade dela? nós adoramos o Harry Potter. Obrigada

    (Responder)

  27. Diana
    Comentário do dia 24/2/2014 às 23:55

    Gente, que importante esse trabalho de por essas dicas! Divino… obrigada de coraçao!

    (Responder)

  28. Diana
    Comentário do dia 24/2/2014 às 23:58

    Gente, que importante essas dicas sobre Londres… Divino!!!!!! Muito obrigada de coraçao!!!!!!

    (Responder)

  29. Patrícia
    Comentário do dia 02/4/2014 às 21:35

    Boa noite! Meu marido e eu iremos em junho para Londres, Paris e Espanha. Em Londres passaremos só 4 dias(chorando por isso), 7 dias em Paris e 4 dias em Barcelona e Madri. Gostaria de sugestões de atividades em tão poucos dias. Aceito sugestão de outros leitores que já estiveram lá. Agradeço a atenção.
    Estou amando o blog. Tanta coisa para fazer e tão poucos dias…
    Fiquem todos com Deus!!!!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olha, Patricia! Toda escolha, uma renúncia! 🙂 Na nossa série de destinos “pela primeira vez” na Europa há várias sugestões. Mas cabe a você decidir o que é importante para sua viagem de acordo com seus gostos e
    expectativas! 😉

    (Responder)

  30. Kauê Braga
    Comentário do dia 13/6/2014 às 22:05

    Boa noite. Tudo bom? Li o seu artigo sobre tirar o visto pros EUA, bem, eu não consegui. :/ Então decidi viajar pra outro lugar… Muitos disseram que pra ir pra Inglaterra não é preciso ter visto. Como funciona?
    Muito obrigado!!! 😀
    Adoro o seu blog!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Kauê, não precisa tirar visto aqui no Brasil para ir à Inglaterra, mas a imigração deles é bem rigorosa. Viaje com reservas de hotéis, com seguro de saúde e dinheiro suficiente para se manter lá. Boa sorte!

    (Responder)

  31. Camilla
    Comentário do dia 19/1/2015 às 13:12

    Olá Silvia, eu AMEI o seu blog, muito interessante ter um ‘guia’ para nós que gostaríamos de viajar por esses cantos europeus. Eu sou apaixonada por Inglaterra, o meu sonho é passar uns tempos lá. Vou me aprofundar mais e mais nas suas dicas de Londres, ainda não li tudo, estou mais ansiosa em escrever umas perguntas!!

    – Qual é a culinária doce da Inglaterra, em especial de Londres? (O motivo desta pergunta, é que se um dia conseguisse ir pra lá, iria fazer docinhos brasileiros e vender na rua, nem sei se isso tem como kkk, mas é um dos meus maiores sonhos a serem realizados.);

    – Qual a cultura deles? Tipo, o hobby deles, o que fazem ou o que gostam de fazer nas horas vagas, na maior parte do tempo?

    – E eles são ‘frios’? Tipo, ‘secos’, ‘grosseiros’?

    Silvia, queria manter mais contatos com você, teria algum e-mail pra conversar diretamente com você?

    Obrigada querida.
    atenciosamente,

    Camilla.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Camilla! A culinária londrina é muito diversa, recebe influência de muitos povos. Não saberia dizer se eles iriam gostar de docinhos brasileiros (mas existe alguém que não goste de brigadeiro???) 😀

    O povo é muito amável.

    (Responder)

  32. Samuel
    Comentário do dia 12/2/2015 às 12:36

    Ola Silvia, vou pra Londres em maio, pensei em levar umas 200 libras porque o hotel já estará pago e vou levar dois cartões, essas libras seriam mais pra transporte, lembrancinhas etc, na realidade minha intenção é conhecer a cidade caminhando e não tenho intenção de ir a teatros , show, atrações etc, quanto vc acha que eu deveria levar? meu medo é a imigração querer contar meu dinheiro rsrsrs

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Sanuel? Quantos dias de viagem?

    (Responder)

    Resposta de Samuel

    Pretendo ficar 6 ou 7 dias Silvia, mas acho que vou levar umas 300 libras fora os cartões, meu maior medo e a imigração querer contar o meu dinheiro rsrs

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    É raríssimo pedirem para contar o dinheiro, Samuel. Mas, em tese, você deve ter o equivalente a 60 libras por dia de viagem. Mas está incluído neste valor o que você leva em espécie + cartões. leve o último extrato do seu cartão de crédito pago. Ali mostra seu limite para comprovação! Boa sorte! 😉

    Resposta de Samuel

    SIlvia, obrigado pelas dicas!!! mas quero tirar ainda uma dúvida, rsrs, li vários relatos onde o agente de imigração em Londres pergunta qual a profissão do visitante, bem, trabalho em uma empresa de telemarketing já a 4 anos, trabalho na área de vendas, ganho razoavelmente bem devido às comissões que tenho, caso eles perguntem será que haveria algum problema, seria possível barrarem devido a profissão de alguém? Ano passado estive em Paris e Amsterdã sem problema algum, Abraços!

    Resposta de Silvia Oliveira

    Jamais, Samuel! Embora a decisão do agente de imigração possa ser arbitrária, se você tem uma profissão legal (lícita) isso nunca seria problema para deixarem você entrar! Vá com fé! 😉

  33. Samuel
    Comentário do dia 18/2/2015 às 19:04

    Ah, e até já pesquisei a palavra em inglês da minha profissão, ”telesalesman”.

    (Responder)

  34. Eduardo Arantes
    Comentário do dia 03/3/2015 às 15:41

    Galera, tenho uma dica de Hotel pra vcs, fiquei no Hotel Olympia, reservado no Booking.com uns 5 meses antes da minha estadia que foi em dezembro de 2014, foi 42,40 libras a diária sem café da manhã, achei muito barato, e o Hotel é muito bom, sem frescuras, tem o básico de tudo, banheiro razoável dentro do quarto, aquecedor, espaço razoável, mas o melhor é a localização, quase do lado da estação Earls Court do Metrô, a 3 paradas da estação do Big Ben para se ter uma idéia, prefiro ficar em um lugar como esse bom e barato pra sobrar dinheiro pra comer bem e comprar por exemplo camisas e pulover da “Pierre Cardin” a 7 libras, casacos e camisas polo da “Everlast” entre 7 e 14 libras, camisas “Tapout” por menos de 10 libras e etc, e encher a mala gigante da “Dunlop” que foi 16 libras, fora as marcas inglesas(Karrimor, Lonsdale e etc) pouco conhecidas no brasil que são mais baratas ainda, tudo na loja Lilliwhites em frente a Piccadilly Circus.

    (Responder)

    Resposta de Samuel

    Legais suas dicas Eduardo! Estou indo em maio ficar uns 5 dias, meu maior medo está sendo passar pela imigração, com vc foi tranquilo ?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada pela dica, Eduardo! Mas a nota deste hotel é péssima no booking (6,1), sendo que a limpeza tem nota 5,4. Para mim não dá! 🙂

    (Responder)

  35. Marcia Lima
    Comentário do dia 07/8/2015 às 11:59

    Olá Silvia
    Muito obrigada pelo post.
    Adorei estarei indo a Londres em setembro com meu marido e 2 filhos pequenos. Estou super apreensiva com relação aos gastos com alimentação. Mas o seu post me acalmou um pouco.
    Simplesmente tem as dicas que eu preciso.
    Abraços.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Marcia, você vai comer bem gastando pouco (ou gastando menos do que imagina, porque em libra tudo está um aburddo!). Boa viagem! 😉

    (Responder)

  36. Marcia Lima
    Comentário do dia 07/8/2015 às 12:00

    Olá Silvia
    Muito obrigada pelo post.
    Adorei estarei indo a Londres em setembro com meu marido e 2 filhos pequenos. Estou super apreensiva com relação aos gastos com alimentação. Mas o seu post me acalmou um pouco.
    Simplesmente tem as dicas que eu preciso.

    Um Abração.

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar