-  Atualizado 23/05/2017

San Pedro de Atacama

Publicado por: Silvia Oliveira América do Sul, Atacama, Chile

Acredito que eu tenha sido o único ser vivo a arrastar uma mala de rodinhas pelas ruas empoeiradas de San Pedro, no coração do Deserto do Atacama. Quando olhares encabulados começaram a me seguir achei que estava abafando no meu modelito safari, chapelão a la Indiana Jones, óclão by Jaqueline Kennedy e com meu tênis all star cor verde-matinho-seco. Pra combinar. Rá!

Estava entrando num deserto de paisagens lunares, rodeado de vulcões, com inversões térmicas bruscas – chegando a 30 graus de dia e a menos dois na madrugada.

Parece que não, mas eu sabia o que ia encontrar. Só não faço a linha grunge-mochileiro-desgrenhado-sei-lá-entende. Poderia ter ido para os Lagos Andinos, ou circulado pela Patagônia. Quem sabe, Ilha de Páscoa. Mas não.

E-book | O Barato de Santiago | Baixe agora mesmo o seu!

Enfrentar a realidade do deserto cercada por aquelas paisagens absurdamente atípicas era um desejo mais do que antigo. Sim, o nariz e a boca ressecam. A pele fica áspera. Os olhos ardem. E o cabelo parece que nunca mais vai voltar ao normal, nem com creolina. Fui preparada.

Muito soro fisiológico, pomada para os lábios, colírio que imita a lágrima. Fiquei craquenta, não nego. Mas sem perder a classe jamais: esmalte para retocar, sempre.

Do aeroporto de Calama até aqui são 105 quilômetros, pouco mais de uma hora. Ao chegar a San Pedro de Atacama tive uma sensação que só senti em outro lugar no mundo, olha que paradoxo: Veneza.

Enquanto ela está plantada em cima de um oceano, ele fincou raiz no deserto mais árido do mundo. Em comum, o incomum. Ambas cidades parecem ter saído de alguma estória de Julio Verne.

+ Leitor Matraqueando tem 15% de desconto no seguro viagem. Pegue seu cupom aqui!

Pouco mais de cinco mil pessoas vivem em San Pedro. Um vilarejo feito de casas com paredes de barro e telhados de palha. Apenas para proteger do sol. Chove quase nunca. Descrever aquele grupo de quarteirões como uma vila de faroeste seria muito simplista.

Há uma enorme infraestrutura (bares, restaurantes, cafés, lojinhas, mercados) para receber os turistas que vão desde mochileiros, passando por senhores dinamarqueses cheios da grana até chegar às frescas muquiranas como eu.

matraqueando-instagram1

Aliás, o que não faltam são albergues, um a cada dois metros. Bons hotéis se espalham ao redor da calle Caracoles, a principal rua da cidade. E resorts luxuosos – com sistema all inclusive – já são vários. Fiquei no único apart-hotel de San Pedro, o Parina Atacama (US$ 120,00 por casal, com café da manhã servido no quarto!), inaugurado há pouco mais de um ano.

Já sabe, quanto mais inóspito, inacessível ou exótico o lugar, aposte numa boa hospedagem. Como eu não queria, assim, nenhuma vivência estilo patropi investi neste quesito. Saiu caro para os meus padrões. Mas teria sido um desastre se eu tivesse ficando em algum hostel por US$ 10,00 que regula a água quente e desliga a calefação à noite.

+ Alugue seu carro aqui com segurança e percorra o Atacama com mais economia

Independentemente de onde você for ficar, todo mundo está ali com o mesmo propósito: levar para casa uma experiência única, de um lugar exclusivo, que jorra água fervente do chão, que tem lagoas azuis, dunas douradas, cercado pelo segundo maior salar da Terra, cheio de flamingos e abraçado a um enorme vulcão.

+ Reserve hotéis no Atacama com desconto e cancelamento grátis!

Posts relacionados

Deserto do Atacama: roteiro de cinco dias

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Leia também

Santiago: bairro a bairro – 1º dia

Santiago: bairro a bairro – 2º dia

Santiago: bairro a bairro – 3º dia

Como ir por conta à vinícola Concha y Toro

Como ir do aeroporto ao centro de Santiago

E ainda

Valle Nevado: como é (e quanto custa) o bate e volta à estação de esqui mais badalada da América do Sul

banner-venda-santiago

Fotos: Raul Mattar. Todos os direitos reservados.

____________
Política editorial | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. O Matraqueando não faz post patrocinado. Somente nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados e não fazemos artigos em troca de almoço (ou jantar) grátis. Tudo o que você encontra aqui foi determinado unicamente pelo interesse do leitor, nosso gosto pessoal ou critério particular. Isso é transparência e credibilidade. Pode confiar! Alguns posts contêm links para programas de afiliados, parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Para ajudar a manter o blog sempre com dicas fresquinhas adquira nossos guias na Loja Matraqueando. Desde já agradecemos a preferência! 😉


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


33 comentários

  1. Eliane Vasconcelos
    Comentário do dia 17/9/2013 às 22:25

    Olá Silvia, estou prtendendo ir ao atacama e seguirei a fio suas dicas e roteiros! Parabéns pelo blog, não imagina o qto foi imprescindível suas dicas para decidir: Agora eu vou!!
    Gostaria muito de fazer a escalada no vulcão, porém esse passeio não está no seu roteiro, saberia de dizer se há alguma época para o passeio ou é realizado o ano inteiro?
    Outra dúvida… Será que os valores dos passeios tiveram um aumento muito grande desde a sua estada por lá?
    Me dá mais uma ajuda? rsrs… pretendo ficar 4 ou 5 dias, consigo aproveitar bem os passeios nesse período??
    Obrigada e parabéns pelo trabalho!!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Eliane! Não saberia dizer sobre a melhor época para escalar o vulcão, mas imagino que durante o inverno, por causa da neve no topo, seja mais complicado. Mas é melhor consultar uma agência de turismo de lá. No Chile não tem inflação (ou é muito baixa). Em tese os preços não devem estar muito diferentes, mas sim, devem ter subido… porque tudo sempre sobre um pouquinho! 🙂

    (Responder)

  2. Camila
    Comentário do dia 28/9/2013 às 16:46

    Olá,

    Eu e meu esposo estamos programando uma viagem para o Deserto do Atacama para janeiro deste ano, gostaríamos de saber se sobra tempo para aproveitar o hotel ou os passeios são longos ?

    Grata
    Camila

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Camila! A maioria dos passeios é de meio dia. Dois são de dia inteiros: Lagunas Altiplânicas e Salar de Tara. Abs!

    (Responder)

  3. Joshua
    Comentário do dia 04/10/2013 às 12:30

    Ola Sílvia, tudo bem? Segue o link da viagem ao Atacama que fiz há pouco, na verdade a aventura foi muito maior mas cheguei até San Pedro de Atacama. Depois de anos viajando pelo mundo de forma tradicional, resolvi mudar o estilo e viajar por terra, tentando ser um autêntico mochileiro com toda a liberdade, vivências, experiências, alegrias, dificuldades e aprendizado deste tipo de viajante. No total foram 40 dias por aí mas só estou citando aqui 20 dias, dias de muitos bons momentos, alegrias, tristezas, novos amigos, dificuldades, paisagens belíssimas, revelações, surpresas e decepções. Quero esclarecer que o objetivo desse meu relato não é depreciar lugares, pessoas ou serviços, nem criar valores comparativos. Faço uma narração da realidade, do que se pode encontrar em certas aventuras sejam elas planejadas ou não. A verdade nua e crua! Sou muito grato ao seu Blog Matraqueando e também ao http://www.mochileiros.com, que me ajudaram bastante a planejar essa aventura. Espero que a narração dessa minha aventura possa ajudar outros aventureiros, e um detalhe: nunca, mas NUNCA deixem de levar pelo menos dois rolos de papel higiênico em suas mochilas!! Segue o link:
    https://viagemefotografia.wordpress.com/2013/09/29/1-aventura-mochilando-pela-america-do-sul-de-onibus/
    Obrigado mais uma vez, boas viagens e um grande abraço a todos.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Fantástico, Joshua! Obrigada por compartilhar! Abs!

    (Responder)

    Resposta de Joshua

    Obrigado por apreciar meu Blog e pelos elogios Sílvia! Partindo de você, fico realmente lisonjeado. Quando eu tiver um tempinho vou postar outras “aventuras” por lá, incluindo o famoso “tombo” do helicoptero dentro do Rio Hudson, se a empresa lá deixar eu postar… (estiquei o pescoço para umas fotos, não tinha porta, e esqueci do cinto, juro que vi um pelicano dando risadas…) Grande abraço e bom final de semana.

    (Responder)

  4. Rivânia
    Comentário do dia 28/10/2013 às 13:35

    Olá! Estou com viagem marcada. Parto para o Chile no dia 27 de fevereiro e fico até 10 de março de 2014. Queria fazer algo bacana. Penso em alugar um carro e conhecer, inicialmente, o básico: Santiago, Viña del Mar, Valparaiso e Isla Negra. Tem Chillán, Puerto Montt e Puerto Varas. O deserto de Atacama finalizaria o meu roteiro. Gostaria de saber como posso dividir isso e até onde ir de carro? Deveria pegar um voo para o deserto. O que sugere?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Rivânia! Puerto Montt e Puerto Varas ficam ao Sul e o Deserto, ao Norte, a 1600 km de Santiago. Se fosse eu, iria de carro para o sul, mas de avião ao deserto. Mas para fazer todos esses passeios você precisaria de, no mínimo, uns 15 dias de viagem. 😉

    (Responder)

  5. Danilo
    Comentário do dia 03/11/2013 às 12:39

    Oi Silvia,
    Muito legal o blog, parabéns!
    Em março do ano que vem irei para o Chile. Agora só estou com dúvida qual será o meu roteiro, quantidade de dias e os gastos…

    Pretendo ficar 3 dias em Santiago;
    2 dias em Viña del Mar e Valparaiso;
    E se possível, sair de Santiago de ônibus para o Atacama (4 dias???), É possível?
    Total de dias: 12
    Eu irei gastar muuuito no Atacama? considerando que eu irei sozinho (estilo mochilão).
    Obrigado

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Danilo, sim é possível ir de Santiago ao Atacama de ônibus, mas a viagem dura quase um dia e custa 37 mil pesos chilenos na pulmann bus (mais ou menos 165 reais). No Atacama existem muitos hostels (hospedagem econômica), mas todos os passeios são pagos. Abs!

    (Responder)

  6. Danilo
    Comentário do dia 03/11/2013 às 18:34

    Silvia,
    Outra dúvida, estava pensando em levar o meu celular (Galax S4) para tirar as fotos da viagem. Você recomenda ou acha perigoso/ariscado?
    Abraço

    (Responder)

  7. Bruno
    Comentário do dia 08/12/2013 às 23:47

    Sílvia, tudo bem.
    Vou para o chile dia 12/12/13, está próximo por sinal e estou super ansioso.
    Chego no chile no dia 12 as 18h, e estou com vontade de ir para o Atacama no próprio dia 12 anoite, ficando lá dia 13 e 14, retornando no dia 14 anoite para Santiago.
    Pela sua experiência com a viagem, você acha que vale a pena tão pouco tempo assim?
    Obrigado e parabéns pelos posts, são muito bons…

    (Responder)

  8. Renata
    Comentário do dia 16/12/2013 às 12:18

    Olá Silvia! Estou organizando minha viagem para o Atacama daqui a duas semanas e seus posts têm me ajudado muito! Aí reparei que você citou que chegou de All Star… Você sobreviveu ao deserto de All Star? Não sentiu falta de um daqueles tênis master pró?
    Beijinhos e parabéns pelo blog!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Renata! Sobrevivi totalmente! Claro, entrou areia e tive que colocar muuuitas meias para enfrentar o frio que faz nos geiseres. Abs!

    (Responder)

  9. Vivian
    Comentário do dia 21/1/2014 às 13:33

    Oi Silva.. to programando essa viagem para agosto.. já procurei vários relatos e achei o seu bem completo..
    Queria tirar umas dúvidas, não sei se consegue me ajudar.
    To pretendendo ir para Atacama, uyuni e cusco.
    to pensando na primeira parada em SPA.. Quantos dias são necessários para conhecer o deserto?
    Voce tem alguma base dos valores de todos os passeios?
    E vc sabe me dizer se se la eu consigo agencias que fazem o trajeto até uyuni???

    Aguardo sua resposta.
    bjs

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Vivian! Eu acho que cinco dias inteiros seriam o ideal para desbravar o Atacama. Lá tem várias agências que vão para o Uyuni! Não sei ao certo os preços atualizados. Abs!

    (Responder)

  10. Nicoli
    Comentário do dia 07/2/2014 às 16:43

    Olá! Parabéns pelo blog!
    Será q também vou ser a única a carregar a mala de rodinhas pelo atacama?? rs O que vc sugere, mochila e malão com alça mesmo? É como costumam as pessoas viajar pra lá? Obrigada!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Nicoli! Tem de tudo, o Atacama recebe mochileiros e ricaços que só ficam nos 5 estrelas de lá! 😉

    (Responder)

  11. SUSANA
    Comentário do dia 03/4/2014 às 17:13

    Estou planejando ir sozinha, por isso queria estar em turmas, voce teria alguma turma com guia turisco para indicar.
    OBRIGADO, Aguardo.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Infelizmente, não! Boa sorte!

    (Responder)

  12. cintia
    Comentário do dia 02/6/2014 às 21:29

    Oi Silvia,
    Os seus relatos são muito inspiradores!
    O que você recomenda: ir com um pacote com os passeios já contratados ou comprar os passeios em San Pedro? Comprar lá aumenta muito o valor ou são de difícil disponibildiade? Quero ir no feriado de Corpus Christie.
    Obrigada!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Cintia! Pode comprar lá. A concorrência é grande e você poderá “chorar” nos preços dos pacotes! Abs!

    (Responder)

  13. Vanda Arnesio
    Comentário do dia 01/7/2014 às 10:49

    Oi Silvia,
    Muito legal você nos dar dicas tão interessantes e preciosas para uma viagem como esta.
    Como gosto muito de andar durante o dia gostaria de saber como funcionam as agências de viagens por lá. Costumam fazer um só passeio de meio dia , ou você, se quiser pode fazer dois passeios de meio dia cada um para ganhar tempo. Existe algum critério especial para os passeios. Há como se fazer dois passeios num só dia?
    Obrigada .

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Vanda! A maioria dos passeios é de meio dia (os de dia inteiro são Salar de Tara e Lagunas Altiplânicas). Sim, você pode combinar dois passeios no mesmo dia, tipo os Gêiseres pela manhã e o Valle de la Luna, à tarde! 😉

    (Responder)

  14. Marcelo
    Comentário do dia 20/7/2014 às 09:44

    Olá Silvia. Seus relatos e dicas são mega importantes. Com calma estou lendo tudo. Estou querendo ir em março/2015 com minha esposa e fui conferir no Booking o Hotel Parima, mas não tem mais vagas e nem em abril, maio….Daí vimos o Hostel Ayllu que também oferece os passeios.
    Vamos ficar 4 dias inteiros com os passeios:
    -Vale da Lua, Geyser el Tatio, Lagunas altiplanicas e Cejar e Salar de Tara.
    Você pode nos dar alguma opinião sobre essa hospedagem ? e Também de restaurantes para jantarmos com bom custo benefício..rsrsrsrs ?
    Obrigado pela atenção

    (Responder)

    Resposta de Felipe de Souto

    Marcelo, estive em San Pedro do Atacama este fim de semana (cheguei sexta e retornei segunda).
    Fiquei hospedado no hostel La Ruca, que inclui café da manha e fica a poucos metros da rua onde tudo acontece (Rua Caracoles). O lugar é simples, mas muito limpo e o proprietário super atencioso, ajuda muito no que você precisar. Acertei na escolha do local, perto de absolutamente tudo (farmácia, lojas, praça principal, restaurantes, etc, etc.). Paguei por todos os dias ( de 05/12 até 08/12) aproximados R$ 800,00 (quarto para casal, com uma cama de casal e outra de solteiro). Tem cozinha para uso livre, equipada com tudo, e você pode fazer almoço, café da tarde, etc. Não foi regulado o uso de água e tampouco água aquecida.
    Meu tempo era curto na cidade e fizemos os passeios de Vale da Lua e da Morte (custo de R$ 60,00 por pessoa), e Ojos Del Salar e Laguna Cejar (custo de R$ 75,00 por pessoa).
    Esses passeios saem do centro (Rua Caracoles) às 16h00min. e retorna por volta das 20h30min.
    Como tenho medo de experimentar comidas muito exóticas, e por em risco o passeio, almocei todos os dias no mesmo restaurante, cujo nome era algo como Casa de Pedra (uns 300 metros do Hotel). Serve massas, pizzas deliciosas, carnes, etc. A pizza para duas pessoas era algo em torno de R$ 50,00. Uma boa massa para uma pessoa algo em torno de R$ 25,00.
    O transporte de Calama até San Pedro (e vice-versa) fiz com a empresa Lincancabur, ao valor total de R$ 200,00 (para duas pessoas). Reservei pela internet e funciona 100%. Eles te pegam no desembarque (plaquinha com seu nome) e te deixam na frente do hotel. Na volta eles passam novamente no Hotel na hora marcada e te deixam no aeroporto com bastante antecedência. Tudo perfeito.
    Era isso, esse passeio é imperdível, boa viagem!

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Obrigada por compartilhar, Felipe! 😉

    (Responder)

  15. Rose Mary Tresso Mazzuco
    Comentário do dia 26/8/2014 às 13:52

    Olá, Silvia.

    Não consigo descrever o que senti olhando essas fotos. Meus olhos se encheram de lágrimas e não dava para contê-las. É um sonho ir pra lá! Espero que consiga ir no ano que vem!
    Vou te falando…

    bj

    (Responder)

  16. Estela
    Comentário do dia 02/9/2014 às 22:03

    Gentemmm, sem comentarios para o site.
    Ja li e reli, e agora estou lendo de novo. E muito bom a boa vontade que voce teve em compartilhar sua experiencia, e que acaba por fim, inspirando outros! A minha pergunta e tao imbecil que nem eu acredito que irei perguntar, mas realmente, estou com duvidas.
    Estarei saindo de Sp, e estarei indo para San Pedro.
    Quanto dias devo ficar em San Pedro?
    Sendo que o meu Destino final sera o Salar de Yuni, na Bolivia. Pensei em 3 dias no Atacama, e 3 dias no Salar.
    Seriam suficientes? E quanto a estadia, voce teria uma indicacao de algum local que ficasse pratico para aproveitar o Atacama?
    Grata e grande abraco!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Estela, no mínimo 4 dias inteiros para o Atacama para fazer os passeios básicos. Nunca fui ao Salar na Bolívia, mas prevejo, no mínimo, 3 dias inteiros por lá! Boa viagem! 😉

    (Responder)

  17. RAFAEL
    Comentário do dia 10/9/2014 às 22:50

    Olá, muito bom o blog e bastante util para mim e uma amiga. Creio que vc não será a unica que usou malas de rodinhas no Atacama, minha amiga se recusa a usar mochila, kkkkkkk. Estamos viajando pra Santiago em outubro e provavelmente por Atacama depois do que vimos aqui.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oba, que legal! Boa viagem! 😉

    (Responder)

  18. Leticia
    Comentário do dia 28/9/2014 às 12:41

    Silvia, voltei de San Pedro há um mês e queria agradecer todas as riquíssimas dicas que vc postou, pois me ajudaram muito, principalmente em relação à agência Lickan Antay. O sr Jesus nos mostrou a bandeira do Brasil que vcs deram a ele de presente e agora está exposta na agência!! rsrs
    Obrigada mais uma vez e parabéns pelo blog!
    Bjs

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Leticia! Que bacana! Bjs!

    (Responder)

  19. Nathália
    Comentário do dia 21/10/2014 às 19:10

    Silvia,

    Eu fiz orçamento com a agencia turismolickanantay@gmail.com, no entanto eles me informaram que no preço passado não está incluso entrada aos parques, vale a pena comprar essas entradas, você foi?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Nathália! O preço da entrada dos parques é simbólico. Sim, você tem que pagar a entrada porque senão não entra e, por consequência, não realiza os passeios. A agência te oferece os passeios e a entrada do parque fica com o município, acho.

    (Responder)

  20. Comentário do dia 20/11/2014 às 17:20

    Silvia, já li quase todos os seus posts sobre o Chile e fico cada vez mais encantado com o lugar e com sua forma simpática, organizada, completa e humorada… de escrever. Parabéns! Virei seu fã.
    Abraços

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oba, legal! Obrigada pela visita! 😉

    (Responder)

  21. gillian
    Comentário do dia 27/1/2015 às 12:29

    Olá.
    Com qual agencia vc fechou os passeios?

    🙂

    (Responder)

  22. gillian
    Comentário do dia 27/1/2015 às 12:30

    Desculpa… achei aqui a agencia.. 😉

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira
  23. Olivia
    Comentário do dia 13/2/2015 às 17:46

    Olá Silvia,
    Estou com uma duvida, alguns passeios são fronteira com a Bolivia.
    é necessario levar o passaporte???

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Olivia! Se você atravessar a fronteira é necessário ter um identificação válida que, neste caso, poderá ser também a carteira de identidade recente (menos de 10 anos).

    (Responder)

  24. Comentário do dia 16/2/2015 às 12:00

    Oi,
    Quanto o valor do ônibus de Calama a San Pedro do Atacama? E alguma dica sobre isto? Do tipo empresa, lado melhor etc.

    Obrigada.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Lilia! Para valores atualizados entre em contato diretamente com a empresa de traslado. 😉

    (Responder)

  25. Loryene
    Comentário do dia 04/3/2015 às 15:39

    Olá silvia!
    Primeiramente, parabéns pelo site, está ótimo. E o post incrível.
    Vou para San Pedro do Atacama neste sábado (07/mar), e tenho algumas dúvidas:

    Eu consigo achar uma agência fácil de turismo lá que faça Atacama-Uyuni (4 dias)? Ou você acha necessário eu fazer uma pré-reserva?

    E sobre o dinheiro, na sua opinião, qual é a melhor forma de troca-lo? Levo em dólar ou em pesos?

    Obrigada desde já. Um beijo.

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Oi, Loryene! Desculpe, não vi seu comentário a tempo. É sempre bom fazer uma pré-reserva. Se voc~e voltar aqui diga com quem foi e se gostou! 😉 O dinheiro do Chile é Pesos, compensa levar dólar se você já os tiver, mas indo ao Chile é melhor levar Pesos (ou até mesmo Real, mas no Atacama nem todo mundo troca Reais). 😉

    (Responder)

  26. Isabela
    Comentário do dia 03/5/2015 às 11:45

    Olá!! Você usou roupas térmicas? Se sim, comprou aqui ou lá? Estou na dúvida de qual é mais barato!!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Olá, Isabela! Não, não usei roupas térmicas. Só me agasalhei bem! 😉

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Não, não usei roupas térmicas. Levei meia-calça quentinha e segunda pele + blusas de lã para colocar em baixo do casacão.

    (Responder)

  27. Gisele
    Comentário do dia 06/7/2015 às 15:09

    Olá Silvia, li muitos comentarios acima mas não achei o que fala se as agencias em São Pedro abrem no domingo, pois sairei de Sampa no sabado e chegarei i lá no domingo quase meio dia e gostaria de fazer um passeio a tarde e ja reservar o Salar do Uyni para o dia seguinte , ou seja isso para me organizar as reservas do Hotel pois no Salar ficarei 4 dias , e retorno a São Pedro

    (Responder)

  28. Júnior Fernandes
    Comentário do dia 18/7/2015 às 00:44

    Olá, Sílvia! Esse Matraqueando é perfeito, parabéns pelo excelente trabalho!
    Estou indo ao Atacama em setembro/15, passarei 3 dias por lá, chego por volta do meio dia e ando preocupado com duas coisas… A primeira delas é com fato de chegar num domingo e talvez encontrar tudo fechado ou não poder fazer nenhum passeio durante a tarde. Minha segunda preocupação é a volta pra Calama (Tenho lido muitas dicas sobre a chegada a San Pedro, mas quase nada sobre a volta!). Meu voo de volta a Santiago sai às 22h e eu gostaria de saber até que horas há transporte de volta até o aeroporto. Queria aproveitar o dia fazendo algum passeio e só voltar à Calama por volta das 19h. isso é possível? Desde já, vlw pela força! 😉

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Olá, Júnior! Quando você pegar o transfer de ida já agende o de volta. No dia da volta eu nãoo sei qual o último horário (eu voltei lá pelas 16h e meu voo era às 20h). Neste dia opte por fazer um passeio que ocupe a parte da manhã (Gêiseres del Tatio, por exemplo). No dia da chegada é bom já deixar algum passeio agendado ainda no Brasil. Tem passeios todos os dias, mas corre-se o risco de não ter mais vagas justo neste dia que você chega. Abs!

    (Responder)

  29. Bruno
    Comentário do dia 29/7/2015 às 22:11

    Olá Silvia. Tudo bom?
    Gosto muito do Matraqueando. A sua forma de escrever cativa pela simplicidade e bom humor que você passa as dicas e informações.
    Estou com uma pequena dúvida: lendo esse post, logo no início você fala que arrastou mala de rodinha pelas ruas de São Pedro. Isso foi uma brincadeira pra descontrair o início do relato, ou o transfer não consegue chegar até a porta do Apart Hotel que você ficou?
    Estou perguntando isso porque não é muito o meu estilo e o da minha esposa viajar com mochilões nas costas. Pra falar a verdade nem temos uma peça dessas rsrsr, e eu não queria investir uma grana em mochilas grandes que vou usar bem pouco.
    Desde já agradeço.

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Bruno! Foi uma brincadeira para descontrair. O transfer me deixou na porta do hotel. 😉

    (Responder)

  30. Elisa
    Comentário do dia 03/8/2015 às 23:11

    Oi Silvia, td bem? Estou procurando referencias da agencia layana y maxim no google e puxa seu site (que aliás ja devorei a série Chile rs) mas aqui vc nao fala dessa agencia! Tem alguma informacao sobre ela? O hostel onde vou ficar me indicou e PARECE que o preço é legal ( 65mil 4 passeios eqto a ayllu ta me pedindo 165mil o.O)! Vc conhece essa tal agência?

    Obrigada

    Elisa

    (Responder)

    Resposta de Barbara

    Oi Elisa, tudo bem? Qual Hostel você vai ficar?

    Eu também vou pro Atacama e nos últimos dias estou numa busca missionária por uma agência confiável e com um preço acessível. Conheço uma amiga que viajou pela Ayllu e recomendou, mas hoje vi no Trip Advisor um gringo reclamando… Eu também já fiz a cotação com eles e é realmente MUITO mais caro que as demais, só que a gente paga pelo serviço né? Acho que o foco da Ayllu são brasileiros que prezam por programas de maior conforto. Pelo que li os diferenciais deles estão na qualidade das refeições, o fato de terem mesas e cadeiras, motoristas e guias de qualidade..
    Já ouvi falar bem mal da Layana e da Colque, que a primeira é péssima e a 2a é super precária, então já retirei eles da lista.
    As agências intermediarias como a Inca Coya, Corvatsch, Maxim estão me parecendo as melhores opções custo-benefício (ainda estou pesquisando). Estou esperando a Desert e a North Travel me mandarem orçamentos para decidir (a Grado10 não faz todos os passeios que eu quero e eu não quero contratar mais de 1 agência).
    O que me incomoda é que parece ser de praxe em SPA a terceirização do passeio caso a agência contratada não complete o número mínimo de pessoas…porque aí é sorte ne? Pode ser que você seja empurrado para uma empresa ótima ou não…já li de tudo!

    Enfim

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Barbara! Eu fiz com a Lickan Antay http://www.lickan-antay.cl/ (e vários leitores depois de mim) e o índice de satisfação é bom, principalmente porque eles têm ótimo custo-benefício. Não é a mais sofisticada, mas é uma das mais baratas. E o atendimento do Sr Jesús (o dono) é muito bom. Sim, é normal se não lotar eles acomodarem você em outro grupo com outra agência. Abs e boa sorte! 😉

    (Responder)

  31. Comentário do dia 31/10/2015 às 00:43

    Olá, Silvia e Raul!

    Acessei muito o Matraqueando antes da minha viagem de férias desse ano, e os relatos sobre o Atacama (juntamente com as fotos do Raul) me inspiraram bastante. Vim aqui agradecer pelas dicas. Parabéns, aos dois, pelo trabalho tão competente que fazem. Continuem assim, com essa sintonia tão legal – nós, os leitores, agradecemos!

    Abraço!

    Juliana

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Ah, valeu, Juliana! Obrigada por sempre estar aqui matraqueando com a gente! Bjs! 😉

    (Responder)

  32. Alenuska
    Comentário do dia 23/11/2015 às 15:08

    Olá,

    Gostaria de saber se é seguro viajar só para o Atacama?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Sim, acho seguro. Tome as medidas de segurança que tomaria em qualquer lugar do mundo! Abs!

    (Responder)

  33. Herison Costa
    Comentário do dia 28/12/2016 às 15:15

    Olá Silvia,
    Gostei muito do Matraqueando… muitas dicas importante e preciosas que ajudam na melhor decisão.
    Estarei entrando de Férias em Agosto e irei para o Chile sozinho para fazer meu sonhado mochilão.. ficarei por volta de 11 dias .. e quero dividir esse tempo em conhecer o vale nevado e também San Pedro de Atacama!
    Acredito que alguém já tenha te falado, mas conseguiria fazer esses dois roteiros em 10 dias? Se pudesse me ajudar em um roteiro legal… pois já estou pesquisando e querendo fechar os valores o quanto antes… Se puder me ajudar agradeço muito!! Abraços

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Oi, Herison! Acho que dá tranquilo. Reserve cinco dias inteiros para o Atacama, com o restante você fica em Santiago e Valle Nevado (um dia é suficiente para conhecer a neve).

    Veja aqui: http://www.matraqueando.com.br/deserto-do-atacama-roteiro-de-cinco-dias

    E aqui: http://www.matraqueando.com.br/valle-nevado-o-que-fazer-santiago-chile

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar