Verrine de salada tropical

Publicado por: Silvia Oliveira Cozinha da Matraca

Ultimamente meu passatempo tem sido preparar comidinhas em copos, taças, cumbuquinhas, pequenos bowls ou qualquer recipiente individual que possa deixar o alimento mais charmoso e criativo. Tem sido produtivo. Ao direcionar minha mente frenética e impaciente à elaboração desses quitutes consigo amenizar ansiedades e a vontade desenfreada de colocar o pé na estrada.

No ano novo estávamos na casa da minha mãe, em Londrina, quando resolvi criar uma verrine de salada fresquinha como contraponto àqueles pratos quentes e calóricos que a data pede. A palavra “verrine” vem do francês e significa copo pequeno. Muitos buffets já adotaram essa moda, principalmente na hora de servir entradas e sobremesas. É uma espécie de culinária moderninha. A ideia é mesclar texturas, sabores e cores utilizando camadas.

Existem algumas centenas de receitas de verrines de saladas. Eu fiz uma bem simples, intercalando folhas com elementos mais crocantinhos. A maioria dos ingredientes já estava na geladeira da minha mãe. A quantidade de cada um vai depender de quantas verrines você pretende elaborar.

Ingredientes

Tomate cereja (ou qualquer tomatinho pequeno que você encontrar no supermercado)
Folhas verdes (alface americana, roxa e rúcula)
Cenoura cortada em fios ou ralada
Mozzarella cortada em cubos pequenos
Ovos de codorna
Manga cortada em cubos pequenos
Alfafa
Orégano
Sal e azeite a gosto

Modo de preparo

Corte o tomate cereja em rodelas finas ou em quatro partes, o que for mais fácil para você. Coloque-os no fundo do copo/taça. Jogue uma pitadinha de sal. Insira metade de um ovo de codorna, deixando-o aparente  na base do copo. Em seguida, acrescente uns 4 ou 5 cubinhos de mozzarela previamente temperados com azeite e orégano. Coloque as folhas grosseiramente picadas, formando pequenos retalhos de verde. Regue com um pouco de azeite. Em seguida, salpique com alguns pedacinhos de manga. Por cima, um punhado da cenoura cortada em fios ou ralada. Outra pitadinha de sal. Finalize com um tufo de alfafa.

Dica de Matraca

Você pode elaborar (ou comprar) um molhinho básico com azeite, vinagre balsâmico e sal e deixá-lo num recipiente à parte para que os convidados possam despejar sobre a verrine, caso queiram mais tempero. Sem contar que sua criatividade é quem manda: acrescente croutons ou lasquinhas de frango desfiado.

Fotos: Raul Mattar



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


16 comentários

  1. Nair
    Comentário do dia 07/1/2011 às 15:23

    Todo o sucesso do mundo pra essa mente frenética e impaciente nesse ano que se inicia, tão cheio de sonhos! rs…Parabéns pelas iniciativas e força minha amiga. Tamujuntu, na torcida! Que pena que ” ainda” não nos vimos na pequena Londres. Já estou de volta e tbm, “correndo” atrás… (já meio impaciente…rs, mas tomara que logo tudo se encaixe). Saúde pra familinha matraca, beijocas e sucesso!

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Brigadão, Nair!! Vamos nos ver em breve! 🙂

    (Responder)

    Resposta de diana maria camara gomes

    Silvia, procurando informações sobre o santuário de Santa Paulina, encontrei vc. Adorei o “matraqueando” era o que eu precisa para viajar com dicas tão valiosas. Obrigada pelas comidinhas tbm.
    Meu favorito.
    Diana

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Valeu, Diana! Volte sempre! 😉

  2. Gilene
    Comentário do dia 07/1/2011 às 17:02

    Eu sempre adorei cozinhar e agora estou aprendendo dicas ótimas com vc. E olha que sou bem mais velha hein! Adoro o seu blog.

    Beijo
    Gilene
    Londrina

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Cuidado com as minhas dicas, Gilene! Eu sou o ser mais atrapalhado na cozinha! hohohoho!

    (Responder)

  3. Claudia
    Comentário do dia 07/1/2011 às 18:08

    Essa minha amiga aqui é muitoooo chique mesmo……
    Adoro suas dicas de cozinha viu?
    Não deixe de colocar aqui nunca….
    Lindo final de semana
    Clau

    (Responder)

    Resposta de Sílvia Oliveira

    Clau, querida! Meu marido não me acha chique, não. Quando eu invento essas “modas” … ele diz que é falta do que fazer! hahahaha! 🙂

    (Responder)

    Resposta de Marcia.kawabe

    Que gentil que ele é! Qualquer coisa diferente que faço na cozinha, o meu chama de “experimento macabro” hahaha!

    (Responder)

  4. Comentário do dia 08/1/2011 às 10:19

    Ficou chique demais! Um luxo. Vou aproveitar a idéia com ceeeeerteza! Bjs!

    (Responder)

  5. Marcia Cristina
    Comentário do dia 08/1/2011 às 11:30

    Ficou maravilhoso! Acho que deve ter sido uma festa linda… ainda mais com este detalhe tão criativo e elegante! Beijos!

    (Responder)

  6. Janira Borja
    Comentário do dia 08/1/2011 às 15:44

    Que liiiinda a saladinha! Uma cara fresca e colorida…

    (Responder)

  7. Marcia.kawabe
    Comentário do dia 08/1/2011 às 17:55

    Puxa, deu até vontade de comer salada! 😉

    (Responder)

  8. Comentário do dia 09/1/2011 às 11:46

    Oi Silvia!
    Aqui e acolá venho por aqui degustar suas delicias.
    Uma terrine é uma maneira muito elegante de servir. Moro rm Natal e quando vou à Sao Paulo sempre almoço no Almanara, lá servem uma salada, a Almanara, nesta forma e digo é saborosa, adoro! Seu blog é muito bom!

    (Responder)

  9. Sirlene
    Comentário do dia 11/1/2011 às 16:01

    Adorei! Muito fácil de fazer! Nada como ser criativa!

    (Responder)

  10. Comentário do dia 11/1/2011 às 16:51

    Ráaaaa. Pra me animar no regime, é, aquele mesmo que a gente promete todo começo de ano 😉 …. Mas só começa depois que volta das féria! hahahaha.

    Então, comecei ontem… até hoje não desisti, até fiquei mais animadinha depois de ver esses verrines apetitosos.

    Silvia, Feliz 2011, com muitas viagens e saúde pra aproveitar todas elas e depois com disposição para contar pra gente.

    Desculpe a ausência aqui no blog, mas minha vida anda uma correria só depois do nascimento da Martina e até as coisas normalizarem estou penando um pouquinho…

    Super beijos

    (Responder)

  11. Ju
    Comentário do dia 11/1/2011 às 23:46

    Também achei chiquérrimo, mas preciso saber se posso me servir de quantas tacinhas eu precisar??
    Eu sofro do pecado da gula!
    ahahahah
    beijinhos Silvinha
    Feliz 2011!

    (Responder)

  12. mara sallai
    Comentário do dia 05/2/2011 às 21:17

    ISHHHHHHIII. Ja to vendo o gourmetraca no ar!!

    (Responder)

  13. Comentário do dia 25/3/2011 às 19:44

    Oh MY … adorei a idéia da salada nas taças, já quero imitar o/. A passando pelo blog pela primeira vez e simplesmente amei.

    (Responder)

  14. Comentário do dia 20/3/2012 às 10:10

    Uma ideia excelente para colorir a mesa e incentivar o consumo de saladas!
    Parabéns!

    (Responder)

  15. Verônica
    Comentário do dia 01/12/2012 às 23:27

    Oi!
    Adorei a receita, assim como várias outras do seu blog!
    Mas com relaçao a verrine de salada tropical, nao gostei muito do agrião entao pensei em substituir por broto de feijao, pra dar um toque final e um crocante tbm. O que acha?

    (Responder)

    Resposta de Silvia Oliveira

    Vai do gosto de cada um, Verônica! Eu, particularmente, gosto de broto de feijão, mas tem gente que não! 😀

    (Responder)

  16. Elizangela Barros
    Comentário do dia 14/11/2014 às 16:57

    Muito bom vou copiar.

    (Responder)

Comente você também

Seu e-mail ficará em sigilo. Campos obrigatórios estão marcados com *

Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar