sexta-feira, 07 de janeiro de 2011

Verrine de salada tropical

Ultimamente meu passatempo tem sido preparar comidinhas em copos, taças, cumbuquinhas, pequenos bowls ou qualquer recipiente individual que possa deixar o alimento mais charmoso e criativo. Tem sido produtivo. Ao direcionar minha mente frenética e impaciente à elaboração desses quitutes consigo amenizar ansiedades e a vontade desenfreada de colocar o pé na estrada.

No ano novo estávamos na casa da minha mãe, em Londrina, quando resolvi criar uma verrine de salada fresquinha como contraponto àqueles pratos quentes e calóricos que a data pede. A palavra “verrine” vem do francês e significa copo pequeno. Muitos buffets já adotaram essa moda, principalmente na hora de servir entradas e sobremesas. É uma espécie de culinária moderninha. A ideia é mesclar texturas, sabores e cores utilizando camadas.

Existem algumas centenas de receitas de verrines de saladas. Eu fiz uma bem simples, intercalando folhas com elementos mais crocantinhos. A maioria dos ingredientes já estava na geladeira da minha mãe. A quantidade de cada um vai depender de quantas verrines você pretende elaborar.

Ingredientes

Tomate cereja (ou qualquer tomatinho pequeno que você encontrar no supermercado)
Folhas verdes (alface americana, roxa e rúcula)
Cenoura cortada em fios ou ralada
Mozzarella cortada em cubos pequenos
Ovos de codorna
Manga cortada em cubos pequenos
Alfafa
Orégano
Sal e azeite a gosto

Modo de preparo

Corte o tomate cereja em rodelas finas ou em quatro partes, o que for mais fácil para você. Coloque-os no fundo do copo/taça. Jogue uma pitadinha de sal. Insira metade de um ovo de codorna, deixando-o aparente  na base do copo. Em seguida, acrescente uns 4 ou 5 cubinhos de mozzarela previamente temperados com azeite e orégano. Coloque as folhas grosseiramente picadas, formando pequenos retalhos de verde. Regue com um pouco de azeite. Em seguida, salpique com alguns pedacinhos de manga. Por cima, um punhado da cenoura cortada em fios ou ralada. Outra pitadinha de sal. Finalize com um tufo de alfafa.

Dica de Matraca

Você pode elaborar (ou comprar) um molhinho básico com azeite, vinagre balsâmico e sal e deixá-lo num recipiente à parte para que os convidados possam despejar sobre a verrine, caso queiram mais tempero. Sem contar que sua criatividade é quem manda: acrescente croutons ou lasquinhas de frango desfiado.

Fotos: Raul Mattar

Share