segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Europa Barata: Barcelona pela primeira vez

Barcelona pontos turisticos  Casa Mila la Pedrera

A série Europa Barata do Matraqueando pretende matar duas questões com uma só postada: orientar quem vai pela primeira vez à Europa, mas tem o orçamento restrito. Não ambiciono esgotar todos os aspectos da cidade, muito menos elaborar listas do que é ou não é obrigatório fazer nas principais capitais que aparecerão aqui. A proposta é oferecer alternativas que gerem satisfação através da economia inteligente.

BARCELONA PELA PRIMERA VEZ

A capital da Catalunha é, na minha opinião, a cidade mais vibrante da Europa. Passou por uma enorme transformação para a Olimpíada de 1992 e ganhou cara nova mais uma vez no Fórum Mundial das Culturas, realizado há pouco mais de 10 anos. Depois da forte crise que abalou a Espanha, Barcelona voltou a despontar na cena gastronômica e a cidade começa novamente a florescer.

Mesmo com tantos atrativos — e muitos deles bem caros para nosso padrão mão de vaca muquirana — é possível deliciar-se aqui sem gastar os tubos. Gaudí transformou a cidade num emaranhado de curvas que se misturam com caquinhos de azulejos. Existem ainda ícones como a igreja Sagrada Família — com sua conflitante arquitetura — e bairros inteiros, cada um com sua marca, para você se perder.

Barcelona pontos turisticos Parc Monjuic

COMO IR DO AEROPORTO AO CENTRO

Do aeroporto El Prat ao centro prefira o Aerobus  (€5,90 ou € 10,20, ida e volta), linha circular que ligar o aeroporto à Plaça Catalunya (a parada está ao lado do El Corte Inglés) em 35 minutos. No caminho, há mais duas paradas: Plaça Espanya e Gran Vía.

Você também pode usar o trem do aeroporto que está conectado ao transporte público de Barcelona, mas dependendo do seu destino final tem que fazer mil e uma baldeações. Compre o bilhete T-10 (que dá direito a 10 viagens e custa € 9,95).

Com este tíquete você vai do aeroporto ao centro de Barcelona em 25 minutos e lá poderá fazer integração com metrô ou ônibus (dentro de 1h15 após a validação na saída do aeroporto) sem pagar nova passagem. E ainda vão sobrar mais nove passagens para circular pela cidade. O táxi ficará em torno de € 30 e cada bagagem é cobrada à parte.

COMO CIRCULAR NA CIDADE

Vale comprar o tíquete T-10 (€ 9,95) que dá direito a dez viagens de metrô, ônibus ou funicular (que garante a subida ao Parc Monjuïc, por exemplo). Barcelona é uma cidade grande e dividida por bairros bem marcados. Alguns poderão ser desbravados a pé, mas existem outras atrações mais afastadas que vão exigir o deslocamento com transporte público.

+ Leitor do Matraqueando tem desconto de 15% no seguro de viagem da Mondial

Barcelona como comprar tiquete metro

BARCELONA CARD

Benefícios | O cartão turístico de Barcelona dá direito ao transporte público gratuito (metrô e ônibus, incluindo o trem ao aeroporto), entrada em pouco mais de 20 atrações (basicamente museus e centros culturais) sem enfrentar fila, além de descontos em lojas e restaurantes. Funciona como um 3 em 1: passe de transporte, entrada de museus e cartão de descontos.

Validade | É possível comprar bilhetes válidos para três, quatro ou cinco dias. O cartão fica ativo na primeira vez que você usá-lo, seja no transporte público ou na entrada de uma das atrações que aceitam o cartão.

Quanto custa | O passe de três dias custa € 45, o de quatro dias sai por € 55 e o de cinco dias está € 60.

Onde comprar | Os cartões podem ser comprados nos pontos de informação de turismo em Barcelona ou on-line com 10% de desconto.

Vale a pena? | Levando em consideração que é sua primeira vez em Barcelona e sabendo que as principais atrações da cidade NÃO são gratuitas com o cartão, mas apenas têm um pequeno desconto (como Casa Milá, Casa Batló e Sagrada Família), é necessário avaliar quantos dias você tem disponível e o que poderá fazer durante a validade e preço propostos pelo Barcelona Card.

Dica | Faça as contas. Se em três dias você conseguir visitar a Fundação Miró (€ 11), Museu Picaso (€ 14, inclui a exposição temporal), Casa Milá (€ 20,50), Casa Batló (€ 21,50) e Sagrada Família (€ 19,50), mais o bilhete T-10 (€ 10,30) para se locomover vai gastar menos se pagar cada entrada à parte do que se comprar o Barcelona Card de 3 dias. Destas atrações, somente a Fundação Miró é grátis com o cartão e o Museu Picasso sequer tem desconto. Ou seja, além de pagar € 45 pelo passe de três dias, você ainda investe o valor de todas as outras entradas com um pequeno desconto.

Barcelona catedral horarios

12 ATRAÇÕES  E PROGRAMAS GRÁTIS EM BARCELONA

1. A monumental Catedral de Barcelona. Sua construção teve início em 1928 sobre as fundações de um templo romano e de uma mesquita. O horário para visitação gratuita é de segunda a sábado, 8h/12h45 e 17h15/19h30 e domingos/feriados, 8h/13h45 e 17h15/19h30. (Na parte da tarde, entre 14h e 17h, a entrada pede um “donativo” de € 6.)

2. O passeio por Las Ramblas, o mais famoso calçadão de Barcelona. Ao todo são seis trechos com nomes e personalidades diferentes que formam uma estridente artéria de quase dois quilômetros. Vai da Plaça Catalunya à estatua de Colombo na Plaça Colón e é a linha divisória entre dois bairros clássicos da cidade: Gótico e Raval. Metrô Catalunya.

Barcelona pontos turisticos Mercado La Boqueria

3. O fascinante e megaturístico Mercat de la Boquería, um dos mais coloridos e movimentados da cidade. São dezenas de barracas de frutas, embutidos, queijos, doces e pescados. Mas não toque em nada para não levar um bela bronca! Só pegue na mão o que for realmente comprar.

4. O queridinho Parc de la Ciutadella. Oferece belos jardins e esculturas. O local é o preferido entre moradores e turistas para correr, andar de bicicleta, fazer piquenique e passear com os cachorros. Metrô Arc de Triunf e Ciutadella/Vila Olímpica. Abre das 9h até o pôr do sol.

Barcelona Carrer del Bisbe

Carrer del Bisbe no Bairro Gótico

5. As ruelas do Bairro Gótico. A região abriga a memória da fundação da cidade pelos romanos há mais de 2 mil anos. São mais de 500 construções tombadas e diversas edificações dos séculos 8 ao 15. Não se esqueça da tradicional foto do arco na Carrer del Bisbe, a principal via da cidade na época romana.

6. O espetáculo de água e luz da Font Màgica de Monjuïc.  É a maior fonte ornamental de Barcelona. A música embala os movimentos da água iluminada por um inteligente jogo de cores. Sexta e sábado, 19h/21h (outono e inverno) e quinta a domingo, 21h/23h30 (primavera e verão). Em janeiro e fevereiro sempre há um período de recesso. Confira no site. Metrô Plaça de España.

7. A simbólica Casa de L’Ardica. Construída no século 15, a casa é a sede desde 1924 do Arquivo Histórico de Barcelona. Na entrada, pela porta principal, você já vê o fofo claustro, um pequeno pátio com uma fonte medieval no meio. Na parte interior é possível observar vestígios da muralha romana da cidade. Fica ao lado da catedral. Metrô Jaume I e Liceu.

8. A vista panorâmica da cidade no Parc de Monjuïc. O parque tem várias atrações, mas seus mirantes oferecem vistas espetaculares da capital da Catalunha. O acesso à parte alta do parque pode ser feito por escadas rolantes. Metrô Plaça Espanya.

9. A emblemática e escondidinha Plaça Sant Felip Neri, um marco da Guerra Civil Espanhola. O arquiteto Antônio Gaudí frequentava a igreja de Sant Felip Neri que está aqui, onde é possível ver até hoje as marcas de bala dos bombardeios. Fica no Bairro Gótico.

10. O espetaculoso interior da igreja Santa María del Mar, o único exemplo de arquitetura gótica-catalã sem interferências de outros estilos. O acesso é gratuito, mas para subir ao topo é necessário pagar € 8. Metrô Jaume I e a Barceloneta.

Barcelona pontos turisticos  Casa Vincens

Casa Vincens: primeira obra de destaque de Antoní Gaudí

11. A Casa Vincens. A construção, projetada por Gaudí, marca o início do modernismo e foi considerada sua primeira obra importante. Não pode ser visitada por dentro, mas vale a vista externa. Carrer Carolines, 18. Metrô Fontana.

12. O novo centro cultural Mercat del Born. Inaugurado há menos de dois anos, está sobre um sítio arqueológico que foi descoberto durante as obras. Metrô Jaume I.

VALE O INVESTIMENTO!

Barcelona pontos turisticos  Casa Batlo

Casa Batló: minha obra preferida de Gaudí

1. As célebres casas projetadas por Antonio Gaudí: Casa Batló (€ 21,50) e Casa Milá (€ 20,50) — também chamada de La Pedrera. A primeira é um dos símbolos da Barcelona modernista e a segunda, com fachada recém restaurada, foi um dos trabalhos mais ousados do arquiteto catalão.

2. A indispensável Sagrada Família, o único “castelo de areia” gigante construído no meio de uma cidade. Talvez seja a obra mais inusitada de Gaudí. O arquiteto trabalhou nela de 1883 até 1926, ano de sua morte. Vem sendo erguida baseada nas ideias de Gaudí e a promessa é que fique pronta antes de… 2040! € 19,50 com audioguia.

Hospital-Saint-Pau-Barcelona-Detalhes-teto1

Hospital de la Santa Creu i San Pau

3. O inenarrável Hospital de la Santa Creu i Sant Pau, obra do arquiteto Lluís Doménech i Montaner — outro modernista não tão famoso entre os brasileiros, mas tão genial e grandioso quanto Gaudí. O hospital, Patrimônio da Humanidade, é considerado o maior conjunto civil modernista do mundo. € 8 (visita livre) e € 14 (visita guiada).  (Veja nosso relato completo aqui).

4. O surrealismo fantástico da Fundació Miró. Mesmo que você não entenda nada de arte não sairá incólume desta visita. O artista catalão Joan Miró sabia como ninguém comunicar-se através de seus coloridos e enigmáticos quadros, pinturas e litografias. € 11.

Barcelona pontos turisticos  Parc Guell

5. O curvilíneo e colorido Park Güell, outra obra-maestra de Antonio Gaudí. Até há bem pouco tempo era gratuito. Mas mesmo pagando, não dá para perder! € 8.

CITY TOUR GRATUITO

O Walking Free Tour de Barcelona  funciona como seus similares em outras cidades da Europa. Um guia descolado e divertido leva você, a pé, para desbravar os principais pontos de interesse da cidade. No final, eles geralmente sugerem uma gorjeta. E fica a seu critério dar quanto achou que valeu o passeio. O city tour acontece todos os dias, às 11h e às 14h. O ponto de encontro é no metrô Jaume I, na saída da Plaça de l’Ángel. É recomendável reservar on-line.

REFEIÇÕES POR MENOS DE € 10

Os restaurantes da GustosBCN são especializados em paella e tapas. A proposta é oferecer paella de alta qualidade, num ambiente temático agradável a preços competitivos. São quatro endereços em Barcelona. Um deles fica no shopping Arenas, antiga Plaza de Toros da cidade.

Barcelona onde comer barato Gustos BCN

Este prataço saiu por € 7,90. No cardápio também constam saladas, sobremesas e o fideuá, prato com fideos (macarrão fininho) e mariscos tradicionais da zona costeira de Valencia.

Em diferentes cidades da Espanha você encontra a cadeia de restaurante FrescCo, especializada em comida saudável e mediterrânea. O buffet completo inclui saladas, prato quentes, sobremesas (geralmente frutas das estação) e bebida (que pode ser água, refrigerante, chopp ou vinho) por módicos € 9,95 por pessoa até às 18h. À noite, fins de semana e feriados custa € 11,95. Consulte o site deles para saber onde há um restaurante mais próximo de você.

Barcelona onde comer Taberna del Cura

Com decoração rústica e ambiente familiar, o restaurante La Taberna del Cura é um clássico na cidade, principalmente entre moradores. Todos os dias oferece o Menú del Día com entrada (pão, sopa, e salada), prato principal e sobremesa por um preço fixo: € 7,05. Taça de vinho por € 2,50 (a água sai quase o mesmo preço!). Ambiente superagradável e atendimento simpático. A cozinha funciona todos os dias, das 12h à 1h. Fica perto da Casa Vincens. Carrer Gran de Gràcia, 83.

Ah, e para seu churros com chocolate quente se aconchegue no El Gran Café, no centro histórico de Barcelona. Para comer lá é caro, mas dois churrinhos não vão matar ninguém, né? O edifício, todo em arte noveau — belíssimo — é de 1920. Ambiente sofisticado para você se lembrar de que também é filho de Deus. Carrer d’Avinyo, nº 9.

5 DICAS DE HOSPEDAGEM BOA E BARATA

Hostal Hola Eixample |  Hostel baratíssimo. Está a 500 metros da Estação Rodoviária Barcelona Nord, de onde saem ônibus para o aeroporto e viagens internacionais. A Sagrada Família está a 15 minutos a pé e a Praça da Catalunha a 20 minutos caminhando. Não conte com muito espaço. Lençóis e cobertor incluídos. Toalhas disponíveis para alugar. Camas em dormitório coletivos a partir de € 12. (Veja nosso relato completo aqui)

Albergue Hostel bom e barato em Barcelona

Café da manhã no Rodamón Barcelona Centre

Rodamón Barcelona Centre | Fica a 100 metros da estação de metrô Diagonal. Está a cinco minutos da Casa Milá (La Pedrera) e a 10 minutos da Casa Batló, ambas de Gaudí. O hostel fica entre a Rambla Catalunya e o Passeig de Gràcia. Cada cama tem cortininha e luz individual. Lençóis e cobertor incluídos. Toalhas disponíveis para alugar. Está num prédio do século 19 todo restaurado. Tem instalações novas, localização privilegiada e um excelente café da manhã incluído. Cama em quartos compartilhados a partir de € 19,90. (Veja meu relato completo aqui)

Alberguinn |  Ótima opção para quem quer (ou precisa) ficar próximo à Estação Barcelona Sants, de onde sai o trem para o aeroporto El Prat e o AVE (trem rápido) para Madri. Há uma sala de TV e cozinha com micro-ondas e máquina de lavar louça. O albergue também tem uma máquina de lavar roupa. Há secador nos banheiros femininos. Diárias no quarto coletivo a partir de € 16. (Veja meu relato completo aqui)

Blue Barcelona |  Considere como “o” achado em Barcelona para quem não quer dividir o quarto com desconhecidos, mas quer pagar pouco. É o tradicional Bed and Breakfast. Está no fofo bairro de Gràcia. Os quartos têm ar condicionado, TV de tela plana, mesa de trabalho, piso de madeira e está lindamente decorado. Oferece wi-fi gratuito. A estação de metrô Fontana fica a 300 metros do hotel. Diárias para casal a partir de € 48 (quarto duplo com banheiro compartilhado) ou € 75 (com banheiro privativo, o que encarece bastante). Café da manhã, bem simples, incluído. Veja mais fotos aqui.

Hostal Ninot |  Observe que “hostal” na Espanha se refere a um tipo de pensão. Mas o Hostal Ninot tem toda a pinta de hotel com quartos bonitos e piso de madeira. Inclue TV de plasma. A maioria oferece banheiro privativo e ar condidionado. Wi-fi gratuito. Está no charmoso bairro de Eixample, a poucos minutos caminhando da Avenida Diagonal. Alguns dos principais monumentos de Gaudí estão a 10 minutos a pé do hostal. Diárias a partir de € 49 (quarto duplo com banheiro privativo). Veja mais fotos aqui. 

+ Dicas de hotel bom e barato em Barcelona no Booking.com: o sistema não cobra taxa de reserva e o cancelamento é grátis para a maioria dos quartos!

Barcelona pontos turisticos  1

ALUGUEL DE TEMPORADA

O site AirBnB oferece incríveis barbadas para aluguel de temporada em Barcelona. Apartamentos moderninhos em regiões bacanas saem a partir de € 30 o casal. Mas há ofertas de aluguel de quartos (com cozinha disponível para o hóspede) a partir de € 10 por pessoa. Jupurdeus! O site conta com avaliação dos hóspedes e taxa de resposta do proprietário, o que vai deixar você mais tranquilo na hora de fazer sua reserva!

COMPRINHAS LEGAIS

O La Roca Village é um enorme outlet nos arredores de Barcelona. Abriga um conglomerado de marcas (Armani, Adolfo Domínguez, Burberry, Ralph Lauren, Hugo Boss, Puma, Versace, entre outras) com descontos que podem chegar a 70%. Está a meia hora de Barcelona.

Barcelona onde comprar Muy Mucho

Loja Muy Mucho: qualidade e bom preço

Um dos lugares para morrer de amor são as lojinhas da Muy Mucho. Lembram um pouco a seção de casa, cozinha, decoração e presentes da Tok&Stok brasileira, mas com preços incrivelmente em conta! Diversos objetos fofíssimo por € 1! São várias unidades espalhadas pela cidade. Encontre o endereço mais próximo aqui.

BLOGOSFERA

Passaporte BCN | O blog mais completo sobre Barcelona é feito pelo casal Tony Gálvez (espanhol) e Cecília Candeias (brasileira). Além de textos completinhos e roteiros esmiuçados, as fotos são um capítulo à parte na belezura do site.

INFORMAÇÕES ESSENCIAIS

DDI | 34
Língua Oficial | Castelhano e catalão
Fuso Horário | Quatro horas a mais do que o Brasil
Quando ir | O calor do verão espanhol pode ser insuportável. Mas ao contrário de Madri, Barcelona tem praia às margens do Mediterrâneo. Evite julho e agosto, não só por causa das altas temperaturas, mas porque é altíssima temporada. A cidade acontece o ano inteiro. Gosto de maio (temperaturas amenas), junho (dias mais longos), setembro (marca o fim do verão, baixa temporada, mas com dias longos ainda), e outubro.
Site do país | www.spain.info
Site da cidade | www.bcn.cat
Informações turísticas | www.barcelonaturisme.com
Consulado brasileiro | Avingunda Diagonal, nº 468, 2ª andar. www.brasilbcn.org
Brasil Direto a cobrar via Embratel | 900 990 055
Companhias aéreas low cost | Vueling

Posts relacionados

Europa Barata: Berlim pela primeira vez

Europa Barata: Paris pela primeira vez

Europa Barata: Lisboa pela primeira vez

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Europa Barata: Madri pela primeria vez

Europa Barata: Roma pela primeira vez

Veja também

E-book | O Barato de Paris

E-book | O Barato de Lisboa

E-book | Barato de Roma

E-book | O Barato de Madri

____________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share