-  Atualizado 29/01/2016

Curitiba: primeiro mercado de orgânicos do Brasil

Publicado por: Silvia Oliveira Curitiba
Curitiba tem mania de ser primeirona em tudo. Tem a primeira Universidade Federal do país. A primeira rua brasileira projetada em espaço fechado (hoje decadente e em reforma) – a Rua 24 Horas – está bem no centro da capital. O único museu do mundo em forma de olho está aqui. Assinado por Oscar Niemeyer.

Agora, a capital recebe o primeiro Mercado de Produtos Orgânicos do país. Com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA, o lugar é amplo e oferece mais de mil tipos de produtos certificados com selo de sem agrotóxicos e aditivos químicos.

O espaço está integrado ao Mercadão Municipal, por onde passam milhares de pessoas diariamente. Fui durante a semana e a ala dos orgânicos estava tranquila. A ideia é facilitar o acesso da população á alimentação saudável. E deve beneficiar, principalmente, a agricultura familiar paranaense.



As frutas e verduras são fresquinhas, mas menos vistosas que o de costume. Imagino que a falta de agrotóxico deixe as raízes e folhas menores e menos coloridas, por exemplo. Mas o que eu a-d-o-r-e-i é o arsenal de coisinhas gostosas para comer, livre de veneno! Geléias, mel e conservas. Além de todos os grãos que existem na terra.

Até ovo de páscoa certificado você encontra lá. O prédio tem arquitetura moderna. A entrada lembra o acesso de um museu contemporâneo. São 3.700 metros quadrados e 22 bancas e lojas. O branco impera na decoração e dá uma ar de limpeza jamais visto em mercadões.

Além do hortifrutigranjeiros, o Mercado de Orgânicos tem açougue, cosméticos, confecção e restaurante. Tudo… orgânico! Aliás, todas as lanchonetes da praça de alimentação são certificadas. Na parte de cima do mercado foi construído um anfiteatro que servirá para cursos de empreendedorismo e gastronomia.

Não, não virei natureba. Tanto que o que me chamou atenção foi a picanha. Picanha orgânica. A carne é obtida de animais tratados apenas com homeopatia ou acupuntura. ACUPUNTURA! Os boizinhos e as vaquinhas são alimentados em pastos sem qualquer vestígios de agrotóxicos. Are baba!

SERVIÇOS:
Local: Rua da Paz, 608.
Horário: Terça-feira a sábado, das 7h às 18h
Segunda-feira, das 7h às 14h
Domingo, das 7h às 13h

O que fazer em Curitiba

Curitiba | Vinhos Durigan: parada estratégica em Santa Felicidade com degustação grátis

Linha Turismo Curitiba: como aproveitar o city tour oficial da cidade

Curitiba: faça da cidade seu melhor destino de inverno

23 motivos para você conhecer e se apaixonar por Curitiba

Cinco atrações grátis e estreladas em Curitiba

Leia também

Vila Velha, Paraná: sítio geológico de 300 milhões de anos está a uma hora de Curitiba

Lapa: como organizar um bate e volta perfeito saindo de Curitiba

Colônia Witmarsum: café colonial, história alemã menonita e descanso ao lado de Curitiba

Parque Histórico de Carambeí: espaço temático reproduz um pedaço da Holanda no Paraná

Cidades Históricas, Serra do Mar e Estrada da Graciosa: quando ir?

Estrada da Graciosa

Passeio de trem pela Serra do Mar

Antonina

Morretes

Ilha do Mel

______________ 

Fotos: Raul Mattar | Todos os direitos reservados.



Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


8 Comentários

  1. A DONA DO MUNDO

    VALEU A DICA!!!!
    INICIATIVA BACANA DE CURITIBA E SUA POR DIVULGAR ESSA IDÉIA!!!!
    TÉ MAIS

    responder
  2. Camila

    Esses últimos posts estão me deixando morrendo de vontade de conhecer Curitiba!

    responder
  3. Ana Carolina

    Oi, Silvia!
    Sou consumidora dos orgânicos do Municipal, ou melhor, o Miguel é!
    Sempre compro verduras, legumes e carne para fazer as comidinhas pra ele! Aliás, a carne é muito boa, até o cheirinho quando está cozinhando é diferente!
    beijos

    responder
  4. SÍLVIA OLIVEIRA

    DONA DO MUNDO: é bom divulgar e incentivar as pessoas a irem lá… porque nem todo mundo tem o hábito de comer BEM e MELHOR!

    CAMILA: o que cê tá esperando, miiinina! Vem logo!

    ANA CAROLINA: acho que sou uma mãe meio desnaturada… porque demooorei muito para ter a ideia de comprar as comidinhas da Mariana lá! 🙂

    responder
  5. Silvia Machado

    Sei que estou atrasada, mas que inveja branca de vocês aí de Curitiba!!

    responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar