-  Atualizado 21/07/2018

França a 50 euros por dia – Parte 2

Publicado por: Silvia Oliveira Europa
+ 15 DICAS DA FRANÇA
.
1. Para conhecer a Paris dos parisienses contrate uma personal assistant, a brasileira Carolina Aguiar Lépée, mestre em História da Arte pela Universidade de Toulouse. Há 10 anos morando na França ela leva o turista para passeios que saem do convencional, como o circuito de chocolaterias típicas da capital francesa (com direito a degustação), visita a lojas de queijos ou vinhos (também com bicadinha grátis) e até a padarias e pâtisseries, experimentando algumas delícias sem pagar nada. O preço das visitas (degustação incluída!) é de 10 euros por pessoa. Grupos de, no mínimo, três pessoas e de, no máximo, 10. Os passeios – completamente fora do turismo oficial – são interessantes e enriquecedores. 
.

2. Em Paris algumas bibliotecas oferecem acesso gratuito à internet, (nem todas liberam checagem de e-mails, é verdade). Mas se você precisar fazer uma pesquisa em companhias aéreas low cost, por exemplo, para um vôo de última hora, vai economizar alguns euros.

3. Caso vá levar seu laptop, a maioria dos McDonald’s de Paris tem wi-fi grátis. Peça um café e dois croissants e navegue pelo tempo que quiser. Algumas das franquias com wi-fi são: McDonald’s Louvre (rue de Rivoli, nº 18), McDonald’s Champs Elysees Galerie (Avenue des Champs Elysées, nº 84), McDonald’s Galeries Lafayette (Boulevard Haussmann, nº 40), McDonald’s Jardin Luxembourg (Boulevard Saint Michel, nº 65), entre outras.


O prático e econômico metrô de Paris. (Foto: Mad Mick)

4. A Carte Paris Visite dá acesso ilimitado aos transportes públicos, incluindo Versalhes, Eurodisney e aeroporto. O ticket de um dia custa de 8,80 a 18,50 euros, dependendo da região da cidade (o que inclui Versalhes é o de 18,50 euros) e o de dois dias está entre 14,40 e 28, 30 euros. Tem também para três (19,60 a 39,70 euros) e cinco dias (28,30 a 48,40 euros). O atual Navigo Découverté é a antiga Carte Orange, que pode ser semanal ou mensal. Só compensa para quem chega no começo da semana à cidade – porque é válido de segunda a domingo. As tarifas variam de 17,20 a 37,60 euros. Faça a comparação antes de comprar um ou outro. Lembrando que para quem gosta de bater perna sempre existe a opção do Carnet 10 Voyages por 11,40 euros. O mesmo ticket do metrô serve para o ônibus, com validade de uma hora. As linhas mais turísticas são 42, 63, 69, 72, 92, 96, entre outras.

5. Além do Louvre, o Museu Picasso (uma das melhores galerias do artista que já conheci) e o Museu d’Orsay também têm entrada gratuita no primeiro domingo do mês. Mas se você quer se esbaldar, Paris oferece entrada gratuita permanente em 22 museus, um mais interessante do que o outro como o Museu Carnavalet – Histoire de Paris que conta a história e o lado pitoresco da cidade.

6. A Place des Voges em Paris tem uma paisagem simétrica com 36 prédios gêmeos. Uma obra-prima arquitetônica. Melhor, abriga o Museu Victor Hugoentrada gratuita – onde o escritor viveu e escreveu boa parte de Les Misérables.


Galerias Lafayette: templo de consumo para seu momento extravagância em Paris. (Foto: Paul V)

7. Circule pela Galerias Lafayette,  um templo do consumo – considerada uma das maiores lojas de departamento da Europa. O edifício é lindo. Perca-se pelos andares do monumento histórico e sua enorme cúpula. Mas contenha seu lado princesa de Mônaco. Gastos estão restritos no seu Modelo 5.0 de viagem. A não ser que aqui seja seu momento extravagância.

8. Vá ao Palácio de Versalhes, nos arredores de Paris, por conta. Não compre excursão para lá, a não ser que seu dinheiro costume dar em árvore. Com um bilhete avulso do RER – o trem regional –  ou aquele ticket já incluído nos passes Navigo ou Paris Visite – você desce praticamente na porta do maior símbolo do absolutismo francês. Entrada a 15 euros. No primeiro domingo do mês algumas alas são gratuitas e o parque e os jardins têm acesso gratuito. Fecha às segundas-feiras.

9. Como as visitas culturais (museus, igrejas e palácios) são fundamentais para desbravar a Paris dos seus sonhos, compre o Paris Museum Pass, o melhor custo-benefício do continente. Para dois dias são 32 euros. No passe de quatro dias paga-se 48 euros e se sua estada for de seis dias compensa o de 64 euros. Veja alguns dos monumentos acessíveis pelo Paris Museum Pass e faça as contas: Arco do Triunfo (9 euros), Centro George Pompidou (12 euros), Museu do Louvre (9 euros), tour dentro da Notre-Dame (8 euros), Museu D’Orsay (8 euros), Museu Picasso (8,50 euros), Museu Rodin (6 euros), Palácio de Versalhes (15 euros), entre outros. Só estes já seriam 75,50 euros. E com o Paris Museum Pass você ainda se livra da fila em Versalhes, por exemplo.

10. Queijo de cabra, escargot e uvas com selo de origem. O mercado mais cheiroso, colorido e chic da França está no centro da cidade Poitiers, no Vale do Loire – que não vive só de castelos. A feira acontece todas as terça e domingos, entrada grátis.  E justo nesta região não vão faltar ares bucólicos para um pic-nic com produtos frescos e nativos.

11. Mesmo com grandes concorrentes no mundo, o vinho francês não perde seu poder de sedução. A cidade de Bordeaux, declarada patrimônio mundial – faz parte de uma das principais regiões vinícolas do sul da França. As colheitas são entre setembro e novembro. O escritório de turismo da cidade organiza diversos passeios guiados pelos vinhedos próximos.

12. Em Estrasburgo o passeio de barco Bateau-Mouche é uma delícia econômica com a catedral da cidade como pano de fundo. Custa 8 euros e tem saídas em todos os dias do ano. Embarque no cais Palais Rohan.

13. A 50 minutos de Toulouse , no sul da França, você pode conhecer – em um dia – a medieval Carcassonne. A cidade serviu de inspiração para a história da Bela Adormecida. A La Cité é a parte antiga cercada por uma muralha. Pegue o ônibus movido a eletricidade para se locomover pela cidade. É grátis. Para um lanche barato e encorpado com o verdadeiro pão francês visite os mercadinhos da cidade.

14. Cannes provavelmente não é para o nosso bico. O caríssimo balneário abriga um dos maiores festivais de cinema do mundo que acontece sempre em maio. Faça um bate-volta desde Nice (40 minutos) e aproveite a praia e o Vieux Port, uma parada de iates cinematográfica.

15. A França pode ser o país mais barato (ou o mais caro) da sua viagem. Vai depender de como você quer encará-la. Gastando a sola do sapato, aproveitando as feiras ao ar livre, desfrutando dos bairros nas grandes cidades, curtindo os vilarejos do interior rural e comendo pratos regionais você vai ter a melhor e a maior experiência sócio-cultural (sem pedir concordata)  que um passeio à Europa poderá lhe proporcionar.

MUITO BOM: o sistema de transporte da França é extremamente eficiente e são muitas as atrações gratuitas, ao ar livre ou com descontos.

MUITO CHATO: para aproveitar os dias em que os principais museus são grátis é um exercício de paciência, porque as filas são enormes.

Posts relacionados:

 


Newsletter

Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades


32 Comentários

  1. Carolina

    Ola Silvia!
    Ai vai uma dica importante: na biblioteca do Centre Pompidou(http://www.centrepompidou.fr/), vc pode consultar seus e-mails de graça! Os horarios sao otimos: todos os dias (menos terça-feira)das 12h as 23h ; sab e dom das 11h as 22h.

    responder
  2. Claudia Pimenta

    oi sílvia! ah, paris… delícia sempre! bjs, querida!

    responder
  3. SÍLVIA OLIVEIRA

    Uau, Carolina! Muito bom saber! Vou levar a informação lá para o post! Obrigadíssima! Bjs!

    responder
  4. Claudia Pimenta

    oi sílvia! as fotos do post de paris são de porta-copos comprados como souvenir… elas devem ser de domínio público… bjs, querida!

    responder
  5. SÍLVIA OLIVEIRA

    Claudia, eu também queroooooo! Bjs!

    responder
  6. Sirlene

    Quando der você podia fazer um post só sobre a provence. como chegar, onde ir, o que fazer. Beijao!

    responder
  7. Margarida Nobre

    Silvia

    Eu adoro a França!Fizemos uma viagem de 3 semanas na Normandia,Bretanha e Vale do Loire que me deixou fantásticas recordações…
    A Provence e a Alsácia estão agora no primeiro lugar da listinha França…hehe
    Aguardo informações!

    Beijos
    Ps: sobre Estrasburgo vou seguir a sua dica do passeio de barco…vou em Setembro!

    responder
  8. Cris Caetano

    Amei! E Londres? Ansiosa… 🙂

    As informações estão maravilhosas!!!

    Beijinhos

    responder
  9. Marco Cavalheiro - Buenos Aires Dreams

    Oi Silvia! Perfeita esta série de dicas!! Parabéns! Agora, meio off topic: tava te devendo dicas de outlets em BsAs. A Mariana está escrevendo um blog bem legal sobre a cidade, e ela fez um post super completo sobre o tópico, dá uma olhada: http://myvillacrespo.com/
    Abraço!! Marco

    responder
  10. SÍLVIA OLIVEIRA

    Margarida, queros saber tuuudo sobre a Alsácia, espero ansiosa seus posts sobre a região! Bjs!

    responder
  11. SÍLVIA OLIVEIRA

    Cris, estou indo por ordem alfabética, depois da França vem Grécia, Holanda, e tcharaaaam … Inglaterra! Bjs!

    responder
  12. SÍLVIA OLIVEIRA

    Marco, muita gentileza sua trazer o link aqui para mim! Gracias! Vou analisar tudinho! Abs!

    responder
  13. mariana

    nossa, silvia, que legal teu blog. sou do Buenos Aires, queridos.
    adorei te "conhecer".

    beijo!

    responder
  14. mariana

    o marco ai de cima que me passou teu link!

    responder
  15. Michel

    MEU DEUS!! QUANTA NOVIDADE E COISAS INTERESSANTES!! OU FUI EU QUE FIQUEI UM BOM TEMPO SEM PASSAR POR AQUI?? BOM, COMO ERA DE FERIAS TO PERDOADO, NE?? 😀 APROVEITO PARA AGRADECER PELO LINK E ESPERO QUE VOCE SIGA SEMPRE COM ESSE TRABALHO MARAVILHOSO E INTERESSANTE!! VALEU PELAS MENSAGENS NO MEU BLOG E TE DESEJO UM BELISSIMO FIM DE SEMANA COM MUITO MUITO SOL 😀
    BJOS, MICHEL
    http://www.rodandopelomundo.com

    responder
  16. Anonymous

    Sílvia, muito obrigado pelas dicas lá sobre a italia no blog do Michel, adorei! sempre dou uma espiadinha rápida por aqui, está d+ todas essas dicas, muito sucesso, sempre! ahhh paris, uma viagen incrível, perfeita, terra lindaaaa, e espero voltar lá começinho do ano que vem com os avós do meu noivo, presente nosso para eles…são idosos ( detalhe, mais de 75 anos), rola ai alguma dica de programa saudável paar fazer com eles??? e restaurantes baratinhos? vc me sugere algo?? Um forte abraço!

    viviane.

    responder
  17. SÍLVIA OLIVEIRA

    Mariana! A dica dos outlets é bem legal! Brigadão! Bjs!

    responder
  18. SÍLVIA OLIVEIRA

    Michel! Vai fazer muuuuuito sol neste fim de semana em Curitiba…uhu! Bjs!

    responder
  19. SÍLVIA OLIVEIRA

    Viviane! A parte 3 da série sobre a França fala de hospedagem e comida barata, incluindo restaurantinhos legais! Aguarde, talvez consiga publicar amanhã! Bjs!

    responder
  20. Guta

    Silvia estas dicas estão OTIMAS!!!
    bjus

    responder
  21. Maíra

    Sílvia, excelentes as dicas; aliás, toda a serie está muito boa. Aguardando as próximas!

    Olha, o carnet 10 voyages aumentou recentemente, e agora custa 11,60. E, uma dica, o Musée Picasso vai fechar as portas no dia 23 de agosto para reformas, e só reabre depois de dois anos! Quem quiser ir, tem que ser agora.

    beijos

    responder
  22. Joaninha Bacana

    Oi Sílvia,
    Tô adorando essa sua série 🙂
    E acabei lembrando de duas coisas: o albergue de Carcassonne é ótimo, fica exatamente dentro da cidade medieval, e é um charme dormir lá dentro (além do preco ser totalmente compatível com o Modelo 5.0 de viagem, hehehe).
    E um dos meus museus favoritos de Paris é o Rodin. A história dele e da Camille Claudel é muito romântica e trágica, e algumas peças (principalmente feitas por ela) refletem essa história. Emocionante! 🙂
    Beijo grande,
    Angie

    responder
  23. SÍLVIA OLIVEIRA

    Maíra, querida!! Faz tempo que não te vejo por aqui. Obrigadíssima pela dica do carnet. Vou corrigir lá no post! E, por favor, você que etsá por aí… conta tudo pra gente! Um beijo!

    responder
  24. SÍLVIA OLIVEIRA

    Oi Angie! Sabe que eu tenho aqui anotada a dica do albergue de Carcassone, mas acabei não colocando, dando preferência a um hotel econômico. É que o albergue não tem (pelo menos não tinha) a opção para quarto duplo. Mas já que você da seu aval, vou dar a dica! Eu acho que vale muito a pena dormir um dia em Caracssone! Bjs!

    responder
  25. Maíra

    Hmmm… eu sempre passo por aqui; só não comento todas as vezes 🙂

    beijos

    responder
  26. Isabella

    Silvia,
    vou com me marido a Paris de 04/12/09 a 09/12/09, porem ambos so falamos portugues, logo, estou um pouco(bastante) receiosa e insegura. Assim, se vc poder me indicar algum guia, com custo não muito alto eu agradeceria muito. Caso não saiba, estou aberta a qualquer informação sua. Obriga!
    Por favor nos ajude.
    [email protected]

    responder
  27. SÍLVIA OLIVEIRA

    Isabella, nunca usei este tipo de serviço. Mas acho que você pode tentar falar com a Carolina que mora há 10 anos em Paris e tem uma empresa de personal assistant para brasileiros. Entre em contato com ela através do site http://www.parisemfoco.com. DIGA QUE É LEITORA DO MATRAQUEANDO QUE ELA VAI TE DAR UM DESCONTINHO (NÃO, EU NÃO GANHO NENHUMA COMISSÃO, É SÓ UM CARINHO COM NOSSOS LEIOTRES!)Sobre valores, negocie com ela, explique extamente o que vocês precisam para tentar chegar a um preço razoável. Um grande abraço e boa viagem!

    responder
  28. DEBORA BERGO

    Favor informar e-mail da Carolina Aguiar Lépée ou qualquer contato .

    Grata

    responder
  29. Maior Marra

    Olá… Parabéns, muito bom, já li tudo!!! Eu não sou um típico vijajante internacional e nem cogitava a idéia de ir para Europa nesse momento, comprei minhas passagens por um valor bem abaixo do praticado a pouco mais de um mês, pela KLM, e estou a planejar junto a minha esposa e outro casal de amigos nossa viagem, acontece que sem tempo, o orçamento da viagem não será tão voluptuoso, pra nao dizer nada voluptuoso… haja vista a falta de planejamento… Dessa forma suas dicas tem soado como poesia pra nós! Hehehe

    responder
  30. Suzana

    Silvia
    o que voce pode nos passar sobre provence. Vou a Paris no proximo mes, mas ficarei apenas 3 dias e dela a Aix en Provence.
    Tem dicas.
    Parabens pelo seu blog.
    obrigada, bjs
    Suzana

    responder

Deixe seu Comentário






Comentários do Facebook

Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2019 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar