domingo, 06 de janeiro de 2013

Verrine de cheesecake com goiabada

Céus, faz um século que não publico aqui uma receitinha para vocês. Mas essa não poderia deixar passar: a minha melhor sobremesa dos últimos tempos. Preparei no ano novo. Errei na primeira tentativa (ficou mole demais, porque eu fiz sem a gelatina incolor). Mas com as devidas adaptações, deu supercerto e virou sucesso! Nível de dificuldade: facílimo.

Ingredientes

3 potes de creamcheese

1 lata de creme de leite (sem soro)

½ lata de leite condensado (só meia lata, se não fica muito doce)

½ pacote de bolacha maisena

1 gelatina em pó sem sabor

Margarina sem sal

Doce de goiaba em pasta

Modo de preparo

Triture a bolacha no liquidificador até virar uma espécie de farofa. Acrescente à “farofa” 5 colheres da margarina sem sal derretida por 15 segundos no micro-ondas. Misture bem, até ficar uma massinha úmida. (Se ficar muito seca, coloque mais um pouco de margarina derretida.) Reserve.

Bata o creamcheese, o creme de leite (sem soro, repito) e o leite condensado no liquidificador. Depois acrescente a gelatina incolor preparada conforme a embalagem e bata novamente por uns 30 segundos.

Montagem

No fundo das taças coloque uma colher de sopa da massa de bolacha e pressione até ficar mais compacta. Por cima, despeje o creme e leva à geladeira por, no mínimo, quatro horas. Depois de ficar durinho você pode colocar a cobertura que quiser (eu usei um doce de goiaba pastoso, comprado pronto) e devolver à geladeira. A sobremesa deve ser servida geladinha.

Rendimento

Se você colocar em tacas pequenas a receita deve render umas 20 unidades. Como eu usei taças maiores junto com as pequenas tive que fazer duas receitas dessas para chegar a 15 taças bem servidas.

Dica da Matraca

Quase todas as receitas que vi na internet de verrine de cheesecake (não são muitas, aliás) não acrescentam a gelatina incolor. Tentei fazer sem a gelatina e simplesmente não endureceu, ficou mole, líquida – mesmo depois de horas na geladeira. Com a gelatina a textura ficou excelente, bem cremosa. Outra coisa, não abuse no leite condensado. Como a calda que vai por cima é super doce (seja ela qual for), o creme feito com o creamcheese deve ficar mais suave.

Post relacionado

Verrine de Salada Tropical

Foto: Raul Mattar

Share