Silvia Oliveira
  • Se a pessoa aqui já é lenta no brogue no dia a dia imagine em ritmo de férias! Estamos na Disney (primeira vez!) e passaremos o Natal em Nova York (içççça!). Só voltamos… no ano que vem! Nem bem comecei […]

  • Nunca viajei aos países nórdicos, onde – dizem – fazer turismo pode ser um sofrimento para o mão de vaca muquirana. Dinamarca, Finlândia, Suécia e Noruega, por exemplo, são destinos com altíssimo custo de vida e, por consequência, muito caros […]

  • A nossa série sobre como tirar o visto americano virou um e-book atualizado e cheio de dicas para você começar o processo com segurança e  tranquilidade. Adquira agora mesmo o seu e faça o download na hora! O site de agendamento foi modificado em […]

  • Regra número 01: não fique afobado. Se você estiver chegando do Brasil, provavelmente, seu voo vai pousar cedinho em Nova York e seu hotel, sabemos, só estará disponível para check-in a partir das 15h (e, em alguns casos, a partir […]

  • Eu deveria ser a primeira a saber que este blog é de viagens e… comidinhas. Mas me vejo tão envolvida com os posts turísticos que até me esqueço de compartilhar aqui as receitinhas de araque da Cozinha Maravilhosa da Matraca. Há […]

  • Não tenho saudades de mim. De quando viajava e não tinha um blog para contar. Ao contrário. Partir está cada vez melhor. Alinhar minhas expectativas com o que o leitor espera do blog me tornou uma turista mais centrada e […]

  • Não à toa considero Madri uma das melhores cidades da Europa para viver ou passear. Cada bairro da capital tem seu pedaço notável de história, artes, aristocracia, letras, gastronomia ou agito. Ainda que não seja tão badalada quanto sua concorrente […]

  • Se eu perguntar a você qual o principal cartão postal de Paris ou Roma logo vem à sua cabeça os atrativos turísticos ícones destas cidades — Torre Eiffel e Coliseu, respectivamente. Para não sairmos da Espanha temos Barcelona com um […]

domingo, 21 de dezembro de 2014

#MatracaNaDisney | Acompanhe a gente no Instagram!

Instagram Silvia Oliveira Matraqueando 1

Se a pessoa aqui já é lenta no brogue no dia a dia imagine em ritmo de férias! Estamos na Disney (primeira vez!) e passaremos o Natal em Nova York (içççça!). Só voltamos… no ano que vem!

Matraca Na Disney Instagram 3

Nem bem comecei a postar sobre minha viagem a Nova York de junho deste ano (imagens acima) e já “enfrento” novamente a cidade. Tudo para o superguia que estou preparando para você! #muitoamor

Então, aproveite para acompanhar a gente no Facebook (curta a página aqui), no Twitter (siga aqui) e no meu queridinho Instagram. Lá, eu sou a @matraqueando!

Matraca Na Disney Instagram 4

Aliás, se existe uma rede social que combina com blog de viagem é o Instagram, carinhosamente chamado de IG. Nada como uma imagem bacana de um lugar que você sonha em conhecer (ou voltar!) para estimular ainda mais sua vontade de estar lá!

Para quem não sabe, o Instagram é um aplicativo gratuito para smartphone que permite ao usuário tirar fotos (em seguida aplicar um filtro bacana, se desejar) e compartilhar em várias redes sociais – entre elas o próprio IG. É compatível com aparelhos que utilizam Android, iPhone e, agora, até com o Windows Phone 8.

Matraca Na Disney Instagram 1

No caso do Matraqueando, sempre que posso, cada foto vem acompanhada de uma dica ou informação legal sobre o lugar. (Pode ficar sossegado, prometo não inundar sua timeline com fotos da minha cara fazendo biquinho, com luque do dia ou da minha barriguinha (sic) sarada!) :mrgreen:

Matraca Na Disney Instagram 2

As imagens que ilustram este post circulam pelo nosso Instagram que já alcançou quase 4,5 mil seguidores matraquetes! Só falta você! Corre lá e comece a seguir a gente agora mesmo: @matraqueando. #VemGente

Ah, e aproveite para seguir o IG do maridão, o @raulmattar, que traz fotos bacanas e com um olhar diferente dos lugares por onde passamos!

Instagram Raul Mattar

__________________

Adquira nosso guias | Lojinha Matraqueando

Curta nossa página no Facebook | Matraqueando

Siga o Matraqueando no Twitter | @matraqueando

Estamos no Instagram | @matraqueando

Veja o Matraca News no Pinterest | Matraqueando

Assine nossa Newsletter | Matraca News por e-mail
___________________

Share
quarta-feira, 03 de dezembro de 2014

Farofeiros de raiz, uni-vos!

Sabe aquele turista que invade a praia com mil e uma sacolas, prepara o rango como se estive na cozinha de casa, deixa latinha espalhada na areia, não recolhe o próprio lixo e coloca a música do carro no último? Não, ele não é farofeiro. Ele é sem educação. Gente que desconhece a palavra cidadania e não sabe o que significa respeito ao próximo.

Por causa de tipos assim muitos viajantes sentem-se constrangidos em levar o próprio lanche ou bebida de casa. Algo absolutamente comum tanto na Europa quanto nos Estados Unidos, seja quando viajamos de avião, carro ou ônibus. Aqui, preferimos pagar R$ 12 num pão de queijo com café no aeroporto a montar uma marmitinha saudável com iogurte e sanduíche natural comprados no supermercado pela metade do preço.

Ser  chamado de farofeiro é ofensa mortal para o turista emergente. Entendo. Quando saímos de férias subimos na vida. É nosso momento-patrão. Qualquer adjetivo que nos associe ao modus operandi considerado suburbano é insulto, quase uma afronta moral. É necessário pagar — quanto mais caro, melhor — para ser aceito no universo dos novos ricos viajantes. Só que não.

Nada mais digno do que o poder de escolha. Montar o próprio farnel pode ser um ato de inteligência que nada tem a ver com pão durice ou chinelagem. Ora, atravessamos o oceano para fazer piquenique no Jardim de Luxemburgo em Paris — muitas vezes com o intuito de economizar na janta. Mas fazer a mesma coisa num parque tupiniquim, porém, é considerado coisa de pobre indigente.

Sou farofeira de raiz. Sempre que posso levo minha matula. Nada muito complicado. Saunduichinhos, cookies integrais, castanhas, iogurte natural, suco orgânico, chocolate amargo e água.  O meu kit- sobrevivência traz diversas  opções, é bem mais saudável e custa a metade do preço do combo vendido nos voos nacionais (sanduba de presunto e queijo, refri e batata chips) ou em lanchonetes de beira de estrada.

Vale também para quando a espera no aeroporto é longa.

Não se trata de avareza. Sou uma muquirana com limites até. Mas tenho tarimba no assunto. A questão é bem mais ampla. Estamos falando do exercício da liberdade, intrínseco ao ato de viajar. Da nossa capacidade de dizer não à lata de cerveja de R$ 10 sem temer julgamentos ou sem se sentir menor ou mais pobre por isso.

Não tenha vergonha do seu isopor na praia ou da sua marmita no avião. Mais do que seu status, eles devem refletir sua indignação. Artigo de luxo é ser cidadão. Ter medo de parecer farofeiro de raiz é complexo de inferioridade. Ostentar, aliás, é – antes de tudo (e qualquer viagem) – dar valor ao próprio e suado dinheiro.

Leia também

Ofício de blogueira versus espírito de viajante: como manter um sem acabar com o outro

Sílvia Oliveira, a moça do tempo

Pela atenção, muito obrigado!

Generalizar é pecado

Por favor, deixem o turista em paz!

Os 10 mandamentos do viajante

Os sete pecados capitais do turista

Matraqueando Instagram

Share
sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Seguro de viagem com 30% de desconto para o leitor do Matraqueando: só hoje!

PRORROGADO!!! Com o sucesso da promoção, liberamos novo cupom para o leitor do Matraqueando, agora com 25% de desconto, no seguro de viagem da Mondial Assistance. Clique aqui e adquira o seu agora mesmo! Válido somente neste fim de semana, 29 e 30 de novembro! ;)

Black Friday Mondial Matraqueando

Nada é tão bom que não possa melhorar… MUITO!  Você que já comprava seu seguro de viagem aqui com 15% OFF  vai ganhar o DOBRO de desconto nesta sexta-feira 28/11/2014! É a #BlackFridayMatraqueando botando para quebrar!

A Mondial Assistance — uma das maiores seguradores do mundo e parceira queridíssima do Matraqueando— liberou um cupom especial para você levar seu seguro com de 30% (TRINTA!) de desconto somente nesta sexta-feira. U-huuu!

Durante 24 horas ininterruptas você poderá adquirir seu seguro 30% mais barato. Sem contar que é possível dividir em até 6 vezes sem juros! Chame a família e os amigos porque outra vantagem igual a essa você não verá tão cedo! \O/

Não tem pegadinha, o desconto é real mesmo! Clique aqui e pegue agora mesmo seu supercupom! Cada compra feita através desse link gera uma pequena comissão para o Matraqueando.

Além de você sair ganhando ainda ajuda a manter o Matraca News com novidades fresquinhas e atualizadas! Eu sou Sílvia Oliveira, autora do blog há oito anos, e desde já agradeço a preferência.

Ótima viagem! ;)

Leia também

Black Friday 2014 na Loja Matraqueando: todos os guias de viagem com 50% de desconto!

Share
quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Black Friday na Loja Matraqueando: todos os guias pela metade do preço!

Black Friday Matraqueando twitter

Da série “Coisas que só o Matraqueando faz por você”! Não tem pegadinha. Tá tudo com 50% de desconto mesmo. Serão três dias de festa. É a grande oportunidade de você adquirir meus e-books de viagem  — cheios de dicas de economia inteligente — pela metade do preço. :D

Acesse agora mesmo a Loja Matraqueando e aproveite para levar vários guias com este desconto histórico! Veja só:

Capa Blackfriday

Coleção América Barata

O Barato de Santiago  | de R$ 29,90 por apenas R$ 14,95

O Barato de Buenos Aires | de R$ 29,90 por apenas R$ 14,95

Coleção Europa Barata

O Barato de Lisboa  | de R$ 29,90 por apenas R$ 14,95

O Barato de Paris | de R$ 29,90 por apenas R$ 14,95

O Barato de Roma | de R$ 29,90 por apenas R$ 14,95

O Barato de Madri | de R$ 29,90 por apenas R$ 14,95

Coletânea Matraqueando (compilação de posts publicados)

Lençóis Maranhenses | de R$ 15,90 por apenas R$ 7,95

Tiradentes | de R$ 15,90 por apenas R$ 7,95

São Paulo | de R$ 15,90 por apenas R$ 7,95

Gramado e Canela | de R$ 15,90 por apenas R$ 7,95

Manual

Como tirar o visto americano | de R$ 35 por apenas R$ 17,50 

__________________________________

Garanta agora mesmo o(s) seu(s) e-book(s) acessando a Loja Matraqueando! Não deixe para a última hora. A promoção vai até às 23h59 do dia 28 de novembro de 2014, sexta-feira.

Essa é a #BlackFridayMatraqueando! Produtos especiais com descontos reais! <3

Share
terça-feira, 25 de novembro de 2014

Supermercados em Londres: onde fazer a festa sem gastar os tubos

London bag

Nunca viajei aos países nórdicos, onde – dizem – fazer turismo pode ser um sofrimento para o mão de vaca muquirana. Dinamarca, Finlândia, Suécia e Noruega, por exemplo, são destinos com altíssimo custo de vida e, por consequência, muito caros para um viajante econômico.

Mas nem precisei ir tão longe para ficar traumatizada. Na minha última vez em Londres foi bem difícil encontrar uma hospedagem boa e bem localizada na cidade sem ultrapassar meu limitado orçamento. Por outro lado ficou claro que, sim, é possível economizar aqui e ali, principalmente no quesito comida (se a sua opção, obviamente, não for conhecer alguns dos muitos restaurantes estrelados da cidade).

O bálsamo aparece justamente nas enormes redes de supermercados da cidade. Tem de tudo: alguns são populares, outros mais tradicionais, há os sofisticados e, ainda, os étnicos. Além de frutas, sanduíches, sucos, água, chocolates (aquele kit-salvamento que evita esfolar seu bolso num lanchinho da tarde), há sempre as seções de pizzas e congelados que servem para garantir seu almoço ou jantar com muita dignidade. Se seu hotel/hostel oferecer um micro-ondas então, você está feito!

TESCO e ASDA

Supermercados em Londres Tesco 3

Se eu morasse em Londres o Tesco provavelmente seria minha opção para as compras do mês. Trata-se da maior rede de supermercados de todo o Reino Unido. (É a terceira maior do mundo, perdendo apenas para Wall Mart e Carrefour). São muitas lojas espalhadas por Londres. Acredite, sempre haverá um Tesco perto de você. Esse pedação de pizza abaixo, por exemplo,  saiu por módicas 2 libras.

Supermercados em Londres Tesco 2

Supermercados em Londres Tesco 4

Já o ASDA, que pertence atualmente à rede Wall Mart, é o segundo maior conglomerado da Inglaterra e, assim como o Tesco, vende mercadorias com marca própria de excelente qualidade a preços muito atrativos. Em ambos, você encontra ótimas pizzas e lasanhas por menos de £ 3, iogurtes por £ 0,80, sanduíches enormes por £ 2 e frutas por menos de £ 0,50 a unidade. Há também saladas e até carnes assadas a preços muito honestos.

POUNDLAND

Supermercados em Londres Poundland 1

Aquele momento “para tudo”. Todo a loja por £ 1. Uma libra. Um pote de Nutella por UMA libra! Não à toa se chama Poundland! A pegadinha é que muitos produtos que aqui estão £ 1 saem por centavos no Tesco. Eu comprei um iogurte no Tesco por £ 0,60. O mesmo estava por uma libra aqui, quase o dobro do preço!

Supermercados em Londres Poundland 3

Supermercados em Londres Poundland 2

Mas, mesmo assim, há muita coisa interessante no Poundland como sanduíches gigantes por apenas uma librinha. É para morrer de amor! (Este eu encontrei na 211-213 Portobelo Road em Notting Hill, durante o passeio que contamos aqui.) Há outras unidades espalhadas por Londres, uma delas fica na Unit 2, 126-138 High Street, perto do metrô Camden Town. 

SAINSBURY’S

Supermercados em Londres Sainsburys 2

É a terceira maior rede de supermercados do Reino Unido, fica atrás do Tesco e do ASDA. Assim como seus concorrentes, há várias unidades espalhadas por Londres. O Sainsbury’s também tem mercadorias com marcas próprias a preços incrivelmente em conta.

Supermercados em Londres Sainsburys 3

Daqui eu levei para o Brasil chocolates (em embalagens fofas) e diversos molhos (por uma ou duas libras) que vinham em vidros lindos. Algumas filiais ficam em pontos estratégicos para o turista como a que está na 36-37 Strand, perto da Trafalgar Square (metrô Charing Cross) e a que se encontra na 1 Berners Street, próxima à Oxford Street (entre os metrôs Oxford Circus e Tottenham Court Road).

LONGDAN EXPRESS ORIENTAL SUPERMARKET

Supermercados em Londres Longdon 2

Esse é o famoso achado. Não só pelos preços que apresenta, mas pela variedade de comida e produtos… orientais.  O Longdan é uma rede vietnamita com apenas quatro lojas na cidade. Esta eu encontrei na 25 Hackney Road, na região de Shoreditch,  quando fui conhecer o Columbia Road Flower Market, o mercado de flores de Londres. (Fica a 5 minutos caminhado do Flower Market). Foi difícil encontrar algo no Longdan por mais de £ 4.

Supermercados em Londres Longdon 1

Aliás, o “bentô” completo (arroz, carne e uns acompanhamentos) podia ser levado por £ 3. Saladas com camarão por £ 2. Uma variedade enorme de bebidas “exóticas”, incluindo sucos de frutas por menos de £ 1. Como eu adoro comida oriental praticamente surtei no local. Esta filial do Longdan também está perto do Brick Lane (a uns 15 minutos andando), o maior reduto de comida indiana, vietnamita e afins da cidade.

MARKS & SPENCER

Supermercados em Londres Mark and Spencer Simply Food

A rede Marks & Spencer é a maior varejista britânica e uma das lojas de departamento mais queridas dos brasileiros que viajam a Londres. Está para a Inglaterra como o El Corte Inglés está para a Espanha. Mas um dos braços da rede são os supermercados (ou lojas de conveniências) identificados com a marca M&S Simply Food. Vendem toda a sorte de alimentos (dos frescos aos congelados) com o diferencial de que todas as mercadorias são de marca própria.

Supermercados em Londres Mark and Spencer

Embora seja considerado um dos supermercados mais caros da cidade, é possível comprar muita coisa bacana e saudável a preços modestíssimos. Você vai encontrar muitas unidades da M&S Simply Food em pontos estratégicos para os turistas como aeroportos, estações de metrô e centros comerciais. Caso queira conhecer a maior Marks & Spencer da capital inglesa vá a filial da 458 Oxford Street, metrô Marble Arch. Vende de roupas a móveis. Inclusive comida.

WAITROSE

Durante muito tempo eu evitei o Waitrose por ser considerado o supermercado dos grã-finos de Londres. Tipo… o Angeloni ou o Festval aqui em Curitiba. Rá! Mas quando me hospedei na residência universitária da University of London  havia um Waitrose na mesma rua, a apenas uma quadra. Pensei “vou entrar, nem que seja para apurar o gosto!”. :mrgreen:

O Waitorose é um supermercado gourmet, mas para a minha deliciosa surpresa não era inacessível. Vinhos chilenos e argentinos por £ 2, saladas com peixe por £ 2,50, sucos importados por £ 1,50. Digamos que é a sua oportunidade de trocar a muzzarela pelo queijo brie sem ferrar seu orçamento. Muitos produtos vinham em lindas embalagens. Chocolates finos maravilhosos por £ 0,70 a unidade (ótimos como opção de presentinhos sem sobrecarregar o bolso e a mala).

Outra coisa que me chamou a atenção é que existiam vários pratos congelados veganos, todos na faixa de £ 4. As únicas três fotos que fiz lá ficaram totalmente desfocadas (medo de levar um pito do segurança que me olhava torto cada vez que eu apontava minha super automática para a gôndola). Mas pode ir sem medo. Será seu momento-patrão em Londres sem gastar mais por isso!

Posts relacionados

Pret a manger: a alegria do mão de vaca exigente

Leia também

Columbia Road Flower Market: o cantinho mais colorido de Londres

Portobello Road Market: o lado pitoresco de Notting Hill

Canterbury Hall: hospedagem econômica na residência universitária da University of London

E ainda

Europa Barata: Londres pela primeira vez

Como ir do aeroporto de Heathrow ao centro

Inglaterra a £ 50 por dia

__________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share
terça-feira, 11 de novembro de 2014

Nova York | Como comprar e usar o MetroCard

Não sei trabalhar sob pressão. Quando me aproximo de uma maquininha que vende tíquetes de metrô e começa a formar uma fila atrás de mim… eu si perdo toda. Fico tão tensa que quase sempre dou preferência aos guichês com atendentes de verdade.

O detalhe é que em Nova York muitas estações não têm pessoas de carne e osso para ajudar na sua compra. E quando existe um ser vivo disponível para isso pode saber que vai encontrar uma corrente humana gigante à sua frente tentando o mesmo que você: livrar-se da agonia do autoatendimento.

EUA Matraca

Selfie em Wall Street. :mrgreen:

Mas depois que a gente tenta, calmamente, fazer a operação pela primeira vez tudo ficará facílimo em outras oportunidades. Para produzir este artigo quase tive que tomar um calmante porque, além de comprar o tíquete, fotografei o passo a passo para postar aqui. E a filinha atrás de mim só aumentando… Rá! (Importante: tirei estas fotos em junho de 2014, qualquer alteração nas telas das máquinas, por favor, avise-me!)

+ E-book | Como tirar o visto americano

O QUE É O METROCARD

É um cartão com tarja magnética que dá acesso ao metrô, ao ônibus e ao bondinho (tram) de Roosevelt Island em Nova York. Com o MetroCard você poderá, por exemplo, usar o transporte público da cidade para viagens ilimitadas (Unlimited Ride) nas opções semanal (US$ 30) ou mensal (US$ 112) ou carregá-lo com um valor específico (Pay Per Ride) — mínimo de US$ de 5 e máximo de US$ 100 — e vai descontando US$ 2,50 a cada viagem viagem feita. *Valores em novembro de 2014.

PARA QUEM É INDICADO O METROCARD UNLIMITED RIDE

Para os turistas que vão passar mais de 3 dias na cidade. Apenas como exemplo, com um MetroCard na categoria Unlimited Ride de 7 dias você pode usar o transporte público (com direito à transferência gratuita no metrô-ônibus e ônibus-ônibus) por todo este período quantas vezes quiser. O metrô de Nova York, aliás, funciona 24 horas por dia!

PARA QUEM É INDICADO O METROCARD PAY PER RIDE

Para quem for passar até 3 dias em Nova York e pretende usar o metrô duas ou três vezes por dia, no máximo. Caso seu roteiro exija o uso excessivo de metrô em 3 dias considere comprar o passe semanal. Reforço que no Pay Per Ride descontam-se US$ 2,50 por cada viagem. *Valores em novembro de 2014.

PARA QUEM NÃO É INDICADO O METROCARD

Para quem só anda de táxi ou quer pagar penitência cruzando Manhattan de norte a sul a pé.

COMO COMPRAR O METROCARD

Toda estação de metrô tem uma máquina de autoatendimento com touchscreen.

MetroCard Nova Yprk como comprar

1. Clique no botão Start que fica no canto superior direito.

MetroCard Nova York idiomas

2. Selecione o idioma. Não tem português (mas tem espanhol). Nesta simulação eu escolhi inglês.

MetroCard Nova York passo a passo

3. Vão aparecer três opções. Selecione MetroCard (ou Single Ride caso queira comprar um único tíquete válido por duas horas).

MetroCard new

4. Após selecionar o MetroCard novamente aparecem três opções: Refill your card (para recarregar um MetroCard), Get card info (para saber quanto dinheiro ainda existe no seu passe) e Get new card (para comprar um novo cartão). Selecione Get New Card. Observe que será cobrado US$ 1 pelo cartão, valor que não é convertido em passagem.

MetroCard Nova York Unlimited Ride

5. Em seguida a máquina pergunta qual o tipo de MetroCard você vai querer: Regular MetroCard ou Unlimited Ride. Selecione Unlimited Ride. (Caso você prefira o Regular Metrocard a página seguinte mostrará algumas opções de valores pré-determinados.

Caso não exista nenhum valor que você queira recarregar, clique em “other amounts” e continue o processo. ATENÇÃO: PATH (sistema ferroviário que liga Manhattan a Nova Jersey), Airtrain (monotrilho do JFK) e Express Bus não aceitam o MetroCard Unlimited Ride.

MetroCard Nova York 7 days

6. Mas como aqui selecionamos o Unlimited Ride aparecem três opções fixas: 7 days – US$ 30, 30 days – US$ 122 e 7 days XBussPass – US$ 55 (que dá acesso aos ônibus expressos que não são cobertos pelo MetroCard normal). A opção escolhida deve estar de acordo com suas necessidades. Nesta simulação selecionei o passe semanal, 7-Day. *Valores em novembro de 2014.

MetroCard Nova York cash

7. Como você quer pagar? Dinheiro (Cash), ATM Card (cartões de débito com conta nos EUA) ou Cartão de Crédito (Credit Card)? Eu selecionei “cash” porque morro de medo destas máquinas engolirem ou prenderem meu cartão (já aconteceu comigo na França, veja que meu trauma com estas engenhocas é antigo!) Se você tiver um cartão internacional de débito pré-pago (tipo VTM ou Global Travel) deve selecionar “Credit card”.

São aceitos também cartões brasileiros internacionais com autorização de compra no estrangeiro. Em algum momento da compra com cartão o sistema pede o CEP (Zip Code) digite 00000 (ou qualquer outro número cinco vezes) e tudo certo! Quando o cartão não é americano eles não verificam o CEP.

MetroCard Nova York cash credit card

8. Se você selecionar cash tenha em mãos dinheiro trocado porque as máquinas devolvem, no máximo, US$ 8 de troco. Insira o dinheiro e espere a emissão do seu MetroCard. Prontinho!

MetroCard Nova York como comprar

METROCARD | PERGUNTAS FREQUENTES

1. Posso usar um mesmo MetroCard para duas ou mais pessoas?
Se você usar o MetroCard no sistema Pay Per Ride (aquele em que você coloca uma quantia de dinheiro e vai descontando o valor da passagem a cada viagem), sim! Já o MetroCard Unlimited Ride não permite esta opção. Aliás, na alternativa unlimited ride o sistema só libera a catraca para ser usado novamente após 18 minutos.

2. Eu comprei um MetroCard Unlimited Ride de sete dias. A validade acabou, posso recarregar no sistema Pay Per Ride, ou seja, colocar uma quantia extra de dinheiro?
Sim. É possível fazer o inverso também: recarregar com um passe semanal um bilhete que, a princípio, foi comprado no sistema Pay Per Ride.

3. O bilhete único (Single Ride) dá direito à transferência metrô-ônibus?
Não. O bilhete Single Ride (US$ 2,75) é válido somente para o metrô ou transferência de ônibus-ônibus, mas não é válido para usar a transferência gratuita de metrô para ônibus. Lembrando que este tipo de tíquete é válido por duas horas após a compra e só está à venda nas máquinas de autoatendimento. * Valores em novembro de 2014.

4. Crianças pagam o metrô em Nova York?
Crianças com até 1,11 metro não pagam. Ou seja, eles selecionam esta questão pela altura do guri e não pela idade. Nos ônibus crianças menores de 2 anos não pagam se não ocuparem assento.

5. Toda vez que eu for recarregar meu MetroCard terei que pagar a taxa de US$ 1 pelo cartão?
Não. Você só paga esta taxa quando compra um cartão novo.

6. O MetroCard é válido no trem LIRR (Long Island Rail Road)?
Não.

_________________________ 

Posts relacionados

Como chegar e sair do aeroporto JFK

Hospedagem boa e barata em Nova York: dicas testadas e aprovadas

Leia também

Nova York | Levain Bakery: o cookie para toda a vida

E-book | Como tirar o visto americano: passo a passo ilustrado

_________________________ 

Fotos: Sílvia Oliveira

Matraqueando Instagram

Share
sábado, 08 de novembro de 2014

Nova York | Levain Bakery: o cookie para toda a vida

Levain Bakery Nova York

Não há muita explicação nem adjetivos para descrever. O melhor cookie do mundo está em Nova York. Ponto. Massa perfeita, uma combinação cuidadosa de ingredientes frescos e selecionados.

Único defeito: o tamanho generoso não satisfaz. Você vai querer outro e outro e mais outro. Anote este nome: Levain Bakery, a padaria responsável pelo cookie-notável!

Levain Bakery Cookies Upper West Side Nova York

A dica veio da repórter-blogueira Camille Panzera que publicou uma foto inenarrável do tal cookie no Instagram do Melhores Destinos. Ela estava nos steitis na mesma época que eu.

Fomos ao Levain Bakery no dia seguinte. Pedimos quatro unidades de sabores diferentes, comemos todos e ainda levamos mais dois para o hotel juntamente com um pedaço de bolo de limão (cake lemon) tão absolutamente sensacional quanto o cookie.

Levain Bakery Upper West Side Nova York Cookies

Levain Bakery Upper West Side Nova York

O nome “Levain” vem de um termo francês para um fermento natural. As fundadoras da bakery começaram o negócio em 1994 fazendo pães artesanais que, aliás, até hoje são vendidos na casa. Mas o cookie gigante de massa levemente crocante e recheio molhado é o carro-chef-top-master.

Chega a formar fila na discreta porta localizada no Upper Westside, perto do Museu de História Natural. O lugar, já aviso, é minúsculo. Não há mesas para comer por lá. Comprou, vazou!

Levain Bakery Nova York Como chegar

Levain Bakery Nova York Horario

Os cookies são feitos em quatro sabores. No recheio você encontra gotas de chocolates ou castanhas ou amendoim… tudo quentinho, levemente derretido. Custa US$ 4 cada. E para terminar de enlouquecer os fãs do amazing-cookie, a Levain Bakery lançou uma loja online que envia os cookies para qualquer lugar do mundo!

O combo sortido com 12 unidades, por exemplo, sai por US$ 71, mais taxa de envio. Para os aficionados, seguramente, isso é dinheiro de pinga! :mrgreen:

Levain Bakery Nova York Localizacao

SERVIÇO

Levain Bakery
Local: 167 West 74th St – Metrô 72 St (linha vermelha) | Nova York
Tel: 212-874-6080
Horário: segunda a sábado, 8h às 19h e domingo, 9h às 19h.
Dica: há outro Levain no Harlem. Fica na 2167 Frederick Douglass Blvd e funciona no mesmo horário.

Posts relacionados

Como chegar e sair do aeroporto JFK

Hotel bom e barato em Nova York: dicas testadas e aprovadas

Veja também

E-book | Como tirar o visto americano

____________________________ 

Sílvia Oliveira

Share
MATRAQUEANDO - Viagens e Comidinhas | Por Sílvia Oliveira | Jornalista & Blogueira | Curitiba, BR

Todos os direitos reservados. 2006-2014 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.