Silvia Oliveira
quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Orlando | Cici’s Pizza: buffet à vontade de massa, pizza, sopa e sobremesa!

Cicis Pizza Onde comer bem e barato em Orlando 1

Sabemos que não é difícil encontrar hospedagem boa e barata em Orlando. Por outro lado não achei tão fácil,  assim, muitos lugares mão de vaca – e decentes! – para comer na cidade. Para começar a comida dos parques é supercara e deixa muito a desejar. Evidentemente que há muitas redes de fast food e é possível se alimentar (porque “comer” seria um termo muito sofisticado nesse caso) gastando pouco.

No restaurante Cici´s Pizza há um certo equilíbrio. Não deixa de ser uma cadeia de fast food (são mais de 500 unidades espalhadas pelos Estados Unidos). Mas você paga um preço muito justo sem ter que apelar para aqueles sanduíches com gosto de plástico. Trata-se de comida de verdade: pizza, massa, sopa e sobremesa à vontade. O velho slogan “All You Can Eat!”

Cicis Pizza Onde comer bem e barato em Orlando Self service

São 28 tipo de pizzas como Queijo, Peperoni, Espinafre ao Molho Alfredo, Buffalo Chicken, Alho, Presunto com Abacaxi e até Vegana. Veja todos os sabores aqui. Uma delas lembra uma focaccia mais grossinha, como se fosse um pão de alho em forma de pizza. Marrrrravilha! Já a pasta é macarrão do tipo cavatappi (lembra o fusilli) com dois tipos de molhos à sua escolha, vermelho ou branco.

Cicis Pizza Pizza Massas Sopas Sobremesas Bom e barato

A bancada de saladas é simples, mas não decepciona – principalmente quando você se lembra de quanto está pagando. Rá! Brócolis, tomate, pepino, champignon, azeitona, picles, etc. A sopa de legumes, saborosa e bem temperadinha, pode ser encorpada com o macarrão que estará na bancada ao lado já cozido e sem o molho.

Cicis Pizza Pizza Massas Sopas Sobremesas Bom e barato 1

As sobremesas são brownie, pizza de maçã (parece torta de maçã), pizza Bavária e pãozinho de canela.

Cicis Pizza Onde comer bem e barato em Orlando Self service 2

Tudo isso por US$ 6,99 adulto, US$ 3,99 crianças de 3 a 10 anos e US$ 1,99 menores de 3 anos. A bebida é cobrada à parte e tem sistema refil, você pode repor quantas vezes quiser. Além dos refrigerantes tradicionais, tem lemonade e fanta maçã, que já desapareceu do Brasil há tempos. Bebida grande sai por US$ 2,49; média por US$ 1,99 e kids por US$ 1,39.

Cicis Pizza Onde comer bem e barato em Orlando 2

Caso você precise de uma “proteína” nessa montanha de carboidrato, o Cici’s Pizza serve Bufallo Wings (asinha de frango) acompanhada com quatro tipos de molhos: hot (apimentado), alho, barbecue e parmesão. Cinco unidades por US$ 3,99 e 10 por US$ 7,49.  Ah, é possível comprar a pizza para levar. Neste caso, o preço da pizza grande varia de US$ 6,99 a US$ 13,99.

Cicis Pizza Onde comer bem e barato em Orlando Self service 1

Resumo do Cici’s Pizza: não é um restaurante italiano, é uma rede de lojas que oferece pizza decente (mas não a melhor do mundo) por um preço honesto. O ambiente é limpo, espaçoso, mas não tem luxo ou sofisticação. Oferece wi-fi. Pode ser uma boa alternativa no fim do dia depois de uma longa jornada pelos parques para comer algo rápido, nutritivo e sem gastar muito.

Nota | Em todos os valores mencionados incidem impostos.

SERVIÇO

Cici’s Pizza

Local: 7437 International Drive (parada nº 14 North do I-Ride Trolley).  Está a 3,5 km do hotel onde ficamos hospedados.

Horário: 11h às 23h (dependendo da estação pode fechar mais cedo, às 22h)

Telefone: +1 (407) 226-9822

Estacionamento grátis.

Obs: há outras unidades em Orlando, mas eu só fui nessa.

Posts relacionados

Red Roof Inn International Drive: hotel bom, bonito, barato e bem localizado em Orlando

Bibbidi Bobbidi Boutique: princesa por um dia na Disney

Leia também

Nova York | Como chegar e sair do aeroporto JFK

Como comprar e usar o MetroCard em Nova York

E-book |  Como tirar o visto americano

___________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share
segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Bibbidi Bobbidi Boutique: princesa por um dia na Disney

Bibbidi Bobbidi Boutique Fairytale Princess

O coque perfeito. Aquele penteado impecável e uma criança realizada me deixaram intrigada (e por que não, fascinada!) com a proposta do Bibbidi Bobbidi Boutique, o salão de beleza da Disney que transforma meninas em princesas. Tudo começou por obra deste post completinho do blog Viajando com Pimpolhos. Obrigada, Sut-Mie, pela graça alcançada!

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 13

Olha, eu nem sou ligada em princesas (aliás, tenho um rosário de contraindicação para esse padrão perfeito de comportamento alardeado pelas moiçolas), mas aquela visão estética e a proposta lúdica iam ao encontro do que eu buscava na minha primeira vez na Disney com a minha filha de seis anos. A gente queria entrar no clima e se divertir!

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 1

O nome esquisitíssimo — Bibbidi Bobbidi Boutique — compõe parte das palavras mágicas da música que a Fada Madrinha canta enquanto está transformando a Cinderela em princesa.

No dia e hora marcados você chega ao salão, dá o nome da criança e receberá as orientações. No meu caso, o salão estava atrasado e tivemos que esperar 20 minutos para a Mariana ser atendida. Eles dão um aparelhinho que toca quando chegar a sua vez.

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney Downtown

COMO É A TRANSFORMÇÃO

A Mariana não fala inglês, então pedi, se possível, que a Fada Madrinha falasse em espanhol. Não me garantiram nada, disseram que ia depender da disponibilidade. Mas a fada da Mariana saiu-se melhor do que a encomenda. Seu nome é Lilia, venezuelana que está há 8 anos nos Estados Unidos. Lilia compreende o português e fala muitas frases no nosso idioma!

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 2

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 3

Assim que a criança senta na cadeira ela escolhe a cor do esmalte (entre duas cores disponíveis) e a cor da maquiagem (que na verdade é só uma sombrinha e um gloss para os lábios). E, então, começa o puxa-puxa.

No post da Sut-mie ela comenta que a sessão foi rápida, coisa de 30 minutos. Pois com a Mariana ficamos mais de uma hora. Era muito cabelo para domar. Chegou um momento que até outra fada madrinha veio ajudar a prender o rabo de cavalo da guria.

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 4

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 5

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 6

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 7

Com o rabinho bem preso, ainda não era hora de finalizar o coque perfeito. Vamos à manicure (a criança deve estar sem qualquer esmalte) e à maquiagem. A Mariana escolheu a sombra azul porque ia combinar com o vestido dela que era de Cinderela. A make é finalizada com adesivinhos de strass no rosto.

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 8

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 10

Por fim, como num toque de mágica e três potes de gel depois, a Fada Madrinha enrola daqui, puxa dali e, tcharaaanm, aparece o coque perfeito! Lindo, exatamente como eu imaginava.

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 11

O penteado é finalizado com uma coroa na frente, uma presilha do Mickey atrás e duas toneladas de purpurina. A purpurina, olha que fofo, cai da varinha de condão da fada madrinha que aproveita para dizer as palavras mágicas… bibbidi bobbidi boo!

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 12

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney Como transformar sua filha em princesa

Em seguida, a criança recebe a faixa de princesa e só então vira para o espelho para ver o resultado final. É um momento fantástico. A única coisa que a Mariana falou foi “Mamãe, mas eu tô muito liiinda!” #modesta

Importante destacar que isso não tem n.a.d.a a ver com adultização da criança. Minha filha não sai maquiada na rua nem usa esmalte no dia a dia. É uma brincadeira, como pular carnaval na matinê ou participar de Halloween. As princesas são contos de fada clássicos e essa experiência, se bem conduzida pelos pais, se transforma num dia inesquecível para nossas pequenas! ;)

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney Downtown  Como chegar

A gorjeta é opcional. Caso você queira fazer esse agrado à Fada Madrinha que cuidou da sua filha o dinheiro é colocado dentro de um envelope (que você pega no caixa) com o nome da cabelereira. E então a criança coloca a “cartinha” dentro do Poço dos Desejos, fazendo, claro, um pedido antes.

Mas a magia está só começando. Ao chegar ao Magic Kingdom muitos funcionários passam o dia chamando a criança de “Princesa” e fazendo reverências. É um negócio tão hipnotizante que chegou um momento que eu tive que falar com muito cuidado para a Mariana: “Minha filha, isso é como o carnaval, é só uma fantasia”.

Anna e Elsa

E eu, medindo as palavras, preocupada em não frustrar a menina, tipo “Papai Noel não existe”… ela me diz. “Eu sei, mamãe, mas a peruca da Elsa é linda!” Rá! :mrgreen:

ONDE FICA O BIBBIDI BOBBIDI BOUTIQUE

Há duas unidades, uma dentro do Castelo da Cinderela no Magic Kingdom e outra na loja da Disney em Downtown Disney.

QUANDO PODE SER FEITA A RESERVA

As reservas abrem com seis meses de antecedência. Ou seja, se você pretende ir em outubro pode reservar a partir do mês de abril. A unidade do Magic Kingdom esgota rapidinho.

Como eu comprei minha passagem para Orlando dois meses antes de embarcar, ao ligar na BBB só havia disponibilidade em Downtown Disney e em horários bem ruins para a minha programação. Portanto, quanto antes reservar, melhor.

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 9

ONDE E COMO FAÇO A RESERVA PARA O BIBBIDI BOBBIDI BOUTIQUE

A grande chatice da coisa: a reserva só pode ser feita por telefone. Ligue para (407) 939-7895. Caso não saiba ou se sinta inseguro em falar inglês peça um tradutor para espanhol ou português. Se for com tradutor em português espere ficar uns 30 minutos na chamada, porque a telefonista faz uma tradução consecutiva. Você fala, ela traduz, a outra pessoa responde e ela traduz para você.

Eu liguei do Skype, um software que você baixa no seu computador (ou smartphone) e permite ligar por valores baixíssimos. É só dizer que quer marcar e eles vão disponibilizar os horários no dia que você pretende levar sua filha (caso ainda tenha horários) ou propor outras datas dentro dos dias que vocês estiverem em Orlando.

Você receberá um número de reserva. Guarde bem este número. Eles não mandam e-mail de confirmação e você não consegue agendar o BBB no My Disney Experience (ferramenta do site da Disney – tem app também – que permite agendar/modificar seus fasts pass  e reservas em restaurantes).

Embora já soubesse que o procedimento seria esse, 10 dias antes de embarcar liguei de novo no BBB só para saber se estava tudo certo com o agendamento.

Mariana e sininho

QUEM PODE FAZER A TRANSFORMAÇÃO

Meninas de 3 a 12 anos. Meninos que estão ali acompanhando as irmãzinhas podem comprar o The Night Package que consiste em um penteado com gel, alguns brilhinhos no cabelo, um escudo e espada. Sai US$ 18,95.

QUANTO CUSTA

Existem quatro tipos de pacotes. São eles:

The Coach Package | cabelo e maquiagem por US$ 54,95

The Crown Package | cabelo, maquiagem e unhas por US$ 59,95 (optamos por esse!)

The Courtyard Package | cabelo, maquiagem, unhas, camiseta da BBB e saia do tipo tutu de bailarina por US$ 94,95

The Castle Package | cabelo, maquiagem, unhas, vestido, acessórios e fotos por US$ 194,95

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney Como marcar por telefone

- Em todos os pacotes, as meninas ganham a faixa, adesivinhos de rosto, dois esmaltes (um rosa e outro azul), o estojinho de maquiagem usado na transformação, o pente e uma mochilinha rosa para carregar tudo. Achei o custo/benefício fantástico!

Bibbidi Bobbidi Boutique Disney 15

- Se sua filha quiser fazer a transformação e preferir algo menos clássico que o coque (chamado de Fairytale Princess), ela poderá optar por outros penteados como Disney DivaPop Princess  ou o Color Star.  Todos custam o mesmo preço.

Vestido Princesas quanro custa na Disney

Você pode comprar o vestido da princesa lá na Disney mesmo. Tem para todas: Ariel, Aurora, Bela, Branca de Neve, Cinderela, Jasmine, Sininho, Tiana, Valente e das irmãs-sensação Anna e Elsa. Qualquer vestido custa US$ 69,95. Mas no Walmart dos Estados Unidos você encontra vestidos de princesas a partir de US$ 19.

Nota | Em todos os valores mencionados incidem impostos.

SERVIÇO

Bibbidi Bobiddi Boutique

Tel: (407) 939- 7895 (reservas só por telefone)

Posts relacionados

Red Roof Inn International Drive: hotel bom, bonito, barato e bem localizado em Orlando

Leia também

Nova York | Como chegar e sair do aeroporto JFK

Como comprar e usar o MetroCard em Nova York

E-book |  Como tirar o visto americano

___________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share
domingo, 18 de janeiro de 2015

Red Roof Inn International Drive: hotel bom, bonito, barato e bem localizado em Orlando

Onde ficar em Orlando Red Roof Inn International Drive

Não é difícil encontrar hospedagem boa e barata em Orlando. A cidade tem a segunda maior rede hoteleira dos Estados Unidos, perdendo só para Las Vegas. Justamente pela oferta de quartos ser enorme é que fica difícil decidir onde ficar por aqui.

Muita gente prefere alugar casa por questão de segurança (existem muitos relatos de roubos a hotéis na cidade, incluindo dentro dos resorts da própria Disney). Nós decidimos ficar em hotel porque íamos passar somente 6 dias em Orlando e nossa ideia, contrariando todas as recomendações, era não alugar carro. A programação era sair cedo para os parques e voltar somente à noite. Por isso, uma boa localização era meu maior objetivo. O Red Roof Inn International Drive cumpriu com todas as nossas exigências.

Reserva | Pelo Booking.com. O sistema não cobra taxa de reserva e tem cancelamento grátis para a maioria dos quartos, incluindo este.

Hotel bom e barato em Orlando Red Roof Inn International Drive

O quarto | Grande, com duas camas de casal. Banheiro novo e limpíssimo. Tem TV de tela plana, cofre, ar condicionado, calefação, secador de cabelo, ferro de passar roupa e uma mesinha de trabalho. Tem carpet (coisa antiga isso, aff!), mas para nós não foi nenhum inconveniente. Atenção: não tem micro-ondas nem frigobar. Para ter essa comodidade você paga US$ 15 dólares a mais na diária. Para nós não fez falta, porque comprávamos logo cedo na Walgreens nosso lanche para levar aos parques e só voltávamos à noite.

Wi-fi | Grátis e funcionou bem.

Hotel bom e barato em Orlando

Localização | O ponto alto do hotel. Fica a poucos metros da International Drive, uma das principais avenidas de Orlando, com fácil acesso aos parques (a cinco minutos do Sea World). Está praticamente em frente ao Convention Center (centro de convenções). A 20 metros do hotel você tem uma Walgreens (uma farmácia com pinta de loja de departamento) aberta 24 horas, ao lado há um Mc Donalds, um Dennys e um Red Lobster. A um quilômetro fica o Pointe Orlando, um shopping com várias lojas e restaurantes. O aeroporto internacional de Orlando fica a 15 quilômetros.

Check-in | A partir das 16h. O pagamento é feito na entrada. Aceita American Express, Visa e Mastercard.

Check-out | Até às 11h. Foi só devolver as chaves e.. bye!

Onde ficar em Orlando Red Roof Inn

Atendimento | Sisudo e sem sorrisos. Nada que nos desagradasse, mas também nada de “padrão Disney de atendimento”. (Aí você se lembra do preço da diária e acha que estão te tratando até bem demais!) :D

Onde ficar em Orlando Red Roof Inn Piscina

Vantagem | A localização.  Mas o que nos chamou atenção, além da ótima localização, é que o hotel oferece transfer para os parques da Disney (a 10 km) e Universal (a 6 km). Ótimo para quem está sem carro, nosso caso. Os ônibus saem cedo e voltam à noite em horários pré-fixados. Nos dias de festa especial na Disney (como o Mickey’s Very Merry Christmas Party), há mais opções de horário para retorno. O I-Ride Trolley – um ônibus que circula por toda a International Drive – para praticamente em frente ao Red Roof Inn (stop 27) e leva aos dois principais outlets da cidade: Premium International Drive e Premium Vineland. O hotel tem uma boa piscina. Para quem vai de carro o estacionamento é gratuito. O café da manhã é à parte e custa US$ 4. O café, simples, é servido no hotel que fica ao lado e é do mesmo dono.

Desvantagem | Encontramos o que buscávamos, por isso, para nós não houve desvantagem. Por outro lado, se você não contratar o micro-ondas e o frigobar à parte (US$ 15 dólares a mais na diária) saiba que o hotel não oferece um micro nem para esquentar o leite do seu bebê. Achei uma sovinice. :mrgreen:

Preço | Fomos em dezembro (16 a 23) e a diária saiu por US$ 49 (casal e uma criança de 6 anos), mais imposto e taxas. Repetindo: quarenta e nove dólares. Fiz uma pesquisa no Booking.com para julho, altíssima temporada, e a diária sai a partir de US$ 59 (casal) e US$ 79 (casal e uma criança).

Posts relacionados

Hotel bom e barato em Nova York: dicas testadas e aprovadas

Bibbidi Bobbidi Boutique: como é, quanto custa e como reservar o dia de princesa para sua filha na Disney

Leia também

Nova York | Como chegar e sair do aeroporto JFK

Como comprar e usar o MetroCard em Nova York

E-book |  Como tirar o visto americano

_____________________ 

Pagamos todas as nossas despesas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. Sempre nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados. A proposta é mostrar para você uma resenha íntegra e isenta do lugar. Aqui, você pode confiar!

Disclaimer | Este post contém links para o Booking.com (parceiro comercial do blog) inseridos espontaneamente pela autora.

_____________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share
sábado, 17 de janeiro de 2015

Viagens pelo Brasil: cinco dicas para economizar nas próximas férias

Centro-Historico-Joao-Pessoa-Paraiba-O-que-visitar-Pontos-Turisticos-22

Centro Histórico de João Pessoa

Vira e mexe alguém diz que prefere viajar para o exterior porque dentro do Brasil sai bem mais caro. É fato que alguns destinos internacionais consagrados como Buenos Aires, Orlando e Cancun conseguiram oferecer um ótimo custo/benefício ao turista estrangeiro. Não nego, claro, que ainda precisamos criar melhores condições e estrutura para baratear roteiros que levam, entre outros lugares, a Fernando de Noronha, Amazonas ou Pantanal.

Mas viver na ponte aérea São Paulo-Miami com a desculpa de que o Brasil não cabe no seu bolso é desvalorizar um dos países mais impressionantes do mundo: o seu! Sabemos que não é necessário atravessar o Atlântico para ter férias perfeitas. Com uma pequena mudança no olhar você se sentirá atraído a percorrer os Lençóis Maranhenses, visitar as praias de João Pessoa, decifrar as ruínas de São Miguel de Missões, deslumbrar-se com as Cataratas do Iguaçu ou empanturrar-se com as iguarias de Belém.

Piranhas Alagoas Rota do Cangaço Centro Historico Mirante Secular 1

Piranhas, Alagoas: cidade porta de entrada para você fazer a Rota do Cangaço

Na dúvida, contemple seu próprio estado. Observe o que ele pode fazer por você e você por ele. Reconheça as regiões turísticas que estão aos seus pés. Valorize a comida regional, o artesanato típico e a cultura inconfundível que circunda a maioria das cidades brasileiras. Para ajudar, siga estas cinco dicas e você verá que viajar pelo Brasil é muito mais barato do que seu salário poderia idealizar.

1. Pesquise seu destino | Mesmo que você compre um pacote ou uma excursão procure entender o modus-operandi do lugar que você vai visitar. Quem não sabe o que vai conhecer nem o que encontrar acaba comendo mal, comprando errado e, quase sempre, pagando muito. Leia sites, revistas e blogs especializados. São fontes de informação que ajudam você a entender quais serão suas prioridades e preferências durante a viagem.

Feira de Sao Joaquim Salvador Bahia Pimentas Blog Matraqueando

Feira de São Joaquim, Salvador: onde você encontra a Bahia de verdade

2. Compras com moderação | Entenda, não é o hotel ou a passagem aérea que vão encarecer sua viagem, mas – sim – aquele monte de bugigangas que você for adquirindo durante o passeio. Concordo, comprar faz parte da viagem. Quando entramos em férias mudamos de posto na nossa hierarquia pessoal. É como subir na vida por 15 dias. O segredo é estipular um valor para nosso lado emergente. Você saberá determinar quanto custa para ser feliz!

3. Entre nos supermercados | Quando você vai a Paris o piquenique com queijos, frutas e vinhos em algum parque da cidade já faz parte do roteiro. Já o turista nacional tem medo de fazer o mesmo aqui e ser chamado de farofeiro. Bobagem. Empórios e mercados rendem lanchinhos incríveis para matar a fome durante a tarde ou até mesmo para selar seu jantar. Bolos, sucos, frios, pães e chocolates podem ser adquiridos em qualquer esquina e garantem uma deliciosa refeição sem você ter que gastar os tubos.

Lençois Maranhenses quando ir como chegar melhor epoca 3

Lençóis Maranhenses: paisagem brasileira irresistível

4. Fuja dos feriados | É um conselho batido, mas que nem sempre dá para seguir. Muitos brasileiros tiram férias uma vez por ano ou só têm folga nos grandes feriadões. O ideal é negociar com a família e/colegas de trabalho para evitar a alta temporada ou aquelas escapadelas que duram quatro dias e custam 10 vezes mais. Se não houver outra saída e você só conseguir folga nesses períodos planeje tudo com muita antecedência para garantir alguma barganha em hotel ou passagem aérea. Se nada disso der certo lembre-se daquele seu enorme esforço para conhecer a Europa, viagem que quase sempre você faz de tudo para ser em baixa temporada.

5. Tenha um momento de extravagância | Viajar 100% mão-de-vaca-muquirana é deprimente. Gastar menos não significa ter que expiar todos os pecados durantes as férias. É bem provável que você não escape da classe-chicoteia do avião. Mas defina um momento de extravagância que pode ser desde um jantar estrelado, um sobrevoo de helicóptero ou até passar uma noite da sua viagem em um hotel de sonho . Mais do que isso, o que vai definir o valor da sua extravagância é a experiência que você leva dela!

inhotim-helio

Inhotim, a 60 km de Belo Horizonte: maior complexo museológico a céu aberto do mundo

_______________________

Veja por onde já passamos neste Brasilzão e escolha seu próximo roteiro:

Alagoas | Amazonas | Bahia | Maranhão

Minas Gerais | Pará | Paraíba | Paraná

Pernambuco | Rio de Janeiro | Rio Grande do Norte

Rio Grande do Sul | Santa Catarina | São Paulo | Sergipe

_______________________

Fotos: Sílvia Oliveira

Share
domingo, 21 de dezembro de 2014

#MatracaNaDisney | Acompanhe a gente no Instagram!

Instagram Silvia Oliveira Matraqueando 1

Se a pessoa aqui já é lenta no brogue no dia a dia imagine em ritmo de férias! Estamos na Disney (primeira vez!) e passaremos o Natal em Nova York (içççça!). Só voltamos… no ano que vem!

Matraca Na Disney Instagram 3

Nem bem comecei a postar sobre minha viagem a Nova York de junho deste ano (imagens acima) e já “enfrento” novamente a cidade. Tudo para o superguia que estou preparando para você! #muitoamor

Então, aproveite para acompanhar a gente no Facebook (curta a página aqui), no Twitter (siga aqui) e no meu queridinho Instagram. Lá, eu sou a @matraqueando!

Matraca Na Disney Instagram 4

Aliás, se existe uma rede social que combina com blog de viagem é o Instagram, carinhosamente chamado de IG. Nada como uma imagem bacana de um lugar que você sonha em conhecer (ou voltar!) para estimular ainda mais sua vontade de estar lá!

Para quem não sabe, o Instagram é um aplicativo gratuito para smartphone que permite ao usuário tirar fotos (em seguida aplicar um filtro bacana, se desejar) e compartilhar em várias redes sociais – entre elas o próprio IG. É compatível com aparelhos que utilizam Android, iPhone e, agora, até com o Windows Phone 8.

Matraca Na Disney Instagram 1

No caso do Matraqueando, sempre que posso, cada foto vem acompanhada de uma dica ou informação legal sobre o lugar. (Pode ficar sossegado, prometo não inundar sua timeline com fotos da minha cara fazendo biquinho, com luque do dia ou da minha barriguinha (sic) sarada!) :mrgreen:

Matraca Na Disney Instagram 2

As imagens que ilustram este post circulam pelo nosso Instagram que já alcançou quase 4,5 mil seguidores matraquetes! Só falta você! Corre lá e comece a seguir a gente agora mesmo: @matraqueando. #VemGente

Ah, e aproveite para seguir o IG do maridão, o @raulmattar, que traz fotos bacanas e com um olhar diferente dos lugares por onde passamos!

Instagram Raul Mattar

__________________

Adquira nosso guias | Lojinha Matraqueando

Curta nossa página no Facebook | Matraqueando

Siga o Matraqueando no Twitter | @matraqueando

Estamos no Instagram | @matraqueando

Veja o Matraca News no Pinterest | Matraqueando

Assine nossa Newsletter | Matraca News por e-mail
___________________

Share
quarta-feira, 03 de dezembro de 2014

Farofeiros de raiz, uni-vos!

Sabe aquele turista que invade a praia com mil e uma sacolas, prepara o rango como se estive na cozinha de casa, deixa latinha espalhada na areia, não recolhe o próprio lixo e coloca a música do carro no último? Não, ele não é farofeiro. Ele é sem educação. Gente que desconhece a palavra cidadania e não sabe o que significa respeito ao próximo.

Por causa de tipos assim muitos viajantes sentem-se constrangidos em levar o próprio lanche ou bebida de casa. Algo absolutamente comum tanto na Europa quanto nos Estados Unidos, seja quando viajamos de avião, carro ou ônibus. Aqui, preferimos pagar R$ 12 num pão de queijo com café no aeroporto a montar uma marmitinha saudável com iogurte e sanduíche natural comprados no supermercado pela metade do preço.

Ser  chamado de farofeiro é ofensa mortal para o turista emergente. Entendo. Quando saímos de férias subimos na vida. É nosso momento-patrão. Qualquer adjetivo que nos associe ao modus operandi considerado suburbano é insulto, quase uma afronta moral. É necessário pagar — quanto mais caro, melhor — para ser aceito no universo dos novos ricos viajantes. Só que não.

Nada mais digno do que o poder de escolha. Montar o próprio farnel pode ser um ato de inteligência que nada tem a ver com pão durice ou chinelagem. Ora, atravessamos o oceano para fazer piquenique no Jardim de Luxemburgo em Paris — muitas vezes com o intuito de economizar na janta. Mas fazer a mesma coisa num parque tupiniquim, porém, é considerado coisa de pobre indigente.

Sou farofeira de raiz. Sempre que posso levo minha matula. Nada muito complicado. Saunduichinhos, cookies integrais, castanhas, iogurte natural, suco orgânico, chocolate amargo e água.  O meu kit- sobrevivência traz diversas  opções, é bem mais saudável e custa a metade do preço do combo vendido nos voos nacionais (sanduba de presunto e queijo, refri e batata chips) ou em lanchonetes de beira de estrada.

Vale também para quando a espera no aeroporto é longa.

Não se trata de avareza. Sou uma muquirana com limites até. Mas tenho tarimba no assunto. A questão é bem mais ampla. Estamos falando do exercício da liberdade, intrínseco ao ato de viajar. Da nossa capacidade de dizer não à lata de cerveja de R$ 10 sem temer julgamentos ou sem se sentir menor ou mais pobre por isso.

Não tenha vergonha do seu isopor na praia ou da sua marmita no avião. Mais do que seu status, eles devem refletir sua indignação. Artigo de luxo é ser cidadão. Ter medo de parecer farofeiro de raiz é complexo de inferioridade. Ostentar, aliás, é – antes de tudo (e qualquer viagem) – dar valor ao próprio e suado dinheiro.

Leia também

Ofício de blogueira versus espírito de viajante: como manter um sem acabar com o outro

Sílvia Oliveira, a moça do tempo

Pela atenção, muito obrigado!

Generalizar é pecado

Por favor, deixem o turista em paz!

Os 10 mandamentos do viajante

Os sete pecados capitais do turista

Matraqueando Instagram

Share
sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Seguro de viagem com 30% de desconto para o leitor do Matraqueando: só hoje!

PRORROGADO!!! Com o sucesso da promoção, liberamos novo cupom para o leitor do Matraqueando, agora com 25% de desconto, no seguro de viagem da Mondial Assistance. Clique aqui e adquira o seu agora mesmo! Válido somente neste fim de semana, 29 e 30 de novembro! ;)

Black Friday Mondial Matraqueando

Nada é tão bom que não possa melhorar… MUITO!  Você que já comprava seu seguro de viagem aqui com 15% OFF  vai ganhar o DOBRO de desconto nesta sexta-feira 28/11/2014! É a #BlackFridayMatraqueando botando para quebrar!

A Mondial Assistance — uma das maiores seguradores do mundo e parceira queridíssima do Matraqueando— liberou um cupom especial para você levar seu seguro com de 30% (TRINTA!) de desconto somente nesta sexta-feira. U-huuu!

Durante 24 horas ininterruptas você poderá adquirir seu seguro 30% mais barato. Sem contar que é possível dividir em até 6 vezes sem juros! Chame a família e os amigos porque outra vantagem igual a essa você não verá tão cedo! \O/

Não tem pegadinha, o desconto é real mesmo! Clique aqui e pegue agora mesmo seu supercupom! Cada compra feita através desse link gera uma pequena comissão para o Matraqueando.

Além de você sair ganhando ainda ajuda a manter o Matraca News com novidades fresquinhas e atualizadas! Eu sou Sílvia Oliveira, autora do blog há oito anos, e desde já agradeço a preferência.

Ótima viagem! ;)

Leia também

Black Friday 2014 na Loja Matraqueando: todos os guias de viagem com 50% de desconto!

Share
MATRAQUEANDO - Viagens e Comidinhas | Por Sílvia Oliveira | Jornalista & Blogueira | Curitiba, BR

Todos os direitos reservados. 2006-2015 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio
Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.