Silvia Oliveira
quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Empório Canela: comidinhas, café, bistrô e livraria

Emporio Canela - Fachada

Se o Empório Canela fosse uma pessoa daria vontade de apertar de tão fofo. Está entre os lugares que indico no guia O Barato de Gramado e Canela que fazem mais sucesso com os leitores.

Mistura café, livraria, loja de artesanato e antiguidades. Fica numa antiga casa residencial reformada. Tem decoração rústica, criativa e despojada. Os donos são os mesmos do Magnólia, o restaurante retrô mais incrível da Serra Gaúcha.

Emporio Canela - Geral

Além do espaço com mesas destinado para as refeições, há uma pequena sala de estar (onde você também pode se acomodar e tomar um cafezinho). O local é colorido e cheio de informação visual com quadros, peças de decoração e muitos objetos antigos.

Emporio Canela - Sala de Estar

Não chega a ser diquinha mão de vaca muquirana. Aliás, dependendo do seu orçamento de viagem pode até ser enquadrado num momento de extravagância.

Emporio Canela - Livraria

O cardápio é variado. Trabalha com petiscos, baguetes e pratos diversos com massas, carne, sopa e peixe. Tem sucos variados e cervejas artesanais. Produtos frescos e de primeiríssima qualidade.

Você pode até fazer uma refeição completa aqui, mas querendo gastar pouco acho o lugar ideal especialmente para o café, suco ou sobremesa. É que os preços dos pratos mais elaborados (entre R$ 40 e R$ 60 por pessoa) são praticamente o mesmo do sofisticado Magnólia.

+ Alugue seu carro aqui com segurança e percorra a Serra Gaúcha com mais economia

Emporio Canela - Criancas

Então, se for para pagar quase o mesmo, vá direto ao Magnólia (já falei dele aqui) e tenha uma experiência completa, o que melhora muito o custo-benefício. Agora, se você prefere comer muuuito bem num lugar mais informal (e dinheiro não é problema) , o Empório Canela é seu número.

Só para ter uma ideia, os risotos no Empório Canela ficam entre R$ 40 e R$ 50. O Filé Magnólia (que também é servido no restaurante retrô) pode ser provado aqui pelo mesmo preço: R$ 59,90. Baguetes variadas estão entre R$ 20 e R$ 30. Preços para uma pessoa.

Emporio Canela - ApfelstrudelEmporio Canela - Apfelstrudel com chantillyMatraqueando-Instagram1

Mas hoje em dia o meu pedido no Empório Canela tem foco certo. O maravilhoso Apfelstrudel de Maçã. Pode acompanhar sorvete ou chantilly. Custa R$ 20 contos. Poizé! Mas dá para dois. Sempre divido, porque é enorme. Para beber, peço o suco Fresh (abacaxi, hortelã e gengibre) por R$ 9. O café espresso pequeno sai por R$ 6. Aproveito toda a estrutura gracinha do lugar sem ter que vender um rim para pagar a conta. :) Valores de fevereiro de 2017.

Finais de semana e feriados têm lista de espera e fila na porta. Convém reservar. Para ser sincera eu só comi aqui em dia de semana e ainda assim tem bastante movimento. Apesar do atendimento ser simpático e solícito, não espere assistência VIP. Para isso, dirija-se ao outro empreendimento da família! :)

Emporio Canela - Artesanato

Dica da Matraca

Em frente ao Empório Canela fica o Santé Bistrô. Ambiente gracinha do tipo amadeirado com um quê vintage. Tem cardápio extenso e serve desde hambúrgueres, filé mignon a risotos. A carta de petiscos homenageia países como Tailândia, México, Itália e Estados Unidos. Como não fecha para almoço é boa opção para quem chega depois das 15h e quer comida bacana gastando um pouco menos. Rua Felisberto Soares, 65. Tel. (54) 3282-6353. Funciona todos os dias das 11h30 às 23h.

SERVIÇO

Empório Canela

Local: Rua Felisberto Soares, 258. Canela –RS

Tel.: (54) 3031-1000

Horário: todos os dias, menos terça-feira, das 11h às 23h. Repetindo: fecha às terças!

Posts relacionados

Magnólia: o restaurante retrô mais incrível da Serra Gaúcha

Castelinho Caracol

Museu Mundo a Vapor

Leia também

Gramado: roteiro de três dias

De Porto Alegre a Gramado pela Rota Romântica

Gramado: dicas para uma viagem econômica

Casa do Colono: queijos, vinhos, cucas e o melhor pão com linguiça da vida

Ravanello: a primeira vinícola boutique de Gramado

A Mina de Gramado e Museu de Pedras Preciosas

Studio 109: hospedagem para família em Gramado com ótimo custo-benefício

E ainda:

Bento Gonçalves | Caminhos de Pedra: um pedaço da Toscana no Brasil

Vinícola Salton: visita guiada inclui degustação grátis

Templo Budista a 30 km de Gramado: o Tibete mora aqui

Banner venda Gramado

Política editorial | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. Sempre nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados. O Matraqueando não faz post patrocinado. Alguns posts contêm links para programas de afiliados, parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Tudo o que você encontrar aqui foi determinado unicamente pelo interesse do leitor, nosso gosto pessoal ou critério particular. Isso é transparência e credibilidade. Pode confiar! Para ajudar a manter o blog sempre com dicas fresquinhas adquira nossos guias na Loja Matraqueando. Desde já agradecemos a preferência! 😉

Fotos: Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados. ©

Share
segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Santuário Nacional de Aparecida: guia completo para visitar o maior complexo mariano do mundo

Santuario Aparecida - Lateral

Saímos de Curitiba de madrugada para visitar o maior templo católico das Américas. Para ser mais exata, o segundo maior do mundo. Perde somente para a Basílica de São Pedro, em Roma. Fomos de carro (são quase 600 km) e levamos nove horas de viagem com duas paradas para comer.

A Catedral Basílica de Nossa Senhora da Conceição Aparecida é campo sagrado para cristãos católicos. Lugar de grande inspiração e testemunho de fé. Nós tínhamos mais a agradecer do que pedir. Em outras oportunidades, nossa romaria não durava mais do que um dia. Desta vez, ficamos três para produzir este guia especial para você.

Santuario Aparecida - Arquitetura 02

Foi tão maravilhoso que se não tivéssemos compromissos profissionais teríamos ficado mais 24 horas na cidade. Viajamos durante a semana na alta temporada de janeiro/fevereiro. Nada de aglomerações ou filas. Hotéis pela metade do preço (nos finais de semana os valores dobram!) e aquela basílica inteirinha para nós.

O complexo é centro de devoção popular. Atrai romeiros dos quatro cantos mundo. Chega a receber 12 milhões de fiéis por ano. Só para efeitos de comparação, o Brasil inteirinho não recebe mais do que 6 milhões de turistas estrangeiros no mesmo período.

Santuario Aparecida - ArtesanatoMatraqueando-Instagram1

Acho curioso que Aparecida não esteja na lista dos destinos mais visitados no Brasil (lista que tem no topo do índice cidades como Rio de Janeiro, Florianópolis e Foz do Iguaçu). Mas em número absolutos — e por conta do turismo religioso — aqui é o lugar que mais recebe gente no país.

Viemos especialmente para abrir os trabalhos dos 300 anos de bênçãos e graças concedidas. Em 2017, celebramos o tricentenário do encontro da imagem da santa nas águas do Rio Paraíba do Sul por pescadores da região, resultando numa pesca milagrosa. Foi o primeiro de muitos fenômenos atribuídos a Nossa Senhora, a “Aparecida” nas águas do rio (daí o nome). Veja a história completa aqui.

Santuario Aparecida - Terco

Há uma extensa programação por conta do Jubileu dos 300 anos. O Santuário de Aparecida deve bater todos os recordes de visitação este ano. Não à toa. É o maior complexo mariano do mundo.

Três papas já estiveram aqui: João Paulo II, Bento XVI e Francisco. E, embora muitas cidades brasileiras tenham paróquias dedicadas a Padroeira do Brasil, é em Aparecida que a maioria dos católicos vem pagar promessas e pedir a intercessão da Mãe de Deus.

Santuario Aparecida - Arquitetura 01

O QUE VISITAR NO SANTUÁRIO NACIONAL DE APARECIDA

O roteiro vai depender do seu objetivo. O nosso principal é assistir à missa, o que vier depois é lucro. As celebrações acontecem em vários horários todos os dias. Após a liturgia você tem um campo de peregrinação a percorrer com museus, lojinhas, mirantes e espaços contemplativos. É tanta coisa que não dá para fazer num só dia.

Basílica Nova

Ela reina absoluta com números inacreditáveis. Todo o santuário tem 1,3 milhão de metros quadrados com 143 mil m² de área construída (isso é mais do que a cidade de Jerusalém com seus 125 mil m²).  Só a basílica — construída em forma de cruz — tem quase 72 mil m², o equivalente a oito campos de futebol. A parte interna acomoda até 30 mil pessoas em torno do altar!

Santuario Aparecida - Sao Paulo

São vários portões de acesso. Para quem vem de São Paulo pela Dutra, o acesso leva você à entrada Sul, onde ficam o átrio dos apóstolos e, olhando de frente para o santuário, a Capela do Batismo (à direita) e a Capela da Ressurreição (à esquerda).

Santuario Aparecida - Capela da Ressureicao

Interior da Capela da Ressureição

No pavimento térreo está a nave central com o altar principal, onde são celebradas as missas. Veja os horários aqui. Não há como entrar neste lugar e achar tudo normal. Mesmo que seja sua terceira, quarta ou quinta vez em Aparecida, é sempre muito surpreendente pelo tamanho, obra, acústica e, principalmente, devoção.

Santuario Aparecida - Altar

É nesta área interna da igreja que estão o Nicho da Imagem Milagrosa de Nossa Senhora e as Capelas de São José e do Santíssimo.

Santuario Aparecida - Missa

Capela do Santíssimo

A Capela do Santíssimo fica à direita do altar. A cúpula é revestida de pastilhas de porcelana banhadas a ouro e nos mosaicos estão a representação dos quatros evangelistas: Mateus, Marcos, Lucas e João.

Observe na entrada a frase “Panis Algelorum Cibus Viatorum”, que significa “Pão dos anjos, alimento dos viandantes”, uma referência a Jesus presente em espécie no pão e no vinho. Aberta todos os dias das 5h às 22h.

Capela de São José

A Capela de São José, à esquerda do altar, é um lugar cheio de simbologias. Estrelas de Davi estão no corredor para lembrar a ascendência do pai adotivo de Jesus.

Santuario Aparecida - Capela de Sao Jose

O painel central representa o sonho bíblico, em que o Anjo Gabriel diz a São José para não temer e acolher Maria como esposa. Aberta todos os dias das 5h às 22h.

Nicho da Imagem Milagrosa de Aparecida

Já o nicho que abriga a imagem original é o ponto de maior peregrinação dentro do santuário. A vantagem de você ir durante a semana e fora dos feriados nacionais é que consegue ficar parado diante da Mãe Aparecida por alguns minutos. Nos dias de muita aglomeração a fila tem que andar.

Santuario Aparecida - Nicho Nossa Senhora

O nicho onde está a imagem da Santa tem detalhes em pastilha de porcelana pintadas a ouro. Todo o retábulo tem quase 37 metros de altura e emana detalhes simbólicos da pesca milagrosa ocorrida no dia em que a imagem foi encontrada. O nicho fica aberto à visitação todos os dias das 5h às 22h.

Santuario de Aparecida - Nicho da Santa

Cúpula central

A cúpula central é a grande obra do santuário a ser inaugurada por conta da comemoração dos 300 anos. Tem 34 m² de diâmetro e está a 17 metros do chão. Nesta última visita, a cúpula estava coberta com tecidos e esconde a surpresa que está por vir. Mas já está praticamente pronta.

Santuario de Aparecida - Altar-mor

É toda revestida em mosaico e o tema da obra é “A árvore da vida”, envolta por pássaros da fauna brasileira. Ao centro, o Espírito Santo em forma de pomba.

A cúpula tem um mirante e estuda-se a possibilidade de abrir o acesso ao público. Mais um projeto do artista Claudio Pastro, responsável por quase todo o trabalho artístico da basílica.

Santuario de Aparecida - Vista Interna

Pastro — um dos maiores nomes da arte sacra no Brasil — faleceu em outubro do ano passado sem ver o resultado final do que seria a consagração da sua empreitada como gênio cristão e dedicado que foi.

Santuario de Aparecida - Horario das Missas

Torre de Brasília e Museu Nossa Senhora Aparecida

No último andar da Torre de Brasília está o mirante de 110 metros de altura com visão 360º graus. Lá do alto é possível observar parte da cidade de Aparecida, o Rio Paraíba — além do Centro de Apoio ao Romeiro que fica dentro do complexo.

Santuario Aparecida - Morro do Prespeio visto do mirante

Morro do Presépio visto do mirante da Torre Brasília

O mirante apresenta numa linha do tempo os principais acontecimentos que marcaram a história da Padroeira do Brasil. Ficou bem didático para compreender como tudo começou e se desenvolveu na biografia da Mãe Aparecida.

Santuario Aparecida - Vista Morro do Mirante

Torre de Brasília vista a partir do Morro do Cruzeiro

Já o Museu Nossa Senhora Aparecida ocupa os 1º e 2º andares da torre. São imagens, pinturas, gravuras e outras referências ligadas à devoção mariana nacional que preservam o patrimônio arqueológico e religioso da cidade.

Santuario Aparecida - Museu

Adesivo que você deve colocar na roupa para visitar o museu

Aqui ficam as correntes do milagre do escravo Zacarias, a Casa de Ouro (Domus Aurea) com objetos de ouro doados pelos fiéis ao santuário e as vestes, cadeiras e elementos litúrgicos usados pelos papas que visitaram a basílica. Não é permitido tirar fotos no museu.

Santuario de Aparecida - Museu Nossa Senhora Aparecida

Abre de segunda a sexta-feira, 9h às 16h. Aos sábados, 7h às 18h. Domingos, 7h às 15h30. Feriados, 8h às 16h30. O ingresso custa R$ 6 (inclui o mirante). Crianças e maiores de 60 anos pagam meia-entrada. Valores de fevereiro de 2017.

Campanário

Foi inaugurado em dezembro de 2016 e integra as obras do Jubileu Mariano. Com projeto do arquiteto Oscar Niemeyer, o campanário tem 13 sinos, 12 dedicados aos apóstolos.

Santuario Aparecida - Campanario

À esquerda, o campanário. À direita, a Torre de Brasília.

O sino maior é homenagem a Virgem de Aparecida e a São José. À noite, recebe iluminação especial. Fica próximo da Passarela da Fé.

Capela das Velas

Ao lado do campanário, está um dos lugares de maior entusiasmo espiritual do santuário: a Capela das Velas. É um espaço com suportes próprios para o acendimento de velas pelas almas e graças recebidas. O local tem filtro e exaustor para absorver a poluição causada pela queima da parafina.

Santuario Aparecida - Casa das Velas 02

Você pode levar suas próprias velas ou comprar lá mesmo na Casa das Velas, são duas lojas no complexo. Eles reciclam as velas e os preços são ótimos.

Santuario Aparecida - Casa das VelasSantuario Aparecida - Maos

Além das tradicionais, existem aquelas que são em formatos de mãos, pés, cabeça e outras partes do corpo que são usadas pelos fiéis que alcançaram (ou pedem) graças relacionadas à saúde.

Santuario Aparecida - velas

Para deixar o ambiente ainda mais singular, a decoração remete à passagem bíblica da Sarça Ardente, aquela em que Deus aparece a Moisés (em forma de fogo que não queimava o arbusto) e pediu que ele fosse até o Egito libertar o povo da escravidão. A capela está aberta todos os dias das 5h às 22h.

Subsolo do Santuário Nacional

Se você chegou até aqui e pelo texto já ficou geograficamente perdido, não se preocupe. A basílica é totalmente sinalizada. Em todas as portas de entrada você verá placas indicativas com os nomes e direções dos principais atrativos do complexo.

Santuario Aparecida - Livraria

É no subsolo da basílica que você encontra a emocionante Sala de Promessas e a deliciosa e barateira Casa do Pão, além de lojinhas, livraria, um espaço dedicado às crianças e um estúdio da TV Aparecida com transmissão ao vivo de alguns programas e telejornais.

Santuario Aparecida - TV Aparecida

Um dos estúdios da TV Aparecida no subsolo da basílica

– Sala de Promessas | Também conhecida como Sala dos Milagres, o local é o segundo mais visitado, segundo a administração do santuário. (O primeiro é o Nicho da Imagem Milagrosa de Aparecida). O teto é inteirinho revestido com fotografias de fiéis que alcançaram graças por intercessão de Nossa Senhora. Se você quiser levar algo para agradecer como placas, roupas, cartas ou objetos, é aqui que você deve deixar sua retribuição.

Santuario Aparecida - Sala de PromessasSantuario Aparecida - Gracas alcancadas

– Casa do Pão | É uma espécie de padaria e lanchonete com fabricação própria de pães, lanches, salgados, bolos, entre outros quitutes. Além de atender ao romeiro, a Casa do Pão é um projeto social do santuário que profissionaliza jovens na área de panificação e confeitaria. Os preços de uma forma geral são muito acessíveis. Pão de queijo por R$ 2,50, salgados variados por R$ 3,90 cada, misto quente por R$ 4,20, sanduíche natural por R$ 5,50 e por aí vai! Ah, e tem o Pão de Nossa Senhora, um pão do tipo caseiro enorme e maravilhoso por R$ 6. Funciona de segunda a sexta, 7h às 18h. Sábados, 6h às 18h. Domingo, 6h às 18h.

Santuario Aparecida - Casa do PaoSantuario Aparecida - Casa do Pão Bolos

– Espaço Devotos Mirins | Existem dois espaços dos Devotos Mirins dentro do santuário. O que fica no subsolo tem acesso grátis. Nos finais de semana e feriados, oferece teatrinho para a criançada em diversos horários. Uma imagem infantil de Nossa Senhora fica à disposição para fotos fofas. O outro espaço dedicado aos pequenos fica dentro do Memorial da Devoção (onde estão o Cine Padroeira e o Museu de Cera, falo deles mais abaixo) e o acesso está incluído no ingresso do museu, portanto, é pago.

Santuario Aparecida - Devotos Mirins - Aparecidinha

Memorial da Devoção

O memorial é um prédio que fica dentro do Santuário Nacional (ao lado da praça de alimentação) e reúne algumas das atrações turísticas mais bacanas do complexo mariano. Aqui ficam o Cine Padroeira, o Museu de Cera e outro cantinho muito lindo dos Devotos Mirins.

Eu diria que é a parte moderna da basílica. Com o uso de tecnologia de ponta e efeitos de multimídia, o espaço de 6 mil metros quadrados permite uma experiência sensorial e mostra ao visitante toda a história desde o encontro da imagem até os dias atuais.

– Cine Padroeira | Um filme emocionante de 15 minutos conta a história do bem-aventurado encontro da imagem da Padroeira do Brasil e dos principais milagres que se sucederam após o fenômeno da pesca milagrosa. A película usa a mesma tecnologia 3D das projeções utilizadas nas Olimpíadas 2016.  É o primeiro cinema 3D sem óculos do Brasil. Recomendo muito! (Tipo, cai cisco no olho e tudo!) :)

Santuario de Aparecida - Cinema

– Museu de Cera | É o único museu de cera no mundo dedicado a Virgem Maria, especificamente sob o título de Nossa Senhora Aparecida. São 65 estátuas e 20 cenários distintos. Funciona como um museu de cera tradicional, mas de cunho religioso. Reproduz fielmente algumas personalidades como a Santa Teresa de Calcutá e o Papa João Paulo II. Outras celebridades do mundo católico ainda vivas — como o Papa Francisco e o Padre Marcelo Rossi — também estão entre as peças do acervo.

Santuario Aparecida - Museu de Cera 02Santuario Aparecida - Museu de Cera 01Santuario de Aparecida - Museu de Cera PapasSantuario de Aparecida - Museu de Cera Milagres

– Devotos Mirins | Além do espaço dedicado às crianças que fica no subsolo da basílica, os pequenos também têm vez no Memorial da Devoção. Na saída do museu de cera está o cantinho dos Devotos Mirins (incluído no ingresso). São três cenários em tamanho real e as estátuas em resinas dos personagens das histórias em quadrinhos dos mascotes da Campanha Família dos Devotos.

Santuario Aparecida - Devotos Mirins

O Memorial da Devoção funciona de segunda a sexta, 9h às 17h. Sábado, 8h às 19h. Domingo, 7h às 18h. O ingresso para entrar no Cine Padroeira e no Museu custa R$ 24 cada (R$ 48 para os dois). Mas sempre tem promoção. Em janeiro, por exemplo, os dois estavam pela metade do preço. Ah, e se gastar mais de R$ 50 nas lojas do santuário ganha um ingresso grátis para o cinema. Informe-se sobre preços e promoções atualizados aqui: (12) 3104-3536.

Morro do Presépio

Quando a gente está em frente à basílica e olha o Morro do Presépio láááá do outro lado do santuário pode até dar um pouco de preguiça de subir. Mas se puder, faça esse esforço. Não são nem 15 minutos andando até lá. É uma das áreas mais encantadoras dentro do complexo.

Santuario de Aparecida - Morro do Presepio 1

Com cascata, pequenas grutas, um lago e mirante, o Presépio permanente de Aparecida tem 60 esculturas em tamanho real que retratam várias etapas da infância de Jesus. O local é tranquilo e até em dias mais movimentados é perfeito para relaxar.

Santuario de Aparecida - Morro do Presepio

Para garantir uma boa foto, o melhor horário é no fim de tarde quando o sol reflete diretamente na igreja, revelando um enquadramento perfeito a partir do morro. A bela paisagem da Serra da Mantiqueira que circunda a região ajuda a compor o cenário.

Visita noturna ao santuário

Entrar (ou estar) no santuário após o anoitecer é um experiência singular. Todos os estabelecimentos comerciais como museus, lojas e restaurantes estarão fechados. Mas os pontos de peregrinação — como Capela das Velas, Do Santíssimo, Nicho da Imagem e a própria basílica — ficam abertos até às 22h.

Santuario de Aparecida - Vista Nortuna

O silêncio toma conta e a iluminação especial das construções sensibiliza e causa introspecção. O que já era gigante fica colossal. Somente a igreja e nós. O campanário recém-inaugurado e as esculturas do Morro do Presépio recebem um jogo harmonioso de luzes.

O QUE VISITAR FORA DO SANTUÁRIO NACIONAL

Vários pontos de peregrinação fora do santuário também fazem parte do conjunto devocional dedicado a Nossa Senhora Aparecida. Nem tudo vai estar ao seu alcance (salvo muita correria) num único dia de visita. Podendo passar uma noite na cidade seria o ideal.

Passarela da Fé

É uma das imagens icônicas do Santuário de Aparecida. A Passarela da Fé começa dentro do complexo mariano, mas leva o romeiro para a área externa. Foi construída em 1971 e liga o templo atual à Matriz Basílica, também chamada de Basílica Velha. São 390 metros que podem ser percorridos em menos de 10 minutinhos. Muitos peregrinos e pagadores de promessa atravessam  a passarela de joelhos.

Santuario Aparecida - PassarelaSantuario de Aparecida - Saida da passarela

Saída da passarela em direção à Basílica Velha

Na saída da passarela, em direção à Basílica Velha, há várias lojinhas vendendo produtos religiosos como terços, bíblias, oratórios e todo o tipo de imagens de Nossa Senhora.

Santuario Aparecida - Imas de Geladeira

Comprei esses imãs emborrachados na loja Anjos e Arcanjos,  à direita de quem sai da passarela. Custa R$ 4 cada.

Basílica Velha

Com a expansão da devoção a Nossa Senhora no século 18 foi necessária a construção de uma capela para abrigar a imagem encontrada no Rio Paraíba do Sul.

Em 1745,  28 anos após a pesca milagrosa atribuída à santa, nascia uma capela onde hoje está a Matriz Basílica de Nossa Senhora Aparecida, carinhosamente chamada de Basílica Velha.

Santuario de Aparecida - Basilica Velha

A igreja mesmo — que já passou por diversas reformas — só foi erguida em 1888. O lugar é de muita devoção. Enquanto o santuário novo causa grande impacto, a Basílica Velha é puro aconchego, igual casa de mãe.

Com arquitetura barroca, tem altar esculpido em mármore de carrara italiano e os púlpitos, em cedro. Os sinos das duas torres tocam todos os dias às 12h e às 18h. É primorosa em detalhes. A última reforma (que durou quase 11 anos) acabou em 2015, quando houve a reinauguração da igreja.

Santuario de Aparecida - Matriz Basilica Velha

É possível chegar à Basílica Velha de carro. Mas a melhor forma é vir pela Passarela da Fé. Mais rápido e sem perrengues para procurar estacionamento nos arredores. Veja os horários das missas aqui. (A das 18h é transmitida pela TV Aparecida.)

Memorial do Redentorista

Bem ao lado da Basílica Velha está o Memorial do Redentorista, um museu dedicado aos religiosos que já serviram a congregação. Os Redentoristas são os responsáveis pela administração do Santuário de Aparecida.

Santuario Aparecida - Capela Museu Redentorista

Localizado no pátio interno do antigo convento dos missionários, o local conta com duas capelas. Em uma delas está o túmulo do Padre Vítor Coelho (nome importantíssimo na divulgação da história e intercessão da Virgem Aparecida) e a outra é dedicada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Santuario Aparecida - Museu Redentorista

O memorial conta, ainda, com orquidário e uma pátio com duas parreiras de uva, uma delas plantada pelo próprio Pe. Vítor. Entrada grátis. Funciona de segunda a sexta, 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. Sábado, 8h às 18h. Domingos e feriados, 8h às 17h. Fica na Praça Nossa Senhora Aparecida, 273 – à direita de quem sai da Basílica Velha.

Bondinhos

Desde 2014, o Santuário de Aparecida conta com um atrativo incrível: os bondinhos aéreos. São 47 cabines com capacidade para seis pessoas que percorrem quase 1200 metros, alcançando 115 metros de altura. O percurso dura uns sete minutos.

Santuario Aparecida - Bondinho

São duas estações, Santuário e Morro do Cruzeiro. Você pode embarcar e desembarcar em qualquer uma delas. O caminho mais tradicional é pegar na Estação Santuário (fica no pátio da basílica, em frente à Capela do Batismo) e descer na Estação Cruzeiro.

Santuario de Aparecida - Bondinho Familia MatracaMatraqueando-Instagram1

Lá em cima você poderá subir num mirante (pago à parte) e ter uma vista mais espetacular ainda de toda a região com o santuário ao fundo. De qualquer forma, só a vista a partir do morro já é belíssima. O local tem lojinha, lanchonete, banheiros e bebedouro, além de ser o ponto final da famosa Via-Sacra do Morro do Cruzeiro.

Santuario Aparecida - Ingresso Bondinho

O ingresso para o bondinho, ida e volta, custa R$ 24 (adulto) e R$ 12 (crianças de 6 a 12 anos e pessoas com mais de 60 anos). O mirante custa R$ 6. Crianças e pessoas com mais de 60 anos pagam metade. Se você comprar os ingressos do bondinho e do mirante juntos ganha desconto.

Santuario Aparecida - Vista do Bondinho

Vista do santuário de dentro da cabine do bondinho

Dica: caso vá visitar o Museu de Cera ou o Cine Padroeira pergunte se tem alguma promoção comprando junto com o bondinho. Às vezes, há desconto no ingresso de um ou outro. Valores de fevereiro de 2017.

Importante: veja o calendário com o horário de funcionamento em 2017. Em alguns meses do ano, às terças-feiras, os bondinhos fecham para manutenção. Os horários também variam conforme a temporada. Veja aqui. 

Morro do Cruzeiro

É no Morro do Cruzeiro, onde desce o bondinho vindo da Estação Santuário, que acontece em toda sexta-feira da Quaresma a tradicional Via-Sacra, sendo que na Sexta-Feira da Paixão chega a reunir mais de 5 mil pessoas.

Santuario Aparecida - Morro do Mirante

As estações do caminho percorrido por Jesus antes de ser crucificado estão representados por enormes painéis artísticos feitos pelo artista Adélio Sarro.

Santuario Aparecida - via sacraSantuario Aparecida - Mirante

Dentro do mirante do Morro do Cruzeiro

Muitos romeiros sobem a pé o Morro do Cruzeiro. Logo no começo, lá embaixo, há uma linda escultura em formato de duas mãos orando, obra do mesmo artista. Ao começar a subida aparecem já as primeiras estações da via-crúcis.

A caminhada — puxada para sedentários — é perfeita para meditar e percorrer mentalmente o percurso de Jesus durante a Paixão de Cristo.

Porto Itaguassu

Foi neste lugar, a dois quilômetros do Santuário Nacional, que em 1717 os pescadores encontraram a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Daqui saem barcos (passeio pago, mas nunca fiz) que vão até o local exato onde aconteceu a pesca milagrosa.

Santuario Aparecida - Casa das Velas 01

O local, um dos principais pontos de peregrinação de quem vem a Aparecida, tem uma pequena capela, lojas e sanitários. Perto do porto ficam a Igreja de São Geraldo e o Mirante das Pedras que, além de proporcionar um lindo pôr do sol com vista para o Vale do Paraíba, abriga uma imagem de 1,80 metro de altura da padroeira.

INFRAESTRUTURA DO SANTUÁRIO NACIONAL DE APARECIDA

A estrutura do Santuário Nacional de Aparecida é de primeiríssimo mundo. Placas indicativas e balcões de informações estão espalhados por todo o complexo. Com o lema “Acolher bem também é evangelizar”, os funcionários demonstram o mesmo carinho da Mãe que recebe o filho em casa.

Centro de Apoio ao Romeiro

Se é a sua primeira vez aqui, ao chegar dirija-se diretamente ao Centro de Apoio ao Romeiro que fica no pátio do santuário em frente à basílica. Ali, você tem balcão de informações com folders explicativos e diversos funcionários disponíveis para tirar suas possíveis dúvidas.

Santuario Aparecida - Centro de Apoio

Centro de Apoio ao Romeiro visto a partir do mirante da Torre Brasília

É nessa área que ficam as duas praças de alimentação e 380 lojas vendendo toda a sorte de artigos religiosos (mas não só isso). É um pequeno shopping dentro do complexo. Há caixas eletrônicos, bebedouros e banheiros com fraldário, além de micro-ondas e aquecedores de mamadeira. Há outro fraldário no subsolo da basílica. Importante: não há lugar para tomar banho!

Alimentação

Nas duas praças de alimentação (a última foi inaugurada em 2015) estão mais de 30 restaurantes e quatro quiosques. Tem pastelarias, cafés, pizzas, salgados e restaurantes a quilo que cobram entre R$ 32 e R$ 45 o kg. Alguns vendem marmitex por R$ 10 e R$ 13. Há, ainda, lanchonetes tradicionais de fast food como McDonald’s, Subway e Bob’s. Valores de fevereiro de 2017.

Santuario de Aparecida - Praca de Alimetacao II

Acessibilidade

Excelente. Tudo é feito pensando nas pessoas com dificuldade de locomoção, até porque as romarias estão lotadas de idosos. As rampas de acesso têm pisos emborrachados e antiderrapantes.

Santuario Aparecida - Cadeiras de Rodas

O santuário dispõe de 45 cadeiras de rodas que são cedidas gratuitamente para o peregrino. Tem até fraldário para adulto no subsolo da basílica. Em caso de emergência, há posto médico (perto da Passarela da Fé) com atendimento gratuito.

Estacionamento

O Santuário Nacional de Aparecida tem vagas para 2 mil ônibus e 3 mil veículos. Vai vendo a magnitude da coisa. Custa R$ 15 a diária (24 horas). Você pode entrar e sair quantas vezes quiser durante este período. Valor de fevereiro de 2017.

Santuario de Aparecida - Estacionamento

Bebedouros

Num lugar onde você passa um dia inteiro e quase sempre debaixo de um sol escaldante é sempre bom saber onde tem água fresquinha, potável e de graça. Os bebedouros ficam na Praça da Alimentação, ao lado da Estação Santuário (bondinho) e no subsolo da igreja. De qualquer forma, a garrafinha de 500 ml da água oficial com a marca Aparecida é vendida por R$ 3. Valor de fevereiro de 2017.

Santuario Aparecida - Agua

Compras

Além das lojas oficiais (são várias espalhadas pelo santuário) e as lojas do Centro de Apoio ao Romeiro, tem a gigante Feira Livre que acontece nos finais de semana nas ruas dos arredores do santuário. Como toda feira de rua, você encontra mais de 800 barracas vendendo desde artigos religiosos a bugigangas Made in China.

Santuario Aparecida - Venda na Casa das VelasSantuario Aparecida - Lembrancinhas

Dentro do santuário existem aquelas máquinas automatizadas que vendem moedas comemorativas. Custa R$ 5 cada. Há uma máquina no mirante da Torre Brasília e outra no Memorial da Devoção.

Santuario Aparecida - Moedas

Preços dos táxis

Em frente ao Centro de Apoio ao Romeiro fica o ponto oficial de táxi com veículos cadastrados no santuário. Eles têm preço fixo para fazer alguns trajetos:

– Basílica Velha | R$ 20 (ida) e R$ 40 (ida e volta). Distância do santuário: 3 km.

– Morro do Cruzeiro | R$ 50 (ida e volta). Distância do santuário: 5 km.

– Porto de Itaguassu  | R$ 50 (ida e volta). Distância do santuário: 5 km.

– Rodoviária | R$ 20 (ida). Distância do santuário: 2 km

– Igreja Frei Galvão | R$ 100 (ida e volta). Distância do santuário: 13 km. Fica em Guaratinguetá.

– Corridas internas (dentro do estacionamento do santuário) | R$ 4 por pessoa.

*O telefone do ponto de táxi é (12) 3104 1369. Valores de fevereiro de 2017.

Santuario Aparecida - Apostolo

ONDE FICAR EM APARECIDA

Devido ao descomunal número de romeiros que vem para cá todos os anos (quase 12 milhões, lembra?), a cidade inteira se transformou em hotéis e pequenas pousadas. O detalhe são os preços absurdos nos finais de semana e feriados com diárias a partir de R$ 300 para casal em residência com móveis comprados em Jericó na época de Cristo.

Se quiser hotelzinho melhor vai pagar num 3 estrelas em Aparecida o que pagaria num cinco estrelas em Curitiba na alta temporada. Ou seja, o custo-benefício daqui é muito ruim, porque a demanda é absurda. E pior: as hospedagens melhorzinhas acabam com meses de antecedência!

Então, se quiser economizar, a sua primeira providência é visitar o santuário durante a semana, quando os preços das diárias caem praticamente pela metade. Faça uma busca aqui no Booking.com e comprove você mesmo. O Booking é um sistema de reserva internacional que não cobra taxa e tem cancelamento grátis para a maioria dos quartos. Eu sempre faço minhas reservas aqui.

Santuario de Aparecida - produtos

Há tempos desistimos dos hotéis da cidade e, agora, ficamos no Íbis Guaratinguetá, a 5 quilômetros do Santuário. É um hotel básico (padrão Íbis), mas novíssimo. Foi inaugurado há dois anos e tem tarifas a partir de R$ 130 para três pessoas. Com café da manhã (comprado pela internet com desconto na hora da reserva) e wi-fi grátis, a diária sai em torno de R$ 150 para nós três. Com estes R$ 150 em Aparecida só na pousadinha modelo Jericó da tia. E olhe lá! O detalhe é que se estiver sem carro, esta não seria uma boa opção para você. Valores de fevereiro de 2017.

O santuário tem hospedagem própria, o Hotel Rainha do Brasil, inaugurado em 2012. É considerado o melhor hotel da cidade. Está a 700 metros do Santuário Nacional e tem padrão 4 estrelas com piscina, sauna, hidromassagem, brinquedoteca, além de oferecer uma exclusiva “visita guiada noturna” à basílica só para hóspedes. Tem tarifas para quarto triplo entre R$ 300 e R$ 500. Mas costuma aplicar bons descontos durante a semana e fora dos feriados. Veja valores da hospedagem e faça sua reserva aqui!

DICAS DA MATRACA

– Vá com roupas confortáveis e adequadas para um templo religioso. Evite tops, shorts, camisetas regatas (homens, inclusive e principalmente) e vestidos curtos, por exemplo. Como é uma região bem quente, bermuda e camiseta resolvem bem seu dress code. Não se trata de “moral e bom costume”. É questão de respeito mesmo. Assim como a gente tem que tirar os sapatos e colocar o véu para visitar mesquitas, os campos sagrados católicos também pedem discrição e sensatez.

Santuario Aparecida - Arquitetura 04

– Use protetor solar sem dó. A área de peregrinação externa é toda aberta e com pouca sombra. Chapéu e boné são muito recomendados em dias de sol aberto. Mesmo quem vai de carro, caminha muito. Afinal, a maioria está aqui em peregrinação. Só de entrar e sair da basílica já é o equivalente a uma volta no quarteirão. 😀

– Os dias mais tranquilos para visitar o santuário são de segunda a sexta. A experiência chega a ser diferente (muito melhor, aliás!) da que temos nos lotados finais de semana. Nos sábados, feriados e festas litúrgicas específicas como Semana Santa e Corpus Christi a cidade lota. O mês de outubro, incluindo o Dia da Padroeira do Brasil (12/10), costuma ser o período de maior movimento.

– O santuário conta com segurança ostensiva, mas há placas indicativas orientando a prestar atenção e cuidar dos próprios pertences. Nas aglomerações tenha cuidado com bolsas, mochilas e carteiras no bolso de trás. Não deixe nada de valor dentro dos carros nos estacionamentos. Não há relatos frequentes de problemas nesse sentido, porém faça sua parte!

Dica EXTRA da Matraca 

Aparecida combina muito com uma visita ao Santuário Frei Galvão, o primeiro santo 100% brasileiro. (A Madre Paulina foi canonizada antes dele, mas como ela nasceu na Itália é considerada uma santa ítalo-brasileira.)

Diferentemente do complexo construído para Nossa Senhora Aparecida, a igreja dedicada ao frade é muito simples e ainda conserva estacionamento de chão batido.

Santuario Freo Galvao

Santuário Frei Galvão

Mas o local é rota de peregrinação dos fiéis que vêm agradecer as graças alcançadas pela intercessão do santo e em busca das famosas pílulas do Frei Galvão, distribuídas gratuitamente no santuário.

A enorme estátua do frei que está em frente ao santuário foi abençoada pelo Papa Francisco em 2013. O santuário fica no município de Guaratinguetá, a 13 quilômetros da Basílica de Aparecida. Abre todos os dias das 7h às 18h. Veja os horários das missas aqui. O dia mais cheio é sábado. Domingo é bem tranquilo.

COMO CHEGAR AO SANTUÁRIO NACIONAL DE APARECIDA

O santuário fica na cidade de Aparecida, a 180 quilômetros de São Paulo e a 260 quilômetros do Rio de Janeiro. Importante: o nome do município NÃO é Aparecida do Norte, é só Aparecida mesmo.

Esse costume vem do século 19 com a inauguração da Estrada de Ferro do Norte. Antigamente, quando queria ir de São Paulo a Aparecida, o passageiro deveria pegar o trem que ia para a direção Norte. Daí ficou “vou para a Aparecida do Norte”. 😀

Aeroporto

O aeroporto mais próximo de Aparecida está na cidade de São José dos Campos (80 km). Mas o número de voos nacionais para lá é pequeno e as passagens costumam ser caras saindo de qualquer lugar do Brasil. Sem contar que para ir do aeroporto para Aparecida de ônibus é necessário se deslocar até o Terminal Rodoviário de São José dos Campos.

De qualquer maneira, se esta for sua opção, a empresa Pássaro Marron (assim, com “n” no final mesmo) faz o trajeto rodoviário de São José dos Campos até Aparecida. Os ônibus saem de hora em hora a partir das 5h30 da manhã. A passagem custa R$ 26,50 e a viagem dura 1,5 hora.

Santuario de Aparecida - Passarela da fe 2

Outra opção é descer no aeroporto de Guarulhos (Cumbica). Embora mais longe (150 km) tem mais oferta de voos vindos da maioria das cidades brasileiras. A vantagem é que a Pássaro Marron tem guichê e embarque no próprio aeroporto com destino à rodoviária de São José dos Campos.

Daí é necessário pegar outro ônibus de São José para Aparecida. No próprio aeroporto de Guarulhos você pode comprar as duas passagens: Aeroporto-São José e São José-Aparecida. O detalhe é que você precisa deixar espaço de tempo entre uma passagem e outra porque se o primeiro ônibus atrasar corre-se o risco de perder o outro. Enfim, perrenguis-operandi à vista!

O guichê de venda de passagem fica no Terminal 2 do aeroporto e funciona das 6h às  22h30. Os ônibus saem de hora em hora a partir das 6h50 e a viagem até São José dos Campos leva 1h50. A passagem custa R$ 21,70.

Santuario Aparecida - Chaveiros

Ônibus

Várias empresas rodoviárias fazem o percurso direto para a Aparecida saindo de algumas capitais brasileiras. Veja:

– Belo Horizonte a Aparecida: Viação ÚTIL, ônibus com três saídas diárias. A viagem dura 9 horas e custa RR$ 113 (convencional), R$ 164 (executivo) e R$ 181 (semi-leito).

– Curitiba a Aparecida: Viação Kaissara, ônibus todos os dias com saídas às 21h25. A viagem dura 9 horas e custa R$ 147.

– Porto Alegre a Aparecida: Viação Penha, ônibus todos os dias com saídas às 14h. A viagem dura 24 horas e custa R$ 273.

– Rio de Janeiro a Aparecida: Viação Sampaio, com várias saídas diárias a partir de 5h45 da manhã. A viagem dura cerca de 3 horas e custa entre R$ 47 e R$ 83 (dependendo do tipo do ônibus).

– São Paulo a Aparecida: Viação Pássaro Marron ou Viação Cometa, ambas com ônibus diários a partir das 6h da manhã, saindo do Terminal Rodoviário Tietê. A viagem dura em torno de 2 horas ou 2 horas e meia (dependendo da empresa) e custa R$ 49,85 (o mesmo valor nas duas companhias).

Excursão

Não por acaso as caravanas reinam absolutas quando se trata de viagem ao Santuário de Aparecida. Ir de avião é um desalento (a menos que você saia do aeroporto com carro alugado!) e só a passagem de ônibus ida e volta fica mais cara do que o pacote!

Coloque aí no Google “excursão a Aparecida saindo de XX” (substitua o XX pela cidade de onde quer sair). Vão aparecer diversas empresas que fazem o trajeto. Algumas operam no esquema bate e volta, outras incluem pernoite e refeições. Saindo de Curitiba, por exemplo, tem bate e volta por R$ 180 e pernoite com todas as refeições incluídas (mais o transporte) a partir de R$ 300.

Para saber a avaliação das empresas encontradas coloque o nome delas no site de resenhas Tripadvisor. Você também pode contatar sua paróquia ou arquidiocese e pedir indicação de agências que levam a Aparecida.

Santuario Aparecida - Arquitetura 03

Carro

A partir de São Paulo são 180 quilômetros até Aparecida. Em condições normais o trajeto pode ser feito em pouco mais de duas horas. Mas o trânsito costuma ser pesado na mal falada Via Dutra (BR 116) por conta do excesso de caminhões (e carros também!).

Outra opção a partir de São Paulo que nos indicaram (mas nunca fizemos porque o Google Maps sempre manda pela Dutra e não quisemos arriscar) é pegar as estradas Ayrton Senna-Carvalho Pinto. Esta rodovia praticamente acompanha em paralelo o trajeto da Dutra e não atravessa nenhuma cidade até Taubaté (a partir daqui tem que pegar a Dutra de novo), o que pode deixar a viagem um pouco mais rápida, apesar de aumentar o percurso em 10 km. Se você já fez essa rota, pufavô, conte aí na caixa de comentários como foi! 😉

+ Alugue seu carro aqui com segurança e percorra Aparecida com mais economia

De qualquer maneira, as duas são pedagiadas. O total de pedágio no trecho (só ida) fica em torno de R$ 26, sendo que o mais caro é o que fica pra frente de Pindamonhangaba (R$ 13,80), quase chegando em Aparecida.

O trecho mais pesado é o da Serra do Cafezal, a uns 100 quilômetros de São Paulo (entre os KM 336 e KM 369 da BR 116). Apesar das obras de duplicação, há engarrafamentos absurdos no início da manhã e fim da tarde. Mas durante todo o dia o tráfego na região é intenso. Uma vez levamos quase quatro horas para percorrer 70 quilômetros nesse pedaço da estrada, sentido Curitiba. (Só para avisar!) :)

SERVIÇO

Santuário Nacional de Aparecida

Local: Avenida Dr. Júlio Prestes | Aparecida – SP. Veja a localização no Google Maps.

Tel.: (12) 3104-1000

Horários de missa: confira no site do santuário.

IMPORTANTE | O acesso à basílica vai das 5h às 22h. O horário de funcionamento de museus, lojas, Casa do Pão e Sala das Promessas pode variar durante o ano, dependendo da temporada. No Dia da Padroeira e em diferentes Dias Santos, por exemplo, tem missa que começa às 5h da matina. Confirme na Secretaria Pastoral: (12) 3104-1694.

Posts relacionados

Fátima: como visitar o maior santuário católico de Portugal 

Santuário Santa Paulina: como conhecer o complexo religioso dedicado à primeira santa brasileira 

Arautos do Evangelho: a impressionante basílica neogótica em Cotia 

Igreja e Convento de São Francisco: a obra máxima do barroco na Bahia

Basílica do Bom Jesus de Matosinhos, Congonhas: a obra-mestra de Aleijadinho

Templo Budista de Três Coroas: arquitetura tibetana a 30 km de Gramado

ACOMPANHE NOSSAS DICAS EM TEMPO REAL

FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE | PINTEREST

Política editorial | Pagamos todas as nossas contas de viagem. Não aceitamos convites nem cortesias. Sempre nos hospedamos anonimamente nos hotéis indicados. O Matraqueando não faz post patrocinado. Alguns posts contêm links para programas de afiliados, parceiros comerciais do blog, inseridos espontaneamente pela autora. Por questão de transparência, comunicamos que se você optar por comprar por meio destes links nós recebemos uma pequena comissão. Tudo o que você encontra aqui foi determinado unicamente pelo interesse do leitor, nosso gosto pessoal ou critério particular. Isso é transparência e credibilidade. Pode confiar! Para ajudar a manter o blog sempre com dicas fresquinhas adquira nossos guias na Loja Matraqueando. Desde já agradecemos a preferência! 😉

Fotos: Raul Mattar e Sílvia Oliveira | Todos os direitos reservados. 

Share
quinta-feira, 09 de fevereiro de 2017

Arautos do Evangelho: a impressionante basílica neogótica em Cotia

Igreja Arautos do Evangelho Cotia - Geral

Ao voltar de uma peregrinação a Aparecida na semana passada dormimos uma noite na região de Embu das Artes, conhecida mundialmente pelas galerias e feira de artesanato.

Percorremos o fofo casario histórico e suas lojinhas coloridas, mas foi nos arredores da cidade que tivemos a experiência estética mais deslumbrante da viagem.

A 10 quilômetros do centro de Embu das Artes, já no município de Cotia, fica a Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima, também chamada de Igreja dos Arautos do Evangelho.

Continue lendo o texto…

Share
segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017

Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau: iguaria em Lisboa e no Porto

Casa Portuguesa - Pastel de Bacalhau

A união de dois clássicos — o bacalhau e o queijo Serra da Estrela — transformou a Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau num ícone gastronômico no país.

O Matraca Translator explica: pastel de bacalhau é o nosso croquete, mas no Porto é chamado também de bolinho. Tipo mandioca, aipim e macaxeira. Pois!

Continue lendo o texto…

Share
quinta-feira, 02 de fevereiro de 2017

Casa do Colono em Gramado: queijos, vinhos, cucas e o melhor pão com linguiça da vida

Casa do Colono Gramado - cucas

Gramado tem muita sofisticação. Casas de chá em estilo europeu, restaurantes suíços, chocolates de alta qualidade, shows hollywoodianos no Natal Luz e paisagem internacional o ano inteiro.

Casa do Colono Gramado - geleias

Mas o que faz a cidade ser altamente acolhedora e simpática é o morador de raiz, aquele aldeão da terra que mantém a tradição da boa culinária e afeto, ambos trazidos pelos imigrantes que povoaram a região.

Continue lendo o texto…

Share
segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Ravanello: a primeira vinícola boutique de Gramado

Vinicola Ravanello Gramado - Fachada

Mesmo para quem não entende nada de uvas, cepas ou polifenóis como eu, um tour por vinícolas é sempre um passeio agradável. Há sempre uma história familiar por trás, um tanino diferente para dominar ou um terroir inusitado por descobrir.

Vinicola Ravanello Gramado - uvas

Até bem pouco tempo, Gramado não tinha tradição nessa área. Quem visitava a cidade dos fondues e chocolates em plena Serra Gaúcha tinha que se deslocar 120 quilômetros até Bento Gonçalves para conhecer alguns dos principais parreirais do país.

Continue lendo o texto…

Share
sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Entrevista da Matraca no novo programa de turismo da Rádio Jovem Pan São Paulo

O lançamento do novo programa com dicas de viagem da Rádio Jovem Pan aconteceu há quase três semanas. E nóis tava lá! 😀

Mas, mesmo com atraso, eu não poderia deixar de incluí-lo aqui para nosso futuro museu do Matraqueando na Mídia.

Toda semana, um blogueiro especializado em viagem vai dar dicas. No episódio de estreia, o Matraca News foi o primeiro convidado. \0/

Continue lendo o texto…

Share
segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

DDR Museum, Berlim: o incrível museu que mostra como era a vida na Alemanha Oriental

DDR Museum Berlim - cozinha

Se existe um motivo na vida para eu viajar, ele está aqui. Conhecer um museu deste naipe só alimenta as minhas melhores justificativas para cruzar o oceano. O DDR Museum é um espaço interativo que reproduz fielmente como era o cotidiano dentro da antiga Alemanha Oriental.

A sigla DDR vem de Deutsche Demokratische Republik, que seria o nome oficial do lado comunista do país. Em português era chamado de RDA (República Democrática Alemã – ahã, democrática, sei!), aquela parte socialista da Alemanha que ergueu o despropositado Muro de Berlim em 1961.

Continue lendo o texto…

Share
segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Cat’s Pajamas: hostel bom, barato e ao lado do metrô em Berlim

portao-de-brandeburgo

A capital da Alemanha foi minha última parada na Eurotrip do ano passado. Depois de ter ficado em lugares com excelente custo-benefício em Lisboa, Porto, Praga e Amsterdam (clique nos links para ler o review de cada um deles), terminei a viagem feliz no Cat’s Pajamas Hostel.

Berlim é uma cidade enorme e espalhada. Para cobrir todos os principais pontos turísticos, invariavelmente, é necessário pegar o transporte público. Eu não estava exatamente preocupada em me hospedar no centro. Mas, sim, encontrar algo que estivesse grudado a uma estação de metrô.

Continue lendo o texto…

Share
segunda-feira, 09 de janeiro de 2017

Keukenhof, Holanda: como visitar o maior jardim de tulipas do mundo

como-visitar-o-keukenhof-jardim-de-tulipas-holanda-selfie-2

A data da minha última viagem à Europa foi escolhida a dedo para coincidir com o funcionamento dos Jardins de Keukenhof, o parque de flores mais fotogênico do mundo.

O Keukenhof Gardens fica nos arredores de Amsterdam e abre apenas oito semanas por ano, sempre na primavera do Hemisfério Norte. Em 2017, o funcionamento vai de 23 de março a 21 de maio.

Continue lendo o texto…

Share
sexta-feira, 06 de janeiro de 2017

10 coisas que aprendi viajando | #matraqueando10 anos

10-coisas-que-aprendi-viajando

1. Todo mundo pensa que você é rico.
Hellooou! Prioridades, migo. O livre arbítrio existe para que a gente decida o que fazer com o próprio dinheiro. Eu invisto em experiências. Mas não se prenda por mim. Fique à vontade para gastar com roupa, tecnologia ou tratamento de beleza.

Continue lendo o texto…

Share
sábado, 17 de dezembro de 2016

Quanto custa comer no Beto Carrero World

beto-carrero-world-piratas

Ao contrário dos parques de Orlando, o Beto Carrero World — maior parque temático da América Latina — não permite a entrada de alimentos e bebidas. A administração do parque alega que é uma recomendação da vigilância sanitária, já que os alimentos transportados pelos visitantes poderiam oferecer risco à saúde, devido ao armazenamento inadequado.

Continue lendo o texto…

Share
terça-feira, 06 de dezembro de 2016

Novo voo comercial inaugura a rota Belém-Soure, na Ilha de Marajó

fazenda-sao-jeronimo-ilha-de-marajo-trilha-tour

Está cada vez mais fácil conhecer o maior arquipélago fluviomarinho do mundo. Antigamente, para chegar de avião à Ilha de Marajó, no Pará, só contratando empresas de táxi aéreo.

Agora, uma aeronave monomotor turboélice da empresa TWO, com capacidade para nove pessoas, opera a linha comercial Belém-Soure desde outubro de 2016.

Continue lendo o texto…

Share
sábado, 26 de novembro de 2016

Pós Black Friday | Seguro viagem com 30% de desconto

seguro-viagem-com-desconto

De 26 a 30/11 | DESCONTO DE 30% NO SEGURO DE VIAGEM 

A Mondial — parceira queridíssima do Matraqueando — surtou total. Se você perdeu os descontos de até 50% OFF oferecidos pela empresa na Black Friday (foi só ontem!), ainda pode garantir seu seguro viagem internacional com 30% (TRINTA PORCENTO!) de desconto. D.e.s.c.o.n.t.o. r.e.a.l.

Continue lendo o texto…

Share
terça-feira, 22 de novembro de 2016

Entrevista da Matraca para o canal Conta pro Tio

A pessoa estuda uma vida inteira, trabalha anos a fio carpindo um blog sério, mas é sempre lembrada pelo seu estilo único de viajar, o jacu style!

Dessa vez, meu testemunho de fé foi para o divertidíssimo canal Conta pro Tio, do querido jornalista Edenilson Almeida.

Sabe quando você quer se abrir, contar algo para alguém, mas não sabe o que fazer? Então, Conta pro Tio!

Continue lendo o texto…

Share
Matraqueando - Blog de viagem | Por Sílvia Oliveira

Todos os direitos reservados. 2006-2017 © VoucherPress | Agência de Notícias.
Está proibida a reprodução, sem limitações, de textos, fotos ou qualquer outro material contido neste site, mesmo que citada a fonte.
Caso queira adquirir nossas reportagens, entre em contato.

Desenvolvido por Dintstudio